A verdade por trás do ataque do Pit Bull à idosa durante o desafio do Balde de Gelo

Kilo era criado apenas para procriação e foi eutanasiado depois do incidente

por Samantha Kelly — publicado 4 mar 2015 - 15:16

Durante a onda de vídeos que foram gravados por causa do Desafio do Balde de Gelo, Brenda Rigdon, um idosa na companhia da família e dos netos, é vista se preparando para ter o conteúdo congelante despejado em sua cabeça.

Ao finalizar o desafio, ainda na excitação do momento, o inesperado contece: Kilo, o cachorro da raça Pit Bull criado pela família, morde o rosto de Brenda em um ataque forte e que poderia facilmente ter sido fatal.

Apesar do incidente ter acontecido no ano passado, a mulher só se sentiu à vontade para divulgar o vídeo agora.

O registro foi compartilhado pelo filho de Brenda com a seguinte descrição:

 

“Essa é a minha mãe quando foi terrivelmente atacada por um Pit Bull no ano passado, durante o desafio do Balde de Gelo.

Ela viveu para contar, mas não quis lançar o vídeo até que estivesse pronta.

Isso deve servir de aviso para outros tutores. A não ser que você vá separar um tempo para fazer do animal um pet, ele ainda continuará sendo um animal.”

 

Segundo o filho de Brenda, além de não ter sido treinado, o cachorro era mantido basicamente para procriação. Ou seja, vamos combinar que ele de fato não era um pet, não recebia o básico que um cachorro, uma espécie social, precisa.

Se a família não tivesse sido irresponsável desde o começo, tratando Kilo simplesmente como algo que supostamente gera lucro (filhotes), sem dúvida nada disso teria ocorrido. A mulher não seria atacada dessa maneira. Seus familiares não seriam submetidos a uma cena tão forte. O cachorro não seria morto.

Analisando ainda mais a justificativa no vídeo, é interessante que a descrição fale sobre o cachorro ser um “animal”, como algo perjorativo.

Agora eu me pergunto o que será que aconteceria se nós mantivéssemos humanos exclusivamente para procriação, dando-lhes apenas comida e água, mas os privando de contato, afeto e regras sociais. Não estaríamos também os transformando em “animais”?

Se fizéssemos isso com um humano (como já foi feito em períodos obscuros da história), consideraríamos essa ação como uma das piores torturas. Por que então aceitamos que isso aconteça com outras espécies?

Pior, culpamos o cachorro. Se enche a boca para falar “PIT BULL”, sem que a história seja contata por outro prisma. Pelo lado do cachorro, que passou uma vida de negligência emocional.

Continuamos batendo na mesma tecla: Enquanto os tutores nao tratarem seus cães com o devido respeito, entendendo a espécie em todas as suas nuances, e se doando para recebê-los verdadeiramente em suas vidas, terríveis incidentes como esse continuarão acontecendo.

 

(cenas fortes)

Fonte: Daily Mail

Tatá Werneck filma noivo ajudando cãozinho a nadar e não perde a piada

por Andrezza Oestreicher — publicado 20 fev 2018 - 15:31

Tutora de 13 gatos resgatados das ruas e sete cachorros que foram adotados de abrigos, animais que cuida com a ajuda do noivo, o ator Rafael Vitti, na casa onde eles moram, Tatá Werneck sempre costuma publicar vídeos e imagens de seus pets nas redes sociais.

Um dos vídeos mostra Rafael Vitti com o cachorro Nino na piscina. O ator fica muito surpreso e feliz ao perceber que o cãozinho, que é deficiente físico e não tem uma das patinhas dianteiras,

 » Read more about: Tatá Werneck filma noivo ajudando cãozinho a nadar e não perde a piada  »

Cachorro deixado trancado em casa enquanto tutores viajavam é resgatado pela polícia

por Andrezza Oestreicher — publicado 20 fev 2018 - 9:21

Antes de levar um cachorrinho para casa é importante saber que, além de todos os cuidados que devemos ter com ele, um animal também pode significar ter que abrir mão de algumas coisas, como viagens, por exemplo.

Porém, parece que nem todos os tutores param para pensar nisso e nem se programam em relação ao animal quando surge um passeio. É isso o que mostra o caso do cachorro que ficou trancado por dias sozinho em casa,

 » Read more about: Cachorro deixado trancado em casa enquanto tutores viajavam é resgatado pela polícia  »

Após 10 anos desaparecida, cadela volta para a casa de sua família

por Andrezza Oestreicher — publicado 19 fev 2018 - 18:37

Quando um cachorro foge de casa e acaba se perdendo, é sempre muito difícil para os tutores. Não saber onde seu animal está e em que condição ele está é terrível.

Em alguns casos, quando esses animais são encontrados por pessoas de bom coração eles chegam a ser devolvidos para os tutores. Em muitos outros, os cães não retornam e a família fica sem saber o que de fato aconteceu.

E existe também o caso da cadelinha Abby,

 » Read more about: Após 10 anos desaparecida, cadela volta para a casa de sua família  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Tatá Werneck filma noivo ajudando cãozinho a nadar e não perde a piada

por Andrezza Oestreicher — publicado 20 fev 2018 - 15:31

Tutora de 13 gatos resgatados das ruas e sete cachorros que foram adotados de abrigos, animais que cuida com a ajuda do noivo, o ator Rafael Vitti, na casa onde eles moram, Tatá Werneck sempre costuma publicar vídeos e imagens de seus pets nas redes sociais.

Um dos vídeos mostra Rafael Vitti com o cachorro Nino na piscina. O ator fica muito surpreso e feliz ao perceber que o cãozinho, que é deficiente físico e não tem uma das patinhas dianteiras, consegue nadar direitinho.

Ao ver a reação do noivo, Tatá não se segura e, claro, que faz uma piadinha. “@rafaavitti feliz acreditando que estava ensinando Nino a nadar. Mal sabe que Nino já sabia nadar antes de conhecer Rafa. Não vamos contar. Deixa ele ficar feliz.”, escreve ela junto com o vídeo publicado no seu perfil do Instagram.

Muito bom ver quando um casal divide o amor pelos animais.

Cachorro deixado trancado em casa enquanto tutores viajavam é resgatado pela polícia

por Andrezza Oestreicher — publicado 20 fev 2018 - 9:21

Antes de levar um cachorrinho para casa é importante saber que, além de todos os cuidados que devemos ter com ele, um animal também pode significar ter que abrir mão de algumas coisas, como viagens, por exemplo.

Porém, parece que nem todos os tutores param para pensar nisso e nem se programam em relação ao animal quando surge um passeio. É isso o que mostra o caso do cachorro que ficou trancado por dias sozinho em casa, no município de Euclides da Cunha, na Bahia, enquanto seus tutores estavam viajando.

O cãozinho foi encontrado com muita fome e sede e bastante debilitado. (Foto: Reprodução / G1 / Polícia Militar da Bahia)

De acordo com informações passadas pelos vizinhos da residência, que denunciaram o caso para agentes da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe)/ Nordeste, o cachorro passou três dias seguidos latindo sem parar. Ainda de acordo com os vizinhos, o animal estava esse tempo todo trancado sozinho em casa enquanto os seus tutores estariam fazendo uma viagem.

Após a denúncia, o animal foi rapidamente resgatado. Segundo informações divulgadas pela Polícia Militar, o cachorro foi encontrado bastante debilitado. Ele estava com muita fome e sede e estava com tanta fraqueza que não conseguia nem caminhar.

Ainda de acordo com informações, o cãozinho foi imediatamente encaminhado para uma clínica veterinária do município, onde recebeu atendimento de emergência, passou por exames e ficou internado para se recuperar.

Sobre os tutores do animal ainda não se sabe do seu paradeiro e nem se eles realmente saíram apenas para viajar. O que se sabe é que os tutores podem vir a responder por maus-tratos.

Fonte: G1