Lakeland Terrier

Alegre, amigável e corajoso
CBKC - Grupo 3
Cão elegante e de andar decidido, o Lakeland Terrier é rápido e ativo. Alegre e destemido; expressão de
vivacidade; rapidez de movimento; na ponta das patas sempre na expectativa. Corajoso,
amigável e autoconfiante.

Informações Gerais

Especialista em água e terrenos difíceis, o Lakeland Terrier foi durante muito tempo excepcional caçador de lontras, de raposas e de texugos. No campo, e vivo, corajoso, impetuoso e de grande tenacidade. Seu temperamento amável e sua alegria o fazem ser apreciado como animal de companhia. Muito apegado ao dono, o Lakeland Terrier é um tanto possessivo, mas é dócil com crianças.

Assim como todos os cães teimosos, ele precisa de um tutor paciente, capaz de educa-lo com destreza e firmeza. É calmo em casa, com a condição de que possa satisfazer sua grande necessidade de se exercitar ao ar livre. É um guardião desconfiado com estranhos.

A Lakeland é alegre e enérgico, mas como qualquer terrier que se preze, ele pode ser obstinado e determinada. No entanto, seus tutores se encantam por seu charme, inteligência e senso de humor. Lakies têm muita coragem e confiança.  Como terriers, são propensos a perseguir pequenos animais, por isso é aconselhável socializá-los com gatos e animais de pequeno porte desde tenra idade.

Como muitos terriers, os Lakelands podem ser difíceis de treinar em casa, e eles têm seus próprios pensamentos sobre o que é um comportamento adequado, que pode não ser o mesmo que o seu. Além disso, alguns gostam de cavar, latir bastante e esconder seus brinquedos e comidas. Por isso, eles precisam ter treinamento firme, mas paciente,  desde filhote. Eles são cães inteligentes, por isso faça um treinamento bem diversificado para que se sintam desafiados. Todos os terriers têm um “senso de justiça” e estão dispostos a serem corrigidos quando necessário. Mas se a correção é dura ou imerecido eles são suscetíveis a rosnar se tornarem rebeldes.

O Lakeland Terrier não se dar bem com outros cães, especialmente se eles são machos, e essa dificuldade duplica se for outro Terrier. Também não é amoroso com gatos. Ele é mais propensos a vê-los como presa do que como um companheiro de casa.

São amáveis com as pessoas, e mais ainda com seus tutores que têm senso de humor e se divertem mais do que ficam irritados quando o Lakeland toma o comando das coisas e faz do seu jeito.

Nunca compre um Lakeland de um criador de cachorro que não tenha uma boa reputação ou loja de animais. Os reprodutores respeitáveis ​​não vendem a intermediários ou varejistas, e não há garantias quanto a saúde e temperamento do cachorro ou se tinha pais saudáveis. Peça referências a outros tutores desses filhotes para ver se eles estão felizes com a seu Lakeland e onde compraram. Comprar um filhote de boa linhagem e de criadores honestos e responsáveis vai evitar problemas futuros incluindo de comportamento inadequado.

Expectativa de vida

Expectativa
Mínima
12 anos
Expectativa
Máxima
15 anos

Altura

Altura
Mínima
35
cm
Altura
Máxima
37
cm

Peso

Peso
Mínimo
6
kg
Peso
Máximo
8
kg

Características

Adaptabilidade
Nível de afeição
Bom para apartamento
Tendência de latir
Amigável com gatos
Amigável com crianças
Amigável com cães
Necessidade de exercícios
Espaço necessário
Tosa
Problemas de saúde
Inteligência
Gosto por brincadeiras
Queda de pelo
Necessidade social
Amigável com estranhos
Territorialista
Facilidade de treinamento
Cão de guarda
Tolerância ao frio
Tolerância ao calor

Origem do Lakeland Terrier

País: Reino Unido

Originário da região dos lagos do norte da Grã-Bretanha, o Lakeland Terrier descende diretamente do Old English Terrier, raça atualmente extinta, cruzado com o Bedlington, com Border Terrier e sem dúvida com Dandie Dinmont Terrier.

O Lakeland Terrier nasceu no condado de Cumberland no belo e rústico, mas traiçoeiro, Distrito de Lake, na Inglaterra, perto da fronteira escocesa. O Distrito de Lake é conhecida por suas belas colinas e montanhas. Beatrix Potter tinha uma fazenda nessa região, onde ela, como muitos dos agricultores da região, criavam uma raça rústica e rara de ovelhas chamado Herdwicks. O terreno é duro e áspero, e as explorações de ovinos pontilhavam a paisagem rural. Um tipo grande e agressiva de raposa chamado de Westmoreland ataca as ovelhas, especialmente durante a época de parição, que coincide com o tempo em que as raposas estavam desmamando seus filhotes. O trabalho do Lakeland era o de “entrar na terra”, quando a raposa corria para sua toca e matá-la.

Alguns dos hobbies desse pequeno Terrier, que eram cão de mineiros e outros trabalhadores, era caçar texugo, coelhos , ratos e raposas.

Em 1921, a Lakeland Terrier Association foi fundada na Inglaterra. Eles foram exibidas pela primeira vez na Inglaterra, sob uma variedade de nomes, incluindo o Fell e Patterdale Terrier.

O American Kennel Club registrou pela primeira vez um Lakeland Terrier chamado Eaton What A Lad Of Howtown, em 1934, no mesmo período em que a raça ganhou seu nome atual e foi em uma competição de exposição de cães tanto nos EUA e Inglaterra. Criadores trabalharam para produzir cães que teriam uma boa aparência para participar de competições, mantendo as características de trabalho que foram tão valorizadas.

Eles parecem ter tido sucesso em grande estilo. Lakelands ganharam a maioria dos principais shows e prêmios que existem em todo o mundo. O primeiro grande campeão Lakeland Terrier foi nomeado Rogerholme Recruit, que venceu Best in Show na prestigiada 1963 Crufts Dog show England. Apenas três anos depois, em 1967, um outro inglês Lakeland Terrier chamado Stingray de Derryabahwon foi campeão com os títulos de Best in Show em 1967, Crufts and Best in Show e na exposição de cães de Westminster Kennel Club em 1968.

No início dos anos setenta, Ch Special Edition ganhou dezenas de Bests in Show, e outro Lakie chamado Red Baron of Crofton de Ch Jo-Ni ganhou 73 Bests in Show, com a última sendo premiado na exposição de cães de 1976 at Westminster’s Centennial .

mostrar mais

Curiosidades sobre o Lakeland Terrier

– O comediante Bill Cosby possuiu vários Lakelands Terrier que têm sido aplaudidos no Westminster Kennel Club Show;

– Cath Kidston, uma designer muito conhecida por sua inovação e trabalho com peças vintage, possui um Lakeland Terrier chamado Stanley.

 

Cuidados e Bem Estar

O Lakeland deve viver dentro de casa com o seu tutor, não ao ar livre. Ele é ativo dentro de casa e vai fazer tudo certo, sem um quintal, desde que você faça uma ou duas caminhadas diárias de 20 a 30 minutos. Se tem um quintal, deve ser murado, como ele é um trator para cavar e especialista em fuga isso vai evitar problemas. Não conte com uma cerca elétrica para mantê-lo confinado; a ameaça de um choque não é nada para um terrier que quer ir atrás de algo.

Mantenha o Lakie na coleira quando você for andar com ele. Você nunca sabe quando seu instinto terrier de caça vai ser ativado.

Com sua natureza independente, o Lakie pode ser um desafio para treinar. Mantenha seu senso de humor, bem como uma grande quantidade de paciência. Seja firme e consistente, mas use técnicas de reforço positivo, como recompensas de petiscos, elogios, brincadeiras  e carinho para tirar o máximo proveito dele. Mantenha as lições curtas, interessantes e divertidas, e você verá que o seu Lakeland é bastante inteligente e capaz de aprender tudo o que você pode ensinar.

Gaste 15 a 30 minutos por semana para escovar e pentear o Lakie. Em seguida, faça uma massagem com uma toalha para remover qualquer sujeira e excesso de oleosidade do corpo. Se você fizer isso regularmente, você não vai precisar banhá-lo muitas vezes, a menos que ele se esfregue em algo fedido. Remover pelos soltos do interior das orelhas e aparar o excesso de pelo entre as “almofadas” das patas também é recomendado.

Outras necessidades de cuidados são as unhas e higiene bucal. Cortar as unhas do seu Lakeland uma ou duas vezes por mês. Cuidado para não cortar curto demais e causar dor e sangramento. Se tiver dúvida como cortas procure a ajuda de um profissional para evitar traumas para você e principalmente para seu cão

Escove os dentes pelo menos duas ou três vezes por semana – diária é melhor – para remover o tártaro e bactérias. Comece quando seu cachorro ainda é filhote, ele vai se acostumar logo cedo com tudo isso.

Verifique se há feridas, erupções cutâneas, ou sinais de infecção, tais como vermelhidão, sensibilidade, ou inflamação na pele, nos ouvidos, focinho, boca, olhos e patas. Orelhas devem cheirar bem, sem muita cera ou sujeira dentro, e os olhos devem ser claros, sem vermelhidão ou secreção. Seu exame cuidadoso semanal vai ajudar a detectar potenciais problemas de saúde mais cedo.

Cuidados com a alimentação também são importantes. Nunca deixe comida sobrando na vasilha do seu cão. A quantidade diária recomendada é de 1 xícara de ração com alta qualidade por dia, dividido em duas refeições.

Predisposição à Doenças: Alterações oftálmicas, cardíacas, ortopédicas (não união do processo ancôneo) e criptorquidismo.

Aparência física

Lakeland Terrier tem a cabeça bem equilibrada, de crânio achatado e focinho largo, mas não muito comprido, de fortes mandíbulas, com a mordedura em nível ou em tesoura. Os olhos são escuros ou cor de avelã, As orelhas, em "V" e bastante bastante pequenas, não são implantadas nem muito alto nem muito baixo e são portadas alegremente.
O pescoço é bem contornado e o peito bastante estreito. Os anteriores são retos.
Esse cão, de dorso forte e moderadamente curto, de quadris bem implantados e com as coxas compridas e vigorosas, é solidamente estruturado.
A cauda, bem implantada, é mantida alegremente, nem curvada nem enrolado sobre o dorso.

Pelagem do Lakeland Terrier

Bem impermeável, de pelo apertado, espesso e duro, é duplicada por uma boa subpelagem.

Cor da pelagem

Pode ser preta e fogo, azul e fogo, vermelha, trigo, vermelha-grisalha, marrom (fígado), azul ou preta.

Filhotes

Se os adultos são ativos imagine os filhotes. Comece a treinar o seu Lakeland Terrier logo que ele chegar em casa. Como são cães inteligentes, e de vontade própria, se você demorar muito para começar o treinamento isso pode ser um problema quando estiver já um cão adulto.

Como qualquer cão, o Lakeland precisa de socialização. Assim que liberado pelo veterinário, leve-o para passear no parque, ver pessoas diferentes, ter contato com cães e se acostumar com sons estranhos.

Preço

R$ 1.500 a R$ 3.500

Perguntas frequentes

O Lakeland Terrier pode viver em apartamentos ou espaços pequenos?

Por causa de seu pequeno tamanho, o Lakeland Terrier é bom para a vida em apartamento, desde que treinado para não latir para tudo e todose que faça exercícios diariamente para queimar seu excesso de energia.

O Lakeland Terrier é recomendado para crianças?

Lakies amam crianças e combinam seus níveis de energia. Se adaptam melhor a crianças mais velhas que já podem correr e brincar com eles.

O Lakeland Terrier pode ficar sozinho em casa?

Por sua natureza criativa , não são recomendados ficarem sozinhos em casa, ou mesmo no quintal por sua grande habilidade na área de paisagismo. Dentro de casa podem criar um novo design para seus móveis e “alegrar” seus vizinhos com seus latidos quando se sente entediado.

O Lakeland Terrier late muito?

O Lakeland destaca-se como um cão de guarda barulhento, isso significa que ele late muito. Tenha isso em mente, se ele for viver em apartamento ou condomínio. Treina-lo com o comando “silêncio” pode ser muito útil.

O Lakeland Terrier solta muito pelo?

Quase não perdem pelos e com escovações semanais reduz a quase zero a queda de pelos.

Fotos doLakeland Terrier

Raças similares aoLakeland Terrier

Bedlington Terrier

Esperto e caçador, cheio de confiança

West Highland White Terrier

Independente e afetuoso.

American Staffordshire Terrier

Esperto e inteligente

Cairn Terrier

Dotado de muita personalidade e ternura

Explore outrasRaças

Deixe seu comentário

Os comentários estão desativados.