Bedlington Terrier

Esperto e caçador, cheio de confiança
CBKC - Grupo 3
Bem humorado, tendo uma natureza afetuosa, digna, não é tímido ou agressivo. Calmo em repouso, mas cheio de coragem quando excitado.

Informações Gerais

O Bedlington Terrier é um companheiro ativo e alegre. Mais relaxado e com menos necessidade de exercício do que outros terriers, ele ainda é um terrier curioso, carinhoso, que leva muito a serio o seu status como cão de guarda.

Afirma-se que o Bedlington Terrier pode ostentar um pedigree mais longo e rastreável que qualquer outro terrier, ocasião na qual era
conhecido como Rothbury Terrier, sendo natural das antigas áreas mineiras do norte da Inglaterra. Sua fama se espalhou para fora da sua região de origem, tendo sido iniciada em 1877 uma associação para a criação da raça. Embora sua expressão seja meiga, ele é perfeitamente capaz de se defender por si só, mas não irá à procura de uma briga. É um pequeno cão resistente, esta raça única tem a aparência de um cordeiro, mas não se deixe enganar, ele é um terrier por completo. Um cão do norte do país, originalmente sua função era a de capturar coelhos para a “panela” (refeição) da família, permanece ainda (atualmente) um cão de caça.

O Bedlington Terrier é um cão de companhia curioso, carinhoso, que para ele não existe nada melhor do que passar o tempo com sua família humana. Seu nível de atividade moderada necessita de uma longa caminhada diária ou alguma brincadeira mais enérgica em uma área segura e tranquila. Uma vez que satisfaz essa a necessidade, ele ficará feliz em estar ao seu lado ou segui-lo enquanto você faz suas atividades diárias.

Ele é um excelente cão de guarda, mas vai cumprimentar seus convidados com alegria. O Bedlington tem um grande senso de humor e gosta de ser o centro das atenções. Como um bônus, ele vai livrar sua casa e quintal de quaisquer camundongos, ratos ou outros roedores que podem ter a sua residência.

O Bedlington é excelente em todos os tipos de atividades caninas organizadas e informais. Ele gosta de caminhar e pode ser um excelente cão para competições de agilidade, obediência e rali. Em seu treinamento precisa de firmeza e coerência, mas também não faz mal algumas recompensas de petiscos, incentivo e carinho. Qualquer terrier pode se tornar um preguiçoso se não for estimulado a fazer exercícios físicos, então ensinar seu Bedlington quando é novinho vai facilitar muito sua vida quando estiver adulto.

Sua aparência lembra muito um cordeiro, mas não se engane, se necessário irá defender seu território da melhor forma possível. Como todo terrier ele não vai procurar briga, mas se entrar em uma é pra ganhar.

Expectativa de vida

Expectativa
Mínima
14 anos
Expectativa
Máxima
16 anos

Altura

Altura
Mínima
40
cm
Altura
Máxima
43
cm

Peso

Peso
Mínimo
8
kg
Peso
Máximo
10
kg

Características

Adaptabilidade
Nível de afeição
Bom para apartamento
Tendência de latir
Amigável com gatos
Amigável com crianças
Amigável com cães
Necessidade de exercícios
Espaço necessário
Tosa
Problemas de saúde
Inteligência
Gosto por brincadeiras
Queda de pelo
Necessidade social
Amigável com estranhos
Territorialista
Facilidade de treinamento
Cão de guarda
Tolerância ao frio
Tolerância ao calor

Origem do Bedlington Terrier

País: Reino Unido

O Bedlington Terrier foi desenvolvido no norte da Inglaterra, mas de onde ele veio é sempre uma incógnita. Uma teoria diz que ele viajou com os ciganos, que ele costumava caçar nas fazendas pelas quais passavam. Seus talentos na tentativa de libertar a terra de ratos, texugos e outros animais nocivos chamou a atenção dos escudeiros locais, que adquiriram alguns dos cães para si próprios.

Uma de seus nobres fãs foi Lord Rothbury, cuja origem é da cidade de Bedlington no condado de Northumberland. Por um tempo, eles eram conhecidos como terriers Rothbury, mas, eventualmente, o nome Bedlington teve um peso maior. O primeiro cão a ser realmente chamado de Bedlington Terrier, em 1825, foi Ainsley Piper, de propriedade de Joseph Ainsley de Bedlington. Piper caçou seu primeiro texugo quando tinha apenas 8 meses de idade, e ele ainda ensinava aos outros cães como foi caçar mesmo quando já estava velho, sem dentes e quase cego.

A popularidade de Bedlingtons cruzou todas as fronteiras sociais. Eles se tornaram os favoritos dos trabalhadores de fábricas e mineradores, porque caçavam os ratos e acabavam com as infestações e, em seguida, participavam de corridas nas horas de folga uns contra o outros.

Bedlingtons participou com outros cães em competições importantes, em meados de 1800. O National Bedlington Terrier Club foi fundado na Inglaterra, em 1877. O primeiro Bedlington Terrier a ser registrado pela American Kennel Club foi Ananias em 1886.

mostrar mais

Curiosidades sobre o Bedlington Terrier

– Filhotes Bedlington Terrier nascem preto ou marrom. À medida que amadurecem, o pelo clareia para azul, areia, fígado, azul e castanho, areia e castanho, ou fígado e castanho. As manchas castanhas são encontradas ao longo dos olhos, dentro das orelhas, sob a cauda, ​​e em traços no interior das pernas;

– Além de um ótimo caçador de raposas e texugos, o Bedlington Terrier é um excelente nadador;

– Devido o seu pelo bem característico, o  Bedlington Terrier se assemelha a um cordeiro;

– Os machos podem ser lutadores ferozes se desafiados por outro cão.

 

Cuidados e Bem Estar

Bedlington Terriers é uma raça rústica com os níveis de atividade moderada. Eles são capazes de atingir altas velocidades, por isso é indicado uma área cercada com segurança. Eles não são adequados para viver ao ar livre. Eles são pequenos o suficiente para viver em apartamento, contanto que tenham um lugar seguro para se exercitar.

Exercício para o Bedlington pode significar uma boa caminhada ou um uma brincadeira vigoroso de buscar alguma coisa. Ele pode correr ou caminhar com você. Ele é quieto em casa, feliz se tiver a chance de relaxar no sofá com você.

O Bedlington é inteligente, isso influência na facilidade moderada para treino. Ele obedece melhor quando você pode convencê-lo de que aquilo que ele está fazendo é realmente o que quer. Uma boa ideia é gratificá-lo de alguma forma. Use técnicas de reforço positivo, como louvor, carinho e recompensas de petiscos. Palavras duras e força física não vai funcionar com esta raça, pois só vai trazer a sua teimosia e começar uma batalha de vontades que você provavelmente vai perder.

Apare as unhas, conforme necessário, geralmente uma vez por mês. Escove os dentes com frequência para uma boa saúde e hálito fresco. Confira os ouvidos semanalmente se tem alguma sujeira, vermelhidão ou mau odor que pode indicar uma infecção. Se as orelhas estiverem sujas, limpe com uma bola de algodão umedecido com um limpador de orelha suave recomendado pelo seu veterinário. Olhos lacrimejando e manchas de lágrima não são incomuns nessa raça. Limpe ao redor dos olhos com um pano macio e úmido para minimizar alguma sujeira que posso acumular.

Na alimentação, a quantidade diária recomendada é: 1 a 1,5 xícaras de alimento seco de alta qualidade por dia, divididos em duas refeições.

Predisposição à Doenças: Toxicidade do cobre, Luxação, hipoplasia renal e distiquíase (crescimento do cílio para dentro do olho).

Aparência física

Um cão gracioso, lépido, musculoso, sem traço de fragilidade ou aparência grosseira. A cabeça é em forma de pêra ou cuneiforme, e sua expressão, em repouso, é doce e gentil. A cabeça do Bedlington Terrier é coberta por um sedoso e abundante topete de cor quase branca. Possui tronco musculoso e significantemente flexível e o dorso apresenta um arco natural sobre o lombo. Peito profundo e bastante largo. Costelas planas, profundas até o antepeito (região
esternal), alcançando os cotovelos.

Pelagem do Bedlington Terrier

Bem característico. Espesso e feltrado, ficando bem afastado da pele, mas sem
ser duro. Nítida tendência a encaracolar, particularmente na cabeça e na região facial.

Cor da pelagem

Azul, fígado ou areia, com ou sem castanho.

Filhotes

Filhotes com temperamentos agradáveis ​​são curiosos e brincalhões, disposto a conhecer pessoas e brincar com elas.

Preço

R$ 2000 a R$ 4000

Perguntas frequentes

O Bedlington Terrier pode viver em apartamentos ou espaços pequenos?

Uma raça que pode se adaptar a vida em apartamentos sem problemas. Seu turo precisa lembrar das suas necessidades de exercícios diários, como passeio e brincadeiras em local seguro

O Bedlington Terrier é recomendado para crianças?

Este cão versátil pode ser um amigo brincalhão, palhaço e entusiasmado para crianças mais velhas ou um amigo pacífico e calmo para idosos.

O Bedlington Terrier pode ficar sozinho em casa?

Como todo cão companheiro, não é recomendado deixar seu Bedlington Terrier sozinho em casa por longos períodos. Sua criatividade para brincadeiras quando está sozinho pode ser prejudicial a sua mobília, como o  sofá por exemplo.

O Bedlington Terrier late muito?

Sua tendência de latir não é tão grande. Só vai realmente fazer uso do latido quando quiser chamar sua atenção ou quando estiver muito empolgado em alguma brincadeira.

O Bedlington Terrier solta muito pelo?

Não tem tendencia para queda de pelos.

Fotos doBedlington Terrier

Raças similares aoBedlington Terrier

American Staffordshire Terrier

Esperto e inteligente

Skye Terrier

De temperamento forte

Norwich Terrier

Índole amável, não é brigão, tremendamente ativo, com constituição vigorosa; alegre e destemido

Lakeland Terrier

Alegre, amigável e corajoso

Explore outrasRaças

Deixe seu comentário

Os comentários estão desativados.