A Pet South America 2016 do ponto de vista canino

Desta vez, o Portal do Dog contou com uma cinegrafista diferente para mostrar a maior feira pet da América Latina: a cachorra Lola!

por Karina Sakita — publicado 6 set 2016 - 9:43

A edição comemorativa de 15 anos da Pet South America recebeu cerca de 20 mil visitantes.

O maior evento do setor pet e veterinário da América Latina aconteceu entre os dias 30 de agosto e 1º de setembro no Expo Center Norte, em São Paulo.

O Portal do Dog marcou presença para trazer as principais novidades ao público e, desta vez, contamos com uma participação especial: a cachorra Lola trabalhou como cinegrafista para mostrar como é a feira do ponto de vista canino!

Assista o vídeo gravado por ela:

 

 

Esse mercado está em constante crescimento. Quando achamos que não pode surgir mais nada de novo para pets, nos surpreendemos com a criatividade das empresas!

Veja a lista de inovações que nos chamaram a atenção neste ano:

 

Casinhas incríveis da Carlu Pet House

 

A Carlu Pet House é perfeita para aqueles que gostam de fugir do tradicional porque suas casinhas são modernas e sofisticadas. Existem modelos que imitam trailers, mansões, chalés e até que servem como mesa de centro para os tutores.

A marca aproveitou a Pet South America para lançar novas casinhas, que logo estarão à venda na Doguim.com.br. Veja outros modelos para comprar, clicando aqui.

 

Dois lançamentos da Carlu Pet House. (Foto: Karina Sakita)

Dois lançamentos da Carlu Pet House. (Foto: Karina Sakita)

Essa casinha de cachorro é também uma mesinha de canto. (Foto: Karina Sakita)

Essa casinha de cachorro é também uma mesinha de canto. (Foto: Karina Sakita)

 

Pity Biju lança colares, coleiras e guias charmosas

 

A Pity Biju é pioneira no desenvolvimento de bijuterias adesivas para animais de estimação, que realçam a beleza sem causar estresse aos pets. Ao contrário dos lacinhos, cães de pelos curtos também podem usar esses acessórios.

Neste ano, a marca está lançando lindos colares, guias e coleiras. São peças charmosas que dão um toque especial no visual dos cães.

 

As novidades da Pity Biju, E a poodle Pity não poderia ficar de fora da feira! (Fotos: Karina Sakita)

As novidades da Pity Biju, E a poodle Pity não poderia ficar de fora da feira! (Fotos: Karina Sakita)

 

Bolo de caneca para cães

 

Agora é possível fazer um bolo para seu cachorro no microondas, que fica pronto em 2 minutos.

Veja o bolo de banana com calda sabor carne que fiz para a Lola:

 

O bolo de banana foi feito na caneca no microondas e a calda sabor carne é colocada depois que ele esfria. (Fotos: Karina Sakita)

O bolo de banana foi feito na caneca no microondas e a calda sabor carne é colocada depois que ele esfria. (Fotos: Karina Sakita)

 

Este bolinho é da Padaria Pet, que tem duas unidades em São Paulo (Pinheiros e Oscar Freire).

São diversos produtos criados especialmente para cães e gatos, com ingredientes permitidos para eles: bolos, biscoitos, sorvetes, sucos, cerveja, muffins, brigadeiro e bombons.

Você pode encomendar um bolo de aniversário para seu filho canino. Além disso, o local conta com um buffet para realizar qualquer evento pet.

 

São vários sabores do bolo de caneca e os biscoitos têm formatos similares aos dos humanos. (Fotos: Karina Sakita)

São vários sabores do bolo de caneca e os biscoitos têm formatos similares aos dos humanos. (Fotos: Karina Sakita)

 

Fantasias de Super Heróis

 

O cachorro já ultrapassou o patamar de melhor amigo do homem e se tornou membro importante da família. Já mostramos diversas histórias em que cães salvaram a vida de seus tutores e se tornaram grandes heróis.

Agora, imagina poder vestir seu cachorro de super homem, batman ou tartaruga ninja?

A Fantasias Sulamericana, que é uma das maiorias fabricantes de fantasias e adereços do Brasil, criou uma linha com fantasias e acessórios para cães chamada Super Pet.

Já pensou ver sua cachorrinha vestida de mulher maravilha?

 

Fantasias criadas especialmente para cães. (Fotos: Karina Sakita)

Fantasias criadas especialmente para cães. (Fotos: Karina Sakita)

 

Brinquedos mais resistentes e com muitos apitos

 

A distribuidora Pet Trends traz a linha Invincibles, da Outward Hound, que são brinquedos para cães confeccionados com o mesmo material de mangueiras anti-incêndio. Dessa maneira, eles têm maior durabilidade.

Além disso, eles têm a costura reforçada, não têm enchimento e continuam apitando mesmo depois de perfurado.

Outra coleção incrível da Outward Hound é a Megasqueaker. São bichinhos com diversos apitos!

A mesma marca também têm jogos de pelúcia, como é o caso da toca do esquilo com três esquilos soltos.

 

Produtos da linha Invincibles, Jogos de Pelúcia e Megasqueaker da OUtward Hound. (Foto: Karina Sakita)

Produtos da linha Invincibles, Jogos de Pelúcia e Megasqueaker da Outward Hound. (Foto: Karina Sakita)

 

Móveis multifuncionais

 

De acordo com uma pesquisa realizada pelo IBGE, existem mais cachorros do que crianças no Brasil. E os cachorros estão sendo tratados como filhos em grande parte das casas.

Por isso, a Decor In oferece um trabalho pioneiro para ajudar tutores a deixarem a casa mais apropriada para seus pets, com móveis modernos e confortáveis para eles.

A empresa, que é especializada em decoração de interiores, criou a linha pet design. São móveis que podem ser comprados no tamanho padrão ou sob medida.

Tem diversos modelos de mesa de canto que também é uma casinha para o pet, armário que é um banheiro escondido para gatos e tem até uma caminha de cachorro com uma gaveta para brinquedos embaixo.

 

Mesas de canto e caminha com gaveta para brinquedos. (Fotos: Karina Sakita)

Mesas de canto e caminha com gaveta para brinquedos. (Fotos: Karina Sakita)

 

Petisco inspirado em barrinhas de cereais

 

A Petitos tem diversos petiscos que parecem comidas de festas dos humanos (brigadeiro, coxinha, kibe, mini churros, entre outros).

Na feira deste ano, a marca lançou o Combo Stix, que é inspirado em barrinhas de cereais. É uma combinação de palito, banana e cereais. O aroma é delicioso.

Agora, a Petitos também criou linhas especiais para filhotes e cães idosos.

Para os filhotes, snack de carne com leite, para ajudar a massagear a gengiva e amenizar o desconforto causada pelo nascimento dos dentes.

Os produtos da linha sênior são mais macios e possuem um complexo de antioxidantes para prevenir e diminuir o envelhecimento celular dos cachorros mais velhos.

 

Lançamentos da Petitos. (Fotos: Karina Sakita)

Lançamentos da Petitos. (Fotos: Karina Sakita)

 

Colônias para Pets

 

A Perigot, que atua no segmento têxtil e cosmético, usa ativos diferenciados e naturais em seus produtos.

A marca brasileira tem uma linha de perfumes para pets. São 14 deliciosas fragrâncias com altíssimo poder de fixação, elaboradas com matérias primas suaves.

A Lola ganhou alguns perfumes e já até usou um deles! Com apenas uma pequena borrifada, ela ficou perfumada de maneira suave durante vários dias, sem que causasse qualquer alergia ou irritação.

 

Essa latinha faz parte de uma linha especial com leite da Perigot. Do lado direito, algumas colônias. (Fotos: Karina Sakita)

Essa latinha faz parte de uma linha especial com leite da Perigot. Do lado direito, algumas colônias. (Fotos: Karina Sakita)

 

Muitos cães visitaram a Pet South America 2016, para ver a galeria de fotos deles, clique aqui.

 

Cães encontrados em uma situação terrível juntos esperam ser adotados por uma mesma família

por Andrezza Oestreicher — publicado 20 out 2017 - 9:36

Os cachorros Jefe e Jericho foram encontrados juntos em uma situação de negligência terrível. Desde o primeiro momento, os membros da equipe da Arizona Humane Society, organização de proteção animal que resgatou a dupla, perceberam que os cães, apesar de diferentes, eram grandes amigos e companheiros.

Os dois cachorros, um Chihuahua de 2 anos chamado Jefe bem extrovertido e um belíssimo Pastor Alemão de três anos de idade chamado Jericho, estavam no quintal de uma casa nos Estados Unidos,

 » Read more about: Cães encontrados em uma situação terrível juntos esperam ser adotados por uma mesma família  »

Com medo da violência, policial leva cães que viviam em UPP para abrigo

por Andrezza Oestreicher — publicado 19 out 2017 - 18:33

Nós já falamos bastante sobre a crescente da violência no Rio de Janeiro e como isso vem afetando cada vez mais os animais.

A situação está tão grave, que dois cãezinhos que viviam em uma UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) na Zona Norte da cidade, foram retirados do local e levados para um abrigo por um policial, que estava com medo de que os animais se tornassem alvos por serem cuidados pelos PMs.

De acordo com funcionários da Fazenda Modelo,

 » Read more about: Com medo da violência, policial leva cães que viviam em UPP para abrigo  »

Paul McCartney apoia campanha da PETA em prol de 150 cachorros

por Andrezza Oestreicher — publicado 19 out 2017 - 9:32

A PETA (People for the Ethical Treatment of Animals, em português “Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais”) é a maior organização de direitos dos animais no mundo, com mais de 6,5 milhões de membros e apoiadores.

Este mês, a organização ganhou um apoio de peso em uma de suas campanhas. O cantor Paul McCartney se juntou à PETA para ajudar cerca de 150 cachorros que estão sendo negligenciados por uma empresa nos Estados Unidos.

 » Read more about: Paul McCartney apoia campanha da PETA em prol de 150 cachorros  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Cães encontrados em uma situação terrível juntos esperam ser adotados por uma mesma família

por Andrezza Oestreicher — publicado 20 out 2017 - 9:36

Os cachorros Jefe e Jericho foram encontrados juntos em uma situação de negligência terrível. Desde o primeiro momento, os membros da equipe da Arizona Humane Society, organização de proteção animal que resgatou a dupla, perceberam que os cães, apesar de diferentes, eram grandes amigos e companheiros.

Os dois cachorros, um Chihuahua de 2 anos chamado Jefe bem extrovertido e um belíssimo Pastor Alemão de três anos de idade chamado Jericho, estavam no quintal de uma casa nos Estados Unidos, vivendo abandonados e em meio a muita sujeira.

(Foto: Reprodução / I Heart Dogs / Arizona Humane Society)

Jericho estava manco e extremamente magro deitado no chão, enquanto Jefe estava deitado nas costas do Pastor Alemão de forma bastante protetora e tentando dar algum suporte ao amigo.

O cachorro maior estava bastante fraco. Além da falta de alimentação ele estava visivelmente doente. Ele provavelmente não iria sobreviver muito tempo se continuasse na situação em que foi encontrado.

Quando membros da Arizona Humane Society levantaram Jericho e o levaram de forma bastante cuidadosa para dentro da ambulância, Jefe latiu e “sapateou” bastante, tentando chegar perto de seu melhor amigo. Foi aí que todos tiveram a certeza de que esses dois não poderiam ser separados nunca.

(Foto: Reprodução / I Heart Dogs / Arizona Humane Society)

Jericho tinha seu frágil corpo coberto de pulgas e exames comprovaram que ele estava com ehrlichiose canina (conhecida como a doença do carrapato) e com uma infecção por fungos, conhecida como febre do vale, que causa sintomas semelhantes a uma gripe. Felizmente as doenças não são contagiosas e Jefe não apresentava problemas de saúde.

Os dois cães foram encaminhados para um lar temporário, onde passaram a receber todos os cuidados necessários e muito amor. Jericho fez tratamento e está cada vez melhor.

De acordo com Ashleigh Goebel, coordenador de mídia da Arizona Humane Society, Jericho é um cachorro dócil, bem treinado e bastante afetuoso. Já Jefe adora abraçar e se enroscar nos humanos, quando não está aconchegado em Jericho.

(Foto: Reprodução / I Heart Dogs / Arizona Humane Society)

Ainda de acordo com a Arizona Humane Society, os cachorros adoram brincar e caminhar e são excelentes com crianças.

Agora que estão bem, a dupla de melhores amigos está a espera de uma família que queira adotar os dois juntos, pois será impossível separar esses companheiros.

Fonte: I Heart Dogs

Com medo da violência, policial leva cães que viviam em UPP para abrigo

por Andrezza Oestreicher — publicado 19 out 2017 - 18:33

Nós já falamos bastante sobre a crescente da violência no Rio de Janeiro e como isso vem afetando cada vez mais os animais.

A situação está tão grave, que dois cãezinhos que viviam em uma UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) na Zona Norte da cidade, foram retirados do local e levados para um abrigo por um policial, que estava com medo de que os animais se tornassem alvos por serem cuidados pelos PMs.

Policial ficou com medo de que os cães fossem alvo da violência e os levou para abrigo. (Foto: Reprodução / Facebook Indefesos)

De acordo com funcionários da Fazenda Modelo, abrigo municipal de animais em Guaratiba para onde os cães foram levados, o policial informou que os cachorrinhos, um casal de vira-latas de cerca de três anos de idade, viviam na UPP de Benfica (o policial não especificou qual) desde filhotes e eram cuidados pelos PMs.

Porém, com o “clima de guerra” que tomou conta da favela, o policial ficou com medo de que os cachorros se tornassem alvos de alguma violência, já que eles eram praticamente mascotes da UPP e estavam associados aos PMs.

Ao saber do caso dos vira-latas, Rosana Guerra, protetora animal que faz parte do Grupo Indefesos e faz trabalhos voluntários na Fazenda Modelo, divulgou a história dos cães em uma rede social.

“Eles são animais muito dóceis. Conquistaram todo mundo. E com certeza eram muito bem cuidados, pois estavam gordinhos, com pelos brilhosos e pareciam muito felizes. Tinham um lar. Infelizmente, foram separados. Podemos dizer que eles foram vítimas desta violência horrível do Rio de Janeiro”, afirmou Rosana.

A cadelinha teve oito filhotes e está com os bebês em um lar temporário. (Foto: Reprodução / Leo Martins / Agência O Globo)

Porém, a história teve um lado feliz.

A cadelinha, que recebeu o nome de Bela, estava prenhe. Ela teve seus oito filhotes em um lugar seguro, recebeu todos os cuidados necessários e foi encaminhada para um lar temporário junto com seus bebês. A família vai ficar lá até todos eles estarem prontos para serem colocados para adoção.

Já o macho, que recebeu o nome de Fera, foi adotado, ganhou uma nova família e se mudou para a Zona Sul da cidade.

Fonte: O Globo