King Charles

Feliz, inteligente, reservado, gentil e afetuoso.
CBKC - Grupo 9
Esse cão possui corpo curto e bem proporcionado, gracioso e refinado.
Também conhecido como: English Toy Spaniel

Informações Gerais

Vivo, sem reservas e sensível, o King Charles é ativo e gracioso. Cão equilibrado, tem muito bom temperamento. E dotado de faro e ouvido notáveis, que o levam por vezes a ser utilizado em curtas caçadas em planície. É um companheiro, reservado, doce e afetuoso, muito apegado ao dono. É também sociável e seus fácil adestramento deve ser feito com suavidade. Ele tem um “que” aristocrático, mas ele não é um esnobe; é dedicado, cão calmo e feliz. Ele gosta de passar tempo com as pessoas que ama e vai encaixar a si mesmo na sua vida.

A vida é cheia de surpresas quando você vive com quem King Charles. Com nariz empinado parece ser dignamente orgulhoso, mas a qualquer momento ele pode se transformar em um palhaço. Este é um cão que tem senso de humor. O King Charles não são tão conhecidos como o eu primo Cavalier King Charles. As pessoas que conhecem apreciam-no por seu tamanho, sua natureza calma e devotada. Se você gosta de viajar, ele se encaixa perfeitamente em uma caixa de transporte sob seu acento.

O King Charles é tão companheiro que vai querer seguir seus passos durante todo dia indo atrás de você para a cozinha, no banheiro, no escritório e na casa inteira. Ele não gosta de ficar sozinho. O ideal para ele é uma casa que sempre tem alguém para fazer companhia.

Expectativa de vida

Expectativa
Mínima
10 anos
Expectativa
Máxima
12 anos

Altura

Altura
Mínima
25
cm
Altura
Máxima
30
cm

Peso

Peso
Mínimo
3
kg
Peso
Máximo
6
kg

Características

Adaptabilidade
Nível de afeição
Bom para apartamento
Tendência de latir
Amigável com gatos
Amigável com crianças
Amigável com cães
Necessidade de exercícios
Espaço necessário
Tosa
Problemas de saúde
Inteligência
Gosto por brincadeiras
Queda de pelo
Necessidade social
Amigável com estranhos
Territorialista
Facilidade de treinamento
Cão de guarda
Tolerância ao frio
Tolerância ao calor

Origem do King Charles

País: Reino Unido

Cão de boa companhia por tradição, o Spaniel King Charles, talvez de origem espanhola, já vivi na Inglaterra por volta de 1570.  Carlos II, da Inglaterra. foi quem deu o nome a esse pequeno cão que carregava consigo em todos os lugares para passear.

O pequeno King Charles provavelmente descende de cães que foram populares nas culturas imperiais chinesas e japonesas. Eles provavelmente compartilham de um ancestral antigo em comum com o Pequinês e o Chin Japonês. Em algum momento eles chegaram até Europa, onde se tornaram famosos como cães de companhia. Johannes Caius mencionou o King Charles em seu livro Of English Dogges, que foi publicado em 1574.

O King Charles de séculos passados era um pouco diferente daquele que conhecemos hoje. Tinha o focinho mais comprido. O resultado do cruzamento entre as raças Chin Japonês e o Pug no século 18 e 19 deu origem a um cão de focinho mais curto e cabeça arredondada, perfil da raça nos dias de hoje.

No final do século 19 o Kinga Charles com focinho mais comprido quase desapareceu na história, mas um americano, amante  de artes, chamado Roswell Eldridge ofereceu um grande prêmio em dinheiro para o criador que pudesse reproduzi-los novamente. Alguns criadores de King Charles, não muito criteriosos, e que tinham alguns remanescentes dessa raça de narizes compridos deram origem ao que hoje é conhecido hoje como Cavalier King Charles Sspaniel, o primo um pouco maior do que o King Charles.

Pode-se ver a diferença entre eles olhando com cuidado. O King Charles tem o rosto mais curto uma cabeça abobadada e as orelhas estão situados abaixo do topo da cabeça. Cavaliers têm o nariz mais comprido, uma cabeça achata e as orelhas que saem do topo da cabeça.

O American Kennel Club reconheceu a King Charles como um membro do grupo do brinquedo em 1886.

mostrar mais

Curiosidades sobre o King Charles

– Na corte de Elizabeth I as damas o escondidinho debaixo da nome saia e serviam se dele no inverno como se fosse um aquecedor;

– Em 1587, após a execução de Maria Stuart, diz a lenda que teria sido encontrado escondido entre as vestes da rainha defunta um minúsculo Spaniel manchado de sangue, que havia feito companhia a sua infortunado dona até o fim;

– Mary, rainha da Escócia teve pelo menos um King Charles, e dizem que seu filho, o rei James I, recebeu uma ninhada em 1613 como um presente do Imperador do Japão;

– Como eles eram populares com a realeza, eles também eram populares com todos os outros, e não era incomum vê-los em quadros de famílias pintados por Gainsborough, Rubens, Rembrandt ou Van Dyck;

– O King Charles não lida bem com o calor e precisa ser observado em dias quentes para garantir que eles não tenham problemas. Recomenda-se que em locais ou dias mais quentes esses cães tenham uma garantia de conformo térmico maior.

 

Cuidados e Bem Estar

O King Charles  não requer grandes quantidades de diárias de exercício . Eles geralmente se exercitar em casa e exigem apenas pequenas caminhadas pelo bairro ou um tempo de brincadeiras no quintal. Eles não são companheiros ideais para caminhadas porque eles podem sofrer de problemas nas articulações, e longas caminhadas podem agravar qualquer problema que possam ter.

O treinamento pode ser fácil com esta raça contanto que você compreender sua natureza. Ele é independente e pode ignorar comandos quando são dados a primeira vez. Geralmente, eles são felizes em agradar e desfrutar da sua companhia durante o treinamento. Acostumar com coleira pode ser particularmente difícil, pois eles preferem estar livremente, mas é importante manter o seu King Charles na coleira sempre que ele não estiver em uma área fechada, pois ele pode ser facilmente ferido por outros cães.

Socialização é importante para esta raça, uma vez que pode ser muito tímida quando são expostos a novas pessoas ou situações.

Ocasionalmente, o King Charles vai parar de comer e normalmente será os dentes que estão incomodando ele. Mantenha os dentes limpos com escovação e visitas regulares ao veterinário ajudará a evitar quaisquer problemas.

Recomenda-se que eles vivam em casas que têm ventilação adequada ou ar condicionado, e seu tempo ao ar livre deve ser limitado aos horários mais frios do dia.

O King Charles requer poucos cuidados. Banho, uma ou duas vezes por mês, usando um shampoo de alta qualidade para manter o seu pelo sedoso. Penteie-o uma vez por semana para remover qualquer pelo morto ou emaranhado, e lavar o rosto diariamente para remover qualquer sujeirinha dos olhos ou comida no rosto após uma refeição.

Orelhas limpas regularmente com um pano úmido quente e usar um cotonete ao redor do canal auditivo. Nunca coloque o cotonete dentro do canal auditivo. Você também deve verificar orelhas, olhos e dentes se tem vermelhidão ou mal cheiro. Ambos são sinais de que seu Charlie pode precisar ver o veterinário.

Sobre alimentação, as quantidades diárias recomendadas são de 1/2 a 1 xícara de alimento seco de alta qualidade por dia, dividido em duas refeições. Não deixe comida sobrando na vasilha do seu cão, além de não ser saudável para ele pode levar a problemas como obesidade.

Predisposição à Doenças: Alterações dermatológicas, ortopédicas (displasia coxofemoral), síndrome de dilatação vólvulo gástrica.

Aparência física

O King Charles tem crânio abobadado, orelhas compridas, implantadas baixo e que pedem contra a face, ornamentados por franja de pelo. Tem stop profundo, os olhos muito grandes e escuros, são bem espaçados. A chanfradura é muito breve; o focinho bem dobrado. O pescoço forma em ligeiro arco. O peito é largo e profundo. A cauda é bem franjada e não é mantida sobre o dorso nem acima da linha do dorso. Os membros, as orelhas e a cauda exibem franjas abundantes.

Pelagem do King Charles

A pelagem é feita de longo pelo sedoso e reto. Pode ter uma leve ondulação, mas nunca é cacheado.

Cor da pelagem

A pelagem pode ser de tom preto e fogo (preto intenso e reluzente com manchas fogo acaju); tricolor (fundo branco-perolado com mandas pretas bem espalhadas e pintas do fogo brilhante); blenheim (fundo branco-perolado e marcas de castanho-avermelhado bem repartidas e com uma “pastilha” dessa cor no meio do crânio); ou rubi (unicolor, de um vermelho-castanho intenso).

Filhotes

O King Charles filhote é muito ativo e precisa gastar suas energias com certa supervisão por causa de seu focinho curto demais. Inicie a socialização o quanto antes. Eles são um pouco tímidos e precisam estar familiarizados com outras pessoas, sons e outros cães.

Preço

R$ 3.500 a R$ 6.500

Perguntas frequentes

O King Charles pode viver em apartamentos ou espaços pequenos?

Mesmo com seus antepassados vivendo em palácios, ele é perfeito para moradores de apartamentos.

O King Charles é recomendado para crianças?

Ele convive bem com crianças mais velhas que sabem como lidar com um cão. Ele pode não ser tão receptivo com crianças pequenas ou bebês se não forem tratados como o devido cuidado.

O King Charles pode ficar sozinho em casa?

Sua devoção às pessoas pode ser um traço negativo porque ele pode sofrer de ansiedade de separação . O King Charles Spaniels pode se adaptar a qualquer estilo de vida, exceto ser deixado sozinho por longos períodos de tempo

O King Charles late muito?

Ele não tem tendência a latir. Como um bom cão de guarda pode avisar sobre algo estranho.

O King Charles solta muito pelo?

Sua queda de pelo é de nível médio. Escovações semanais podem diminuir ainda mais esse problema.

Fotos doKing Charles

Raças similares aoKing Charles

Bichon Frisé

Alegre, jovial, carinhoso, sempre alerta e curioso

Cavalier King Charles Spaniel

Alegre, sensível e muito doce

Poodle

Inteligente e capaz de uma relação estreita.

Explore outrasRaças

Deixe seu comentário

Os comentários estão desativados.