Ter bicho é muito bom

por Samantha Kelly — publicado 17 jul 2012 - 19:36

 

Uma casa iluminada, com uma decoração afetiva, quintal gostoso e plantas prazerosamente cultivadas já tem muitos ingredientes para ser um lar feliz. No entanto, basta somar um elemento e essa receita ganha ainda mais energia e vitalidade. Está comprovado cientificamente: ter um bicho em casa contribui – e muito – para uma rotina antiestresse, cheia de qualidade de vida.

Não é à toa que o Brasil tem hoje 32 milhões de cães e 16 milhões de gatos, de acordo com a Associação Nacional dos Fabricantes de Alimentos para Animais de Estimação, a Anfal Pet – isso, sem contar outros bichos. São números que não param de se multiplicar, assim como as histórias que você já deve ter ouvido sobre essa relação de amor incondicional: animais amam seus donos sem julgar seus defeitos – e é por isso que muita gente anda se rendendo a tantos miados e latidos.

Esse é apenas um dos pretextos básicos para ser seduzido por um deles.No mínimo, ter um pet eleva a autoestima humana e transmite segurança a quem está por perto.A explicação é biológica: envolver-se coma natureza traz essa sensação de estabilidade.“Esse contato nos revitaliza física e emocionalmente”, frisa a psicóloga paulista Denise Gimenez Ramos, coautora do livro Os animais e a psique.

Fato é que, se você mora em uma casa, então, tem ainda mais motivos para adotar um bichinho.“Com certeza, um animal estará mais feliz em contato coma natureza, em um quintal, por exemplo, fora de um lugar fechado como o apartamento”, aponta Denise Gimenez. Afinal,a natureza também traz conforto biológico a eles, é seu hábitat primitivo.E assim, a relação entre humanos e animais não causa distúrbios aos dois.“É comum pessoas humanizarem bichos, o que faz mal a ambos”, afirma a especialista. Por isso, é preciso limitar um espaço para o animal descansar, que não seja fora de casa, mas que também não seja no quarto dos donos, por exemplo.

Territórios estabelecidos, é a vez de preparar a casa para recebê-los, observando detalhes importantes. Plantas tóxicas, como espirradeira ou comigo-ninguém-pode, devem ser evitadas no jardim. Já dentro de casa, manter a lixeira e materiais de limpeza longe dos animais é outro conselho da veterinária mestre e doutora em psicologia animal Hannelore Fuchs, de São Paulo, também especialista em comportamento humano.“Animais pequenos gostam de cordas, então, é importante mantê-los distantes da fiação elétrica”, orienta. Na decoração, ela ainda indica retirar objetos quebráveis e controles remotos, para ninguém se decepcionar depois.

Além disso, é preciso educá-los para não roer móveis nem destruir a casa na ausência dos donos. Investir tempo e afeto na relação também ajuda a evitar distúrbios de comportamento.“ Animais precisam de companhia, assim como todos os seres vivos, para serem felizes”, lembra a veterinária paulista Irvênia Prada, professora de neuranatomia da Faculdade de Medicina Veterinária da USP e autora do livro A alma dos animais.

 

Fonte

Homem encontra cachorro perdido em frente a portão de fazenda

por Andrezza Oestreicher — publicado 17 fev 2018 - 9:34

Edi Paulo Dalbosco, policial aposentado, logo percebeu quando um cãozinho apareceu, no dia 13 de fevereiro, do lado de fora de uma fazenda localizada na região da zona rural de São Francisco de Paula, na Serra do Rio Grande do Sul, região onde vive.

De acordo com o Sr. Edi, ele até chegou a tentar levar o cachorro perdido para a sua casa, onde tem outros dois cães, mas o animal não quis sair de jeito nenhum de onde estava.

 » Read more about: Homem encontra cachorro perdido em frente a portão de fazenda  »

Mãe e filha escolhem o mesmo presente uma para outra e família ganha dois cachorros

por Andrezza Oestreicher — publicado 16 fev 2018 - 9:33

No dia 14 de fevereiro é comemorado o Valentine’s Day (ou dia de São Vallentin) em muitos países do mundo. A data é como o Dia dos Namorados para nós brasileiros, porém ainda mais amplo, pois, além de casais e romance, também são celebradas as relações de amor de amizade e entre familiares, como mães e pais e seus filhos.

Nos Estados Unidos, um vídeo que mostra o momento em que mãe e filha trocam presentes acabou viralizando nas redes sociais.

 » Read more about: Mãe e filha escolhem o mesmo presente uma para outra e família ganha dois cachorros  »

Fernanda Paes Leme se despede de cadelinha com textos emocionantes

por Andrezza Oestreicher — publicado 15 fev 2018 - 18:45

A dor de perder um cachorro tão amado e que faz parte da família é sempre muito grande e quando não é possível se despedir do animal chega a machucar ainda mais.

Fernanda Paes Leme passou por essa dor no começo deste ano, 2018, quando sua cadelinha chamada Trinity morreu enquanto a atriz e apresentadora estava em outra cidade.

A cadela, que é da raça Bull Terrier, tinha cerca de 10 anos e foi um presente de Fernanda para seu irmão,

 » Read more about: Fernanda Paes Leme se despede de cadelinha com textos emocionantes  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Homem encontra cachorro perdido em frente a portão de fazenda

por Andrezza Oestreicher — publicado 17 fev 2018 - 9:34

Edi Paulo Dalbosco, policial aposentado, logo percebeu quando um cãozinho apareceu, no dia 13 de fevereiro, do lado de fora de uma fazenda localizada na região da zona rural de São Francisco de Paula, na Serra do Rio Grande do Sul, região onde vive.

De acordo com o Sr. Edi, ele até chegou a tentar levar o cachorro perdido para a sua casa, onde tem outros dois cães, mas o animal não quis sair de jeito nenhum de onde estava. Ele afirmou ainda que conversou com vizinhos para saber se alguém conhecia o animal, mas nenhum deles sabia de quem era o cachorro.

O cachorro não quer sair da frente deste portão que dá acesso a uma fazenda. (Foto: Reprodução / G1 / Edi Paulo Dalbosco)

O homem não pensa que o animal tenha sido abandonado. Ele acredita que o cachorro vive na fazenda ou deve ser dos proprietários do local. Ainda de acordo com o Sr. Edi, os donos do sítio vão até lá apenas nos finais de semana.

“Tem um pessoal que tem um sítio, fazenda, que vem no fim de semana e volta para a cidade. Provavelmente o cachorro se perdeu, seguiu o rastro até o portão e ficou ali esperando. Tentei chamar ele aqui para a minha morada, onde tenho mais dois, mas ele preferiu ficar”, contou o homem, que ficou preocupado com o cão e levou comida e água para ele.

Ainda na noite da última quinta-feira, dia 15 de fevereiro, o cão continuava no mesmo local. O Sr. Edi espera que os proprietários da fazenda visitem o local neste fim de semana e que o animal seja mesmo deles.

Caso alguém tenha informações que ajudem a encontrar os tutores do cachorro, é só entrar em contato através do número (54) 99954-9644.

Fonte: G1

Mãe e filha escolhem o mesmo presente uma para outra e família ganha dois cachorros

por Andrezza Oestreicher — publicado 16 fev 2018 - 9:33

No dia 14 de fevereiro é comemorado o Valentine’s Day (ou dia de São Vallentin) em muitos países do mundo. A data é como o Dia dos Namorados para nós brasileiros, porém ainda mais amplo, pois, além de casais e romance, também são celebradas as relações de amor de amizade e entre familiares, como mães e pais e seus filhos.

Nos Estados Unidos, um vídeo que mostra o momento em que mãe e filha trocam presentes acabou viralizando nas redes sociais. O motivo? Ambas escolheram o mesmo presente uma para a outra, um cachorrinho.

Como tinham perdido o cãozinho da família há pouco tempo, tanto a mãe quanto a filha acharam que a data seria uma ótima oportunidade para trazer um novo peludo para casa. Porém, elas nunca imaginaram que ambas teriam a mesma ideia.

Alguns dias antes do Valentine’s Day, a filha levou um cachorrinho para casa para dar de presente para a sua mãe e resolveu filmar o momento da entrega. A surpresa foi quando sua mãe entrou no quarto também segurando um pequeno cãozinho para dar para a jovem.

A filha decidiu publicar o vídeo mostrando tudo, incluindo a surpresa de ambas, nas redes sociais. “Meu cachorro morreu, então pensei que seria uma boa ideia presentear minha mãe com um cachorro. E ela pensou que seria uma boa ideia me surpreender com um cãozinho. Longa história. Meu pai vai nos matar… temos um grande problema”, escreveu a jovem Natalie Rice em seu perfil no Twitter.

O vídeo fez tanto sucesso que muitas pessoas quiseram saber o que aconteceu com os cães e se o pai aceitou os dois.

A família não só ficou com os dois cachorros como criou um perfil no Instagram para dividir o dia a dia dos animais com os seguidores.

Fonte: Estadão