yorkshire-terrier

Yorkshire Terrier

Vivo e inteligente
CBKC - Grupo 3
Esse Terrier miniatura é envolto em uma suntuosa pelagem, dividida por uma risca no meio, como se fosse uma peruca.
Também conhecido como: York, Yorkie, Terrier de Yorkshire.

Informações Gerais

Os cachorros da raça Yorkshire Terrier são excelentes companhias, além de muito robustos e brincalhões. Ativos e esportivos, são notáveis nadadores e fazem jus a sua origem de trabalhadores e caçadores de roedores, sempre procurando o menor buraco para explorar em busca da caça.

De temperamento meigo, afetuoso, particularmente inteligente e sociável, o Terrier de Yorkshire, que tem muita presença, é o tipo de cachorro que se pode levar a toda parte. Sociável com seus congêneres, fiel e muito apegado ao tutor, ele é desconfiado com estranhos e vai adorar aproveitar essa oportunidade para latir e avisar sua família.

Precisa gastar energia diariamente e pode dar longos passeios, apesar do tamanho. Na verdade, muitas pessoas, ao olharem esse pequenino, se espantariam com a vivacidade desse cão.

O Yorkshire Terrier é bem teimoso, independente e precisa ser adestrado com firmeza e paciência. Ele precisa aprender que não pode desafiar todos os cães que passam em seu caminho. Como ele adora a atenção do tutor, geralmente responde bem ao treinamento.

Ele exige completa atenção do tutor e é praticamente uma sombra, seguindo-o para onde for.

Alerta, destemido e curioso, é o típico “cachorro grande em um frasco pequeno”. Ou seja, apesar de ser um cachorro pequeno, não espere ter uma vida tediosa.

Como são muito companheiros e pequenos, mas ativos e aventureiros, conseguem apelar para os mais variados tipos de tutores. Não são recomendados para famílias com crianças pequenas, ja que o seu corpo pequeno pode ser frágil.

Latidos são esperados em uma casa que tem um Yorkshire, apesar de que, com treinamento, essa característica pode ser  suavizada.

Sua aparência e pelagem majestosa fazem dele um belo cachorro.

Expectativa de vida

Expectativa
Mínima
12 anos
Expectativa
Máxima
16 anos

Altura

Altura
Mínima
20
cm
Altura
Máxima
22
cm

Peso

Peso
Mínimo
2
kg
Peso
Máximo
4
kg

Características

Adaptabilidade
Nível de afeição
Bom para apartamento
Tendência de latir
Amigável com gatos
Amigável com crianças
Amigável com cães
Necessidade de exercícios
Espaço necessário
Tosa
Problemas de saúde
Inteligência
Gosto por brincadeiras
Queda de pelo
Necessidade social
Amigável com estranhos
Territorialista
Facilidade de treinamento
Cão de guarda
Tolerância ao frio
Tolerância ao calor

Origem do Yorkshire Terrier

País: Reino Unido

O surgimento do Yorkshire Terrier está associado à conjuntura econômica. Operários da indústria de lanifício que viviam às margens do rio Clyde, na Escócia, utilizavam na caça um pequeno Terrier que levaria o nome do distrito de Clydesdale.

No início do século XIX, quando eles partiram da Escócia para se instalar em York, Manchester Leeds, levaram consigo seus cachorros.

Naquela época, apesar de reprimida, a caça furtiva era uma atividade comum, e os pequenos Terriers eram bastante úteis para desentocar coelhos e facilitar sua captura. O pelo desses cães permitia boa apanha, para o caso de uma retirada de emergência.

Para melhorar o comprimento da pelagem, sem dúvida, foram feitos cruzamentos com Bichons Malteses, introduzidos na Inglaterra por marinheiros. Seu ar destemido vem dos seus descendentes, os extintos Clydesdale Terrier e o Terrier Preto e Castanho.

O cachorro que foi considerado a fundação do Yorkie moderno, o Huddersfield Ben, nasceu em 1865. Naquela época, Yorkies eram conhecidos comos Broken Haired Scotch Terriers ou Toy Terriers. Só em 1870 ganharam o nome de Yorkshire Terrier, em homenagem a região onde foram primeiramente criados.

Por causa de sua origem na classe operária da Inglaterra, eles eram alvo de preconceito para a sociedade mais abastada.

Porém, mesmo os mais esnobes não conseguiram negar a beleza dessa raça, que rapidamente se tornou queridinha pelas socialites, assim como competidor em Dog Shows.

Não demorou muito também para que essa raça fosse adotada por lares. Em 1872, os cães da raça Yorkshire Terrier chegaram nos Estados Unidos.

Nessa mesma época que os Yorkies chegaram na América do Norte, houve muito debate quanto ao tamanho ideal da raça, já que eles variavam muito em tamanho. Em 1900, criadores dos Estados Unidos e da Inglaterra chegaram a conclusão que os tamanhos menores, com pelagem mais longa, seriam preferíveis.

De fato, hoje os Yorkshire Terriers, principalmente os que participam de competições caninas, continuam com características físicas similares as que foram decididas no começo do século passado, apesar de haver Yorkies que pesam de 5 à 7 quilos, ou os Yorkies em Miniatura, não indicados por terem predisposição a muitas doenças.

mostrar mais

Curiosidades sobre o Yorkshire Terrier

– O primeiro Yorkshire Terrier é conhecido como Huddersfield Ben, ainda referido como “o pai dos Yorkies”;

– Smokey, um herói da II Guerra Mundial, foi encontrada pelo soldado norte americano Bill Wynne em uma trincheira. Ela acompanhou seu tutor na floresta de Nova Guinea e visitou soldados feridos, se tornando um dos primeiros cães de terapia. A cadela possuia até mesmo um paraquedas feito especialmente para ela. Quando a guerra acabou, a cadela e seu tutor visitaram Hollywood performando em programas de televisão. Smokey morreu em 1957 mas possui uma estátua em Cleveland, Ohio, que imortaliza sua vida;

– Yorkshire Terriers que participam de competições geralmente têm em média 3 quilos, mas há Yorkies que chegam a pesar de 5 a 7 quilos;

– Yorkies que pesam menos de 2 quilos não são reconhecidos por grandes instituições de cinofilia e há muita controvérisa quanto a sua procriação, já que eles são mais inclinados a desenvolver problemas de saúde;

– A cadela Pasha chegou a ser a Primeira Cadela da Casa Branca durante o govento do presidente norte-americano Nixon. A família era apaixonada por ela;

– Filmes que contaram com a presença de um cachorro da raça Yorkshire Terrier: Cinderela em Paris, Um Peixe chamado Wanda, Entrando Numa Fria Maior Ainda, High School Musical 2;

– Celebridades que já tiveram ou tem cães da raça Yorkshire Terrier: Joan Rivers, Britney Spears e Audrey Hepburn;

– Foi durante o final da era vitoriana que os Yorkshire Terriers entraram na moda. Desde então, eles sempre estão na lista dos cães mais procurados;

– A raça foi muito procurada na década de 90 no Brasil;

– No ranking de inteligência das raças caninas desenvolvido por Stanley Coren, o Yorkshire Terrier está em 27º lugar;

– No dia 14 de setembro de 2013, houve a tentativa de criar o maior encontro de Yorkies em Nova York, o que iria oficializar o “Dia do Yorkie”;

– Em 1997, Ozmilion Mystification se tornou o primeiro Yorkie a ganhar levar o Melhor no Show no Crufts, maior Dog Show do mundo;

– Algumas raças atuais já foram criadas utilizando o Yorkshire Terrier, como o Australian Silky Terrier;

– No que é considerado hoje como “Raças design”, o Yorkie também deu origem a cruzamentos como o YorkiePoo (cruzamento do Yorkshire Terrier com um Poodle);

– É uma das raças consideradas ideais para apartamento;

– O motivo do Portal do Dog ter sido criado foi pelo amor que os administradores do site criaram por suas duas mascotes, as cadelas da raça Yorkshire Terrier, Madonna e Lady Gaga (um anjo hoje). As duas não possuem pedigree (bem longe disso) e foram abandonadas em um petshop, ficando em uma gaiola por quase 2 anos. Elas realmente mudaram muitas vidas.

Cuidados e Bem Estar

O Yorkshire Terrier, por ser um cão de porte pequeno, pode se exercitar dentro de casa, mas também precisa ter uma interação na forma de jogos. Um cão ativo, precisa ter seus momentos em um parque ou lugar mais amplo para se movimentar.

Eles adoram caminhadas na coleira e a chance de explorar uma área segura. Por terem um passado caçador e trabalhador, não permitir que esses cães possam explorar e esperar que eles fiquem presos em um apartamento vai contra o bem estar desse animal tão livre.

Com certeza absoluta não é o tipo de cachorro que pode viver fora de casa e precisa de um lugar seguro e confortável para chamar de seu.

Ele não aceita bem temperaturas nem muito quentes nem muito frias.

Apesar de ser um cão pequeno, é um animal muito confiante e independente. Por isso, mantê-lo no colo, apesar de ele ser considerado por alguns grupos como uma raça Toy, não é indicado. Essa prática só iria criar problemas comportamentais.

Nem sempre aceita outros cães, e geralmente não se dá muito bem com outras espécies (como o gato doméstico). Se o animal for treinado, desde pequeno, sendo socializado, essa característica pode ser atenuada.

Por incrível que pareça, o Yorkie é um bom nadador, mas precisa de supervisão e sempre contar com um colete, para evitar qualquer incidente.

Predisposição à Doenças: Colápso de Traqueia. Aletrações oftálmicas, neurológicas, ortopédicas (luxação patelar e necrose asséptica da cabeça femoral), predisposição a formação de cálculos urinários. Mais suscetível à dermatofitoses e problemas com os dentes e gengiva. O Yorkie tem um sistema digestivo delicado.

Aparência física

De pelagem longa, com o pelo pendendo completamente reto e uniformemente para baixo em cada lado, dividido por uma linha que se estende da trufa à extremidade da cauda. Muito compacto e arrumado, portado muito verticalmente, conferindo um ar presunçoso. O contorno geral expressa uma impressão vigorosa e de um corpo bem proporcionado.
Crânio bem pequeno e plano, não muito proeminente ou arredondado. Olhos de tamanho médio, escuros, brilhantes, com expressão inteligente e de inserção frontal. Não proeminentes. Bordas palpebrais escuras. Orelhas: Pequenas, em forma de “V”, portadas eretas, sem serem muito afastadas; revestidas de pelagem curta, de cor castanho muito intenso e abundante. Dorso nivelado e lombo bem firme. Anteriormente era costume ter a cauda cortada.

Pelagem do Yorkshire Terrier

No tronco, é moderadamente comprido, perfeitamente reto (não ondulado), brilhante; de textura fina e sedosa, nunca lanoso; nunca deve dificultar o movimento.
Pende longo na cabeça, de cor castanho dourado abundante, com a cor mais intensa nas laterais da cabeça, na base das orelhas e no focinho, onde ele deve ser bem longo. A cor castanho da cabeça não deve se estender até o pescoço, nem deve haver qualquer mescla de pelos escuros ou fuligem na cor castanho em qualquer parte do corpo.

Cor da pelagem

Azul aço escuro (não azul prateado), estendendo-se do occipital à raiz da
cauda, jamais mesclado de pelos fulvos, bronze ou escuros. No peito, a pelagem é
de um castanho abundante e brilhante. Todos os pelos de cor castanho são mais
escuros na raiz que no meio, ficando ainda mais claros nas pontas.

Filhotes

Os filhotes da raça Yorkshire Terrier nascem com a pelagem preta, para depois desenvolver sua pelagem original.

A ninhada pode variar, dependendo muito, obviamente, do tamanho da mãe. Geralmente pode ser de 1 a 5 filhotes.

Preço

De R$1200 à R$5000

Perguntas frequentes

O Yorkshire Terrier pode viver em apartamentos ou espaços pequenos?

Sim, cães da raça Yorkshire Terrier se adaptam muito bem a espaços pequenos e apartamentos, por serem de porte pequeno.

Para trabalhar fisicamente e mentalmente o Yorkie, é possível trazer alguns jogos para o ambiente interno e não esquecer de sempre levá-lo para passear.

O Yorkshire Terrier é recomendado para crianças?

Sim, mas deve se ter cuidado com o Yorkie, principalmente perto de crianças muito pequenas, já que é um cão com estrutura sensível.

Outro ponto é que o Yorkie pode não receber bem a brincadeira de crianças pequenas.

A convivência dos dois pode ser pacífica com treinamento e especialmente se o cão já convive e está acostumado a crianças desde filhote.

O Yorkshire Terrier pode ficar sozinho em casa?

Não, o Yorkshire Terrier é um cão muito sociável, precisa da atenção do tutor e não lida bem se precisar ficar sistematicamente por muito tempo sozinho.

O Yorkshire Terrier late muito?

Sim, o Yorkshire Terrier late bastante, porém com adestramento essa característica pode ser atenuada.

O Yorkshire Terrier solta muito pelo?

Não, o Yorkshire Terrier não solta tanto pelo. Com a escovação em dia, a quantidade que aparecerá na casa será ainda menor.

Fotos doYorkshire Terrier

Raças similares aoYorkshire Terrier

terrier-escoces-raca-cachorro

Terrier Escocês

Jovial e próximo do dono

lakeland-terrier

Lakeland Terrier

Alegre, amigável e corajoso

jack-russell-terrier

Jack Russell Terrier

Ativo e amigável

bedlington-terrier

Bedlington Terrier

Esperto e caçador, cheio de confiança

Explore outrasRaças

Deixe seu comentário

Copyright 2015 - Todos os direitos reservados à portaldodog.com.br