Câncer de mama em cadelas

Apesar de ser mais comum em fêmeas, o câncer de mama também pode se desenvolver em cães machos

por George Augusto — publicado 21 fev 2014 - 23:37

Ao contrário do que muitos pensam, os animais machos também podem possuir câncer de mama, no entanto, as fêmeas são mais susceptíveis, principalmente na maior idade. As cadelas que tomam anticoncepcionais, e não são castradas, tem o risco maior do aparecimento da neoplasia, por isso é sempre bom o proprietário examinar o animal diariamente.

cancer-mama-cadelasO aparecimento de um caroço perto da mama nem sempre é um câncer. Ocorre muitas vezes de tutores levarem seu cão à clínica veterinária suspeitando de um tumor maligno, sendo na verdade apenas um nódulo de gordura. Qualquer neoplasia (câncer) é bastante invasiva no corpo do animal, pois, diferentemente do tumor, ela possui metástase (atinge a corrente sanguínea, afetando diferentes órgãos do animal), assim comprometendo toda a saúde, levando-o a óbito. Os órgãos mais acometidos, são: Pulmão, Fígado e Rins.

O câncer de mama ocorre devido a uma proliferação desordenada de células mamárias, assim acontecendo um crescimento anormal de células nos glóbulos mamários e ductos mamários. Alguns fatores podem colaborar com a proliferação desordenada, como o uso intenso de anticoncepcional e a não castração do animal.

A neoplasia, diferente do que muitos acham, não causa dor e nem desconforto no animal em seu estágio inicial. Quando o tumor começa a aumentar de forma significante, começa a pressionar terminações nervosas, assim causando dor.

 

Sinais clínicos de câncer de mama em cadelas

Os sinais clínicos de um câncer de mama são praticamente inexistentes na sua fase inicial. O que pode ser observado pelo tutor, na maioria dos casos, é o aparecimento de caroços na região ventral da cadela (parte das mamas). O animal só vai apresentar um quadro sintomático na fase terminal, quando começa a apresentar fraqueza, dores, prostração e etc.

 

Tratamento de câncer de mama em cadelas

O tratamento do câncer de mama tem que ser imediato. O tutor deve levar o animal ao médico veterinário assim que aparecer qualquer anormalidade nas mamas. O diagnóstico é feito através da retirada do tumor, que, em seguida, deve ser levado para fazer a biópsia. Mediante o resultado do laudo, o médico veterinário ficará ciente se o tumor é benigno ou maligno, assim decidindo a necessidade ou não, do início da quimioterapia.

A cura da neoplasia mamária vai depender principalmente do estágio que ela se encontra. A quimioterapia é muito invasiva, fazendo com que muitos animais não agüentem as sessões, chegando a óbito no meio do tratamento.

 

Prevenindo o câncer de mama em cadelas

O melhor modo é a prevenção através da castração da fêmea, diminuindo cerca de 95% a chance do aparecimento do câncer de mama. Não é aconselhado o uso de anticoncepcional, pois em muitos casos, é o grande colaborador do aparecimento da neoplasia.

Indica-se examinar o animal diariamente, pois quanto mais cedo se diagnosticar o mal, mais chance o animal tem de vencer o câncer de mama.

Procure sempre um médico veterinário para realizar o exame, jamais tome decisões precipitadas. O Câncer de mama tem cura, basta ser tratado no início.

 

Saiba mais sobre câncer em cachorros AQUI

 

Por: George Augusto von Schmalz Portella de Macedo

Ocupação: Acadêmico de Medicina Veterinária

Contato: [email protected]

deixe seu comentário: