Pit Bull que perdeu o nariz descobre finalmente o que é felicidade

Cão que foi encontrado abandonado com parte do focinho cortado fora é hoje exemplo de superação e felicidade

por Andrezza Oestreicher — publicado 18 maio 2016 - 13:26

Em janeiro de 2015, Brittany Faske, voluntária do grupo de resgates ADORE (All Dogs Official Rescue Enterprise of Houston), recebeu uma ligação que lhe deixou bastante preocupada. Um trabalhador de uma construção em Houston, Texas, tinha visto um Pit Bull ferido que parecia ter perdido metade do seu rosto. O homem contou que o cão se escondeu no mato e não deixava ninguém se aproximar.

A mulher ficou atordoada com a ligação e foi até o local imediatamente. Quando ela encontrou o cão sentado perto de uma vala entre os sacos de restos de comida e pneus velhos, ela pôde ver que ele estava em uma situação bem pior do que ela tinha imaginado inicialmente. O cão estava tão mal, que na melhor das hipóteses, ela pensou que o máximo que poderia fazer era ajudar a acabar com o sofrimento dele.

O cão foi encontrado com o nariz cortado e em uma situação terrível. (Foto: Reprodução / Brittany Faske)

O cão foi encontrado com o nariz cortado e em uma situação terrível. (Foto: Reprodução / Brittany Faske)

“Este cão, que já tinha sido lindo, grande e forte, tinha sido reduzido a quase nada. Junto com seus ferimentos, ele estava tão magro que suas costelas, ossos do quadril e espinha dorsal estavam claramente visíveis sob sua pele. Ele estava coberto de sujeira e estava muito fraco”, disse Brittany ao site The Dodo.

Quando ela se aproximou do cão, ele deu um grunhido de advertência, mas isso não a assustou. Ela não esperava uma reação diferente dele, visto a situação em que ele se encontrava e tudo o que ele deve ter passado e sofrido para ficar assim.

Após algum tempo, o cão deixou que Brittany se aproximasse o suficiente para conseguir inspecionar seus ferimentos mais de perto. O animal não tinha mais a maior parte do nariz e focinho, e o que restou foi deixado pendurado na frente de seu rosto.

O cão foi resgatado, levado ao veterinário e fez tratamentos e cirurgia. (Foto: Reprodução / Brittany Faske)

O cão foi resgatado, levado ao veterinário e fez tratamentos e cirurgia. (Foto: Reprodução / Brittany Faske)

Brittany logo concluiu que aquilo não poderia ter sido um acidente, pois o corte estava tão reto que só poderia ter sido feito com um instrumento afiado. Então, provavelmente aquela situação do cão era obra de um ser humano, talvez o mesmo que o deixou largado naquele lugar. Além da aparência horrível dos ferimentos, o cão também estava com um cheiro forte de infecção.

Após conseguir a confiança do cão, que recebeu o nome de Apollo, Brittany o levou para o veterinário. Apesar da enorme dor que o cão parecia sentir, ao entrar no carro da mulher ele conseguiu relaxar e até adormeceu. Porém, ele ainda não estava completamente fora de perigo.

Apesar de tudo o que havia passado, Apollo era muito sociável e carinhoso. (Foto: Reprodução / Brittany Faske)

Apesar de tudo o que havia passado, Apollo era muito sociável e carinhoso. (Foto: Reprodução / Brittany Faske)

O cão precisava de cuidados médicos urgentes e Brittany não sabia se ele aguentaria os tratamentos que estavam por vir. Mas, ao chega na clínica, Apollo trotou ao redor da área de espera, cheirou as pessoas e interagiu com os outros cães.

Além de suas lesões faciais, um exame constatou que Apollo estava também com dirofilariose, uma condição que ocorre quando vermes parasitas migram através dos tecidos de um cão até seu coração e que pode levar à morte quando não tratada.

Brittany e o veterinário colocaram comida e água na frente de Apollo para ver que tipo de qualidade de vida que ele teria, e se ele ainda conseguia se alimentar de forma normal. Se ele conseguisse, então ele poderia ter uma chance.

A ligação entre o cão e a mulher que o resgatou foi tão forte que ela acabou o adotando. (Foto: Reprodução / Brittany Faske)

A ligação entre o cão e a mulher que o resgatou foi tão forte que ela acabou o adotando. (Foto: Reprodução / Brittany Faske)

Sem hesitar, Apollo devorou rapidamente duas tigelas de comida e água. Então Apollo andou até a mulher que o resgatou e colocou a cabeça em sua na perna. “A partir desse momento, nós sabíamos que ele não era apenas um cão qualquer”, disse Brittany.

Depois de um tempo, Apollo fez uma cirurgia reconstrutiva. O nariz exterior do cão tinha ido embora, mas ele ainda tinha uma cavidade nasal que lhe permitia respirar. Durante a operação, o veterinário colocou um enxerto de pele ao redor do osso exposto da cavidade nasal de Apollo, que iria proteger o que restava de seu nariz. Enquanto parte da mandíbula superior e alguns dentes do cão tiveram que ser removidos, o veterinário também conseguiu manter o suficiente de sua boca para que ele pudesse comer e beber normalmente.

Apollo se deu muito bem com os cães de sua nova mamãe. (Foto: Reprodução / Brittany Faske)

Apollo se deu muito bem com os cães de sua nova mamãe. (Foto: Reprodução / Brittany Faske)

Enquanto isso, a adoção do cão ainda não tinha passado pela cabeça de Brittany, ela estava preocupada apenas com a cirurgia e recuperação do cão. Porém, ela sabia que ela e Apollo tinham construído um vínculo especial, que ficava mais forte a cada dia.

Assim que Apollo se recuperou, Brittany o apresentou a seus outros cães, dois machos já com mais de 10 anos. “Eles eram de raças fortes e muito temperamentais. Dois velhos rabugentos. Eu não tinha certeza se eles conseguiriam aceitar outro cão. Eles já estavam bastante acostumados em ser só os dois e eram bastante protetores em relação a mim”, contou ela.

E mais vez Apollo superou as expectativas de Brittany. Não só seus cães aceitaram o novo cão como Apollo adorou os cachorros mais velhos. Outro fato surpreendente sobre Apollo é que ele também adorava estar perto de pessoas, o que não era de se esperar depois de tudo o que ele tinha passado. Depois disso acabou sendo uma decisão fácil para Brittany adotar oficialmente Apollo.

Com a nova família Apollo descobriu o que é amor verdadeiro e felicidade. (Foto: Reprodução / Brittany Faske)

Com a nova família Apollo descobriu o que é amor verdadeiro e felicidade. (Foto: Reprodução / Brittany Faske)

Mesmo com suas lesões faciais, Apollo agora vive uma vida plena. Seu nariz reconstruído manteve as funções de um nariz de qualquer outro cão, permitindo-lhe respirar, cheirar e espirrar. Sua mandíbula reformada também não o impediu de comer ou brincar.

Apollo adora ficar na poltrona enquanto assiste TV com Brittany, brincar com seus irmãos cães, comer e tomar sol. Além disso, o cão ganhou sessões de treino privadas em um curso de K9 do Total Control K9 College, onde tem aulas todos os sábados e parece gostar bastante.

O cão hoje está curado fisicamente e emocionalmente. Ele adora brincar e passear e vive muito feliz. (Foto: Reprodução / Brittany Faske)

O cão hoje está curado fisicamente e emocionalmente. Ele adora brincar e passear e vive muito feliz. (Foto: Reprodução / Brittany Faske)

O amor de Brittany ajudou Apollo a superar seus traumas emocionais e fazê-lo voltar a confiar nas pessoas e ser um cão bastante amoroso e carinhoso. “Eu nunca vi um cão mais feliz. Você pode ver a confiança e amor em seus olhos”, diz Brittany.

 

Fonte: The Dodo

Após 10 anos desaparecida, cadela volta para a casa de sua família

por Andrezza Oestreicher — publicado 19 fev 2018 - 18:37

Quando um cachorro foge de casa e acaba se perdendo, é sempre muito difícil para os tutores. Não saber onde seu animal está e em que condição ele está é terrível.

Em alguns casos, quando esses animais são encontrados por pessoas de bom coração eles chegam a ser devolvidos para os tutores. Em muitos outros, os cães não retornam e a família fica sem saber o que de fato aconteceu.

E existe também o caso da cadelinha Abby,

 » Read more about: Após 10 anos desaparecida, cadela volta para a casa de sua família  »

Artistas internacionais aproveitam o Valentine’s Day para incentivar a adoção de animais

por Andrezza Oestreicher — publicado 19 fev 2018 - 9:21

Em uma data como o Valentine’s Day, em que se é comemorado o amor em suas diversas formas e a amizade em vários países do mundo, nada mais natural, e também justo, do que celebrar e homenagear aqueles que nos amam da forma mais pura e sem esperar nada em troca, os nossos cachorros e animais de estimação.

Pensando em fazer uma bela homenagem aos amorosos peludos e em ajudar animais que estão em abrigos esperando por uma família,

 » Read more about: Artistas internacionais aproveitam o Valentine’s Day para incentivar a adoção de animais  »

Coreia do Sul não vai parar de servir carne de cachorro durante Olimpíadas de Inverno

por Andrezza Oestreicher — publicado 17 fev 2018 - 18:40

Sabendo que o consumo de carne de cachorro é muito grande na Coreia do Sul, onde se acredita que este tipo de carne é uma rica fonte de energia e são abatidos cerca de 2 milhões de cães todos os anos, ativistas animais intensificaram ainda mais as campanhas para tentar dar fim a esta prática.

Além de diversos protestos realizados em Seul, capital da Coreia do Sul, também foram feitas petições on-line pedindo o boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pyeongchang 2018,

 » Read more about: Coreia do Sul não vai parar de servir carne de cachorro durante Olimpíadas de Inverno  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Após 10 anos desaparecida, cadela volta para a casa de sua família

por Andrezza Oestreicher — publicado 19 fev 2018 - 18:37

Quando um cachorro foge de casa e acaba se perdendo, é sempre muito difícil para os tutores. Não saber onde seu animal está e em que condição ele está é terrível.

Em alguns casos, quando esses animais são encontrados por pessoas de bom coração eles chegam a ser devolvidos para os tutores. Em muitos outros, os cães não retornam e a família fica sem saber o que de fato aconteceu.

A cadelinha fugiu de casa quando tinha um ano de idade. (Foto: Reprodução / Nate Sallwood / Tribune-Review)

E existe também o caso da cadelinha Abby, um Labrador preto que desapareceu de casa durante uma brincadeira e só foi encontrada novamente 10 anos depois.

De acordo com Debra Suierveld, tutora da cadela, há 10 anos, seus filhos estavam brincando com Abby no quintal de casa, na Pensilvânia. Parecia ser um dia normal, até que a pequena cadelinha, que tinha um ano na época, correu, fugiu e desapareceu completamente.

Debra contou que a família procurou o animal por toda parte, mas parecia que ela tinha simplesmente evaporado. Um tempo depois, a família passou a acreditar que a pequena Abby tinha falecido, por isso não era encontrada.

O susto e a surpresa vieram 10 anos depois, quando Debra Suierveld recebeu um chamado falando que sua cadela tinha sido encontrada.

10 anos depois, ela foi encontrada,identificada e finalmente voltou para a sua família. (Foto: Reprodução / Nate Sallwood / Tribune-Review)

Segundo informações que foram passadas para Debra, a cadela foi encontrada na varanda de uma residência localizada a cerca de 12 km de distância da casa da sua família e de lá foi levada para um abrigo, onde a cadela foi identificada graças a um microchip que Debra tinha implantado em Abby quando ela era ainda uma filhote.

Não se sabe o que aconteceu com a cadela por todos esses anos e nem como ela foi parar novamente tão pertinho da casa de sua família, porém, todos ficaram muito felizes em poder ter Abby de volta em casa.

Fonte: Bored Panda

Artistas internacionais aproveitam o Valentine’s Day para incentivar a adoção de animais

por Andrezza Oestreicher — publicado 19 fev 2018 - 9:21

Em uma data como o Valentine’s Day, em que se é comemorado o amor em suas diversas formas e a amizade em vários países do mundo, nada mais natural, e também justo, do que celebrar e homenagear aqueles que nos amam da forma mais pura e sem esperar nada em troca, os nossos cachorros e animais de estimação.

Pensando em fazer uma bela homenagem aos amorosos peludos e em ajudar animais que estão em abrigos esperando por uma família, a Best Friends Animal Society, organização de bem-estar animal dedicada a acabar com a morte de cães e gatos nos abrigos dos Estados Unidos, juntou vídeos caseiros de celebridades internacionais cantando uma música para lá de especial para seus bichinhos de estimação adotados e transformou em um videoclipe.

A atriz Selma Blair gravou com seus dois cachorros, ambos adotados de abrigos. (Foto: Reprodução / Facebook Best Friends Animal Society)

A música escolhida foi a clássica L-O-V-E (AMOR em português), de Nat King Cole, cantor e pianista de jazz norte-americano, que fala de amor e diz em um trecho:
“Amor é tudo que eu posso te dar
Amor é mais do que um jogo para dois

Pegue meu coração, mas, por favor, não o parta
Amor foi feito para mim e para você”.

Uma letra que combina muito bem com o amor completamente gratuito que os animais de estimação sempre costumam dar para os seus tutores, mesmo para aqueles que nem merecem.

L O V E

Love is all that they can give to you — but you can give homeless pets across the country an extraordinary future when you pledge your love along with Amanda Seyfried, Josh Gad, Selma Blair, Jamie Chung, Natalie Morales and Mayim Bialik to Save Them All!Show the animals just how much you care when you take the pledge: http://bit.ly/STAPledgeLove. -emily

Posted by Best Friends Animal Society on Monday, February 12, 2018

Entre os artistas que aparecem no vídeo com seus animais adotados estão Amanda Seyfried, Selma Blair, Josh Gad, Mayim Bialik, Jamie Chung e Natalie Morales.

A Best Friends Animal Society espera que o vínculo e amor entre tutores e seus pets vistos no vídeo inspirem mais pessoas a adotar animais de abrigos e mostre o quanto esses bichinhos podem ser amorosos, carinhosos e muito companheiros.

Fonte: People