Programa “Clones de Estimação”

Exibido pelo Animal Planet, o programa traz a batalha da famílias que desejam clonar seus cães falecidos

por Samantha Kelly — publicado 7 ago 2012 - 11:42

Danielle Tarantola com Trouble

O programa “Clones de Estimação“, originalmente produzido pelo canal Travel and Living (TLC) e agora exibido no Brasil pelo canal Animal Planet, acompanhou donos de cães que foram ao extremo de clonar seus pets com a esperança de trazê-los de volta. Com procedimentos que podem chegar a um investimento de 100.000 dólares, algumas pessoas mostradas no programa esperaram até 10 anos para finalizar o tratamento.

Depois que Snuppy, um cão da raça Galgo Afegão, foi o primeiro cão a ser clonado em 2005, cientistas coreanos começam a oferecer o serviço para donos que perderam o pet e querem desesperadamente o seu retorno.

É um risco, já que esse não é um serviço garantido completamente, e os cientistas não podem garantir que conseguirão coletar o DNA do cão com o material dado ou que a fecundação será completa.

Um dos casos mostrados no primeiro episódio é o de Danielle Tarantola. Ela ficou tão arrasada com a perda há 3 anos de seu cachorro Trouble, que guardou tudo que ele tinha tocado, desde um pedaço de frango à um pote com água. Ela mandou o DNA para os cientistas sul coreanos que, depois de muita espera, dificuldade e uma taxa de 50 mil dólares, conseguiram clonar Trouble. O cão foi enviado direto da Coreia do Sul, com um despachante especial como acompanhante, na porta da casa de Danielle.

Entretanto, o programa não focou no fato que o pet clonado não será o pet original, não terá as mesmas memórias ou comportamentos. No máximo será um parente parecido.

 

 

Assista o vídeo abaixo (inglês):

deixe seu comentário: