Silky Terrier

Vivo e doce.
CBKC - Grupo 3
Sólido e elegante, a estrela dos Terriers tem pelagem de seda prateada.
Também conhecido como: Silky Terrier Australiano

Informações Gerais

É um Terrier de companhia por excelência, que se mostra alegre, curioso, afetuoso, sociável e de uma inteligência viva. Todavia é preciso adestrá-lo co rigor desde a mais tenra idade.

O Silky Terrier mostra-se bastante sociável com seus congêneres. Ele manteve os instintos de caçador e continua sendo um temível predador de roedores. Ainda pouco difundido fora da Austrália, essa raça, que se adapta a qualquer condição de vida, é cada vez mais apreciada. É muito simpático, inteligente, espirituoso e auto-confiante. Apesar de seu tamanho, ele é um excelente cão de guarda, é rápido em soar o alarme se algo ou alguém estranho entra em seu território.

Embora independente, o Silky é dedicado a seus tutores e é mais feliz quando ele faz parte do cotidiano familiar. Ele gosta de estar em casa, seguindo você de um cômodo para outro, ou recebendo os convidados à porta  junto com você. Se você viaja muito , este cão adaptável seria feliz em pegar a estrada com você.

O Silky, como ele é chamado frequentemente, é um cão pequeno elegante com um belo e sedoso pelo castanho e azul. Por baixo desse exterior de aparência delicada, no entanto, está um espírito grande e ousado. As pessoas não familiarizadas com a raça ficam surpresas ao ver o pequeno Silky avisar da presença de intrusos, suas traquinagens com cães de grande porte ou sua ressitência em longas caminhadas com seus proprietários.

Mas isso não deve ser motivo de surpresa. O Silky é, afinal, um terrier , com um verdadeiro temperamento Terrier:  tenaz, gosta de cavar , latir  e perseguir . Se você não considera essas características cativantes, o Silky Terrier não é um cão indicado para você. Apesar da atitude dura, no entanto, o Silky é um cão fiel que gosta de estar com a sua família.

Algumas pessoas pensam que são grandes Yorkshires Terriers, e outros pensam que são minúsculos Terriers Australianos . Mas mesmo que esses cães estejam em sua ascendência, o Silky Terrier tem a sua própria identidade – e não vai deixar você esquecer isso. Não se engane: Ele pode ser minúsculo e ele até pode lembrar em algumas coisas seus primos Terriers, mas o Silky Terrier não é um cão de colo. Ele é infinitamente curioso, cheio de energia e gosta de jogar.

Expectativa de vida

Expectativa
Mínima
12 anos
Expectativa
Máxima
15 anos

Altura

Altura
Mínima
23
cm
Altura
Máxima
26
cm

Peso

Peso
Mínimo
3
kg
Peso
Máximo
4
kg

Características

Adaptabilidade
Nível de afeição
Bom para apartamento
Tendência de latir
Amigável com gatos
Amigável com crianças
Amigável com cães
Necessidade de exercícios
Espaço necessário
Tosa
Problemas de saúde
Inteligência
Gosto por brincadeiras
Queda de pelo
Necessidade social
Amigável com estranhos
Territorialista
Facilidade de treinamento
Cão de guarda
Tolerância ao frio
Tolerância ao calor

Origem do Silky Terrier

País: Austrália

Se o Silky Terrier lembra tanto o Yorkshire, não é por acaso, pois descende dele. É aparentado também com o Terrier Australiano e recebeu sem dúvida sangue do Terrier da Ilha de Skye, e talvez té do Cairn Terrier. Trata-se de uma raça recente, cujo primeiro padrão remonta a 1962.

O Silky Terrier originado na Austrália na década de 1890, quando os criadores cruzaram Yorkshire Terriers importados com seus Terriers Australianos nativos. Alguns dos descendentes pareciam Yorkies, alguns pareciam Terriers Australianos, e outros pareciam com o Silky de hoje, com um tamanho e comprimento da pelagem entre as duas raças.

Em 1906, criadores australianos desenvolveram um padrão da raça em Sydney, New South Wales. Em 1909, um outro padrão foi elaborado em Victoria. Os dois padrões não correspondiam completamente as características do cão, principalmente sobre o peso e as características preferidas para as orelhas. Os dois itens comprometidos um novo padrão da raça foi criado em 1926.

A raça teve vários nomes: inicialmente, ele foi chamado de Sydney Silky Terrier. Em 1955, ele se tornou o Australian Silky Terrier (e ainda hoje esse é o nome oficial para a raça na Austrália). Nos Estados Unidos, o nome foi modificado para Silky Terrier. O American Kennel Club reconheceu a Silky em 1959.

mostrar mais

Curiosidades sobre o Silky Terrier

– o SilkyTerrier são ativos em muitos eventos. Alguns Silkys são cães de terapia.

– São caçadores ágeis de cobras. Um Silky Terrier chamado Fizo ganhou a cruz purpura por sua bravura ao salvar sua pequena tutora de uma cobra muito venenosa.

– Eles também são conhecidos por ter o costume de “apontar” para aquilo que lhe interessa.

Cuidados e Bem Estar

O Silky precisa de atividade física e mental diariamente, e vai ser ficar feliz em acompanhá-lo numa caminhada pelo bairro ou uma caminhada no campo.

O Silky Terrier pode ser parecido com um brinquedo, mas ele é um cão real que precisa de exercício e treinamento . Ele gosta de caminhadas diárias, brincar com você no quintal ou idas a um parque com uma área especial para raças pequenas. Estes não são cães para viver fora de casa. O Silky implora a companhia do seu tutor, e ele também é pequeno o suficiente para ser considerado presa fácil de animais selvagens. E apesar de seu tamanho, outro risco é que ele pode lutar com outro cão que invada seu território.

Quando se trata de treinamento, o Silky Terrier é um aluno disposto e capaz. Eles são muito inteligentes, isso significa que você precisa ser consistente; caso contrário, ele vai querer determinar suas próprias regras. A melhor maneira de ganhar a cooperação dele é com aulas divertidas que usam reforço positivo.

Você pode achar que o Silky é uma raça exigente que exige muitos cuidados, mas ele realmente não é. Uma  escovação caprichada duas a três vezes por semana (antes de ir pra cama), juntamente com um banho uma vez por mês irá manter o seu Silky limpo e desembaraçado.

Escove seus dentes pelo menos duas ou três vezes por semana para remover a formação de tártaro e as bactérias que se escondem no seu interior. A escovação diária é ainda melhor se você quiser prevenir doenças da gengiva e mau hálito.

Apare as unhas uma ou duas vezes por mês. As unhas têm vasos sanguíneos e se você cortar demais pode causar sangramento – e seu cão pode ficar traumatizado com a dor. Então, se você não tem experiência em aparar as unhas, peça a um veterinário ou tosador.

Seus ouvidos devem ser verificados semanalmente se há vermelhidão ou odor ruim, o que pode indicar uma infecção. Quando você verificar as orelhas do seu cão, limpe-as com uma bola de algodão umedecido com um produto suave e de pH equilibrado indicado pelo veterinário. Ouvido limpo para ajudar a prevenir infecções. Não insira nada dentro do canal auditivo; apenas limpe o ouvido externo.

Verifique também se há feridas, erupções cutâneas, ou sinais de infecção, tais como vermelhidão, sensibilidade, ou inflamação na pele, no focinho, boca, olhos, e nas patas. Os olhos devem ser claros, sem vermelhidão ou secreção. Seu exame cuidadoso semanal vai ajudar a detectar potenciais problemas de saúde mais cedo.

Na parte de alimentação seja cuidadoso co as quantidades corretas. Nunca deixe comida sobrando na vasilha do seu cão. Isso ajuda a prevenir a obesidade e outras doenças. A quantidade diária recomendada é de 1/2 a 3/4 xícara de alimento seco de alta qualidade por dia, dividido em duas refeições.

 

Predisposição à Doenças: Alterações na coluna, ortopédicas (displasia do ombro, luxação patelar, necrose asséptica da cabeça femoral), endócrinas, epilepsia e colapso na traqueia.

Aparência física

A cabeça é de comprimento moderado, bastante larga entre as orelhas. Os olhos são pequenos, ovais,nunca redondos, e extremamente escuros. As orelhas, pequenas, em forma de "V" e implantadas no alto, são retas. O Silky Terrier parece compacto, não é muito baixo, tem ar requintado, é sólido e vivo. O corpo não é muito longo e apresenta dorso reto seguido de quadris fortes e peito moderadamente profundo. A cauda, deixada natural, tem as três primeiras vértebras eretas ou ligeiramente curvadas, mas não dobradas sobre o dorso. Ela não deve ser enrolada nem apresentar franjas.

Pelagem do Silky Terrier

Deve ser liso, fino e brilhante, e de uma textura sedosa. O comprimento do pelo não deve ser tão longo para interferir na ação do cão e deve permitir que seja vista a “luz” debaixo do cão. As patas dianteiras e traseiras devem estar livres de pelos
longos.

Cor da pelagem

Todas as tonalidades do azul e castanho são aceitáveis e quanto mais intensas e claramente definidas as cores melhor. Prata e branco não são aceitáveis. O azul da cauda deve ser muito escuro. É desejável que o topete seja de cor azul-prateado ou fulvo. A distribuição do azul e do castanho (“tan”) é a seguinte: castanho ao redor da base das orelhas, focinho e nas laterais das bochechas; azul da base do crânio até a ponta da cauda, descendo para os membros anteriores até próximo dos pulsos (articulação carpo-metacarpeana) e para baixo das coxas até os jarretes; apresenta uma linha castanha abaixo dos joelhos, dos pulsos (articulações carpo-metacarpeanas) e dos jarretes até os dedos e ao redor do ânus. A cor azul do tronco deve estar livre
do castanho ou bronze. As marcas castanhas devem estar livres de manchas. A cor preta é permitida nos filhotes; a cor azul deve estar definida aos 18 meses de idade.

Filhotes

O treinamento deve começar muito cedo com seu Silky Terrier. Mesmo com 8 semanas de idade, ele é capaz de aprender boas maneiras. Nunca espere até os 6 meses de idade para começar o treinamento, o que pode tornar os maus hábitos difíceis de serem quebrados. Se possível, colocá-lo em classe do jardim de infância para filhotes quando ele estiver com 10 a 12 semanas de idade para uma melhor socialização. No entanto, as vacinas precisam estar em dias. Enquanto isso treine-o em casa, você pode começar a treinar o seu cachorro e socializar-lo entre amigos e familiares até que as vacinas do filhote de cachorro estejam concluídas. Estas experiências como um cão jovem vai ajudá-lo a crescer e se tornar um cão adulto sensato, calmo e minimizar qualquer tendência para ser excessivamente desconfiado com estranhos.

 

Preço

R$ 1.500 a R$ 3.000

Perguntas frequentes

O Silky Terrier pode viver em apartamentos ou espaços pequenos?

Apesar de sua alta nível de energia, ele pode ser um cão de apartamento ou condomínio, mas vai precisar fazer seus exercícios e passeios diários.

O Silky Terrier é recomendado para crianças?

O Silky pode ser um animal de estimação maravilhoso da família, desde que ele cresça junto com as crianças e seja acostumado com o barulho e agitação. Dada a sua personalidade forte, porém, ele é geralmente melhor para as famílias com crianças com mais de 10 anos que sabem como lidar com um cão. Ele pode não ser muito tolerante com crianças pequenas.

O Silky Terrier pode ficar sozinho em casa?

Ele é mais adequada para tutores que não vão deixá-lo sozinho em casa por longos períodos: ele precisa da companhia de sua família humana. A solidão vai ativar seu lado criativo de se manter ocupado. Isso não é muito recomendado no caso de um Terrier.

O Silky Terrier late muito?

Ele tem uma propensão a latir, porém, se treinado ele atende bem ao comando “quieto” (O lado positivo: ele vai deixar você ciente quando tiver visitas.)

O Silky Terrier solta muito pelo?

Sua queda de pelo é muito baixa. E as escovações frequentes diminuem mais ainda essa queda de pelos.

Fotos doSilky Terrier

Raças similares aoSilky Terrier

Border Terrier

Cão dinâmico e afetuoso

Norfolk Terrier

Ativo, intrépido e vivaz

Lakeland Terrier

Alegre, amigável e corajoso

Explore outrasRaças

Deixe seu comentário

Os comentários estão desativados.