Tutor faz festão de aniversário para cachorro e gasta quase R$ 3 mil

Festa contou com churrasco e bebida liberada para os convidados, que lotaram o bar que o papai humano do cachorrinho Mike Tyson fechou especialmente para a comemoração

por Andrezza Oestreicher — publicado 21 nov 2017 - 9:38

Cada vez mais vistos como membros da família por seus tutores, os cãezinhos de estimação estão ganhando muitas coisas que antes era só para os humanos, como é o caso de certidão de nascimento, documento de carteira de identidade e até festinhas de aniversário.

Fazendo da forma como é possível para cada família, os tutores não estão mais deixando os aniversários de seus amigos de quatro patas passar em branco e cada vez mais cachorros estão tendo o seu momento de “Parabéns para você”.

Tutor fechou um bar para comemorar o aniversário de três anos do seu cachorrinho. (Foto: Reprodução / Rui Barbosa / G1)

Entre os cães que sabem o que é ter uma comemoração de aniversário está o pequeno Mike Tyson, um Pinscher que ao fazer três anos de idade ganhou uma grande festa de fazer inveja a muita “gente grande”.

O cachorrinho Mike Tyson entrou na vida do tutor Rui Barbosa, um engenheiro eletricista de 64 anos que vive no Amazonas, em 2015. Ele viu um homem arrastando o pequeno cãozinho pela coleira e foi saber qual o motivo daqueles maus-tratos com o animal.

Ao saber que o homem iria vender o cão para pagar uma conta de luz atrasada, Rui Barbosa imediatamente pagou pelo animal. “Perguntei porque ele tava maltratando o animal e ele me disse que estava indo vender ele. Perguntei quanto ele ia cobrar e ele disse que ia vender pelo preço que comprou, R$ 150. Paguei para ele, mas não levei para casa ainda. Fui para Parintins, passei um mês e quando voltei o rapaz me ligou perguntando se eu ia buscar, e eu fui”, contou o tutor ao site G1.

Tutor contou que o cãozinho Mike Tyson é como um filho para ele. (Foto: Reprodução / Rui Barbosa / G1)

Sobre a festa, Rui Barbosa falou que comemora o aniversário do cão todos os anos e que em 2017 decidiu celebrar no bar em que costumava frequentar. A festa contou com bolo, churrasco, bebida liberada e, além dos convidados, o papai humano recebeu todos aqueles que quisessem participar da comemoração.

O valor gasto com o aniversário do cachorrinho Mike Tyson, que começou na tarde do dia 11 de novembro e só terminou na madrugada do dia seguinte, chegou quase aos três mil reais. Muita gente até acha exagero, mas para Rui Barbosa é como comemorar um filho.

Além de churrasco e bebida liberada, aniversário contou com bolo e “parabéns”. (Foto: Reprodução / Rui Barbosa / G1)

“Eu sou solteiro e não tenho filhos, a princípio era a Dolly (cachorrinha que ele tinha e faleceu em 2016) e agora é o Mike Tyson. É como se fosse um filho, e até como uma criança. Ele pode nunca ser um médico, engenheiro, advogado, mas não vai me dar decepção, não vai fazer coisa errada”, contou o amoroso tutor.

Fonte: G1

Tosadora japonesa aperfeiçoa o visual bolinha e transforma poodle em ovelha

por Samantha Kelly — publicado 22 jun 2018 - 12:34

Sesame é um Poodle japonês que ganhou fama por causa de seu corte bolinha impecável que faria qualquer fashionista sentir inveja. O motivo de tanta comoção é o fato do penteado ter transformado o garotinho canino em uma ovelha.

Infelizmente Yoriko Hamachiyo, a tosadora responsável por essa obra prima da pelagem canina, não compartilhou um vídeo dos bastidores do corte.

Será que o Poodle, uma das raças caninas com penteados mais clássicos de todas,

 » Read more about: Tosadora japonesa aperfeiçoa o visual bolinha e transforma poodle em ovelha  »

Cães são peça chave na investigação do caso de Vitória Gabrielly

por Samantha Kelly — publicado 21 jun 2018 - 9:52

O auxílio canino no caso da morte de Vitória Gabrielly tem sido fundamental. Ate agora, tanto um pet quanto uma equipe de cães especializados, foram peças chaves na investigação do crime.

Em um primeiro momento, enquanto a polícia ainda tentava encontrá-la e havia a esperança da menina ainda estar viva, a pista da localização exata do paradeiro de Vitória veio de um catador de latinhas que estava passeando com seu cachorro.

O pet ficou intrigado com o cheiro forte que vinha da mata e começou a latir sem parar.

 » Read more about: Cães são peça chave na investigação do caso de Vitória Gabrielly  »

Além da rampinha: Escada em espiral é opção chique e compacta para seu cachorro subir na cama

por Samantha Kelly — publicado 15 jun 2018 - 9:30

Ficamos apaixonadas pela escada em espiral da Sophipet com um ar super sofisticado. Ela é totalmente personalizável, com várias opções de cores e estilos para combinar com diferentes tipos de decoração.

Muitos não sabem, mas rampas e escadinhas dessa forma ajudam bastante os pets a não forçarem as costas com os vários pulos acrobáticos que eles dão quando sobem e descem da cama, sofá e afins.

Ela chega até 100 cm de altura para as camas mais altas e possui apenas 45 cm de raio,

 » Read more about: Além da rampinha: Escada em espiral é opção chique e compacta para seu cachorro subir na cama  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Tosadora japonesa aperfeiçoa o visual bolinha e transforma poodle em ovelha

por Samantha Kelly — publicado 22 jun 2018 - 12:34

Sesame é um Poodle japonês que ganhou fama por causa de seu corte bolinha impecável que faria qualquer fashionista sentir inveja. O motivo de tanta comoção é o fato do penteado ter transformado o garotinho canino em uma ovelha.

Infelizmente Yoriko Hamachiyo, a tosadora responsável por essa obra prima da pelagem canina, não compartilhou um vídeo dos bastidores do corte.

Será que o Poodle, uma das raças caninas com penteados mais clássicos de todas, ganhará mais um modelo? Se depender de nós, votamos sim mil vezes.

Sério, o resultado é tão incrível que as fotos parecem montagem, mas não são.

 

Cães são peça chave na investigação do caso de Vitória Gabrielly

por Samantha Kelly — publicado 21 jun 2018 - 9:52

O auxílio canino no caso da morte de Vitória Gabrielly tem sido fundamental. Ate agora, tanto um pet quanto uma equipe de cães especializados, foram peças chaves na investigação do crime.

Em um primeiro momento, enquanto a polícia ainda tentava encontrá-la e havia a esperança da menina ainda estar viva, a pista da localização exata do paradeiro de Vitória veio de um catador de latinhas que estava passeando com seu cachorro.

O pet ficou intrigado com o cheiro forte que vinha da mata e começou a latir sem parar. Foi graças a reação estranha do cachorro que o tutor foi verificar se havia de fato algo errado. Foi então que ele acabou se deparando com o corpo da menina, que se encontrava no mesmo local há 4 dias.

Após a confirmação da morte e localização do corpo, a próxima fase da investigação contou com a ajuda de Bazuka, Adaga e Duke, cães farejadores do grupo GBR. Através de odores de suspeitos fornecidos pela polícia, os cães vasculharam a área delimitada e verificaram se os cheiros poderiam ser encontrados no local.

Apesar da equipe envolvida não poder contar muito sobre o resultado para não atrapalhar o trabalho investigativo, o treinador dos cães afirma que os animais confirmaram a presença de alguns dos odores no local.

 

Foto: Reprodução/Record