Principais novidades apresentadas na Pet South America 2015

O Portal do Dog fez uma lista com os produtos que se destacaram na 14ª edição da maior feira do setor pet da América Latina.

por Karina Sakita — publicado 3 nov 2015 - 17:08

Muitas novidades foram apresentadas na 14ª edição da Pet South America, a maior feira do setor pet e veterinário da América Latina.

O evento aconteceu entre os dias 27 e 29 de outubro no Expo Center Norte, em São Paulo. Com a presença de 320 marcas do mundo todo, a feira recebeu mais de 20 mil visitações de profissionais desse mercado em constante crescimento.

O Portal do Dog preparou uma lista com os produtos que se destacaram na Pet South America 2015:

 

Pet Glove – luva invisível para as almofadinhas das patas

 

A Pet Society® lançou a Pet Glove, uma luva invisível para coxins (mais conhecidas como almofadinhas das patas dos cães), que hidrata e forma um filme protetor altamente flexível.

O produto contém óleo de calêndula (que hidrata e protege a pele, pois possui ação emoliente, antisséptica, anti-inflamatória e cicatrizante), Aloe vera (conhecida popularmente como babosa, é utilizada para hidratar as camadas mais profundas da pele, cicatrizar feridas e tratar queimaduras) e D-Pantenol.

Além disso, a Pet Glove possui ação antiderrapante, o que auxilia a locomoção dos cachorros em superfícies lisas e escorregadias.

É resistente à água e deve ser reaplicado a cada três horas diretamente nas almofadinhas das patas do cão.

O produto não precisa ser retirado, pois os coxins o absorvem com o tempo.

Para maiores informações acesse www.petsociety.com.br.

 

Pet Glove. (Foto: Divulgação)

Pet Glove. (Foto: Divulgação)

 

Petiscos para cães que parecem as nossas guloseimas

 

Já pensou se o seu cachorro pudesse comer brigadeiro, beijinho, pastel, coxinha e todas aquelas guloseimas que encontramos nas festas?

Isso é possível por causa da Petitos, uma fabricante brasileira que criou petiscos para cães que têm como referência alimentos consumidos pelos humanos.

Os produtos são similares no aroma e no formato, mas foram criados exclusivamente para cachorros e possuem ingredientes funcionais que beneficiam a saúde do animal.

A Petitos já havia apresentado petiscos que imitam coxinhas, picanha, tortinhas de frutas, kibes recheados e mini-churros no ano passado.

Nesta edição da Pet South America, a marca lançou novos produtos: beijinho, brigadeiro, mini salsicha, pastelzinho recheado de carne e sushi.

O formato já chama a atenção e nós também pudemos sentir o aroma na feira. Com certeza a semelhança é impressionante e dá até água na boca!

É cada vez mais comum que os tutores façam festas de aniversário para seus cães e esses petiscos prometem fazer sucesso.

Para maiores informações acesse www.petitos.com.br .

 

Os produtos da Petitos são perfeitos para o dia-a-dia e nas festinhas dos cães. (Foto: Karina Sakita)

Os produtos da Petitos são perfeitos para o dia-a-dia e nas festinhas dos cães. (Foto: Karina Sakita)

 

(Fotos: Divulgação)

(Fotos: Divulgação)

 

Limpa Patas

 

Quem tem cachorro já deve ter passado por alguma situação em que foi difícil limpar a sujeira de suas patas. Pensando nisso, a Focinho Dourado lançou o Limpa Patas.

O produto é simples: um potinho com uma escova circular de cerdas sintéticas. Basta colocar a pata do bichinho dentro e girar o recipiente.

Pode ser usado para limpar a seco, com água e shampoo, associado à produtos antissépticos para auxiliar no tratamento de piodermites e dermatoses ou com medicamentos indicados pelo veterinário contra doenças fúngicas e bacterianas.

A escova pode ser lavada e dura até seis meses.

Para saber mais acesse www.focinhodourado.com.br.

 

Limpa Patas. (Foto: Karina Sakita)

Limpa Patas. (Foto: Karina Sakita)

 

Óculos, coroas e gargantilhas adesivas

 

A Pity Biju é pioneira no ramo de bijuterias adesivas para cães e gatos. Uma boa maneira de deixar seu pet mais charmoso.

Por ser adesivo, mesmo cães que têm pelo curto podem usar os acessórios da marca.

A empresa lançou a coleção 2016 na Pet South America, com destaque para óculos, coroas e gargantilhas.

É claro que a poodle Pity marcou presença no evento.

Para mostrar a qualidade de seus produtos, a Pity Biju colocou suas bijuterias adesivas dentro de um aquário na feira.

Para maiores informações acesse http://pitybiju.com.br.

 

Pity Biju. (Fotos: Karina Sakita)

Pity Biju. (Fotos: Karina Sakita)

 

Dog Beer lança novo sabor

 

A Dog Beer é a primeira cerveja criada exclusivamente para cães no Brasil. Após o sucesso da cerveja com sabor de carne, o empresário Lucas Marques decidiu desenvolver a bebida no sabor frango, também feita à base de água, malte e extrato de frango.

Lucas é o novo dono da Dog Beer. Assim que adquiriu a marca, ele decidiu construir uma cervejaria própria, a primeira da América voltada a animais de estimação.

Com maquinário altamente tecnólogico, a cervejaria tem capacidade produtiva de dez mil garrafas por dia.

Lembrando que, apesar de ser inspirada na cerveja, a Dog Beer não contém álcool nem gás carbônico. Dessa maneira, seu melhor amigo canino pode te acompanhar durante o happy hour.

Para maiores informações acesse www.dogbeer.com.br.

 

Dog Beer. (Foto: Karina Sakita)

Dog Beer. (Foto: Karina Sakita)

 

Botas de borracha para cães

 

PawzDog Boots são as únicas botas do mundo totalmente impermeáveis.

Feitas de borracha, essas botas são 100% biodegradáveis e são projetadas para serem colocadas facilmente nas patas dos cachorros. Não tem zíper nem tiras.

Para que seu cão se sinta confortável, o calçado não tem acolchoamentos.

Para maiores informações acesse http://pawzdogboots.com.

 

Botas impermeáveis. (Foto: Karina Sakita)

Botas impermeáveis. (Foto: Karina Sakita)

 

Bisnaguinha para cães

 

É muito difícil resistir à carinha de pedinte dos cães quando estamos comendo algo, não é mesmo? Mas não podemos dar nossos alimentos aos cachorros porque a maioria contém ingredientes prejudiciais à saúde deles.

Pensando nisso, a Pet Dog Alimentos está lançando a bisnaguinha para cães, que foi desenvolvida por veterinários e doutores em nutrição animal.

Com receita macia e leve, é uma ótima maneira de dar medicamentos aos cachorros.

A Pet Dog Alimentos é uma padaria industrial para cães e tem outros produtos incríveis: panetone, colomba pascal, biscoito e muffin.

Para maiores detalhes acesse www.petdogalimentos.com.br.

 

Muffins e bisnaguinhas para cães. (Foto: Karina Sakita)

Muffins e bisnaguinhas para cães. (Foto: Karina Sakita)

 

Dog Club tem acessórios da Mormaii e linha de produtos inspirados em bandas de rock

 

A marca promete agradar cães de todos os estilos.

A Dog Club surgiu do amor incondicional por uma cachorra chamada Bali, pela música e pela moda.

São roupas, guias, coleiras, caminhas e bandanas que priorizam o conforto do animal, mas sem deixar a beleza de lado.

A coleção Tropicália, como o próprio nome diz, foi inspirada na tropicalidade brasileira.

Já a coleção rock traz estampas de grandes bandas desse estilo musical.

E a novidade apresentada na Pet South America foi a coleção da Mormaii, com guias, coleiras e até um tapete para colocar embaixo das vasilhas de água e comida.

Para maiores informações acesse http://dogclubb.com.br.

 

Coleção da Mormaii para a Dog Club. (Fotos: Karina Sakita)

Coleção da Mormaii para a Dog Club. (Fotos: Karina Sakita)

Linha rock. (Fotos: Karina Sakita)

Linha rock. (Fotos: Karina Sakita)

 

Alimentador eletrônico e fonte de água para cães e gatos

 

A Amicus usa a tecnologia para solucionar problemas e facilitar a vida de cães e seus tutores.

Para quem trabalha o dia todo ou precisa passar alguns dias fora, o alimentador eletrônico é perfeito para oferecer a quantidade ideal de comida para seu pet no horário estipulado.

São dois modelos: Lite (com dois compartimentos) e o Plus (com 5 compartimentos).

 

Alimentador com 5 compartimentos do lado esquerdo (aqui a tampa está aberta, quando está fechada apenas um compartimento fica à mostra). No lado direito está o alimentador com dois compartimentos. (Fotos: Karina Sakita)

Alimentador com 5 compartimentos do lado esquerdo (aqui a tampa está aberta, quando está fechada apenas um compartimento fica à mostra). No lado direito está o alimentador com dois compartimentos. (Fotos: Karina Sakita)

 

Além disso, a empresa tem fontes de água que fornecem água fresca e corrente para cachorros e gatos.

Todos sabem da importância de beber bastante líquido durante o dia todo e nossos bichinhos de estimação também merecem uma água livre de impurezas.

Para maiores informações acesse http://amicus.com.br.

 

Fontes de água para pets. (Foto: Karina Sakita)

Fontes de água para pets. (Foto: Karina Sakita)

 

Esmalte para pets

 

É cada vez mais comum encontrar produtos de beleza para pets e agora é possível passar esmalte nas unhas de cães e gatos de forma segura.

A Tchuska lançou os esmaltes pets, que são 9 free, ou seja, livres de 9 componentes que podem causar alergia.

Além disso, sua composição possui D-Pantenol, que hidrata e fortalece as unhas.

Disponíveis em três cores, os esmaltes pet secam rapidamente.

Para maiores informações acesse www.tchuska.com.br.

 

Esmaltes para cães e gatos. (Foto: Divulgação)

Esmaltes para cães e gatos. (Foto: Divulgação)

 

Friendship Collar chega ao Brasil

 

O PdD já mostrou a Friendship Collar, empresa que vende coleiras para cães e gatos que vêm com uma pulseira para o tutor com a mesma estampa.

Agora a marca chegou ao Brasil. Então você e seu melhor amigo canino podem desfilar com essa pulseira da amizade.

Além disso, é possível comprar pulseiras extras.

Para maiores informações acesse http://friendshipcollar.com/br/.

 

Coleira e pulseira que combinam. (Fotos: Karina Sakita)

Coleira e pulseira que combinam. (Fotos: Karina Sakita)

 

E a 15ª edição da Pet South America já está marcada para acontecer entre os dias 30 de agosto e 1 de setembro de 2016.

Médicos Veterinários poderão ser obrigados a informar indícios de maus-tratos a animais para a polícia

por Andrezza Oestreicher — publicado 23 abr 2018 - 9:00

Durante consultas ou até mesmo em avaliações simples, médicos veterinários podem ser capazes de identificar se um animal está sendo vítima de maus-tratos ou de alguma negligência.

Pensando nisso e em ajudar a diminuir o número de animais maltratados pelos próprios tutores em nosso país, a Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável aprovou proposta que prevê a obrigação de médicos veterinários comunicarem imediatamente à Polícia Judiciária quando constatarem indícios de maus-tratos naqueles animais nos quais prestarem atendimentos médicos.

 » Read more about: Médicos Veterinários poderão ser obrigados a informar indícios de maus-tratos a animais para a polícia  »

Através de anúncio na internet mulher descobre que cachorro desaparecido estava com vizinhos

por Andrezza Oestreicher — publicado 21 abr 2018 - 15:24

Só quem tem um cachorrinho desaparecido sabe o desespero que é o momento das buscas, de não saber como o animal está, e a tristeza que toma conta quando a esperança de encontrar o amado animal vai se acabando.

Foi com essa angústia e tristeza que a tutora Silmara Ribeiro do Amaral e sua filha, uma menina de oito anos, viveram durante um ano após o desaparecimento do amado cachorro da família, um Pug de três anos chamado Gordo.

 » Read more about: Através de anúncio na internet mulher descobre que cachorro desaparecido estava com vizinhos  »

Cãozinho tem duas patas amputadas por causa da falta de cuidados com seus pelos

por Andrezza Oestreicher — publicado 21 abr 2018 - 9:20

Apesar de dar muito amor, algumas pessoas não têm condições financeiras para manter e cuidar de um cachorro da forma que eles precisam para ter uma boa saúde e até demoram para pedir ajuda quando os pets precisam. Porém, é importante lembrar que até a falta de cuidados básicos, como banho e tosa, podem causar problemas de saúde graves.

O cãozinho Bobb, um Poodle Toy, vivia com tutores sem teto. Por não terem condições financeiras para cuidar do cão,

 » Read more about: Cãozinho tem duas patas amputadas por causa da falta de cuidados com seus pelos  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Médicos Veterinários poderão ser obrigados a informar indícios de maus-tratos a animais para a polícia

por Andrezza Oestreicher — publicado 23 abr 2018 - 9:00

Durante consultas ou até mesmo em avaliações simples, médicos veterinários podem ser capazes de identificar se um animal está sendo vítima de maus-tratos ou de alguma negligência.

Pensando nisso e em ajudar a diminuir o número de animais maltratados pelos próprios tutores em nosso país, a Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável aprovou proposta que prevê a obrigação de médicos veterinários comunicarem imediatamente à Polícia Judiciária quando constatarem indícios de maus-tratos naqueles animais nos quais prestarem atendimentos médicos.

(Foto: Reprodução / Wide Open Pets)

O texto aprovado se insere na Lei 5517/68, que trata da profissão de médico veterinário.

De acordo com o relator, deputado Ricardo Izar (PP-SP), “é justo e necessário que essa comunicação seja realizada pelo estabelecimento, porém, o texto deixa dúvidas de como será feita e quem será responsável pela fiscalização dos estabelecimentos. Com a vinculação do dispositivo à Lei 5517/68, caberá aos Conselhos Federal e Regional de Medicina Veterinária, autarquia já constituída, a exercer a fiscalização do profissional e do estabelecimento para verificar o efetivo cumprimento da legislação”.

Ainda de acordo com o deputado, o governo não terá nenhum novo custo, pois a estrutura existente nos conselhos absorveria essa fiscalização como rotina.

De acordo com o texto aprovado, os comunicados de maus-tratos feitos pelos médicos veterinários para a polícia devem conter relatório assinado com algumas informações mínimas específicas como:
– nome, endereço e contato do acompanhante do animal no momento do atendimento;
– informações do atendimento prestado, contendo a espécie, raça e características físicas do animal, descrição de sua situação de saúde na hora do atendimento e os respectivos procedimentos adotados.

(Foto: Reprodução / Animal Lawyers)

Porém, foi retirada do texto a pena que previa interdição do estabelecimento para quem descumprir a medida.

A proposta será analisada, em caráter conclusivo, pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Esperamos que esse passo ajude a diminuir os casos de violência contra animais de estimação no Brasil.

Fonte: Agência Câmara Notícias

Através de anúncio na internet mulher descobre que cachorro desaparecido estava com vizinhos

por Andrezza Oestreicher — publicado 21 abr 2018 - 15:24

Só quem tem um cachorrinho desaparecido sabe o desespero que é o momento das buscas, de não saber como o animal está, e a tristeza que toma conta quando a esperança de encontrar o amado animal vai se acabando.

Foi com essa angústia e tristeza que a tutora Silmara Ribeiro do Amaral e sua filha, uma menina de oito anos, viveram durante um ano após o desaparecimento do amado cachorro da família, um Pug de três anos chamado Gordo.

Esses sentimentos deram lugar novamente para a esperança depois que Silmara viu um anúncio na internet que buscava uma “namorada” para um pequeno Pug em Itapetininga, município de São Paulo onde a mulher mora. Imediatamente a tutora reconheceu seu animal desaparecido e entrou em contato com as pessoas que fizeram a publicação no intuito de ter seu cachorrinho de volta.

Porém, ter o animal de volta em sua casa não foi tão fácil assim e a tutora precisou da ajuda da Justiça para que isso acontecesse.

Cachorro foi encontrado através de anúncio na internet. (Foto: Reprodução / G1 / Silmara Ribeiro do Amaral)

Apesar de os responsáveis pelo anúncio terem passado informações erradas para Silmara, a tutora não desistiu de encontrar seu cãozinho e continuou pesquisando na internet. Até que ela descobriu que as pessoas que estavam com o cachorro eram praticamente seus vizinhos e moravam apenas a uma quadra de distância.

“Não quiseram me informar o endereço, mas como sabia o bairro consegui descobrir que a casa onde meu cachorro estava ficava uma quadra da minha. Fui até lá e os moradores me contaram várias histórias. Uma hora disseram que tinham ganhado o cachorro ainda filhote, outra hora que o irmão de um deles quem achou. Eu falei que era meu e que tinha criança pequena que sofria pelo animal. Mas não quiseram devolver”, contou Silmara ao G1.

Como as pessoas que estavam com o animal se negaram várias vezes devolvê-lo, a tutora foi até o 2º Distrito Policial, onde registrou um boletim de ocorrência por apropriação de coisa achada.

Segundo Marcus Tadeu, delegado responsável pelo caso, as pessoas que estavam com o cachorro alegaram que não queriam devolvê-lo por já estarem muito apegados ao animal.

Família ficou muito feliz com o retorno do animal para casa. (Foto: Reprodução / G1 / Silmara Ribeiro do Amaral)

A tutora só conseguiu ter seu cãozinho de volta depois que um mandado de busca e apreensão foi expedido pela Justiça e os policiais conseguiram resgatar o cachorro da casa onde estava.

De acordo com o delegado, o caso vai ser investigado cuidadosamente e o casal que estava em posse do animal irá responder pelo crime de apropriação de coisa achada.

Após tanta tristeza, a família está muito feliz com a volta do amado cachorrinho para casa. “Foi algo de Deus eu ter visto aquele anúncio. Dias antes tínhamos perdido nossa cachorrinha. E o Gordo estava sumido. Minha filha estava tão triste com a morte da cachorrinha e com o desaparecimento do Pug. Até que vi o anúncio e encontrei nosso animal. Estamos muito felizes. Não tem nem o que dizer”, contou Silmara.

Fonte: G1