Pit bull, resgatada após sofrer maus tratos, se torna cachorra terapeuta e ganha prêmio

Com votação do público, Susie foi eleita a cachorra heroína de 2014, nos Estados Unidos.

por Karina Sakita — publicado 3 out 2014 - 6:30

Uma pit bull mix chamada Susie superou os maus tratos que sofreu quando era filhote, se tornou uma cachorra terapeuta e agora recebeu o prêmio de cachorra heroína de 2014, nos Estados Unidos.

Quando ainda era filhote, Susie enfrentou a crueldade humana: alguém bateu nela, colocou fogo em seu corpo e depois a abandonou em um parque na Carolina do Norte, para que morresse.

Felizmente, a cachorra teve uma segunda chance na vida. Um abrigo de animais resgatou e cuidou de Susie.

Depois, ela foi adotada por Donna Lawrence. Juntas, as duas se tornaram grandes defensoras dos animais e ajudaram na aprovação da Susie’s Law, uma lei que implica em penas mais rigorosas para pessoas condenadas por maltratar animais.

A pit bull mix se tornou uma cachorra terapeuta e visita hospitais, escolas e asilos para alegrar, levar esperança e servir de inspiração para quem mais precisa.

 

Susie é um grande exemplo de superação! (Foto: Reprodução / Pawnation)

Susie é um grande exemplo de superação! (Foto: Reprodução / Pawnation)

 

Susie era finalista na categoria Cão Terapeuta do Hero Dog Awards 2014.

Para fazer a seleção dos indicados ao prêmio, o público podia sugerir cachorros que tiveram atos heróicos. São 8 categorias: cães na luta pelo cumprimento da lei, cães arson (que trabalham com os bombeiros), cães de serviço, cães terapeutas, cães militares, cães de serviço, cães de busca e salvamento, cães-guia / cães-ouvintes e cães heróis emergentes (cachorros comuns que fizeram coisas extraordinárias).

Primeiro, foram selecionados três cachorros para cada categoria. Através da votação pela internet, foi escolhido um cachorro de cada categoria. Nesse momento, se tornaram 8 finalistas para o prêmio de cão herói 2014.

A cerimônia aconteceu no dia 27/09 no hotel The Beverly Hilton, com apresentação do ator James Denton e do protetor de animais Beth Stern. Será exibido na televisão norte-americana no dia 30 de outubro, no Hallmark Channel.

 

Veja outros finalistas do Hero Dog Awards 2014:

 

Categoria cão arson. Kai é um labrador retriever de 6 anos, que trabalha no corpo de bombeiros de San Antonio. (Foto: Reprodução / Pawnation)

Finalista na categoria Cão Arson: Kai é um labrador retriever de 6 anos, que trabalha no corpo de bombeiros de San Antonio. (Foto: Reprodução / Pawnation)

 

Xena foi adotada em março de 2013 e se tornou uma grande heroína para um garoto autista de 8 anos, que teve uma grande melhora com a presença da cachorra. (Foto: Reprodução / Pawnation)

Finalista na categoria Cão Herói Emergente: Xena foi adotada em março de 2013 e se tornou uma grande heroína para um garoto autista de 8 anos, que teve uma grande melhora com a presença da cachorra. (Foto: Reprodução / Pawnation)

 

O labrador retriever Chaney trabalhou no Iraque e no Afeganistão. (Foto: Reprodução / Pawnation)

Finalista na categoria Cão Militar: o labrador retriever Chaney trabalhou no Iraque e no Afeganistão. (Foto: Reprodução / Pawnation)

 

Finalista na categoria Cão de Busca e Salvamento: Bretagne trabalhou no resgate das vítimas do atentado terrorista no World Trade Center e após o furacão Rita em 2005. (Foto: Reprodução / Pawnation)

Finalista na categoria Cão de Busca e Salvamento: Bretagne trabalhou no resgate das vítimas do atentado terrorista no World Trade Center e após o furacão Rita em 2005. (Foto: Reprodução / Pawnation)

 

Para saber mais sobre cães de serviços, clique aqui.

 

Fontes: Vetstreet / Pawnation / Hero Dog Awards

 

Kim Kardashian apresenta o novo cachorrinho de sua filha

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 jun 2017 - 18:50

Para comemorar o aniversário de quatro anos de sua filha com kanye West, Kim Kardashian deu para a pequena North West um filhote de cachorro como presente.

Kim apresentou o pequeno cachorro em suas redes sociais, mas não deu grandes detalhes.

O filhote parece ser da raça Lulu da Pomerânia, também conhecida por Spitz Alemão. Alguns sites internacionais especulam que o cão seja um Teacup Lulu Da Pomeranian, tamanho maior e que apresentaria menos problemas de saúde do que o micro.

 » Read more about: Kim Kardashian apresenta o novo cachorrinho de sua filha  »

Casal que mantinha 170 cães em péssimas condições é proibido de ter animais

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 jun 2017 - 9:33

Nos Estados Unidos, um casal foi condenado por maus-tratos a animais por manterem cerca de 170 cachorros em péssimas condições. Mark Vattimo, de 72 anos, e Christine Calvert, de 62, se declararam culpados por negligenciarem os cachorros, todos da raça Yorkshire Terrier.

Em janeiro deste ano, 2017, dezenas de cachorros foram encontrados em uma sala escura. A situação era terrível. Os animais estavam vivendo em meio a muita sujeira e com urina cobrindo o chão e até paredes.

 » Read more about: Casal que mantinha 170 cães em péssimas condições é proibido de ter animais  »

Cães treinados trabalharam no processo de buscas após incêndio da Grenfell Tower, em Londres

por Andrezza Oestreicher — publicado 21 jun 2017 - 18:15

Na madrugada do dia 14 de junho, um grande e trágico incêndio tomou conta de um prédio residencial de 24 andares localizado em Londres, o Grenfell Tower, e causou a morte de mais de 70 pessoas.

Bombeiros e policiais começaram a trabalhar o mais rápido possível para apagar o fogo e começar as buscas por sobreviventes. E foi aí que começou a participação de cães de serviço.

Cachorros especialmente treinados ajudaram no lento e meticuloso processo de busca.

 » Read more about: Cães treinados trabalharam no processo de buscas após incêndio da Grenfell Tower, em Londres  »

deixe seu comentário:

Kim Kardashian apresenta o novo cachorrinho de sua filha

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 jun 2017 - 18:50

Para comemorar o aniversário de quatro anos de sua filha com kanye West, Kim Kardashian deu para a pequena North West um filhote de cachorro como presente.

Kim apresentou o pequeno cachorro em suas redes sociais, mas não deu grandes detalhes.

Kim Kardashian deu um fofo cachorrinho de presente para a sua filha. (Foto: Reprodução / Instagram @kimkardashian)

O filhote parece ser da raça Lulu da Pomerânia, também conhecida por Spitz Alemão. Alguns sites internacionais especulam que o cão seja um Teacup Lulu Da Pomeranian, tamanho maior e que apresentaria menos problemas de saúde do que o micro.

O que também se sabe é que Penélope, filha de Kourtney Kardashian e sobrinha de Kim, também ganhou um filhote igual ao da prima North.

Ao mostrar o pequeno filhote para seus fãs pela primeira vez, Kim só contou que o animal era da sua filha e que ele ainda não tinha nome.

Kim apresentou o filhote para seus fãs através das redes sociais. (Foto: Reprodução / Daily Mail UK / Kim Kardashian Snapchat)

“Gente, quão fofo é o cachorrinho de Northie?”, perguntou Kim para os seus seguidores do Snapchat. Ainda em um vídeo publicado na rede social, Kim olha para o fofo filhote e pergunta: “Como devemos chamar você?”.

Em seu perfil oficial no Instagram, a esposa de kanye West contou que sua sobrinha já escolheu o nome do seu cachorrinho, que agora se chama Honey e perguntou para os seus seguidores: “Como deveremos chamar o nosso?”.

North West e sua prima Penélope ganharam cachorrinhos iguais.
(Foto: Reprodução / Instagram @kimkardashian)

O que sabemos de fato até agora é que ambos os filhotes são muito lindos e fofinhos e esperamos que eles sejam sempre muito bem cuidados.

Fonte: TMZ / Daily Mail UK

Casal que mantinha 170 cães em péssimas condições é proibido de ter animais

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 jun 2017 - 9:33

Nos Estados Unidos, um casal foi condenado por maus-tratos a animais por manterem cerca de 170 cachorros em péssimas condições. Mark Vattimo, de 72 anos, e Christine Calvert, de 62, se declararam culpados por negligenciarem os cachorros, todos da raça Yorkshire Terrier.

Em janeiro deste ano, 2017, dezenas de cachorros foram encontrados em uma sala escura. A situação era terrível. Os animais estavam vivendo em meio a muita sujeira e com urina cobrindo o chão e até paredes. Os policiais precisaram usar máscaras para conseguirem entrar no local.

Os cães foram encontrados em péssimas condições, vivendo em meio a muita sujeira e doentes. (Foto: Reprodução / UOL / San Diego Humane Society)

Além da visível negligência em relação à higiene do local e dos animais, a saúde dos cães também não estava recebendo a atenção necessária. Vários cachorros estavam com infecções e apresentando perda de pelo.

Após ser identificado, o casal foi encontrado com mais 31 cachorros. Algumas semanas depois, a mulher foi presa em Nevada. Ela estava em um motorhome (também conhecido como trailer) com mais 46 cães.

No total, foram resgatados cerca de 170 cães que estavam sob a responsabilidade e posse do casal. Algumas cadelas estavam grávidas e tiveram seus bebês já em um lugar melhor.

Os oficiais precisaram usar máscaras para conseguirem entrar onde os cães estavam. (Foto: Reprodução / UOL / San Diego Humane Society)

O casal se declarou culpado e foi condenado. Mark Vattimo e Christine Calvert estão proibidos de ter qualquer animal por pelo menos uma década e terão de encarar três anos de pena em liberdade condicional.

Fonte: UOL