Câncer de testículo em cachorros

O câncer de testículo é a doença que mais afeta os canídeos machos do Brasil e de todo o mundo

por George Augusto — publicado 25 fev 2014 - 12:44

A neoplasia testicular, também conhecida como câncer de testículo, é a doença que mais afeta os canídeos machos do Brasil e de todo o mundo. Os animais são acometidos independentemente da raça, sexo ou idade, porém aparece principalmente em cães idosos. Essa patologia evidencia-se também nos animais que possuem criptorquidismo (retenção do testículo na cavidade abdominal). Para um maior entendimento, os testículos se localizam dentro do saco escrotal e têm a função de produzir espermatozoides e testosterona.

A neoplasia testicular pode ser classificada como um tumor germinativo não seminomatoso (mais agressivo e de crescimento mais rápido) e tumor germinativo seminomatoso (de crescimento mais lento).

 

Fatores que contribuem para a formação do câncer de testículo

Não existe uma causa específica que seja conhecida quanto à origem da neoplasia testicular, porém existem alguns fatores que contribuem para o seu aparecimento. São eles:

Presença de criptorquidismo (quando um ou ambos testículos não descem para o saco escrotal, permanecendo na cavidade abdominal);

Fatores genéticos (ocorrência de câncer na linhagem), como também, em alguns casos, o trauma contínuo no escroto.

 

Sinais clínicos do câncer de testículo

Câncer de testículo em cães. Foto: Reprodução

Câncer de testículo em cães. Foto: Reprodução

Fase inicial

Como todo o câncer na sua fase inicial, este também não apresenta sinais clínicos clássicos, somente o aparecimento do nódulo no testículo.

Fase avençada

Alguns animais quando estão na fase mais avançada da doença, começam a apresentar sinais, como:

Dor na região escrotal (devido à hemorragia no testículo);

Tosse;

Prostração, e em alguns casos, a ocorrência de metástase (a disseminação da doenças para outros órgãos do corpo através da corrente sanguínea e vias linfáticas).

 

Diagnóstico do câncer de testículo

O diagnóstico da doença pode ser feito no exame rotineiro do animal, através da palpação. No caso de aparecimento de alguma massa anormal, é feito o exame de ultrassonografia para a verificação da região acometida. A prática mais exercida pelos profissionais é a retirada do testículo, que, em seguida, é levado para o exame de biópsia. É a partir daí que o médico veterinário irá avaliar se há a necessidade de uma quimioterapia ou não.

 

Tratamento do câncer de testículo

O tratamento consiste na intervenção cirúrgica para retirada do testículo afetado com o nódulo, como dito anteriormente. Dependendo do resultado da biópsia, o paciente deverá passar por quimioterapia, na tentativa de evitar a metástase. Não necessariamente o animal ficará infértil depois do tratamento, se o problema se instalar em apenas um dos testículos, porém quando o animal é reprodutor, muitos tutores optam por guardar o esperma do animal a fim de garantir futuras linhagens.

 

Prevenção do câncer de testículo

A prevenção do câncer de testículo é examinar o animal rotineiramente. O aparecimento de uma massa anormal no testículo pode ser o início de uma neoplasia. Atualmente, a castração está sendo a prática mais indicada pelos profissionais, para evitar um futuro câncer testicular. Os criadores que almejam a reprodução, devem sempre ter o acompanhamento de um médico veterinário para o exame rotineiro nos testículos. Um câncer descoberto no início pode evitar um dano maior no animal, afastando em cerca de 85% as chances de óbito. Consulte sempre um profissional.

 

Saiba mais sobre câncer em cachorros AQUI

 

Por: George Augusto von Schmalz Portella de Macedo

Ocupação: Acadêmico de Medicina Veterinária

Contato: [email protected]

De luto pela morte de seus dois cãezinhos, homem ganha surpresa emocionante de sua esposa

por Andrezza Oestreicher — publicado 18 nov 2017 - 18:29

Nós já comentamos aqui no Portal do Dog como é doloroso perder um cachorrinho de estimação. Na maioria dos casos, esses bichinhos são mais do que apenas animais, são membros da família e deixam bastante saudade quando partem.

Um homem chamado James Xuereb, que vive com sua família em Ontário, no Canadá, passou por essa dor em dose dupla. Ele perdeu seus dois cãezinhos da raça Bichon Frisé, parecida com Poodle, chamados Nemo e Lucy.

 » Read more about: De luto pela morte de seus dois cãezinhos, homem ganha surpresa emocionante de sua esposa  »

Cachorro penetra faz sucesso nas redes sociais

por Andrezza Oestreicher — publicado 18 nov 2017 - 9:31

No sábado passado, dia 11 de novembro, uma festa realizada em Novo Horizonte, no interior de São Paulo, contou com uma presença bastante diferente não tão desejada pelos organizadores da “balada”.

Um cachorrinho vira-lata foi descoberto entre o publico que curtia a música alta que tocava no salão onde a balada era realizada e foi expulso do local por seguranças.

O momento foi flagrado pelo fotógrafo profissional Lucas Valéo e a foto em que mostra o cãozinho nos braços de um dos seguranças se tornou um sucesso nas redes sociais,

 » Read more about: Cachorro penetra faz sucesso nas redes sociais  »

Homem em fase terminal de doença consegue se despedir de seu cachorro no hospital

por Andrezza Oestreicher — publicado 17 nov 2017 - 9:32

Quem é apaixonado por cachorro sabe como é muito difícil se manter distante de seu melhore amigo de quatro patas. Na hora de viajar, a despedida do cão sempre é a mais demorada de todas e na volta o cãozinho é sempre o primeiro a ganhar um abraço.

Muitas pessoas que estão doentes em hospitais acabam ficando ainda piores pela falta que sentem de seus cachorrinhos. No caso de pacientes que não têm mais uma perspectiva de conseguir voltar para casa,

 » Read more about: Homem em fase terminal de doença consegue se despedir de seu cachorro no hospital  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

De luto pela morte de seus dois cãezinhos, homem ganha surpresa emocionante de sua esposa

por Andrezza Oestreicher — publicado 18 nov 2017 - 18:29

Nós já comentamos aqui no Portal do Dog como é doloroso perder um cachorrinho de estimação. Na maioria dos casos, esses bichinhos são mais do que apenas animais, são membros da família e deixam bastante saudade quando partem.

Um homem chamado James Xuereb, que vive com sua família em Ontário, no Canadá, passou por essa dor em dose dupla. Ele perdeu seus dois cãezinhos da raça Bichon Frisé, parecida com Poodle, chamados Nemo e Lucy.

O homem ficou extremamente emocionado com a surpresa e não conseguia parar de chorar. (Foto: Reprodução / Facebook Jaleen Xuereb)

Os cães já eram idosos, um deles faleceu de insuficiência cardíaca congestiva e o outro da idade avançada. O tutor ficou devastado. Seu coração estava completamente partido e ele ficou extremamente triste.

Arrasada por ver seu marido assim e com medo de que ele fosse tomado pro uma depressão, a esposa de James, junto com a filha do casal, preparou uma linda surpresa para o marido, que deixou o homem aos prantos, mas dessa vez de felicidade.

No intuito de ver o homem voltar a sorrir, a esposa e a filha de James deram de presente para ele um novo filhotinho, que veio acompanhado de um cartão emocionante.

Passada a emoção inicial, o homem era só felicidade com o novo filhote. (Foto: Reprodução / Family Pet / Jaleen Xuereb)

Com a foto de um cachorrinho na capa, o cartão dizia: “Oi, meu nome é Lumo. Eu sou um menino Bichon. Não, eu não sou Nemo, e nem poderia ser Lucy. Minha mãe me comprou para trazer alguma felicidade de volta à sua vida. Então, enquanto caminharmos nesta jornada de vida juntos, que possamos criar nossas memórias maravilhosas e reavivar as belas lembranças que você teve com Nemo e Lucy. Com amor, Lumo”.

Bringing happiness back into my fathers life after the loss of our two beloved dogs Nemo & Lucy💙💜 Welcome to the family Lumo.. from Bichon Lovers .References from very happy puppy owners

Posted by Jaleen Xuereb on Sunday, November 5, 2017

Extremamente emocionado, o homem não conseguiu ler o cartão até o final e ao receber em seus braços o novo filhote Lumo (uma combinação entre os nomes de Lucy e Nemo), James não segurou as lágrimas.

Difícil mesmo não se emocionar com essa história tão comovente.

Fonte: Family Pet

Cachorro penetra faz sucesso nas redes sociais

por Andrezza Oestreicher — publicado 18 nov 2017 - 9:31

No sábado passado, dia 11 de novembro, uma festa realizada em Novo Horizonte, no interior de São Paulo, contou com uma presença bastante diferente não tão desejada pelos organizadores da “balada”.

Um cachorrinho vira-lata foi descoberto entre o publico que curtia a música alta que tocava no salão onde a balada era realizada e foi expulso do local por seguranças.

Na foto, o cãozinho aparece com o rabo entre as pernas e cara de quem não está entendendo nada. (Foto: Reprodução / G1 / Lucas Valéo)

O momento foi flagrado pelo fotógrafo profissional Lucas Valéo e a foto em que mostra o cãozinho nos braços de um dos seguranças se tornou um sucesso nas redes sociais, ganhando muitas curtidas e sendo compartilhada por muitas pessoas.

Lucas Valéo estava no local para fazer fotos da festa e do público e fez a imagem por acaso. Em entrevista ao site G1, ele contou que ia fazer uma foto de uma jovem que estava na balada, e que de fundo pegou o cachorro, que estava com o rabo entre as pernas e cara de que não estava entendendo nada, sendo segurado por um segurança.

O fotógrafo disse ainda que postou a foto nas redes sociais sem grandes intenções e que nunca imaginou que ela iria tomar proporções tão grandes. “Não esperava uma repercussão tão grande assim. Já fiz fotos de bagunças em casamento, nunca fiz algo viralizar assim. Minhas fotos têm no máximo 100 curtidas, um pouco mais. Isso ajuda a divulgar o trabalho”, afirmou Lucas, que trabalha como fotógrafo de casamentos e aniversários e faz fotos em baladas para conseguir uma renda extra.

hahaha demais

A post shared by Chapolin Sincero (@chapolinoficial) on

Ainda de acordo com o fotógrafo, ele acredita que a imagem, que já tinha mais de 260 mil curtidas e de 7.500 mil comentários até a tarde da última sexta-feira, 17 de novembro, “explodiu” depois que uma amiga compartilhou em um grupo do aplicativo de conversas “WhatsApp”.

Eu não sei vocês, mas a primeira coisa que eu pensei ao ver a foto do cachorro na festa foi: “Até o cãozinho vai para a balada e eu não!”.

Fonte: G1