Pinscher Miniatura

Cheio de segurança e vivo.
CBKC - Grupo 2
Elegante, ele se inscreve em uma quadrado e trota com flexibilidade.
Também conhecido como: Zwergpinscher, Pin Min.

Informações Gerais

Não deixe que o tamanho pequeno do Pinscher te engane, ele é um destemido, valente e confiante guardião que está sempre alerta, pronto para avisar seus tutores a qualquer ruído que escutar e preparado para desafiar intrusos 10 vezes maiores que ele. Por essa característica, alguns dizem que ele tem complexo de Napoleão, sem ligar para sua pequena estatura. O aviso sonoro vem em forma de um latido intempestivo, bem conhecido pelos amantes da raça, que gera controvérsias devido ao tom alto e agudo.

Ativo, vivaz, jovial e inteligente, ele é um devotado e fiel companheiro para sua família, sempre disposto a agradar. Apesar disso, ele não é submisso e pode ser bem teimoso e independente. É preciso educá-lo desde a mais tenra idade com firmeza e discernimento, mas nunca com brutalidade nem reprimendas, exigindo muita atenção.

Sua curiosidade o faz ver o muro ou porta aberta da casa como uma barreira a ultrapassar, então, cuidado redobrado com suas aventuras. Ele precisa de uma quantidade considerável de exercícios, adora se movimentar ao ar livre, participar de passeios em família, longas caminhadas e atividades caninas como agility e obediência. Ele precisa viver dentro de casa e seu corpinho sem tanta gordura necessita de camadas de roupas para aguentar temperaturas baixas. Tutores devem tomar cuidado com os ossos de seus cães e evitar que eles fiquem pulando no dia a dia.

Por causa de sua personalidade robusta, eles são também conhecidos como os reis do grupo canino dos Toys. De natureza esperta, ele é um cão tipicamente alegre e engraçado, sempre em movimento e de uma limpeza próxima a de um gato. Seu pelo é curto e rente ao corpo, e solta em quantidade regular.

Apesar de sua semelhança física com o Doberman, o que faz muitas pessoas pensarem que ele seria fruto de cruzamentos progressivos de Dobermans na busca de tamanhos menores, na verdade, o Pinscier Miniatura é uma variedade reduzida do Pinscher Médio, que pertence à família dos Pinschers-Schnauzers, de origem muito antiga.

Vindo da Alemanha, esse pequeno corajoso trabalhava principalmente como um caçador de animais daninhos. Por causa de seu passado, ele ainda carrega consigo a tendência de latir, cavar e perseguir outros animais.

Por ser pequeno, ele se adapta muito bem à vida em apartamento, mas não espere que ele fique deitado no sofá o dia inteiro. Ele precisa gastar sua a energia física e mental, seja dentro ou fora de casa. Ele é indicado para tutores mais experientes.

Expectativa de vida

Expectativa
Mínima
12 anos
Expectativa
Máxima
15 anos

Altura

Altura
Mínima
25
cm
Altura
Máxima
30
cm

Peso

Peso
Mínimo
4
kg
Peso
Máximo
6
kg

Características

Adaptabilidade
Nível de afeição
Bom para apartamento
Tendência de latir
Amigável com gatos
Amigável com crianças
Amigável com cães
Necessidade de exercícios
Espaço necessário
Tosa
Problemas de saúde
Inteligência
Gosto por brincadeiras
Queda de pelo
Necessidade social
Amigável com estranhos
Territorialista
Facilidade de treinamento
Cão de guarda
Tolerância ao frio
Tolerância ao calor

Origem do Pinscher Miniatura

País: Alemanha

Geralmente o Pinscher Miniatura é visto como uma versão reduzida do Doberman Pinscher, devido a semelhança dos dois, mas o Pin Min antecede essa raça por, pelo menos, 200 anos. Ele originalmente trabalhava como um caçador de animais daninhos em celeiros alemãe. Acredita-se que esse cão de bolso na verdade é uma variedade do Pinscher Médio. que pertence á família dos Pinscher-Schnauzers, de origens muito antigas. O resultado foi um cão pequeno espirituoso e destemido.

Ele ganhou fama primeiro na Alemanha, seu lugar de origem, e nos países escandinavos, mas não demorou muito para que ele chamasse atenção em outras regiões do mundo. Ele apareceu pela primeira vez durante uma exposição em Stuttgart, em 1900. Criadores norte-americanos ficaram imediatamente encantados com ele e importaram exemplares para os Estados Unidos, contribuindo muito para o avanço da raça. Tendo chegado à Grã-Bretanha e França apenas em 1950, ele se implantou muito bem aos países.

O Min Pin foi primeiro registrado no American Kennel Club em 1925 como um Terrier, por causa de sua experiência na caças de ratos. Nessa época, já havia uma grande quantidade de Pinschers e o livro de criação de 1925 registrou não menos que 1300 inscrições. O Pinscher Club of America foi formado em 1929, e os cães foram reclassificados como uma raça Toy em 1930. Como no Pinscher Alemão, das inúmeras variedades de cores existentes na época, apenas as cores preta com marcações mais claras e a vermelha, do sólido ao amarronzado, foram selecionadas para a criação.

Na América, eles mantiveram o nome Pinscher (Toy) até 1972, quando então foram rebatizados como o Pinscher Miniatura.

Hoje, o Pinscher ocupa o 40º lugar entre as raças registadas pelo AKC, caindo 17ª posição que ocupava em 2000. Como ocorre com muitas raças, ele trocou de posição por causa da procura do público.

No Brasil, o Pinscher continua sendo muito popular.

mostrar mais

Curiosidades sobre o Pinscher Miniatura

– Conhecido na Alemanha como Zwergpinscher, seu nome significa “Anão mordedor”;

– Apesar da aparência similar com o Doberman Pinscher, o Pinscher Miniatura já existia pelo menos 100 anos antes do Doberman ser denvolvido;

– Segundo pesquisa da Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), o Pinscher Miniatura é a terceira raça mais comum no Brasil (6,6%), só depois do Poodle (12,1%) e o SRD (20,6%).

Cuidados e Bem Estar

A manutenção do Pinscher é bem fácil, por causa de sua pelagem curta e lisa. Basta usar uma escova de cerdas uma ou duas vezes por semana. Ele solta pelos em quantidade média, e ao manter a escovação em dia, você encontrará cada vez menos pelos soltos pela casa.

Você pode dar banho em seu Min Pin no máximo 1 vez por semana, portanto que sempre utilize shampoos apropriados e para cães. Como ele é um cão normalmente limpo e com pelagem bem curtinha, ele não fica sujo com tanta frequência.

Tal como acontece com várias as raças Toy, é comum encontrar problemas dentários no Pinscher. Escovar os dentes do seu Pin todos os dias garante uma saúde bucal.

Por ser um cachorro magrinho, ele precisa de roupinhas e proteção quando o clima está frio e os tutores devem prestar atenção em não expô-los muito no inverno.

Seu ossos podem ser sensíveis, então cuidado com a intensidade dos exercícios e nada de permitir que eles fiquem pulando o tempo inteiro, de sofá para o chão, de cama para o chão.

Mesmo sendo um cachorro de porte pequeno, com um peso médio de 5 quilos e altura média de 27 cm, ele tem bastante energia e precisa gastá-la, seja em forma de passeios, caminhadas ou diárias. Por ser um cachorro curioso, as atividades devem ser cercadas.

Frequentar a clínica veterinária pelo menos 1 vez a cada 6 meses, para fazer um check-up. Mantenha em dia tratamentos contra pulgas e carrapatos e vacinas.

Apare as unhas regularmente, geralmente a cada duas semanas. Elas nunca devem estar tão longas a ponto de você ouví-las batendo no chão.

Mantenha as orelhas do Pinscher limpas com uma solução recomendada pelo seu médico veterinário. Não use cotonetes dentro do ouvido; eles podem empurrar a sujeira mais para dentro. Use sempre bolas de algodão, sem ir muito profundo.

Predisposição à Doenças: Alterações oftálmicas, endócrinas, ortopédicas (necrose asséptica da cabeça do fêmur, em coluna vertebral), dermatológicas (alopecia por diluição de cor).

Aparência física

A cabeça alongada é expressiva. O crânio é achatado e a dentição bem desenvolvida é em tesoura. Os olhos, ovais, são escuros. As orelhas, em forma de "V", são implantadas no alto e naturalmente dobradas. O ventre é ligeiramente erguido e os membros bem retos. Sua cauda é deixada natural. O pelo é curto, abundante, liso e brilhante, bem assentado sobre o corpo. A pelagem é unicolor - vermelho-cervo ou vermelho-castanha a vermelho-castanha-escura - ou bicolor - preto e fogo ou de um preto azeviche com marcas fogo nas faces, nos lábios, nas sobrancelhas, no peito, nas extremiadades dos membros e debaixo da cauda.

Pelagem do Pinscher Miniatura

Curto e denso, liso, assentado e brilhante, sem regiões peladas.

Cor da pelagem

Unicolor: Vermelho corça, do marrom-avermelhado até o marrom avermelhado escuro.
Preto e castanho: Pelo preto-laca com manchas vermelhas ou marrons. O objetivo é que se obtenha as manchas mais escuras possíveis, saturadas e bem definidas. As manchas são distribuídas da seguinte maneira: acima dos olhos, abaixo do pescoço, nos metacarpos, nas patas, na parte interna dos posteriores e abaixo da cauda. Dois triângulos de igual tamanho nitidamente separados no peito.

Filhotes

Inteligente e teimoso, o adestramento do Pinscher Miniatura deve começar o quanto antes, de preferência assim que ele chegar na sua casa.

Com adestramento utilizando reforço positivo, ele precisa de um tutor com paciência. São ativos desde o berço e precisam gastar esse energia com supervisão para que não se machuquem.

Preço

R$ 1500 à R$2000.

Perguntas frequentes

O Pinscher Miniatura pode viver em apartamentos ou espaços pequenos?

Por ser um cachorro pequeno, ele se dá muito bem em apartamentos. Entretanto, ele é muito ativos, então seus tutores devem entender que ele precisa gastar essa energia, dentro ou fora de casa.

O Pinscher Miniatura é recomendado para crianças?

Sim, uma vez adestrado, o Pinscher pode ser grande amigo de uma criança.

O Pinscher Miniatura pode ficar sozinho em casa?

Ele é apegado à família e não aprecisa ficar sozinho por longos períodos.

O Pinscher Miniatura late muito?

Sim, o Pinscher tem uma tendência ao latido e, se não for adestrado, sua vocalização alta e aguda pode sair de controle.

O Pinscher Miniatura solta muito pelo?

O Pinscher Miniatura solta pelo em quantidade médio. A melhor maneira de controlar que os pelos mortos caiam no chão é mantendo a escovação em dia.

Fotos doPinscher Miniatura

Raças similares aoPinscher Miniatura

Rottweiler

Equilibrado.

Mastife

Corajoso, afetuoso

Buldogue Inglês

Muito sensível e afetuoso

Mastim Napolitano

Muito forte. Firme e leal, não é agressivo

Explore outrasRaças

Deixe seu comentário