Veterinários estão proibidos de realizar a caudectomia com finalidade estética

Médicos veterinários que realizarem o procedimento poderão ter o registro suspenso pelo conselho.

por Samantha Kelly — publicado 11 jul 2013 - 0:27

Os médicos veterinários de todo país estão proibidos de realizar caudectomia (cirurgia para o corte de cauda) com finalidade estética devido a Resolução nº 1027, de 18 de junho de 2013. O dispositivo altera a Resolução nº 877, que antes continha apenas uma recomendação do CFMV para os médicos não realizarem o procedimento.

Desde 2008 o CFMV  proíbe a conchectomia (cirurgia para o corte de orelha), cordectomia (corte nas cordas vocais) e, nos gatos, onicectomia  (remoção das unhas).

Foto: RSPCA

A realização desse procedimento, com o intuito de atender um fim puramente estético, é considerada ilegal e o veterinário que o fizer poderá ter seu registro suspenso pelo conselho.

Segundo o presidente do CFMV, Benedito Fortes de Arruda:

 

Queremos coibir a caudectomia e conscientizar o Médico-Veterinário a não recomenda-la, já que amputar parte de um animal por motivo torpe é inadmissível.

 

A medida atende a um pedido feito pelo Ministério Público do Estado (MPE) de São Paulo ao Conselho Nacional de Medicina Veterinária (CNMV), que publicou uma resolução no “Diário Oficial” da União (DOU) na terça-feira, 2 de julho.

Apesar da resolução se estender apenas ao médicos veterinários, os criadores que praticam por contra própria os procedimentos poderão responder processo, já que de acordo com o artigo 39 da Lei de Crimes Ambientais, fica proibido qualquer tipo de mau-trato aos animais, o que inclui sua mutilação.

O Brasil se une a diversos países como Estados Unidos e Alemanha, nos quais as práticas já são ilegais e combatidas.

 

Fonte das informações: Jornal Folha de São Paulo

CFMV

 

A caudectomia é uma prática antiga.

 

Um procedimento antigo, surgiu quando os donos preferiam cortar a cauda do animal com o intuito de facilitar a vida dos dois durante caçadas e batalhas para diminuir a área de contato entre o cão e o oponente.

Hoje em dia, que os cães se tornaram animais de companhia, impor tamanho abuso por motivos estéticos é inconcebível.

Ao realizar esse procedimento o dono será responsável por abalar a capacidade do cão de comunicação, assim como estará permitindo que o animal seja mutilado, causando um grande desequilíbrio sem necessidade.

Os procedimentos continuam em casos de necessidade de amputação, como em acidentes e tumores na região.

Alguns acreditam que a medida irá demorar para se tornar realidade, já que “levará tempo para as pessoas se acostumarem”. Então vai de cada um de nós: Não permita que os seus animais sejam submetidos a tais procedimentos com finalidade estética e se conhecer quem o faça, denuncie no Conselho Regional de Medicina Veterinária(CRMV) de seu estado .

Conscientize o próximo, alguns donos de fato ainda acreditam que isso é o “normal” a se fazer. Explique o que realmente consistem os procedimentos e como os animais sofrem e são prejudicados para o resto da vida.

 

Seis dias depois de cair em ribanceira, cachorro é resgatado por bombeiros

por Andrezza Oestreicher — publicado 23 maio 2018 - 14:22

Mais uma vez bombeiros foram os grandes heróis na vida de um cachorrinho que precisava há dias de uma ajuda mais especializada.

O cãozinho tinha caído de uma ribanceira e estava preso há seis dias em uma área de mata localizada em Ituporanga, um município de Santa Catarina. O Corpo de Bombeiros foi chamado para fazer as buscas e o resgate do animal, pois ele estava em uma local onde o acesso era bastante complicado.

 » Read more about: Seis dias depois de cair em ribanceira, cachorro é resgatado por bombeiros  »

Senhor com doença terminal tem como último desejo ver seu cachorro mais uma vez

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 maio 2018 - 20:23

O cãozinho Shep, um fofo Border Collie, e seu tutor, um senhor chamado Peter Robson eram melhores amigos e muito apegados um ao outro desde que o peludo entrou na vida do homem.

Shep foi um presente dado para Peter por sua família logo após sua esposa falecer. Com a chegada do cachorro, o homem voltou a sorrir. Os dois se tornaram grandes companheiros e viveram juntos por oito anos. Até que Peter ficou bastante doente e precisou ser internado.

 » Read more about: Senhor com doença terminal tem como último desejo ver seu cachorro mais uma vez  »

Cãozinho ajuda irmão canino a lidar com a cegueira e dupla se torna inseparável

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 maio 2018 - 18:24

É sempre muito complicado saber qual a melhor decisão a tomar quando nossos cães estão com algum problema de saúde grave e sabemos que uma das opções, por mais que seja a mais indicada, vai afetar bastante a vida do peludo.

Foi por essa situação que Kim, de 49 anos, e seu marido Joe, de 51, tutores do fofo cãozinho Jake, precisaram passar.

Quando tinha cerca de quatro meses, Jake, um alegre Golden Retriever,

 » Read more about: Cãozinho ajuda irmão canino a lidar com a cegueira e dupla se torna inseparável  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Seis dias depois de cair em ribanceira, cachorro é resgatado por bombeiros

por Andrezza Oestreicher — publicado 23 maio 2018 - 14:22

Mais uma vez bombeiros foram os grandes heróis na vida de um cachorrinho que precisava há dias de uma ajuda mais especializada.

O cãozinho tinha caído de uma ribanceira e estava preso há seis dias em uma área de mata localizada em Ituporanga, um município de Santa Catarina. O Corpo de Bombeiros foi chamado para fazer as buscas e o resgate do animal, pois ele estava em uma local onde o acesso era bastante complicado.

Três bombeiros encontraram e salvaram um cãozinho que estava há dias preso em uma rocha. (Foto: Reprodução / Facebook Corpo de Bombeiros Militar de Ituporanga)

Os socorristas começaram a procurar o cão no domingo, dia 20 de maio, mas só conseguiram encontrá-lo no dia seguinte. O animal estava a aproximadamente 50 metros do pico do penhasco, e para conseguirem realizar o resgate os bombeiros precisaram fazer um rapel no meio da mata.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, o cachorro foi encontrado em uma fenda de uma rocha. Ele estava bastante assustado, debilitado e muito fraco, pois estava há seis dias sem comer e beber água.

O resgate foi bastante complicado e os bombeiros precisaram fazer um rapel para chegar até o animal. (Foto: Reprodução / Facebook Corpo de Bombeiros Militar de Ituporanga)

Os bombeiros utilizaram diversos equipamentos de segurança para fazer o rapel e, com muito cuidado, resgatar o cãozinho.

Os responsáveis pelo resgate do animal publicaram um vídeo mostrando como tudo aconteceu e também mostraram o cachorro bem e se alimentando após o salvamento.

🚒 🐕 🐕 🚒.Trechos do vídeo do resgate do cão que havia caído em ribanceira. Ele estava a 50 metros do ponto de ancoragem em uma fenda. Foi resgatado com sucesso pela equipe do Corpo de Bombeiros Militar de Ituporanga 💪🏻 🐕 ..#cbmsc #cbmituporanga #firedepartment #bombeirosdomundo #ituporanga #cbmscoficial #imbuia #eucurtocbmsc #rescue #bombeiros #chiefmiller #bombeiro @portalg1 #firefighter #floripa #chapeco #resgate #pompiers #bomberos #dog #cachorro #florianopolis #мчсроссии #blumenau #santacatarina #sapeurspompiers @cbmscoficial @redeglobo @recordtvoficial @band #riodosul #thedodo

Posted by Corpo de Bombeiros Militar de Ituporanga on Tuesday, May 22, 2018

Quando os bombeiros viram que o cãozinho estava realmente bem, o pet foi devolvido para os tutores.

Fonte: Folhapress

Senhor com doença terminal tem como último desejo ver seu cachorro mais uma vez

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 maio 2018 - 20:23

O cãozinho Shep, um fofo Border Collie, e seu tutor, um senhor chamado Peter Robson eram melhores amigos e muito apegados um ao outro desde que o peludo entrou na vida do homem.

Shep foi um presente dado para Peter por sua família logo após sua esposa falecer. Com a chegada do cachorro, o homem voltou a sorrir. Os dois se tornaram grandes companheiros e viveram juntos por oito anos. Até que Peter ficou bastante doente e precisou ser internado.

Posted by Ashley Stevens on Thursday, March 29, 2018

O senhor tinha uma grave doença pulmonar que foi diagnosticada em 2015 e foi piorando a cada ano. Este ano, em estágio bastante avançado, Peter, com 70 anos, teve que ser internado em um hospital e ficou semanas sem poder ver seu amado cachorro.

Ao saber que Peter estava piorando, sua família perguntou o que eles poderiam fazer para amenizar a situação. Tudo o que Peter pediu foi que ele pudesse ver seu amado cachorro pela última vez e se despedir de seu amigo peludo.

A equipe do Ninewells Hospital, localizado em Dundee, na Escócia, trabalhou bastante junto com a família de Peter para que o encontro fosse possível. O tutor já começou a chorar antes mesmo do seu amigo peludo chegar. Quando o encontro finalmente aconteceu, ninguém conseguiu segurar as lágrimas.

Posted by Ashley Stevens on Thursday, March 29, 2018

A neta de Peter, Ashley Stevens, filmou o momento em que o avô e Shep se viram novamente. Mesmo bastante fraco, Peter retirou sua máscara de oxigênio para poder dar um beijo no seu tão amado peludo. O amor do homem e a saudade que ele sentia por seu cão ficaram muito visíveis.É impossível não ficar extremamente tocado e emocionado com a cena.

O incrível encontro durou cerca de 30 minutos e foi realmente uma despedida entre os amigos, pois o senhor Peter acabou falecendo poucas horas depois de ver Shep no hospital.

A neta de Peter publicou em suas redes sociais um belo agradecimento à equipe do hospital, por permitir e organizar aquele lindo encontro, permitindo que seu avô conseguisse realizar seu último pedido.

Absolutely amazed and touched today from NHS ninewells hospital, our grandads last and final wish was to see his dog one…

Posted by Ashley Stevens on Thursday, March 29, 2018

“Absolutamente maravilhada e tocada hoje no NHS Ninewells Hospital, o último desejo de nosso avô foi ver seu cão mais uma vez. Ainda em choque que o desejo foi concedido e eles se superaram, foram além e fizeram um homem que estava morrendo muito feliz. Cheryl Whyte, enfermeira da Ward 3, você é um anjo absoluto e todos nós somos eternamente gratos, você não sabe o que isso significava para nosso avô”, escreveu ela, que finalizou pedindo para que todos compartilhassem sua publicação para que mais pessoas pudessem ver como os funcionários e enfermeiros do hospital são incríveis.

Fonte: The Animal Rescue Site