Cairn Terrier

Dotado de muita personalidade e ternura
CBKC - Grupo 3
Sua impressão geral é a de um Terrier rústico, sólido, ágil e cheio de ardor.

Informações Gerais

Alegre, intrépido, atirado e de vivacidade pouco comum, o Cairn Terrier ignora o que seja agressividade. Grande aptidão à caça. Rústico e agitado, tem uma grande necessidade de exercício. Essa abordagem brincalhona e muito simpática, conjugada a um temperamento animado, mas atento à disciplina, explica sua grande popularidade na Grã-Bretanha e seu renome mundial. Ele tornou-se um charmoso cão de companhia, que precisa ser adestrado com firmeza e amor.

O Cairn Terrier é um cão maravilhosamente amigável. Ele é feliz e alegre, e ele realmente gosto de conhecer pessoas. Ele também é todo Terrier: independente, resistente, e alerta. Como qualquer cão da raça, ele coloca cavar, latir e perseguir no topo de sua lista de atividades favoritas. Ele vai perseguir qualquer animal pequeno, incluindo o gato do vizinho, se tiver uma chance. Ele é um bom cão de guarda, também, e vai anunciar qualquer visitante.

Apesar de independente, o Cairn é dedicado à sua família e é mais feliz quando ele faz parte da vida diária de seus proprietários. Ele gosta de estar em casa, brincar com as crianças , seguir você de comodo em comodo da casa e receber e cumprimentar visitas junto com você. Ele também é conhecido por ser sensível. Ele não gosta de ser repreendido e fica chateado quando você não está feliz com ele.

O Cairn pode ser pequeno, mas ele é tão confiante que se esquece fácil de seu tamanho. Ele tem a independência Terrier típica e não tem noção de como se portar diante de outro cão maior que ele. É um cão amigável que pode se adaptar a qualquer tipo de casa – desde apartamento na cidade a uma casa na fazenda ou sítio (de qualquer forma ele terá a oportunidade de praticar suas habilidades de caça). Alerta, ativo e curioso, as funções de um cão de guarda.

Não espere que o Cairn seja um cão de colo, apesar de seu tamanho. Ele pode ceder-lhe um ou dois minutos de seu tempo, mas ele tem coisas para fazer e lugares para ir. Só se certifique que essas “ocupações” não incluem cavar seu jardim com suas patas grandes e unhas fortes – para não mencionar seus instintos Terriers – se encaixam perfeitamente nesta tarefa.

Expectativa de vida

Expectativa
Mínima
12 anos
Expectativa
Máxima
15 anos

Altura

Altura
Mínima
28
cm
Altura
Máxima
31
cm

Peso

Peso
Mínimo
6
kg
Peso
Máximo
7
kg

Características

Adaptabilidade
Nível de afeição
Bom para apartamento
Tendência de latir
Amigável com gatos
Amigável com crianças
Amigável com cães
Necessidade de exercícios
Espaço necessário
Tosa
Problemas de saúde
Inteligência
Gosto por brincadeiras
Queda de pelo
Necessidade social
Amigável com estranhos
Territorialista
Facilidade de treinamento
Cão de guarda
Tolerância ao frio
Tolerância ao calor

Origem do Cairn Terrier

País: Reino Unido

Originário da Escócia, o Cairn Terrier é uma das raças mais populares e antigas da Grã-Bretanha. Já era conhecida na região desde a Idade Média e essa raça de pequeno porte era utilizada na caça de lebres, lontras e raposas. Expulsava as presas e os aprendia nos pequenos montes rochosos. Sabe-se que a partir do Cairn Terrier surgiu o West Highland White Terrier, que são os filhotes que nasciam brancos do acasalamento de dois Cairns e que eram banidos pelos criadores.

O Cairn Terrier foi desenvolvido há mais de 200 anos atrás na ilha de Skye, onde o capitão Martin MacLeod é creditado com o desenvolvimento de uma das linhagens mais antigas da raça.

Todas as raças Terrier na Escócia foram originalmente classificados como Terriers Escoceses. Em 1873, um novo sistema foi implementado e os Terrier Escoceses foram separados em duas classes: Dandie Dinmont e Terrier Skye .

A classificação Skye Terrier incluía os  Cairns, bem como os cães que agora são conhecidos como os Terrier Escoceses , West Highland White Terrier . Estas raças eram diferentes apenas na cor, todos os três poderiam vir da mesma ninhada. O Hard-Haired Scotch Terriers foi fundado para as três raças em 1881; um pedrão foi aprovado em 1882.

Perto do final do século 19, os criadores de Scottish Terrier começaram a selecionar características diferentes, entre elas a cor. O West Highland White Terrier tornou-se uma raça separada em 1908.

Em 1912, a Cairn Terrier foi designado como uma raça, tendo a origem do seu nome dos montes de pedras que marcaram antigos locais de sepultamento ou memorial escoceses. Estas pilhas de pedra eram muitas vezes esconderijos para os roedores procurados pelos Terriers.

Os primeiros Cairn Terriers foram importados para os Estados Unidos pelo Sr. Henry F. Price e Sra Byron Rodgers em 1913. Em ambos, nos Estados Unidos e na Inglaterra, o Cairn e o West Highland White foram cruzados entre si no ano de chegada em cada país até 1917, o American Kennel Club negou o registro a qualquer cão resultado desse cruzamento. Nesse mesmo ano, o Cairn Terrier Club of America foi aceito pelo AKC.

mostrar mais

Curiosidades sobre o Cairn Terrier

– Se você já assistiuo filme The Wizard of Oz , você já viu um dos Cairn Terriers mais famosos de todos os tempos. O cão que fez o papel de Toto no filme erai uma Cairn fêmea chamada Terry. Foi pago US $ 125 por semana por seu papel como Toto, ela foi treinada pelo treinador Carl Spitz, e ela tinha aparecido em diversos filmes antes de seu famoso papel em Oz. Ela viveu até os 11 anos de idade;

– Liza Minnelli, Bill Murray e David Hasselhoff têm em comum seus Cairns Terriers que são muito conhecidos das celebridades;

– Cairn Terrier é um cão pequeno, mas que pensa como um grande. Sempre saia com ele na coleira para não ter problema com outros cães;

– Seu nome “Cairn” significa “monte de pedras” que eram usados como túmulos no passado, onde ele encontrava sua caça.

Cuidados e Bem Estar

O Cairn é inteligente e aprende rapidamente. Não há necessidade de gritar com ele ou tratá-lo rudemente; ele vai responder ao incentivo positivo como elogio, jogo e petiscos, desde que ele saiba que você está no comando. Seja firme e consistente no que você pedir a ele, e ficará feliz em seguir seu líder. Sem treinamento e supervisão ou níveis adequados de exercício, ele vai tornar-se aborrecido, gastando seu tempo em mastigar alguma coisa que não deve, latindo e cavando para se manter ocupado. Não deixe isso acontecer! Desafie seu cérebro – que é bem grande – com quebra-cabeça e sessões de treinamento que são interessantes e precisam ser diversificados. Faça passeios interessantes ou caminhadas (ele tem uma boa resistência para terrenos difíceis) e um tempo de brincadeiras e jogos divertidos . Em dias chuvosos ou com neve, deixá-lo correr atrás de uma bola dentro de casa ou ensiná-lo a brincar de esconde-esconde.

O pelo desse cão é muito fácil de cuidar. A escovação completa uma vez por semana é suficiente, banho periódico (de três em três meses ou mais, ou quando necessário). Banhos freqüentes não são recomendado porque suaviza o revestimento. A tosa é necessária para a Cairn – principalmente para dar um look legal.

Escovar os dentes do Cairn Terrier , pelo menos, duas ou três vezes por semana para remover a formação de tártaro e as bactérias . A escovação diária é ainda melhor se você quiser prevenir doenças da gengiva e mau hálito.

Apare as unhas uma ou duas vezes por mês. Unhas cortadas muito curtas podem causar sangramento e dor no seu cão, por isso, se tiver duvida é melhor procurar ajuda profissional. O veterinário ou tosdor pode fazer isso por você.

Seus ouvidos devem ser examinados semanalmente e tem vermelhidão ou um odor ruim, o que pode indicar uma infecção. Depois de examinar  as orelhas do seu cão, limpe-as com uma bola de algodão umedecido com um produto suave e de pH equilibrado indicado pelo veterinário. Ouvido limpo ajuda a prevenir infecções. Não insira nada dentro do canal auditivo; apenas limpe o ouvido externo.

Verifique também se há feridas, erupções cutâneas, ou sinais de infecção, tais como vermelhidão, sensibilidade, ou inflamação na pele, no focinho, boca, olhos e nas patas. Os olhos devem ser claros, sem vermelhidão ou secreção. Seu exame cuidadoso semanal vai ajudar a detectar potenciais problemas de saúde mais cedo.

Na parte de alimentação, evite deixar colocar muita comida que fique sobrando na vasilha do seu cão. Isso pode levar a obesidade e outros problemas de saúde. A quantidade diária recomendada é de 1/2 a 1 xícara de alimento seco de alta qualidade por dia, dividido em duas refeições.

Predisposição à Doenças: Osteopatia cranio-mandibular, criptorquidia e hipotireoidismo

Aparência física

A cabeça do Cairn Terrier, pequena mas bem proporcionada em relação ao corpo, é guarnecida de pelos. As orelhas são pontudas e eretas, e a trufa preta. O focinho, forte, mas sem ser pesado, carrega fortes mandíbulas. Os olhos, de um tom avelã-escuro, são afastados e cobertos por sobrancelhas finas. O Cairn, bem equilibrado em coma dos membros, deve ser muito livre em seus movimentos. Os anteriores, assim como os posteriores, são dotados de boa assadura, e ele é fortemente musculoso. O dorso é reto, e os quadris fortes. A cauda, curta, bem densa, é ostentada alegremente.

Pelagem do Cairn Terrier

O pelo de cobertura é muito abundante e duro, sem ser grosseiro; a capa interna é curta, flexível e apertada. Essa pelagem dá ao animal perfeita proteção conta a chuva.

Cor da pelagem

Pode ser creme, trigo, vermelha, cinza ou quase preta.

Filhotes

Se os adultos são ativos isso não significa nada perto dos filhotes. Você precisa ter uma certa disponibilidade de tempo para ajudar os pequeninos a queimarem sua energia em excesso que, diga-se de passagem,  é muita. Só precisa ter cuidado para não forçar demais as articulações com brincadeiras e causar problemas futuros.

Comece o treinamento muito cedo. Esses cães são Terriers, raça muito inteligente e de rápida aprendizagem tanto para certo quanto para o errado. Eles precisam de um tutor firme que seja o líder sem ser rude ou grosseiro.  São cães sensíveis e não são estimulados por violência. Precisa de socialização precoce para aprender a lidar com pessoas e outro animais.

Desde filhote já acostume seu cão a ser escovado, ter as unhas cortadas, exames no veterinário e ser cuidado por outra pessoa como o tosador. Quando for adulto não será uma dor de cabeça na hora do banho e outros cuidados.

Preço

R$ 1.500 a R$ 3.000

Perguntas frequentes

O Cairn Terrier pode viver em apartamentos ou espaços pequenos?

Ele se adapta bem em qualquer lugar, contanto que tenha seu tempo diário de queimar energia. Sendo correndo ou brincando em algum lugar seguro sem risco de acidentes.

O Cairn Terrier é recomendado para crianças?

Eles adoram crianças e da muvuca que vem junto. É um cão muito ativo, mas paciente e gosta muito de brincadeiras.

O Cairn Terrier pode ficar sozinho em casa?

Se deixados muito tempo sozinhos podem desenvolver comportamento destrutivo.

O Cairn Terrier late muito?

Sua tendência a latir é bem considerável, para não dizer alta. Precisa aprender o significado do comando “silêncio” logo cedo.

O Cairn Terrier solta muito pelo?

Tem queda de pelo moderada. Com escovações frequentes essa queda reduz bastante.

Fotos doCairn Terrier

Raças similares aoCairn Terrier

Yorkshire Terrier

Vivo e inteligente

Dandie Dinmont Terrier

Independente, altamente inteligente, determinado, persistente, sensível, afetuoso e digno.

Staffordshire Bull Terrier

Particularmente inteligente e afetuoso

Lakeland Terrier

Alegre, amigável e corajoso

Explore outrasRaças

Deixe seu comentário

Os comentários estão desativados.