Como ajudar as crianças a lidarem com a morte de um pet

Como muitas vezes essa pode ser a primeira experiência de perda de um ser amado, paciência e cuidado são necessários para auxiliá-la a lidar com o luto.

por Samantha Kelly — publicado 3 jun 2015 - 18:39

A morte de um pet já é um evento traumático para tutores de qualquer idade, e no caso das crianças, muitas vezes essa é a primeira experiência que elas têm de perda de um ser amado.

Mamães, papais, titios e avós precisam estar cientes de que a criança pode apresentar uma série de sentimentos e reações, e para isso, é preciso estar preparado para oferecer o suporte necessário para que elas consigam seguir em frente da melhor maneira possível.

Abaixo algumas dicas de atividades que podem auxiliar a criança a melhor lidar com a perda do pet.

 

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

– A maneira que a criança irá reagir à morte do pet depende e cada uma pode apresentar reações distintas. Tristeza, raiva, vazio e culpa são todas emoções válidas. Algumas podem querer fazer várias perguntas, e outras podem internalizar e silenciar. Deixe claro que você estará ali e disponível para responder todas essas questões quando ela estiver pronta é importante para que se sinta amparada;

– Seja honesto com a criança, mesmo que o assunto seja tão delicado quanto a morte. É crítico que você demonstre bom senso quanto a idade da criança e o quanto/como irá falar sobre o assunto;

– Cuidado ao utilizar eufemismos como “Ele foi colocado para dormir”, já que há uma grande possibilidade da criança interpretar de forma literal e passar a ter medo de ir dormir;

– Como uma maneira de dizer adeus, rituais de passagem, como um funeral ou uma cerimônia simbólica, podem auxiliar e trazer um tipo de fechamento;

– Se você tiver um quintal na sua casa, plantar uma árvore em honra à vida do pet pode tornar o momento mais solene;

– Guardar uma lembrança como uma coleira ou brinquedo que o pet particularmente gostava;

– Sentar com a família e/ou com um grupo de amigos para falar dos momentos alegres do pet pode fazer a criança se sentir saudosa, mas também fará com que ela compreenda que todos estão passando por aquela situação e dor juntos;

– Outra maneira de lembrar é através da construção de um álbum de fotografias para que juntos, durante o processo, possam conversar e relembrar dos momentos felizes;

– Como algumas crianças podem internalizar o sentimento e ter dificuldade de se expressar, pedir para que desenhem ou que escrevam uma carta como uma forma de colocar para fora é uma boa alternativa;

– Pedir para que a criança complete sentenças como “Falar sobre a morte do meu pet faz com que eu me sinta…” é uma forma de fazê-los falar sobre seus sentimentos;

– Há muitos livros voltados para o público infantil que tratam sobre a perda de um pet de maneira didática e sensível;

– Se a criança continuar apresentando um comportamento diferente de seu normal, com dificuldade de se abrir ou lidar com o ocorrido mesmo depois de um tempo após o falecimento do pet, buscar o auxílio de uma profissional que seja especializada em crianças pode ser uma boa maneira de lidar com o luto;

– Só por que o sentimento mais agudo de saudade já passou, não quer dizer que o processo de cura de uma perda seja rápido. A criança pode continuar a fazer perguntas, falar sobre lembranças ou fazer observações sobre o assunto por dias, semanas ou até meses;

– Compartilhe o seu próprio sentimento com a criança, até para que ela saiba que é aceitável sentir tristeza, mas cuidado para não sobrecarregá-la. Para um maior auxílio, procure outros adultos melhor preparados.

 

Fontes de pesquisa: Vet Street, ASPCA e care2

 

Leitura complementar: Entrevista com a psicóloga Maíra Simeão sobre o luto e a perda de um cachorro

Cachorro faz cirurgia para restaurar visão e tem reação linda ao ver sua tutora

por Andrezza Oestreicher — publicado 19 ago 2017 - 18:35

O amor entre um cão e seu tutor ou tutora é uma coisa pura e extremamente especial. E para os amantes de animais, qualquer esforço vale a pena quando estamos lutando pelo bem-estar de nossos queridos cachorros.

A catarata nos cães pode ser bem diferente dos humanos e dependendo do caso e da idade do animal é tarde demais para corrigir o problema e a cirurgia nem sempre é bem sucedida.

Por conta das complicações que podem acontecer durante um procedimento cirúrgico,

 » Read more about: Cachorro faz cirurgia para restaurar visão e tem reação linda ao ver sua tutora  »

Cachorro encontra caixa misteriosa e todos ficam surpresos com o conteúdo

por Andrezza Oestreicher — publicado 19 ago 2017 - 9:28

O cachorro Aragon foi resgatado e encaminhado para um lar temporário. Todos os dias, a voluntária que está cuidando do cão caminha por uma região de montanhas na Grécia procurando animais abandonados, pois essa é uma área onde muitos animais são deixados para morrer.

Em um dos dias dessa caminhada, o cachorro Aragon foi levado junto. Eles estavam andando por uma direção quando, de repente, o cão começou a puxar a mulher para o outro lado.

 » Read more about: Cachorro encontra caixa misteriosa e todos ficam surpresos com o conteúdo  »

Cachorro se apaixona por sete filhotinhos de gato e cuida de todos eles

por Andrezza Oestreicher — publicado 18 ago 2017 - 9:17

Apesar de ainda muita gente acreditar que cães e gatos não se gostam, está cada vez mais comum ver grandes e fortes amizades entre esses animais. E o caso de amor entre um cãozinho e filhotes de gato pode provar isso.

A tutora de duas gatinhas estava servindo na Marinha e precisou viajar. Ela deixou seus animais com uma amiga, a usuária da rede social Imgur que possui alguns cachorros, mas ninguém ficou preocupado quanto a isso e todos os animais se deram bem.

 » Read more about: Cachorro se apaixona por sete filhotinhos de gato e cuida de todos eles  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Cachorro faz cirurgia para restaurar visão e tem reação linda ao ver sua tutora

por Andrezza Oestreicher — publicado 19 ago 2017 - 18:35

O amor entre um cão e seu tutor ou tutora é uma coisa pura e extremamente especial. E para os amantes de animais, qualquer esforço vale a pena quando estamos lutando pelo bem-estar de nossos queridos cachorros.

A catarata nos cães pode ser bem diferente dos humanos e dependendo do caso e da idade do animal é tarde demais para corrigir o problema e a cirurgia nem sempre é bem sucedida.

Ao ver sua tutora, a cadelinha foi andando diretamente até ela. (Foto: Reprodução / Little Things / WTSP Tampa)

Por conta das complicações que podem acontecer durante um procedimento cirúrgico, muitos tutores preferem não correr o risco e não mandam seus cães para cirurgia, principalmente quando não influencia na qualidade de vida do animal.

Porém, quando soube que existia a possibilidade fazer sua cadelinha Aurora voltar a enxergar, sua tutora não mediu esforços para conseguir arrecadar o valor da cirurgia, que custou 4.500 dólares.

Aurora, uma cadelinha que havia sido resgatada, nasceu com catarata nos dois olhos e, com dois anos de idade, era jovem o suficiente para ser um candidato interessante para a cirurgia.

O encontro foi emocionante e cheio de amor. (Foto: Reprodução / Little Things / WTSP Tampa)

A apaixonada tutora da cadelinha então se esforçou bastante para conseguir arrecadar e juntar todo o valor da cirurgia e teve uma linda recompensa quando sua Aurora conseguiu ver.

O encontro entre as duas após a cirurgia, quando finalmente Aurora conseguia enxergar de forma clara, não poderia ter sido mais emocionante. A cadelinha foi para os braços de sua mamãe e a lambeu bastante, se aninhando em seus braços cheia de amor.

Fonte: Little Things

Cachorro encontra caixa misteriosa e todos ficam surpresos com o conteúdo

por Andrezza Oestreicher — publicado 19 ago 2017 - 9:28

O cachorro Aragon foi resgatado e encaminhado para um lar temporário. Todos os dias, a voluntária que está cuidando do cão caminha por uma região de montanhas na Grécia procurando animais abandonados, pois essa é uma área onde muitos animais são deixados para morrer.

Em um dos dias dessa caminhada, o cachorro Aragon foi levado junto. Eles estavam andando por uma direção quando, de repente, o cão começou a puxar a mulher para o outro lado. Ele certamente estava ouvindo ou sentindo alguma coisa.

Aragon encontrou uma caixa com quatro gatinhos abandonados. (Foto: Reprodução / Bored Panda / Second Chance Animal Rescue Society)

A mulher decidiu seguir o instinto do cachorro. Até que ele parou em um local onde estava uma caixa largada no chão. Ao abrir a caixa veio a surpresa. Quatro pequenos filhotes de gato estavam lá dentro.

Os gatinhos eram apenas mais alguns dos animais que costumavam ser largados na região para morrer. Porém, esses tiveram muita sorte. Eles foram encontrados por Aragon e resgatados pela mulher que estava cuidando dele.

Os animais foram resgatados e o cão passou a cuidar dos filhotes. (Foto: Reprodução / Bored Panda / Second Chance Animal Rescue Society)

“Nós estávamos andando com Aragon perto da montanha, na verdade planejando um vídeo sobre o grande número de animais abandonados lá, quando Aragon começou a nos puxar para outra direção – basicamente ele foi o salvador”, contou a voluntária.

Chegando em casa, a mulher teve uma nova surpresa, Aragon se aproximou bastante dos pequenos gatinhos e passou a cuidar deles. “Aragon tem curiosidade sobre os gatinhos e, desde o primeiro momento em que os viu, teve uma necessidade constante de mantê-los todos juntos e de limpá-los”, afirmou ela.

Aragon é o melhor papai que os gatinhos poderiam ter. (Foto: Reprodução / Bored Panda / Second Chance Animal Rescue Society)

Os filhotes, que ganharam o melhor papai que poderiam, estão bem e serão todos colocados para adoção.

Fonte: Bored Panda