Mastife

Corajoso, afetuoso
CBKC - Grupo 2
Cão bem estruturado, amplo e potente.
Também conhecido como: Mastiff

Informações Gerais

Esse Molosso corajoso inspira prudência só pelo tamanho. Para limitar o perigo que ele pode representar à estranhos, deve-se submetê-lo a um adestramento rigoroso, para ensiná-lo a obedecer aos comandos básicos. Ele se revela então excelente –  mas inofensivo protetor da casa. O Mastife não se adapta à formação de cão de defesa, feita para raças mais leves. Ele é calmo, dócil e fiel e precisa de atenção e de muito afeto.

O Mastife adequado deve ser uma combinação de grandeza e de boa natureza, coragem e docilidade. Ele é sempre digno, nunca mais tímido ou vicioso.

Um  Mastife bem socializado trata estranhos normais com uma indiferença educada, mas vai se meter entre você e qualquer um ou qualquer coisa que pareça ameaçador. Normalmente não é necessário, mas se a ameaça continua, ele vai agir a sua maneira, se necessário. Ladrões tolos e azarado o suficiente para entrar em uma casa com um Mastife vão ficar encurralado até que um membro da família chegue para chamar a polícia.

Mastifes não gostam de conflito entre membros da família. Ele vai interferir numa discussão entre os cônjuges ou quando o pai vai castigar uma criança. Enquanto ele parece duro por fora, o Mastife é um cão sensível, que pode tornar-se tímido, medroso, agressivo se for mal tratado. Nunca trate o seu Mastife de forma ríspida ou grosseira e nem permitir que outra pessoa o faça, incluindo crianças.

Só porque eles são tranquilos, não significa que os Mastifes não são protetores e territorialistas. Eles latem – com um alto, profundo e assustador latido – quando estranhos se aproximam sem terem sido previamente apresentados a eles ou esperam até que alguém da casa venha e diga que está tudo bem e que a pessoa é bem vinda.

Mastifes não gostam de mudanças, por isso, se você está planejando ter um como parte da família, tenha certeza que é o que você realmente quer. Um Mastife se ligará fortemente a seu tutor e provavelmente não irá se adaptar em outro lar caso você desista dele.

Expectativa de vida

Expectativa
Mínima
8 anos
Expectativa
Máxima
10 anos

Altura

Altura
Mínima
66
cm
Altura
Máxima
70
cm

Peso

Peso
Mínimo
70
kg
Peso
Máximo
90
kg

Características

Adaptabilidade
Nível de afeição
Bom para apartamento
Tendência de latir
Amigável com gatos
Amigável com crianças
Amigável com cães
Necessidade de exercícios
Espaço necessário
Tosa
Problemas de saúde
Inteligência
Gosto por brincadeiras
Queda de pelo
Necessidade social
Amigável com estranhos
Territorialista
Facilidade de treinamento
Cão de guarda
Tolerância ao frio
Tolerância ao calor

Origem do Mastife

País: Afeganistão

Grande e maciço, bem plantada em cima dos membros afastados, o Mastife descente provavelmente dos Dogues Assírios, estes oriundo de Dogues do Tibete e introduzidos na Europa pelos fenícios. Algum cinólogos acreditam, por outro lado, que o Mastife descende do Molosso grego, introduzido na Inglaterra pelas legiões romanas. Sob Ricardo Coração de Leão, seu protetor, esse cão vigoroso, apreciado como cão de guarda, de guerra de combate, teve grande popularidade.
Ele foi, por excelência, o cão de guarda das grandes propriedades da Grã-Bretanha e companheiro dos senhores.

Representações de Mastife aparecem em registro históricos ao longo dos tempos, em civilizações gregas, egípcios e, babilônicas. Os arqueólogos que escavavam o palácio do rei de Babilônia Assurbanipal descobriram baixo-relevos que data do século VII a.C. – mais de 2.500 anos atrás – de um cão do tipo Mastife lutando com leões.

Por milênios,  cães da raça Mastife  serviram como guardas, cães de guerra e de entretenimento, sendo confrontado com leões e outros animais ferozes. Os cães fizeram o seu percurso em todo o mundo conhecido, que chegam com exércitos ou trazidos por comerciantes.

Onde quer que fossem, eles eram apreciados por seu tamanho e coragem. Kublai Khan disse ter tido um canil com 5.000 Mastifes utilizados para a caça e guerra.

Na Inglaterra, onde o Mastife moderno foi desenvolvido, os enormes cães de guardado de propriedades, patrulhavam os arredores à noite. Lyme Hall era famosa por sua estirpe de Mastifes, que foram criados a partir do século 15 ao início do século 20, e desempenhou um papel em salvar a raça da extinção.

A raça quase chegou ao fim depois de 1835, quando os esportes brutais de caça ao urso, brigas com touros e rinhas de cães foram proibidos. Mas a ascensão do cão em meados do século 19 ajudou a trazer o avivamento ao Mastife. Eles quase morreu novamente durante a I e II  Guerras Mundiais, porque a escassez de alimentos tornou impossível para alimentá-los, mas um casal de filhotes de Mastife importadas do Canadá após a II Guerra Mundial ajudou a trazê-los de volta da beira do abismo.

Mastifrs provavelmente vieram para os Estados Unidos nos tempos coloniais, mas não foi antes de 1879 que o primeiro clube de  Mastifes foi fundado neste país. O American Kennel Club reconheceu a raça em 1885, e um Mastife chamado Bayard foi o primeiro de sua raça a ser registrado no AKC. O atual Mastiff Club of America foi fundado em 1929 e ainda vigia a raça hoje, quase 80 anos mais tarde.

mostrar mais

Curiosidades sobre o Mastife

– Quando Hannibal cruzou os Alpes, ele o fez com Mastifes treinados para de guerra. Durante a jornada, os cães de guerra cruzaram com raças locais, e os seus descendentes se tornaram a base para o São Bernardo, o Rottweiler e outras raças. Mesmo o Pug – descrito como um Mastife em miniatura – pode reivindicar a herança molossoide.

 

Cuidados e Bem Estar

Mastifes são para ficarem em dentro de casa. Eles podem se adaptar a qualquer ambiente, cidade ou campo, mas eles são mais felizes em uma casa com um quintal cercado. As suas necessidades de exercício são moderados. Um adulto Mastiff ficará satisfeito com um duas caminhadas de  20 a 30 por dia.

Devido ao seu tamanho, eles não são bons companheiros de corrida. Eles facilmente sobem a temperatura corporal, e suas articulações podem ser danificados por causa do estresse da corrida. Passeios são melhores nos horários mais frios da manhã e a tarde. Durante o dia, dar muito água no caso dele ficar com muito calor.

Escovar o pêlo do seu Mastifes semanalmente com uma luva de borracha. Você pode querer escovar ele diariamente durante a primavera e outono quando  a queda de pelo se torna mais frequente. Alguns Mastifes perdem pelo somente nesses dois períodos do ano, enquanto outros perdem pelo durante todo o ano. Uma lâmina de separação também pode ajudar a remover o excesso de pelos.

Limpar as rugas diariamente para evitar infecções por bactérias. Limpe-os com um pano úmido e depois seque-as completamente. Faça o mesmo para nas parte pendurandas do lábio superior após cada refeição.

Escovar os dentes do seu Mastife pelo menos duas ou três vezes por semana para remover o acúmulo de tártaro e as bactérias que se escondem no seu interior. A escovação diária é ainda melhor se você quiser prevenir doenças da gengiva e mau hálito.

Cortar as unhas uma ou duas vezes por mês. Se você não tiver experiencia em cortar as unhas peça ajuda ao veterinário ou tosador para evitar de machucar seu cão.

Seus ouvidos devem ser verificados semanalmente se há vermelhidão ou um odor ruim, o que pode indicar uma infecção.Quando você verificar as orelhas do seu cão, limpe-as com uma bola de algodão umedecida em um produto com suave, com pH equilibrado e que tenha sido indicado pelo veterinário. Ouvido limpo ajuda a prevenir infecções. Não insira nada dentro do canal auditivo; apenas limpar o ouvido externo.

Ocasionalmente seu cão pode ter problemas para defecar. Se você observar o seu Mastife com um comportamento estranho ou obsessivamente lambendo sua área anal, leve-o ao veterinário ou um profissional para poder tratar esse problema e aliviar seu cão. Você também pode aprender a fazer isso sozinho, embora a maioria de nós prefere deixar alguém fazer este trabalho fedido.

Aproveite e verifique se há feridas, erupções cutâneas, ou sinais de infecção, tais como vermelhidão, sensibilidade, ou inflamação na pele, no focinho, boca, nos olhos, e nas patas. Os olhos devem ser claros, sem vermelhidão ou secreção. Seu exame cuidadoso semanal vai ajudar a detectar potenciais problemas de saúde mais cedo.

A alimentação do seu Mastife deve ser balanceada e regrada para evitar obesidade já que ele não é um atleta nato. A quantidade diária recomendada é de 6-8 xícaras de alimento seco de alta qualidade por dia, dividido em duas refeições. Não deixe comida sobrando na vasilha do seu cão, isso pode causa problemas de saúde.

Predisposição à Doenças: Predisposto a obesidade e a síndrome dilatação torção vólvulo grástrica, displasia coxofemoral, displasia de cotovelo, hiperplasia vaginal, alterações oftálmicas e cardíacas.

Aparência física

O Mastife de cabeça quadrada,com granulado essas orelhas, com rugas quando o cão está em alerta, e focinho curto. Os pequenos olhos, bem afastados, são de cor de avelã-escura. As orelhas, pequenas, em "V" e finas ao tato, são implantadas muito no alto e colocados contra as faces quando o animal está em repouso. O pescoço, musculoso, é ligeiramente arqueado. O peito é largo e profundo; as costelas são bem arredondadas. O dorço e os quadris são largos e musculosos, e os flancos bem descidos; A cauda, implantada no alto, afina na ponta; ela alcança os jarredes e pende rea no repouso.

Pelagem do Mastife

A pelagem, curta e bem assentado sobre o corpo.

Cor da pelagem

É de cor fulvo-damasco, fulvo-prateada, fulva ou fulvo-malada-escura.

Filhotes

Os filhotes são mais ativos e precisam de brincadeiras ao ar livre em um quintal cercado, mas até atingirem a maturidade física aos 18 meses de idade, é importante limitar pulos, longas caminhadas, e outro exercício que podem danificar seus ossos ainda em desenvolvimento, músculos e tendões. Os filhotes precisam jogar, andar ou descansar em seu próprio ritmo.

Uma vez que completaram 18 meses de idade, você pode aumentar gradualmente a quantidade de exercício que recebem para um nível moderado. Não importa qual a idade, você precisa aprender a reconhecer os sinais de fadiga do seu Mastife, porque ele nunca vai deixá-lo saber que ele está cansado; ele só quer agradá-lo. Filhotes de Mastife são intrometido, curioso, e querem saber de tudo. Além disso gostam de mastigar tudo o que encontram pelo meio do caminho, incluindo sua mobília. Quanto mais cedo começar o treinamento apra impor limites melhor.

Preço

R$ 3.500 a R$ 6.000

Perguntas frequentes

O Mastife pode viver em apartamentos ou espaços pequenos?

Levando-se em consideração que o Mastife é um cão de grande porte e que ele não tem muita necessidade de exercícios é recomendado para apartamento. Lembre também do peso dele caso tenha necessidade de leva-lo nos braços por causa de algum problema de saúde se seu prédio não tiver elevador.

O Mastife é recomendado para crianças?

Mastifes são gentis com as crianças e outros animais, querendo apenas cuidar deles. Eles são famosos por terem uma “boca macia”, ou a capacidade de transportar gatinhos e esquilos sem machucá-los.

O Mastife pode ficar sozinho em casa?

Ele é um cão muito dependente de seu dono e pode se tornar destrutivo quando se sentir solitário. Eles já têm tendencia a morder coisas mesmo quando adultos.

O Mastife late muito?

São cães discretos e silenciosos. Latem somente quando for muito necessário.

O Mastife solta muito pelo?

Sua queda de pelos é considerável e pode aumentar em dois períodos durante o ano. Escovações frequentes ajudam a diminuir essa queda.

Fotos doMastife

Raças similares aoMastife

Boxer

Boxers são divertidos, alegres, companheiros e enérgicos

Boiadeiro Bernês

Esperto, alegre e moderadamente dócil.

Tosa

Paciente, destemido e genioso

Buldogue Inglês

Muito sensível e afetuoso

Explore outrasRaças

Deixe seu comentário

Os comentários estão desativados.