Cientistas estudam genoma de cães e lobos para entender suas diferenças

por Fabio Sakita — publicado 11 jun 2013 - 10:13

DO “NEW YORK TIMES”

Foto: Reprodução / Google

Imagine um lobo apanhando um “frisbee” 12 vezes seguidas, conduzindo policiais a um esconderijo de cocaína ou apenas dormindo ao seu lado no sofá. É um exagero, para dizer o mínimo. Os cães podem ter evoluído a partir dos lobos, mas as mentes dos dois são muito diferentes.

O cérebro dos cachorros se tornou sintonizado com o dos humanos. Os cientistas estão se concentrando em alguns genes que foram cruciais para reprogramar o cérebro canino. Seus resultados poderão ensinar algo sobre a evolução de nossos cérebros: alguns dos genes que evoluíram nos cães são os mesmos que evoluíram em nós.

Para rastrear a mudança nos cérebros caninos, os cientistas tiveram de elucidar como as raças de cães se relacionam entre si e como todas elas são parentes dos lobos. O doutor Zhang Ya-Ping, geneticista na Academia Chinesa de Ciências, liderou uma rede internacional de cientistas que compararam pedaços de DNA de diferentes caninos. Eles chegaram à conclusão de que os lobos começaram sua transformação na Ásia oriental.

Aqueles primeiros cachorros então se espalharam para outras partes do mundo. Muitas das raças mais conhecidas hoje surgiram apenas nos últimos séculos. Aqueles primeiros cães permaneceram durante milhares de anos. Hoje são conhecidos como cães nativos chineses. “Os cães chineses vivem em aldeias rurais, ajudando as pessoas a proteger suas casas”, escreveu o doutor Zhang em um e-mail.

Ele e seus colegas sequenciaram o genoma dos cães nativos chineses e o compararam com os genomas de lobos asiáticos e raças modernas de cães.

Ao comparar as mutações, puderam estimar quando os lobos e os cães divergiram. Como relataram em 14 de maio na revista “Nature Communications”, eles descobriram que a divisão começou 32 mil anos atrás.

Os primeiros cachorros encontraram pequenos bandos de caçadores/coletores. As pessoas só se estabeleceram em aldeias para praticar a agricultura na Ásia oriental há 10 mil anos.

Depois que os cães se separaram dos lobos, seus genes começaram a evoluir em uma nova direção. O doutor Zhang e seus colegas puderam identificar alguns desses genes, vários dos quais ainda ativos no cérebro de cachorros.

Alguns dos genes que evoluíram primeiro no cão estão no córtex pré-frontal, onde os mamíferos tomam decisões sobre como se comportar. Alguns genes participam da criação de conexões entre os neurônios. O gene chamado SLC6A4 transporta serotonina para os neurônios.

Os resultados oferecem pistas sobre como os lobos tornaram-se parecidos com os cachorros. “A visão convencional é que os caçadores/coletores recolheram filhotes”, disse Chung-I Wu, da Universidade de Chicago. Se os humanos criaram os primeiros cachorros dessa maneira, então eles seriam descendentes de uma população muito pequena.

Em vez disso, parece que uma grande população de lobos começou a se aproximar dos humanos. Nesse cenário, os lobos agressivos teriam se saído mal, porque os humanos os teriam matado, enquanto lobos mais mansos teriam prosperado.

Isso significaria que não domesticamos os lobos -eles se domesticaram. O gene SLC6A4 pode ter tido um papel crucial nessa mudança, porque a serotonina influencia a agressividade.

O doutor Zhang e seus colegas esperam descobrir como as variantes de genes como o SLC6A4 afetam o comportamento dos cães. Os resultados podem ajudar a explicar a evolução humana: alguns genes que evoluíram no cérebro dos cães, como o SLC6A4, também mudaram no cérebro humano.

“Os humanos também tiveram de se domesticar”, disse Adam Boyko, da Universidade Cornell em Ithaca, Nova York, um dos colaboradores de Zhang. “O processo provavelmente é semelhante ao dos cães -você precisa tolerar a presença de outros.”

Empresa customiza drone para passear com seu cachorro

por Samantha Kelly — publicado 22 ago 2017 - 10:49

A empresa britânica DronesDirect.co.uk está personalizando o drone Phantom 4 para possibilitar que a máquina passei com seu cachorro.

Pelo precinho nada camarada de £2 mil (aproximadamente R$8 mil), o Dog Drone tem uma coleira retráctil e um dispositivo contra colisão que o impediria de bater em obstáculos no caminho.

Para o tutor restaria apenas fazer o download da rota e teoricamente sentar e relaxar enquanto o drone faz todo o trabalho.

 » Read more about: Empresa customiza drone para passear com seu cachorro  »

Atriz Chloë Moretz perde segundo cachorrinho em menos de um mês

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 ago 2017 - 9:38

Nós contamos aqui sobre o triste falecimento de Fuller, cachorro de estimação da atriz Chloë Moretz, fato que aconteceu no dia 31 de julho.

Chloë não teve nem tempo para se recuperar da separação e, infelizmente, já passou por novo baque, a morte de outro animal de estimação de sua família.

Rest In Peace my dear dear Fuller I love you more than you know. You've been my protector and best friend since I was a little girl and I wish the end didn't come so abruptly but I know you're at peace now.

 » Read more about: Atriz Chloë Moretz perde segundo cachorrinho em menos de um mês  »

51 Cães resgatados na Cracolândia pelo Instituto Luisa Mell foram adotados nesse final de semana

por Samantha Kelly — publicado 21 ago 2017 - 18:52

Como noticiado aqui, depois que os dependentes químicos foram expulsos da Cracolândia, seus cães e gatos ficaram e foram acolhidos por Dona Graça, que segurou todo o fardo e abriu as portas de sua pensão para os mais de 100 animais.

Para complicar ainda mais a situação, a pensão foi interditada e seria demolida em breve.

Ao todo foram 71 animais resgatados em um período de 36 horas, na maior operação até hoje realizada pelo Instituto Luisa Mell.

 » Read more about: 51 Cães resgatados na Cracolândia pelo Instituto Luisa Mell foram adotados nesse final de semana  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Empresa customiza drone para passear com seu cachorro

por Samantha Kelly — publicado 22 ago 2017 - 10:49

A empresa britânica DronesDirect.co.uk está personalizando o drone Phantom 4 para possibilitar que a máquina passei com seu cachorro.

Pelo precinho nada camarada de £2 mil (aproximadamente R$8 mil), o Dog Drone tem uma coleira retráctil e um dispositivo contra colisão que o impediria de bater em obstáculos no caminho.

Para o tutor restaria apenas fazer o download da rota e teoricamente sentar e relaxar enquanto o drone faz todo o trabalho.

Não há nenhum vídeo ou fotos oficiais de cães utilizando a tecnologia, porém os responsáveis pelo equipamento garantem que funciona.

Óbvio que eles não mencionam o que não dá para ser substituído pela máquina, como o cuidado humano, a atenção e proteção contra acidentes e roubos. Os cães precisam não só de exercício, mas de contato com outras pessoas e pets. Além disso, outras questões práticas ficam sem resposta, por exemplo quanto a força que o drone teria para segurar cães que puxam na coleira ou quem apanharia as necessidades do animal.

Por esse dinheiro, não seria muito melhor contratar um dog walker? Sem dúvida é a melhor opção para tutores que não têm tempo ou por alguma impossibilidade física não podem passear com seus pets.

Foto: Reprodução

Atriz Chloë Moretz perde segundo cachorrinho em menos de um mês

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 ago 2017 - 9:38

Nós contamos aqui sobre o triste falecimento de Fuller, cachorro de estimação da atriz Chloë Moretz, fato que aconteceu no dia 31 de julho.

Chloë não teve nem tempo para se recuperar da separação e, infelizmente, já passou por novo baque, a morte de outro animal de estimação de sua família.

A cadelinha Isabella Moretz, que tinha cerca de 16 anos de idade, faleceu na última sexta-feira, dia 18 de agosto.

A atriz, que tem 20 anos de idade, perdeu dois cachorrinhos em um curto período de tempo, eles faleceram com uma diferença de menos de um mês.

Chloë anunciou a morte de sua amada cachorrinha através de sua página oficial no Instagram, onde publicou uma foto da cadela com uma emocionante homenagem.

“Nossa menina Isabella Moretz morreu hoje. Perder a sua luz nesse mundo deixa o meu coração em pedaços. Você nos deu o presente dos mais belos 16 anos com você. Nunca esquecerei como, quando você latia, seu corpo inteiro iria para trás porque você era tão pequena. Era a mais incrivelmente adorável do mundo. Eu amo você, pequena senhora. Nos momentos bons e nos momentos ruins você estava ao meu lado. 2001-2017 Descanse em paz meu querido anjo”.

Esperamos que a atriz Chloë Moretz supere este triste momento e que ela se lembre de que agora Fuller e Isabella estão juntos no céu dos cachorrinhos.

Fonte: Today