Projeto My Dog Eats First ajuda a alimentar animais de estimação de moradores de rua

Organização sem fins lucrativos ajuda pessoas necessitadas e cuida também dos animais de estimação de moradores de rua

por Andrezza Oestreicher — publicado 26 jul 2016 - 23:55

Em agosto de 2013, Beth Green e seu filho Jacob, então com 17 anos de idade, estavam almoçando em um restaurante com um pátio. De lá os dois viram um homem com a camisa esfarrapada, aparentando ser um morador de rua, sentar-se num banco do parque com seu cão, com quem o homem conversava de forma carinhosa.

Jacob ficou tão comovido com a dupla, que estava visivelmente com fome e olhando, que ele iniciou uma conversa com o homem e ofereceu a ele seu almoço. O homem aceitou, agradeceu e dividiu a comida ao meio, dando metade de tudo para o seu cão comer primeiro.

Projeto My Dog Eats First ajuda a alimentar animais de estimação de moradores de rua. (Foto: Reprodução / Facebook My Dog Eats First)

Projeto My Dog Eats First ajuda a alimentar animais de estimação de moradores de rua. (Foto: Reprodução / Facebook My Dog Eats First)

Este momento inspirou Beth a pesquisar sobre os sem-teto de sua cidade, Louisville, no estado de Kentucky, Estados Unidos. Em novembro de 2013 ela se associou ao The Forgotten Louisville, grupo que atende a pessoas com necessidades oferecendo refeições quentes e suprimentos. “Nós também atendemos às necessidades de seus animais de estimação”, contou Beth.

Beth explicou que a maioria dos sem-teto que eles ajudam possuem animais de estimação, como cães, gatos, coelhos e outros, e que ao ver que os tutores, mesmo sem condições financeiras, se preocupavam muito com seus bichinhos e dividiam o único alimento que conseguiam com os seus companheiros, eles perceberam a necessidade de também ajudar a esses animais.

A organização sem fins lucrativos sobrevive de doações e com a ajuda de voluntários. (Foto: Reprodução / Facebook My Dog Eats First)

A organização sem fins lucrativos sobrevive de doações e com a ajuda de voluntários. (Foto: Reprodução / Facebook My Dog Eats First)

A My Dog Eats First (em português Meu Cão Come Primeiro) é uma organização sem fins lucrativos e que não recebe ajuda do governo, totalmente financiada por doações e executado por esforços voluntários, que não recebem nenhum tipo de salário.

Segundo Beth, estar envolvido na organização mostrou como você pode se sentir incrível ao ajudar outras pessoas. “Às vezes não é o que você diz, mas o que você faz que pode mudar as pessoas”, disse ela.

Ela disse ainda que a coisa mais importante que aprendeu sobre os sem-teto e seus animais através da My Dog Eats First foi que nós não temos o direito de escolher quem pode ou não ter um animal de estimação.

Os animais recebem rações próprias e são sempre muito bem tratados e recebidos pelos voluntários. (Foto: Reprodução / Facebook My Dog Eats First)

Os animais recebem rações próprias e são sempre muito bem tratados e recebidos pelos voluntários. (Foto: Reprodução / Facebook My Dog Eats First)

Às vezes uma pessoa que não tem uma casa e nem condições financeiras, tem muito mais amor pelos animais e faz muito mais por eles, dividindo tudo o que tem, pensando primeiro no seu companheiro de quatro patas.

Esse amor verdadeiro, não se compra com dinheiro nenhum.

 

Fonte: Dogster

Cachorro faz xixi em homem na rua e acaba ganhando um lar

por Andrezza Oestreicher — publicado 21 out 2017 - 9:38

Este mês, um vídeo bastante engraçado com um cachorro fez muito sucesso nas redes sociais. As cenas mostram um homem sentado no chão tranquilamente mexendo no celular, até que um cachorro chega, cheira o homem e faz xixi nas costas dele. Ao sentir o xixi, o homem toma um susto e se levanta rapidamente pegando na blusa e dá um chute no ar, em direção ao cachorro.

Algumas pessoas criticaram bastante o homem, que se chama Heinze Sánchez e tem 27 anos,

 » Read more about: Cachorro faz xixi em homem na rua e acaba ganhando um lar  »

Cães encontrados em uma situação terrível juntos esperam ser adotados por uma mesma família

por Andrezza Oestreicher — publicado 20 out 2017 - 9:36

Os cachorros Jefe e Jericho foram encontrados juntos em uma situação de negligência terrível. Desde o primeiro momento, os membros da equipe da Arizona Humane Society, organização de proteção animal que resgatou a dupla, perceberam que os cães, apesar de diferentes, eram grandes amigos e companheiros.

Os dois cachorros, um Chihuahua de 2 anos chamado Jefe bem extrovertido e um belíssimo Pastor Alemão de três anos de idade chamado Jericho, estavam no quintal de uma casa nos Estados Unidos,

 » Read more about: Cães encontrados em uma situação terrível juntos esperam ser adotados por uma mesma família  »

Com medo da violência, policial leva cães que viviam em UPP para abrigo

por Andrezza Oestreicher — publicado 19 out 2017 - 18:33

Nós já falamos bastante sobre a crescente da violência no Rio de Janeiro e como isso vem afetando cada vez mais os animais.

A situação está tão grave, que dois cãezinhos que viviam em uma UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) na Zona Norte da cidade, foram retirados do local e levados para um abrigo por um policial, que estava com medo de que os animais se tornassem alvos por serem cuidados pelos PMs.

De acordo com funcionários da Fazenda Modelo,

 » Read more about: Com medo da violência, policial leva cães que viviam em UPP para abrigo  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Cachorro faz xixi em homem na rua e acaba ganhando um lar

por Andrezza Oestreicher — publicado 21 out 2017 - 9:38

Este mês, um vídeo bastante engraçado com um cachorro fez muito sucesso nas redes sociais. As cenas mostram um homem sentado no chão tranquilamente mexendo no celular, até que um cachorro chega, cheira o homem e faz xixi nas costas dele. Ao sentir o xixi, o homem toma um susto e se levanta rapidamente pegando na blusa e dá um chute no ar, em direção ao cachorro.

Algumas pessoas criticaram bastante o homem, que se chama Heinze Sánchez e tem 27 anos, pela tentativa de agressão após o xixi. Porém, além de não ter agredido o cão, o homem acabou adotando o cachorro que fez xixi nele.

O cachorro foi até o homem discretamente e fez xixi nas costas dele. (Foto: Reprodução / Vídeo / Extra)

“Eu estava mexendo no celular. Ia responder uma mensagem e estava concentrado sentado no chão. Nem o vi chegar. Ele se aproximou devagar e eu só senti aquele negócio quente e tomei um susto. Quando olhei, vi que ele tinha feito xixi. Fiquei indignado com aquilo”, contou o homem.

“Muita gente me criticou por ter chutado ele. Mas não pegou não. Eu retraí a perna na hora. Foi uma reação do momento e não tive a intenção de machucá-lo. Ainda chegou outro cachorrinho perto e eu falei ‘viu o que o teu amigo fez comigo?’”, explicou Heinze.

Apesar de não ter agredido o cão de fato, o homem ficou com peso na consciência por ter brigado com o animal. Então, ele decidiu ir atrás do cachorro na rua onde tudo tinha acontecido.

O cãozinho agora tem um lar e um papai humano que está lhe dado muito carinho. (Foto: Reprodução / Facebook Heinze Sánchez)

“Quando o encontrei, chamei e ele veio abanando o rabo. Estava começando a chover. Fiquei brincando um tempo com ele e depois resolvi levá-lo para casa. Ele se aproximou de mim. É muito dócil, fica grudado, chora quando saio de casa. Faz algumas bagunças na casa do vizinho, mas é um bom cachorro”, contou Heinze agora bem feliz.

O homem escolheu um nome bem especial para o seu cãozinho, Enzo. “Dei esse nome porque sempre falava que quando eu tivesse um filho, se chamaria Enzo. Agora está comigo, alimentado e limpinho”, contou o novo tutor, que já publicou muitas fotos do novo membro da família nas suas redes sociais.

Fonte: Extra

Cães encontrados em uma situação terrível juntos esperam ser adotados por uma mesma família

por Andrezza Oestreicher — publicado 20 out 2017 - 9:36

Os cachorros Jefe e Jericho foram encontrados juntos em uma situação de negligência terrível. Desde o primeiro momento, os membros da equipe da Arizona Humane Society, organização de proteção animal que resgatou a dupla, perceberam que os cães, apesar de diferentes, eram grandes amigos e companheiros.

Os dois cachorros, um Chihuahua de 2 anos chamado Jefe bem extrovertido e um belíssimo Pastor Alemão de três anos de idade chamado Jericho, estavam no quintal de uma casa nos Estados Unidos, vivendo abandonados e em meio a muita sujeira.

(Foto: Reprodução / I Heart Dogs / Arizona Humane Society)

Jericho estava manco e extremamente magro deitado no chão, enquanto Jefe estava deitado nas costas do Pastor Alemão de forma bastante protetora e tentando dar algum suporte ao amigo.

O cachorro maior estava bastante fraco. Além da falta de alimentação ele estava visivelmente doente. Ele provavelmente não iria sobreviver muito tempo se continuasse na situação em que foi encontrado.

Quando membros da Arizona Humane Society levantaram Jericho e o levaram de forma bastante cuidadosa para dentro da ambulância, Jefe latiu e “sapateou” bastante, tentando chegar perto de seu melhor amigo. Foi aí que todos tiveram a certeza de que esses dois não poderiam ser separados nunca.

(Foto: Reprodução / I Heart Dogs / Arizona Humane Society)

Jericho tinha seu frágil corpo coberto de pulgas e exames comprovaram que ele estava com ehrlichiose canina (conhecida como a doença do carrapato) e com uma infecção por fungos, conhecida como febre do vale, que causa sintomas semelhantes a uma gripe. Felizmente as doenças não são contagiosas e Jefe não apresentava problemas de saúde.

Os dois cães foram encaminhados para um lar temporário, onde passaram a receber todos os cuidados necessários e muito amor. Jericho fez tratamento e está cada vez melhor.

De acordo com Ashleigh Goebel, coordenador de mídia da Arizona Humane Society, Jericho é um cachorro dócil, bem treinado e bastante afetuoso. Já Jefe adora abraçar e se enroscar nos humanos, quando não está aconchegado em Jericho.

(Foto: Reprodução / I Heart Dogs / Arizona Humane Society)

Ainda de acordo com a Arizona Humane Society, os cachorros adoram brincar e caminhar e são excelentes com crianças.

Agora que estão bem, a dupla de melhores amigos está a espera de uma família que queira adotar os dois juntos, pois será impossível separar esses companheiros.

Fonte: I Heart Dogs