Linguagem Corporal Canina

por Samantha Kelly — publicado 10 jul 2012 - 15:07

Indicadores de humor:

– Alerta: orelhas aguçadas, em posição vertical.
– Prestes a atacar: orelhas para trás, dentes à mostra, em posição agressiva com os pelos eriçados.
– Confiante: cauda para cima, em posição vertical.
– Assustado: cauda entre patas, com as costas bem baixas e mostrando o branco dos olhos.
– Feliz: orelhas para trás, olhos entreabertos, com a cauda abanando.
– Submisso: orelhas para trás, virando-se para cima, com a barriga à mostra.

 

Hora de brincar
Acredito que a maioria das pessoas, já conhece a postura que o cão adota convidando para brincar: ele fica com as patas da frente abaixadas, o traseiro empinado, as orelhas para cima e a boca aberta, cheio de expectativa! Aproveite e volte a ser criança e brinque muito com o seu aumigo. 🙂

Excitação
Quem tem cachorro em casa conhece os sinais, basta pegar a coleira ou um brinquedo favorito do seu cão. Pulam, dão voltas no ar e balançam a cauda vertiginosamente. Suas orelhas podem estar para frente e seus olhos brilharem. Podem pular sobre o guardião com as patas dianteiras e deixar as orelhas para trás em sinal de submissão ao líder.

Contato através dos olhos
O contato através dos olhos é importante para os cães.
Um cão dominante pode olhar com raiva para um cão menor ou ainda dar um olhar de reprovação.
O modo como você olha para os cães também é importante. Eles aprenderão a interpretar os olhares que você dá a eles.

Sinais de agressividade
Um cão agressivo irá demonstrar uma linguagem corporal específica. Ele pode ficar em posição vertical, firme, com os pelos eriçados em volta do pescoço e ao longo das costas, com os dentes à mostra e a cauda ereta. Mas lembre-se qde que a observação desses sinais pode ser difícil (ou completamente diferente) em raças distintas.

Tristeza
Ele adotará a postura de submissão com mais ênfase. Parecerá abatido, com a cabeça pendendo para baixo e o rabo parado. É difícil ver um cachorro triste a menos que esteja totalmente abandonado. Basta um pouco de atenção e exercício para que se mostrem relaxados e contentes. E quanto aos abandonados, basta carinho, proteção e cuidados, assim logo o cão terá uma vida mais feliz e saudável!

Interesse
Um cachorro responde com interesse quando todas as partes de seu corpo se levantam e se inclinam para frente. Podem deitar a cabeça lateralmente, deixando as orelhas voltadas para frente. Abrem a boca ligeiramente e seus olhos brilham. Podem levantar a pata dianteira, como prontos para entrar em ação.

Ansiedade
Cachorros ansiosos baixam a cabeça e podem bocejar para liberar a ansiedade. Apresentará as pupilas dilatadas, mas tentará evitar olhar o que o estressa. O corpo se mostrará agachado com o rabo escondido. Pode deitar sobre as costas, mostrando a barriga e inclusive derramar algumas gotas de urina.

Liberando a ansiedade
Existe um fato curioso e que eu já notei a minha labradora fazendo com frequência.

Quando o cão começa a bocejar, rompe contato visual, se sacode ou começa a se coçar mesmo não tendo UMA pulga, quer dizer que ele quer parar com a brincadeira ou “simplesmente mudar de assunto”. É bem comum observar esse tipo de comportamento em aulas de adestramento. Se o cão fica cansado, ele pode começar a se coçar “do nada”. È o jeito dele dizer: “Estou cansado! Vamos parar por hoje!”
Outro comportamento bem interessante (e acontece com as minhas poodles): quando o cão leva uma bronca ou o mandam ficar quieto, ele pode começar a bocejar repetidamente. Isso significa que o cão está tentando liberar a ansiedade e se controlar. Nesse momento, dê um tempo e logo ele vai se acalmar.

Fontes: Livro: “Como fazer o seu cão feliz” – Liz Dalby (Editora Ciranda Cultural) e APCCA

De luto pela morte de seus dois cãezinhos, homem ganha surpresa emocionante de sua esposa

por Andrezza Oestreicher — publicado 18 nov 2017 - 18:29

Nós já comentamos aqui no Portal do Dog como é doloroso perder um cachorrinho de estimação. Na maioria dos casos, esses bichinhos são mais do que apenas animais, são membros da família e deixam bastante saudade quando partem.

Um homem chamado James Xuereb, que vive com sua família em Ontário, no Canadá, passou por essa dor em dose dupla. Ele perdeu seus dois cãezinhos da raça Bichon Frisé, parecida com Poodle, chamados Nemo e Lucy.

 » Read more about: De luto pela morte de seus dois cãezinhos, homem ganha surpresa emocionante de sua esposa  »

Cachorro penetra faz sucesso nas redes sociais

por Andrezza Oestreicher — publicado 18 nov 2017 - 9:31

No sábado passado, dia 11 de novembro, uma festa realizada em Novo Horizonte, no interior de São Paulo, contou com uma presença bastante diferente não tão desejada pelos organizadores da “balada”.

Um cachorrinho vira-lata foi descoberto entre o publico que curtia a música alta que tocava no salão onde a balada era realizada e foi expulso do local por seguranças.

O momento foi flagrado pelo fotógrafo profissional Lucas Valéo e a foto em que mostra o cãozinho nos braços de um dos seguranças se tornou um sucesso nas redes sociais,

 » Read more about: Cachorro penetra faz sucesso nas redes sociais  »

Homem em fase terminal de doença consegue se despedir de seu cachorro no hospital

por Andrezza Oestreicher — publicado 17 nov 2017 - 9:32

Quem é apaixonado por cachorro sabe como é muito difícil se manter distante de seu melhore amigo de quatro patas. Na hora de viajar, a despedida do cão sempre é a mais demorada de todas e na volta o cãozinho é sempre o primeiro a ganhar um abraço.

Muitas pessoas que estão doentes em hospitais acabam ficando ainda piores pela falta que sentem de seus cachorrinhos. No caso de pacientes que não têm mais uma perspectiva de conseguir voltar para casa,

 » Read more about: Homem em fase terminal de doença consegue se despedir de seu cachorro no hospital  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

De luto pela morte de seus dois cãezinhos, homem ganha surpresa emocionante de sua esposa

por Andrezza Oestreicher — publicado 18 nov 2017 - 18:29

Nós já comentamos aqui no Portal do Dog como é doloroso perder um cachorrinho de estimação. Na maioria dos casos, esses bichinhos são mais do que apenas animais, são membros da família e deixam bastante saudade quando partem.

Um homem chamado James Xuereb, que vive com sua família em Ontário, no Canadá, passou por essa dor em dose dupla. Ele perdeu seus dois cãezinhos da raça Bichon Frisé, parecida com Poodle, chamados Nemo e Lucy.

O homem ficou extremamente emocionado com a surpresa e não conseguia parar de chorar. (Foto: Reprodução / Facebook Jaleen Xuereb)

Os cães já eram idosos, um deles faleceu de insuficiência cardíaca congestiva e o outro da idade avançada. O tutor ficou devastado. Seu coração estava completamente partido e ele ficou extremamente triste.

Arrasada por ver seu marido assim e com medo de que ele fosse tomado pro uma depressão, a esposa de James, junto com a filha do casal, preparou uma linda surpresa para o marido, que deixou o homem aos prantos, mas dessa vez de felicidade.

No intuito de ver o homem voltar a sorrir, a esposa e a filha de James deram de presente para ele um novo filhotinho, que veio acompanhado de um cartão emocionante.

Passada a emoção inicial, o homem era só felicidade com o novo filhote. (Foto: Reprodução / Family Pet / Jaleen Xuereb)

Com a foto de um cachorrinho na capa, o cartão dizia: “Oi, meu nome é Lumo. Eu sou um menino Bichon. Não, eu não sou Nemo, e nem poderia ser Lucy. Minha mãe me comprou para trazer alguma felicidade de volta à sua vida. Então, enquanto caminharmos nesta jornada de vida juntos, que possamos criar nossas memórias maravilhosas e reavivar as belas lembranças que você teve com Nemo e Lucy. Com amor, Lumo”.

Bringing happiness back into my fathers life after the loss of our two beloved dogs Nemo & Lucy💙💜 Welcome to the family Lumo.. from Bichon Lovers .References from very happy puppy owners

Posted by Jaleen Xuereb on Sunday, November 5, 2017

Extremamente emocionado, o homem não conseguiu ler o cartão até o final e ao receber em seus braços o novo filhote Lumo (uma combinação entre os nomes de Lucy e Nemo), James não segurou as lágrimas.

Difícil mesmo não se emocionar com essa história tão comovente.

Fonte: Family Pet

Cachorro penetra faz sucesso nas redes sociais

por Andrezza Oestreicher — publicado 18 nov 2017 - 9:31

No sábado passado, dia 11 de novembro, uma festa realizada em Novo Horizonte, no interior de São Paulo, contou com uma presença bastante diferente não tão desejada pelos organizadores da “balada”.

Um cachorrinho vira-lata foi descoberto entre o publico que curtia a música alta que tocava no salão onde a balada era realizada e foi expulso do local por seguranças.

Na foto, o cãozinho aparece com o rabo entre as pernas e cara de quem não está entendendo nada. (Foto: Reprodução / G1 / Lucas Valéo)

O momento foi flagrado pelo fotógrafo profissional Lucas Valéo e a foto em que mostra o cãozinho nos braços de um dos seguranças se tornou um sucesso nas redes sociais, ganhando muitas curtidas e sendo compartilhada por muitas pessoas.

Lucas Valéo estava no local para fazer fotos da festa e do público e fez a imagem por acaso. Em entrevista ao site G1, ele contou que ia fazer uma foto de uma jovem que estava na balada, e que de fundo pegou o cachorro, que estava com o rabo entre as pernas e cara de que não estava entendendo nada, sendo segurado por um segurança.

O fotógrafo disse ainda que postou a foto nas redes sociais sem grandes intenções e que nunca imaginou que ela iria tomar proporções tão grandes. “Não esperava uma repercussão tão grande assim. Já fiz fotos de bagunças em casamento, nunca fiz algo viralizar assim. Minhas fotos têm no máximo 100 curtidas, um pouco mais. Isso ajuda a divulgar o trabalho”, afirmou Lucas, que trabalha como fotógrafo de casamentos e aniversários e faz fotos em baladas para conseguir uma renda extra.

hahaha demais

A post shared by Chapolin Sincero (@chapolinoficial) on

Ainda de acordo com o fotógrafo, ele acredita que a imagem, que já tinha mais de 260 mil curtidas e de 7.500 mil comentários até a tarde da última sexta-feira, 17 de novembro, “explodiu” depois que uma amiga compartilhou em um grupo do aplicativo de conversas “WhatsApp”.

Eu não sei vocês, mas a primeira coisa que eu pensei ao ver a foto do cachorro na festa foi: “Até o cãozinho vai para a balada e eu não!”.

Fonte: G1