Pit bull, resgatada após sofrer maus tratos, se torna cachorra terapeuta e ganha prêmio

Com votação do público, Susie foi eleita a cachorra heroína de 2014, nos Estados Unidos.

por Karina Sakita — publicado 3 out 2014 - 6:30

Uma pit bull mix chamada Susie superou os maus tratos que sofreu quando era filhote, se tornou uma cachorra terapeuta e agora recebeu o prêmio de cachorra heroína de 2014, nos Estados Unidos.

Quando ainda era filhote, Susie enfrentou a crueldade humana: alguém bateu nela, colocou fogo em seu corpo e depois a abandonou em um parque na Carolina do Norte, para que morresse.

Felizmente, a cachorra teve uma segunda chance na vida. Um abrigo de animais resgatou e cuidou de Susie.

Depois, ela foi adotada por Donna Lawrence. Juntas, as duas se tornaram grandes defensoras dos animais e ajudaram na aprovação da Susie’s Law, uma lei que implica em penas mais rigorosas para pessoas condenadas por maltratar animais.

A pit bull mix se tornou uma cachorra terapeuta e visita hospitais, escolas e asilos para alegrar, levar esperança e servir de inspiração para quem mais precisa.

 

Susie é um grande exemplo de superação! (Foto: Reprodução / Pawnation)

Susie é um grande exemplo de superação! (Foto: Reprodução / Pawnation)

 

Susie era finalista na categoria Cão Terapeuta do Hero Dog Awards 2014.

Para fazer a seleção dos indicados ao prêmio, o público podia sugerir cachorros que tiveram atos heróicos. São 8 categorias: cães na luta pelo cumprimento da lei, cães arson (que trabalham com os bombeiros), cães de serviço, cães terapeutas, cães militares, cães de serviço, cães de busca e salvamento, cães-guia / cães-ouvintes e cães heróis emergentes (cachorros comuns que fizeram coisas extraordinárias).

Primeiro, foram selecionados três cachorros para cada categoria. Através da votação pela internet, foi escolhido um cachorro de cada categoria. Nesse momento, se tornaram 8 finalistas para o prêmio de cão herói 2014.

A cerimônia aconteceu no dia 27/09 no hotel The Beverly Hilton, com apresentação do ator James Denton e do protetor de animais Beth Stern. Será exibido na televisão norte-americana no dia 30 de outubro, no Hallmark Channel.

 

Veja outros finalistas do Hero Dog Awards 2014:

 

Categoria cão arson. Kai é um labrador retriever de 6 anos, que trabalha no corpo de bombeiros de San Antonio. (Foto: Reprodução / Pawnation)

Finalista na categoria Cão Arson: Kai é um labrador retriever de 6 anos, que trabalha no corpo de bombeiros de San Antonio. (Foto: Reprodução / Pawnation)

 

Xena foi adotada em março de 2013 e se tornou uma grande heroína para um garoto autista de 8 anos, que teve uma grande melhora com a presença da cachorra. (Foto: Reprodução / Pawnation)

Finalista na categoria Cão Herói Emergente: Xena foi adotada em março de 2013 e se tornou uma grande heroína para um garoto autista de 8 anos, que teve uma grande melhora com a presença da cachorra. (Foto: Reprodução / Pawnation)

 

O labrador retriever Chaney trabalhou no Iraque e no Afeganistão. (Foto: Reprodução / Pawnation)

Finalista na categoria Cão Militar: o labrador retriever Chaney trabalhou no Iraque e no Afeganistão. (Foto: Reprodução / Pawnation)

 

Finalista na categoria Cão de Busca e Salvamento: Bretagne trabalhou no resgate das vítimas do atentado terrorista no World Trade Center e após o furacão Rita em 2005. (Foto: Reprodução / Pawnation)

Finalista na categoria Cão de Busca e Salvamento: Bretagne trabalhou no resgate das vítimas do atentado terrorista no World Trade Center e após o furacão Rita em 2005. (Foto: Reprodução / Pawnation)

 

Para saber mais sobre cães de serviços, clique aqui.

 

Fontes: Vetstreet / Pawnation / Hero Dog Awards

 

Pesquisa aponta que brasileiros gastam quase R$ 200 por mês com animais de estimação

por Andrezza Oestreicher — publicado 23 set 2017 - 18:22

De acordo com uma pesquisa feita pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) com usuários da intenert, cerca de 76% dos internautas brasileiros possuem um animal de estimação em casa. Destes animais, 79% são cães.

A pesquisa, que buscava saber o comportamento dos tutores em relação ao gasto financeiro com seus animais, mostrou que as famílias brasileiras gastam uma média de R$ 189 por mês com seus animais de estimação.

 » Read more about: Pesquisa aponta que brasileiros gastam quase R$ 200 por mês com animais de estimação  »

Câmeras flagram momento em que cadela é abandonada por tutor, mas história tem final feliz

por Andrezza Oestreicher — publicado 23 set 2017 - 9:27

A cidade de Dallas, no Texas, Estados Unidos, sofre com o grave problema de abandono de animais. Os abrigos locais fazem tudo o que podem. Resgatam, cuidam e encontram lares para os bichinhos, mas o abandono continua.

Pensando em minimizar ao máximo isso, autoridades locais colocaram câmeras de segurança em um ponto da cidade conhecido por ser um local onde muitos animais são abandonados. E parece que essa ajuda já está trazendo efeitos.

O primeiro caso flagrado pelas câmeras,

 » Read more about: Câmeras flagram momento em que cadela é abandonada por tutor, mas história tem final feliz  »

Atleta do UFC Cláudia Gadelha tem ajuda de cachorrinho em nova fase de vida e carreira

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 set 2017 - 9:28

Mudanças nem sempre são fáceis, principalmente quando elas são grandes e quando precisamos passar por elas sozinhas. Como é o caso da mudança do Brasil para os Estados Unidos que a atleta do UFC Cláudia Gadelha passou há pouco tempo.

Além de precisar passar por tudo isso sem nenhum membro de sua família ao seu lado, a lutadora também está com treinadores novos.

Seja bem vindo, bebe!! Welcome to my baby!! #teamclaudia #TeamCG #thisisfancy #myfancydog

 » Read more about: Atleta do UFC Cláudia Gadelha tem ajuda de cachorrinho em nova fase de vida e carreira  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Pesquisa aponta que brasileiros gastam quase R$ 200 por mês com animais de estimação

por Andrezza Oestreicher — publicado 23 set 2017 - 18:22

De acordo com uma pesquisa feita pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) com usuários da intenert, cerca de 76% dos internautas brasileiros possuem um animal de estimação em casa. Destes animais, 79% são cães.

A pesquisa, que buscava saber o comportamento dos tutores em relação ao gasto financeiro com seus animais, mostrou que as famílias brasileiras gastam uma média de R$ 189 por mês com seus animais de estimação.

Quando falamos de famílias das classes A e B esse gasto sobe para de R$ 224 mensais.

A maioria dos tutores tem seus animais com membros da família. (Foto: Reprodução / Porticopharmacy)

O fato de serem considerados como membros da família por grande parte dos tutores, cerca de 61% dos entrevistados pensam assim, faz com que as pessoas não pensem em seus animais como gasto e tentem oferecer os melhores produtos para os seus pets.

Ainda de acordo com a pesquisa, entre os principais serviços que os tutores buscam seus pets estão rações (88%), shampoos e condicionadores (57%), petiscos (52%), medicamentos e vitaminas (50%) e brinquedos (44%). Mais da metade dos tutores entrevistados, 52%, afirmaram que buscam sempre a melhor ração para seus animais e que as mais escolhidas são as chamadas premium.

Apesar da crise financeira, a pesquisa mostrou que 21% dos tutores não deixam de comprar algo para seus bichinhos por falta de dinheiro.

Entre os principais gastos com os animais está a ração. Boa parte dos tutores busca oferecer a melhor ração para o seu pet. (Foto: Reprodução / Pet MD)

Também pôde ser vista na pesquisa a preocupação dos tutores (99%) quanto à saúde de seus animais de estimação. Prova disso é que o item que a maioria dos tutores respondeu ser um desejo oferecer para o seu animal é um plano de saúde específico. 33% dos tutores afirmaram que, apesar de terem muita vontade, não fizeram plano de saúde para o seu animal por conta do dinheiro.

Os peludos merecem ser muito amados e ter tutores tenham sempre um cuidado especial com sua saúde.

Fonte: G1

Câmeras flagram momento em que cadela é abandonada por tutor, mas história tem final feliz

por Andrezza Oestreicher — publicado 23 set 2017 - 9:27

A cidade de Dallas, no Texas, Estados Unidos, sofre com o grave problema de abandono de animais. Os abrigos locais fazem tudo o que podem. Resgatam, cuidam e encontram lares para os bichinhos, mas o abandono continua.

Pensando em minimizar ao máximo isso, autoridades locais colocaram câmeras de segurança em um ponto da cidade conhecido por ser um local onde muitos animais são abandonados. E parece que essa ajuda já está trazendo efeitos.

Momento em que o homem abandonou a cadelinha foi flagrado por câmeras de segurança. (Foto: Reprodução / Vídeo / Life With Dogs)

O primeiro caso flagrado pelas câmeras, no início de agosto, foi o de uma cadelinha que foi levada de carro até o local e abandonada por um senhor. Enquanto a cadelinha foi resgatada e recebeu todos os cuidados que precisava, o homem foi identificado depois que entidade de proteção animal SPCA do Texas compartilhou o vídeo na sua página do Facebook.

O homem, que de acordo com o SPCA se chama Gorge Spears, se entregou na polícia depois que um mandado de prisão foi emitido em seu nome. Ainda segundo informações, acusações criminais de crueldade serão peticionadas.

Felizmente, a cadelinha, que foi elogiada por todos, foi adotada rapidamente e já está muito bem e feliz em seu novo lar.

A cadelinha foi adotada rapidamente por um casal que está encantado por ela e lhe dando muito amor. (Foto: Reprodução / Facebook SPCA of Texas)

Segundo uma publicação feita pela DPCA do Texas, a cadela, que recebeu o nome de K.D. está indo extremamente bem em sua nova casa, onde todos se encantaram com toda a sua doçura. “KD trouxe tanto amor para minha casa… Ela é extremamente calma e só quer amar a todos que conhece”, disseram os novos tutores da cadelinha.

Fonte: Life With Dogs