Pastor Alemão

Esse cão muito inteligente tem aptidão particular para a obediência
CBKC - Grupo 1
Robusto, musculoso, mas flexível e equilibrado. Ele dá a impressão ao mesmo tempo de força e de elegância.
Também conhecido como: German Shepherd Dog, Alsatian.

Informações Gerais

O Pastor Alemão é corajoso, inteligente, disciplinado e fiel ao dono. Sempre em alerta, ele o defende furiosamente ao menor sinal de perigo. Sua morfologia de trotador lhe permite grande  mobilidade e facilita os esforços prolongados. O Pastor Alemão é dotado de excelente faro, passou a ser mestre na arte do rastreamento, tanto para localizar um bandido ou uma criança perdida, como para descobrir alguns miligramas de drogas no fundo de uma sacola. Sua reputação como cão policial se consolidou indiscutivelmente.

Infelizmente, o Pastor Alemão herdou uma imagem de raça agressiva, apesar de ser tão brilhante no papel pacífico de salvador na montanha. Pode-se, sem nenhum problema, confiar a ele a guarda de todo um rebanho.

O Pastor Alemão deve ser esperto, ter temperamento firme e equilibrado. Ele precisa de um dono capaz de fazê-lo obedecer. De modo geral seu adestramento é fácil. O adestramento vai condicionar todo o comportamento do animal, para o melhor ou para o pior. Assim, após o estágio com um adestrador profissional, o Pastor Alemão pode se tornar uma temível e mesmo perigosa arma de ataque e de defesa que somente o dono poderá controlar. Mas ele pode também se tornar um cão afetuoso com toda a família, doce e paciente com crianças, com as quais se mostra em geral muito protetor.

Tal animal deve ser comprado de um criador, que dará todas as informações necessárias a respeito dos pais e a respeito do temperamento do cão. Em uma ninhada, é recomendado nunca escolher um filhote que pareça mas excitado ou medroso, porque esses traços poderão ser fonte de problemas e dificuldades. Também é necessário que se obtenha informações (laudos) sobre o controle de Displasia Coxofemoral dos pais da ninhada. Esta é uma doença grave que acomete as articulações dos quadris, e é muito frequente nessa raça. O veterinário poderá orientá-lo de maneira adequada antes de adquirir um filhote.

Expectativa de vida

Expectativa
Mínima
10 anos
Expectativa
Máxima
14 anos

Altura

Altura
Mínima
55
cm
Altura
Máxima
65
cm

Peso

Peso
Mínimo
22
kg
Peso
Máximo
40
kg

Características

Adaptabilidade
Nível de afeição
Bom para apartamento
Tendência de latir
Amigável com gatos
Amigável com crianças
Amigável com cães
Necessidade de exercícios
Espaço necessário
Tosa
Problemas de saúde
Inteligência
Gosto por brincadeiras
Queda de pelo
Necessidade social
Amigável com estranhos
Territorialista
Facilidade de treinamento
Cão de guarda
Tolerância ao frio
Tolerância ao calor

Origem do Pastor Alemão

País: Alemanha

Esse cão excepcional, qualificado por alguns como cão por excelência, veio do além-Reno: um cão de rebanho que se parece com o atual Pastor Alemão, mas com pelagem mais clara, foi descrito na Alemanha do século XII. A raça deve sua existência ao paciente trabalho de seleção realizado pelo capitão Max von Stephantiz, que no  século XIX, decidiu cruzar várias raças de cães pastores para criar um novo cão dotado do máximo de qualidades. A partir de 1884, Von Stephantiz fixou a raça e melhorou-a, trazendo em 1893 o sangue do Pastor Escocês. Nascia  assim o Pastor Alemão que conhecemos hoje. Rapidamente, ele adquiriria grande popularidade. Em 1899, apreciadores da raça fundaram a primeira sociedade do Pastor Alemão, reunindo mais de 30 mil membros em uma centena de clubes. Atualmente o Pastor Alemão é o cachorro mais conhecido e mais presente nas diferentes partes do mundo.

Em 1898, von Stephanitz se retirou da vida militar e começou sua segunda carreira, o que viria a ser a sua paixão: fazer experiências com criação de cães para dar origem a um cão de pastoreio alemão superior. Stephanitz estudou as técnicas de criação dos britânicos, conhecidos por seus cães de pastoreio excepcionais, e viajou por toda a Alemanha, participando de exposições de cães e observando cães de pastoreio do tipo alemão.

Von Stephanitz viu muitos cães de pastoreio refinados, cães que eram atléticos, ou inteligente ou mais hábeis. O que ele não viu era um cachorro que incorporasse todas essas características.

Um dia, em 1899, von Stephanitz estava visitando uma exposição de cães quando um cão com aparência de lobo chamou sua atenção. Ele imediatamente comprou o cachorro, chamado Hektor Linksrhein. Mais tarde renomeado Horand v Grafeth, seu físico poderoso e inteligência impressionaram tanto von Stephanitz que ele formou uma sociedade – o Verein fur deutsche Schaferhunde – com a finalidade de encontrar uma cadela que não fizesse parte dos descendentes de Horand.

Embora ele tivesse a intenção que sua raça trabalhasse como cães de pastoreio, a Alemanha tornou-se cada vez mais industrializada, e von Stephanitz viu essa necessidade diminuir. Ele estava determinado que sua raça continuaria como um cão de trabalho, e decidiu que o futuro do cão estava no trabalho na polícia e no serviço militar.

Fazendo bom uso de suas conexões militares, von Stephanitz convenceu o governo alemão a usar a raça. Durante a Primeira Guerra Mundial, o Pastor Alemão serviu como um cão da Cruz Vermelha sendo mensageiro, trabalhando no resgate, protetor, no abastecimento e sentinela.

Embora Pastores Alemães já tivessem sido levados para os Estados Unidos antes da guerra, somente durante a guerra que a raça se tornou popular entre os recrutas americanos que observaram sua bravura e inteligência, assim muitos soldados americanos levaram alguns cães para casa quando voltaram da guerra.

Embora os aliados tenham ficado impressionados com os cães alemães, eles não estavam satisfeitos com raízes alemãs do cão. Durante a guerra, todas as coisas alemãs foram estigmatizadas, e em 1917, o American Kennel Club (AKC) mudou o nome da raça do cão de pastor.

Na Inglaterra, o cão foi rebatizado de Alsatian Wolf Dog. O AKC voltou a usar o nome original do cão de Pastor Alemão em 1931; o British Kennel Club só voltou ao nome original em 1977.

Von Stephanitz, que ficou intimamente envolvido com o desenvolvimento da raça, ficou preocupado com alguns dos traços das características nos cães, como um mau temperamento e uma tendência ao aparecimento de cáries. Ele desenvolveu um sistema de controle rigoroso de qualidade: Antes de qualquer Pastor Alemão se tornar uma raça, precisava passar por inúmeros testes de inteligência, temperamento, capacidade atlética e boa saúde.

A reprodução americana de Pastores Alemães, por outro lado, não teve um controle de qualidade tão cuidadoso. Nos Estados Unidos, os cães foram criados para ganhar exposições, criadores colocaram mais ênfase na aparência e na marcha dos cães.

Após a II Guerra Mundial, as raças de Pastores Alemães americanos e alemães divergiram drasticamente. Chegou a um ponto em que os departamentos de polícia dos EUA e os militares começaram a importar cães da raça Pastor Alemão, porque os Pastores Alemães de origem americana estavam falhando nos testes de desempenho e atormentados por problemas de saúde.

Nas últimas décadas, alguns criadores americanos começaram a colocar a ênfase de volta nas habilidades da raça em vez da aparência. Importaram cães da Alemanha para adicionar ao seu programa de melhoramento. Agora, é possível comprar Pastores Alemães nos Estados Unidos que têm a reputação da raça como um cão de trabalho capaz.

mostrar mais

Curiosidades sobre o Pastor Alemão

– O cão tem ainda assumido o papel de herói nacional. Pastores Alemães foram os cães de busca e salvamento rastejando pelas ruínas do World Trade Center após os ataques terroristas no dia 11 de setembro em 2001, à procura de sobreviventes;

– O Pastor Alemão deve parte de sua fama a um pequeno filhote que foi salvo de um canil cravado de balas e bombas na França durante a Primeira Guerra Mundial pelo soldado Lee Duncan. No final da guerra, Duncan trouxe o cachorro de volta à sua cidade natal, Los Angeles, treinou-o, e transformou-o em um dos cães mais famosos no show biz: Rin Tin Tin. Ele apareceu em dezenas de filmes. O sucesso de Rin Tin Tin salvou a Warner Brothers da falência;

– A raça é uma das favoritas utilizadas por policiais, sendo muito comum encontrar Pastores Alemães K9;

– Sua mordida tem uma força de 104 kg, atrás apenas do Rottweiler;

– Os nazistas tinham uma escola especial para ensinar os cachorros a se comunicarem com seus mestres da SS. Hitler achava que eles seriam capazes de ajudar a vitória alemã na guerra. O experimento era chamado de Wooffan SS. Foi dito que um cachorro disse “Mein Fuhrer” e outro gostava de religião e poesia. Alguns foram catalogados como tendo aprendido línguas estrangeiras e comunicação batendo as patas no chão para apontar a letra;

– Blondi (1941 ou 1942 — 30 de abril de 1945) foi uma cadela pastor alemão pertencente a Adolf Hitler, presenteada a ele por Martin Bormann. Blondi permaneceu com Hitler mesmo quando ele se mudou para o bunker subterrâneo em janeiro de 1945. Em março, ou mais provavelmente em abril de 1945, ela deu luz à uma cria de cinco filhotes com o pastor alemão Harras, pertencente a Paul Troost. Hitler batizou um dos filhotes de “Lobo”, seu apelido favorito e o significado de seu próprio nome, Adolf (lobo nobre), treinando-o;

– O presidente Herbert Hoover era dono de um Pastor Alemão chamado King Tut, que foi talvez o primeiro cão a desempenhar um papel bem sucedido em uma campanha presidencial, ajudando Hoover a ter uma imagem de alguém mais acessível.

Cuidados e Bem Estar

Originalmente criados para cuidar de rebanhos durante todo o dia, os Pastores Alemães são cães de ação. Isso significa que ele tem muita energia e precisa gastá-la com exercícios diários.

Se você deixá-lo sozinho por longos períodos sem exercício, espere por problemas.Tédio e inatividade levam a problemas de comportamento –  mastigação, escavação e latidos . O Pastor Alemão precisa desesperadamente exercitar seu corpo (corrida, jogos e brincadeiras) e sua mente (exercícios de treinamento como obediência).

Pastores Alemães gostam de mastigar, e suas mandíbulas poderosas podem destruir a maioria dos materiais. Se pegar a coisa errada eles podem danificar seus dentes ou engolir algo que pode levar a problemas mais sérios, ou até mesmo sufocar. Salve seu cão, e seus pertences, dando-lhe brinquedos para mastigar e os ossos (de brinquedo) para que ele possa entreter-se quando você não estiver brincando com ele. Certifique-se que ele tenha os brinquedos apropriados para mastigação, alguns retiram o acúmulo de tártaro, especialmente sobre os molares posteriores. Escovar os dentes com uma escova de dentes macia e pasta de dentes apropriada para cães também ajuda a manter as gengivas e dentes em boas condições.

Às vezes jocosamente chamado de “German Shedders” (uma brincadeira a sua queda de pelos exagerada), a raça perde pelo durante todo o ano – e a pelagem muda duas vezes por ano. Não há nenhuma solução mágica para essa queda de pelos. Aceite isso. No entanto, a escovação duas a três vezes por semana vai ajudar para retirar os pelos soltos que virão presos em uma escova. O uso de um aspirador de pó pode ser uma boa ideia.

Banhar o cão com muita frequência retira do pelo os óleos que o mantêm saudável, por isso, banho apenas se seu cão realmente precisar. O Pastor Alemão tende a ser bastante limpo e inodoro.

As unhas devem ser aparadas uma vez por mês, e os ouvidos verificados uma vez por semana se tem sujeira, vermelhidão, ou um mau odor que pode indicar uma infecção. Limpe o ouvido semanalmente com uma bola de algodão umedecida com um produto suave e de pH equilibrado.

Na parte de alimentação seja cuidadoso em não deixar comida sobrando na vasilha do seu cão. Isso pode resultar em doenças como a obesidade.

Predisposição à Doenças: Displasia Coxofemoral

Aparência física

A cabeça cuneiforme, com a testa um pouco protuberante, é iluminada por olhos amendoados, extremamente escuros, com a expressão muito alerta. As orelhas, pontudas, são eretas e implantadas no alto; nos filhotes, elas ficam caídas até o quarto ou sexto mês. O stop, oblíquo e um pouco acentuado, se prolonga pelo focinho em forma de cunha, longo e robusto, com os lábios (beiçada) secos e bem fechados, escondendo a dentição em forma de tesoura. Com pescoço robusto e musculoso, seu peito profundo, seu dorso firme, reto e inclinado para trás, o ventre levemente erguido e os quadris largos e sólidos, o Pastor Alemão tem silhueta das mais harmoniosas. Os membros anteriores devem ser bem retos a partir de qualquer ângulo de visão. Os posteriores, sempre paralelos, são inclinados para trás. As patas fortes e as unhas, sólidas. Bem planado sobre os robustos membros, esse pastor tem uma longa garupa, que se prolonga por uma bela cauda cerrada, densa, levemente mantida em curva e descendente até os jarretes.

Pelagem do Pastor Alemão

Composta por pelo duplo e uma capa interna. O pelo de cobertura, extremamente cerrado, é reto, áspero e bem assentado. O pelo é curto na cabeça e sobre a face anterior dos membros. Ele é mais longo e mais abundante no pescoço e forma culotes na parte traseira das coxas.

Cor da pelagem

Pode ser preta, com marcas marrom-acaju ou marrom-amarelada, chegando até cinza-claro, ou ela é preta ou cinza uniforme, com o cinza sombreado, cor de carvão.

Filhotes

Alguns cuidados devem ser observados quando você for adquirir um filhote de Pastor Alemão. Cerifique-se do tempo em que a mãe foi separada dos filhotes, que deve ser entre 50 e 55 dias de vida. Nesta fase, a mãe tem o papel importantíssimo de iniciar a educação dos filhos. É muito comum ver a mãe repreendendo o filhote com mordidas leves na região do pescoço. A interação entre os filhotes também é bem grande.

Lembre-se que o filhote ainda está em desenvolvimento. Respeite o descanso do filhote, todo filhote precisa dormir bastante tempo. Evite cansar demasiadamente o filhote. Pode demorar alguns dias para que o filhote acostume-se com a casa. Enquanto isso, faça com que ele se sinta a vontade, evitando sustos ou brincadeiras violentas.

Higienize diariamente o recipiente de água e ração, para evitar o acumulo de sujeira e proliferação de bactérias. Escove os pelos de 1 a 3 vezes por semana (além da escovação ser saudável para o cachorro, diminui a queda dos pelos pela casa). Sirva as refeições conforme orientação do veterinário ou criador (pequenas porções distribuídas ao longo do dia e com o passar dos meses diminuindo a quantidade de porções e aumentando a quantidade de ração até chegar na porção definitiva de um adulto). Vermifugue e vacine conforme a orientação veterinária.

Deixe longe do alcance do filhote fios elétricos, pequenos objetos que podem ser engolidos e objetos perigosos cortantes e perfurantes. Produtos de limpeza, remédios, venenos, material para construção, plantas venenosas e adubo para plantas, sacos plásticos, alimentos que não sejam para cachorros, sapatos e outros objetos que o filhote pode estragar.

Evite que o cachorro fique subindo e descendo escadas (mesmo quando se tornar adulto) isso pode causar problemas nas articulações.

Socialize o filhote colocando-o em um jardim de infância para cachorros. Essa interação com outros cães e pessoas vai ajudar o seu cão a ser mais amigável com animais e pessoas.

Preço

R$ 1.500 a R$ 5.000

Perguntas frequentes

O Pastor Alemão pode viver em apartamentos ou espaços pequenos?

Esse cão vive muito bem em apartamentos, com a condição de poder correr e gastar energia de maneira suficiente todo dia.

O Pastor Alemão é recomendado para crianças?

Se ele for bem treinado e tiver muita interação com crianças , especialmente quando for filhote, o Pastor Alemão é um grande companheiro para as crianças. Na verdade, alguns dizem que ele é um cruzamento entre uma babá e um policial, ambos gentis e protetores de crianças da sua família.

No entanto, este é um cão grande, capaz de machucar sem querer uma criança pequena. Fiel à sua natureza reservada, ele não é amigável com as crianças que não conhece, mas ele geralmente é confiável.

O Pastor Alemão pode ficar sozinho em casa?

Não é bom deixá-lo sozinho por longos períodos. Sem a companhia que ele precisa, assim como os exercícios, ele fará uso de sua inteligência para arranjar um trabalho – vai torna-se aborrecido e frustrado. Um Pastor Alemão que está sedentário e se sente ignorado por sua família está suscetível a extravasar sua energia reprimida de forma que você não irá gostar, com latidos e mastigando coisas que não deve.

O Pastor Alemão late muito?

Sua tendência a latir é natural da raça e ajuda no trabalho para o qual foi criado. Precisa ser treinado para atender o comando “silêncio” ou “quieto” quando necessário.

O Pastor Alemão solta muito pelo?

Ele solta pelo o ano todo e em grande quantidade. Precisa ser escovado com frequência para diminuir a quantidade de pelos mortos que podem se espalhar pela casa. Um aspirador de pó pode ser muito util nesse caso.

Fotos doPastor Alemão

Raças similares aoPastor Alemão

Welsh Corgi (Cardigan)

Ativo e descontraído

Dogo Argentino

Inteligente, alegre, corajoso, forte e ágil

Leonberger

Calmo, afetuoso e leal

Affenpinscher

É um cão vivo e inteligente, charmoso e companheiro.

Explore outrasRaças

Deixe seu comentário

Os comentários estão desativados.