Mastim Napolitano

Muito forte. Firme e leal, não é agressivo
CBKC - Grupo 2
Guardião de propriedade e de seus moradores, sempre vigilante, inteligente, nobre e majestoso. Cão de estrutura forte.
Também conhecido como: Mastino Napoletano e Neapolitan Mastiff

Informações Gerais

Geralmente equilibrado, inteligente, calmo e devotado, esse cão resistente e corajoso suporta bem a dor física. É um bom guardião, muito vigilante. Mas seu ar um tanto bonachão não deve iludir, pois ele tende a ser agressivo com pessoas que não conhece.
Dominante com seus congêneres, ele deve ser adestrado muito cedo, com firmeza e rigor, por um dono experimentado. Como é suficientemente dissuasivo, por seu físico de poderoso Molosso, não é recomendável adestrá-lo para o ataque: esse cão, temível por causa da massa corporal, das mandíbulas, mas também da agilidade, torna se difícil de ser parado. É um animal que dificilmente suporta ser trancado e que precisa de grandes espaços.

Estável e sólido como uma árvore de carvalho, o Mastim Napolitano é um guardião, em vez de um cão de ataque. Ele está sempre alerta e consciente, mesmo que parece que ele está relaxando.

Se você não estiver em casa, eles simplesmente não vai deixar ninguém entrar sua propriedade. E realmente, quem vai querer enfrentá-lo?

Quando você receber alguém em casa, o seu Mastim Napolitano vai aceitar essa pessoa, bem como, embora ele provavelmente vai observar a distante.

O Mastim Napolitano é afetuoso com sua família, mas ele também é força e tem vontade própria – e é grande o suficiente para fazer as coisas a sua maneira. Começar a treinar cedo, sendo firme e consistente, e usando técnicas de reforço positivo, como elogios e recompensas de petiscos.

Tal como acontece com todos os cães, Mastim Napolitano precisa de precoce socialização ou a exposição a diversos pessoas, lugares que sejam movimentados, sons e experiências diferentes. A socialização ajuda a garantir que o seu cachorro cresça mais educado.

Enquanto sua natureza protetora é atraente, o Mastim Napolitano não é uma escolha apropriada para ser o primeiro cão de alguém sem muita experiencia nessa área. Ele precisa de alguém que possa orientá-lo de forma amável, firme, consistente, nunca com força ou crueldade. Ele responde bem à rotina.

Expectativa de vida

Expectativa
Mínima
8 anos
Expectativa
Máxima
10 anos

Altura

Altura
Mínima
60
cm
Altura
Máxima
75
cm

Peso

Peso
Mínimo
50
kg
Peso
Máximo
60
kg

Características

Adaptabilidade
Nível de afeição
Bom para apartamento
Tendência de latir
Amigável com gatos
Amigável com crianças
Amigável com cães
Necessidade de exercícios
Espaço necessário
Tosa
Problemas de saúde
Inteligência
Gosto por brincadeiras
Queda de pelo
Necessidade social
Amigável com estranhos
Territorialista
Facilidade de treinamento
Cão de guarda
Tolerância ao frio
Tolerância ao calor

Origem do Mastim Napolitano

País: Itália

Descendente do Dogue do Tibete pelos molossóides gregos e romanos, esse cão imponente existe a cerca de 2000 anos na Campânia, onde sua criação nunca foi interrompida. Caído no esquecimento, sobreviveu nos campos aos pés do Vesúvio, onde criadores retomaram sua seleção em 1947. Alternadamente cão de combate cão de guerra, ele colaborou tanto com ladrões quanto com a polícia. Atualmente adestrado para guarda de mansões e de fazendas, e cada vez mais é apreciar como animal de companhia.

O cão que se tornou o Mastim Napolitano foi desenvolvido no sul da Itália, nas proximidades de Nápoles, de onde recebeu parte de seu nome. Os criadores napolitanos focados na criação de um cão de grande porte, com pele solta que iria protegê-lo em caso de ataque. Eles também queriam um cachorro que seria leal e amoroso com membros da família.

O Mastim Napolitano, ou Neapolitan Mastiff como ele também é chamado, poderia ter permanecido no anonimato em Itália, mas chamaram a atenção do jornalista Piere Scanziana durante uma exibição de cães em Napoles no ano de 1946 . Ele viu o Mastim Napolitano e log reconheceu as origens da raça: um remanescente vivo do Império Romano, um descendente talvez dos mastins de Epirus que acompanharam o cônsul romano Paolo Emilio em sua entrada triunfal na cidade depois de derrotar Perseu da Macedônia.

Scanziani se interessou pela raça e trabalhou para torná-lo mais conhecida. Ele foi fundamental na elaboração do padrão da raça e no reconhecimento do Mastim Napolitano como um cão de origem italiana. Os cães receberam o nome Mastim Napoletano. Um dos cães de Scanziani, Guaglione, foi o primeiro campeão italiano.

A raça foi reconhecida pelo internacionalmente pela Federation Cynologique Internationale (FCI), em 1949. No início dos anos 1970, o Mastim tinha ganhado popularidade na Europa. O primeiro Mastim Napolitano conhecido nos Estados Unidos foi importado por Jane Pampalone em 1973, apesar de imigrantes italianos já terem trazido alguns desses cães com eles no início dos anos 1880. O Neapolitan Mastiff Club of America (NMCA)  foi fundado em 1973 e manteve os registros de pedigrees, linhagem e posse para a maioria dos Mastins Napolitanos americanos. Outra função do clube foi educar as pessoas sobre a sua raça tão amada. Na década de 1990, foram fundados a American Neapolitan Mastiff Association e o United States Neapolitan Mastiff Club. O American Kennel Club reconheceu a raça em 2004.

mostrar mais

Curiosidades sobre o Mastim Napolitano

– Mastim Napolitanos babam, por isso sempre tenha uma toalha com você para enxugar sua baba;

– O Mastim Napolitano é sensível ao calor. Não deixá-lo ao ar livre em climas quentes, a menos que ele tenha acesso a muita sombra e água fresca;

– Mesmo na fase adulta, o Mastim tem fama de mastigador. Treine-o logo muito cedo para diminuir essa tendência.

 

Cuidados e Bem Estar

O Mastim Napolitano é o mais adequado para casas com um quintal cercado ou murado. Embora ele seja caseiro e não propenso a fugir, uma cerca ou muro vai ajudá-lo a conhecer os limites de sua propriedade, esse reconhecimento é importante para um cão de guarda.

É fundamental entender as limitações físicas do seu cachorro; exercitá-lo de uma forma controlada de modo que seus ossos e articulações não sejam forçados demais causando um estresse durante o período de crescimento.

Isto significa curtos períodos de corrida livre, pouco tempo de brincadeiras e jogos e caminhadas curtas. As escadas são outro perigo para essa raça. Ele é desajeitado e pode facilmente cair e se machucar. Carregá-lo nos braços quando ele precisar subir ou descer as escadas enquanto sus articulações estão em formação. E tente impedir dele correr ou pular na escada.

Evite algazarras ou brincar de luta. Você não vai querer esse gigante pulando sobre você achando que você suporta o peso dele. Pode ser legal quando são filhotes, mas pode ser perigoso quando ele for adulto.

Eles não são grande companheiros de corrida e geralmente são mais felizes quando se enroscam em um sofá. Um adulto vai aproveitar bem duas caminhadas moderadas diariamente. Ele é sensível ao calor e umidade, por isso as caminhada devem ser nos horários mais frios da manha e da tarde, e ter certeza que ele sempre tem um lugar legal para descansar e muita água fresca.

Se você tem uma piscina ou qualquer coisa que acumule muita água, restrinja o acesso do seu Mastim Napolitano a essas áreas, a menos que você esteja lá para supervisionar. Este é um cão pesado que não sabe nadar bem e tem dificuldade em manter sua cabeça acima da água.

Outras necessidades de cuidados incluem higiene bucal e cuidados com as unhas . Escovar os dentes do seu cão pelo menos duas ou três vezes por semana para remover a formação de tártaro e as bactérias. Se for diariamente é melhor.

Apare as unhas uma ou duas vezes por mês, conforme necessário. Se não tiver experiencia em cortar unhas peça ajuda a um veterinário ou ao tosador para evitar que você corte as unhas muita curtas e acabe causando sagramento e dor.

Acostume logo seu cão com esses cuidados desde filhote para que não seja algo novo quando estiver adulto. Faça desse tempo uma experiência positiva cheia de elogios e recompensas, e você vai estabelecer as bases para exames veterinários e manuseio mais fáceis  quando ele for adulto, algo essencial quando você está lidando com um cão deste tamanho.

Quando for banhá-lo, lembre de enxugar bem todas as dobras da pele para não ter problemas futuros. Verifique sempre suas orelhas, patas, olhos e focinho se não estão feridos ou com odor estranho. Esse cuidados evitam maiores problemas futuros.

Como ele não é um atleta nato o cuidado com a alimentação é fundamental para evitar a obesidade. A quantidade diária recomendada é de 4 a 6 ou mais xícaras de um alimento para cães de alta qualidade por dia, divididos em duas refeições. Essas quantidade podem variar de acordo com a estrutura do seu cão e sua prática de exercícios. Evite deixar comida sobrando na vasilha do seu cão.

Predisposição à Doenças: Geralmente saudável, mas pode ter disposição a alterações cardíacas e displasia coxofemoral.

Aparência física

Mastim Napolitano possui cabeça curta e maciça, de crânio largo e achatado, com focinho muito largo e alto. O stop é bem marcado e a trufa é volumosa. A pele, ampla, forma rugas e dobras. Os lábios (beiçada) superiores recobrem os inferiores. Esse cão tem pequenas orelhas em triângulos, naturalmente caídas, e olhos bem afastados, com a iris mais escura que a cor da pelagem. O pescoço, forte, e ornamentado por uma barbela com grandes dobras. O peito é profundo; o dorso, musculoso; e os membros, sólidos, com coxas largas. A cauda, grossa na base, se afina na ponta; deixada natural, ela alcança a ponta do jarrete.

Pelagem do Mastim Napolitano

A pelagem tem pelo curto, áspero e duro, bem colado e uniformemente liso.

Cor da pelagem

As cores preferidas são o cinza, o cinza-chumbo eo preto. Mas por vezes a pelagem é de tom castanho, ruivo ou ruivo-intenso (cervo). Todas essas pelagens podem ser malhadas.

Filhotes

Como todos os filhotes de cachorro, os jovens Mastins Napolitanos são ativos, mas quando adultos a preferência é relaxar na varanda da casa ou em alguma sombra no quintal. Os filhotes também gostam de mastigar o que quer que seja. Seus móveis, sapatos e chinelos podem ficar um pouco deformados. O treinamento devo começar logo cedo. Mastim Napolitanos são cães inteligentes e por isso muitas vezes vão questionar porque devem obedecer determinadas ordens.

A socialização também é muito importante, esses cães precisam aprender a lidar com a presença de outros cães.  Mantendo eles ocupados com treinamento, socialização e outras atividades ajuda a não ficarem entediados e procurar algo para fazer por conta própria, o que não terá um bom resultado.

Cuidados devem ser tomados quanto a exercícios. Faça um acompanhamento com o veterinário para saber a quantidade de exercícios indicada para cada faixa etária do seu cão. Como o Mastim Napolitano é um cão de grande porte e crescimento, atividades em excesso podem prejudir suas articulações e causar problemas na fase adulta.

Preço

R$ 2.500 a R$ 4.000

Perguntas frequentes

O Mastim Napolitano pode viver em apartamentos ou espaços pequenos?

Embora eles sejam cães para dentro de casa, Mastins Napolitanos não são adequados para a vida em um apartamento ou condomínio, a menos que eles tenham um espaço suficientemente grande. Caso contrário, eles são propensos a empurrar a mobília para outro lugar ou derrubar objetos em suas tentativas de encontrar um ponto de descanso confortável.

O Mastim Napolitano é recomendado para crianças?

O Mastim Napolitano é ideal para famílias com crianças mais velhas. Como ele é muito grande e desajeitado, embora não seja agressivo, ele pode, sem ser intencional, facilmente derrubar ou pisar em bebês ou crianças com menos de cinco anos.

O Mastim Napolitano pode ficar sozinho em casa?

Ele não é muito tolerante com se sente solitário. Isso pode levar a um comportamento agressivo e destrutivo.

O Mastim Napolitano late muito?

Mastim Napolitanos, apesar de serem bons cães de guarda, não têm o costume de latir com frequência. Se latirem é porque você precisa verificar alguma coisa estranha.

O Mastim Napolitano solta muito pelo?

O Mastim Napolitano não tem uma queda de pelo tão grande assim. Escovações semanais ajudam a retirar os pelos mortos.

Fotos doMastim Napolitano

Raças similares aoMastim Napolitano

Bulmastife

Ativo, cheio de ardor e seguro de si.

Mastim Tibetano

Guardião por natureza, corajoso, fiel e dócil.

Doberman

Cão afetuoso mas de forte personalidade

Pinscher Miniatura

Cheio de segurança e vivo.

Explore outrasRaças

Deixe seu comentário

Os comentários estão desativados.