Câncer de testículo em cachorros

O câncer de testículo é a doença que mais afeta os canídeos machos do Brasil e de todo o mundo

por George Augusto — publicado 25 fev 2014 - 12:44

A neoplasia testicular, também conhecida como câncer de testículo, é a doença que mais afeta os canídeos machos do Brasil e de todo o mundo. Os animais são acometidos independentemente da raça, sexo ou idade, porém aparece principalmente em cães idosos. Essa patologia evidencia-se também nos animais que possuem criptorquidismo (retenção do testículo na cavidade abdominal). Para um maior entendimento, os testículos se localizam dentro do saco escrotal e têm a função de produzir espermatozoides e testosterona.

A neoplasia testicular pode ser classificada como um tumor germinativo não seminomatoso (mais agressivo e de crescimento mais rápido) e tumor germinativo seminomatoso (de crescimento mais lento).

 

Fatores que contribuem para a formação do câncer de testículo

Não existe uma causa específica que seja conhecida quanto à origem da neoplasia testicular, porém existem alguns fatores que contribuem para o seu aparecimento. São eles:

Presença de criptorquidismo (quando um ou ambos testículos não descem para o saco escrotal, permanecendo na cavidade abdominal);

Fatores genéticos (ocorrência de câncer na linhagem), como também, em alguns casos, o trauma contínuo no escroto.

 

Sinais clínicos do câncer de testículo

Câncer de testículo em cães. Foto: Reprodução

Câncer de testículo em cães. Foto: Reprodução

Fase inicial

Como todo o câncer na sua fase inicial, este também não apresenta sinais clínicos clássicos, somente o aparecimento do nódulo no testículo.

Fase avençada

Alguns animais quando estão na fase mais avançada da doença, começam a apresentar sinais, como:

Dor na região escrotal (devido à hemorragia no testículo);

Tosse;

Prostração, e em alguns casos, a ocorrência de metástase (a disseminação da doenças para outros órgãos do corpo através da corrente sanguínea e vias linfáticas).

 

Diagnóstico do câncer de testículo

O diagnóstico da doença pode ser feito no exame rotineiro do animal, através da palpação. No caso de aparecimento de alguma massa anormal, é feito o exame de ultrassonografia para a verificação da região acometida. A prática mais exercida pelos profissionais é a retirada do testículo, que, em seguida, é levado para o exame de biópsia. É a partir daí que o médico veterinário irá avaliar se há a necessidade de uma quimioterapia ou não.

 

Tratamento do câncer de testículo

O tratamento consiste na intervenção cirúrgica para retirada do testículo afetado com o nódulo, como dito anteriormente. Dependendo do resultado da biópsia, o paciente deverá passar por quimioterapia, na tentativa de evitar a metástase. Não necessariamente o animal ficará infértil depois do tratamento, se o problema se instalar em apenas um dos testículos, porém quando o animal é reprodutor, muitos tutores optam por guardar o esperma do animal a fim de garantir futuras linhagens.

 

Prevenção do câncer de testículo

A prevenção do câncer de testículo é examinar o animal rotineiramente. O aparecimento de uma massa anormal no testículo pode ser o início de uma neoplasia. Atualmente, a castração está sendo a prática mais indicada pelos profissionais, para evitar um futuro câncer testicular. Os criadores que almejam a reprodução, devem sempre ter o acompanhamento de um médico veterinário para o exame rotineiro nos testículos. Um câncer descoberto no início pode evitar um dano maior no animal, afastando em cerca de 85% as chances de óbito. Consulte sempre um profissional.

 

Saiba mais sobre câncer em cachorros AQUI

 

Por: George Augusto von Schmalz Portella de Macedo

Ocupação: Acadêmico de Medicina Veterinária

Contato: [email protected]

Cadela resgatada adota filhotes de gato e mostra quanto amor tem para dar

por Andrezza Oestreicher — publicado 18 jan 2018 - 9:39

Apesar de já sabermos como os cachorros são amorosos com humanos e animais de diferentes espécies, nunca deixamos de ficar maravilhados quando encontramos um fato que mostra a quantidade de amor que os cães são capazes de distribuir.

Um abrigo de animais no México encontrou uma ninhada de pequenos gatinhos recém-nascidos. Eles provavelmente tinham sido abandonados naquele local, pois ainda precisavam ser amamentados e estavam sem a sua mamãe. Naquela situação, as chances de os pequenos sobreviverem eram bem poucas.

 » Read more about: Cadela resgatada adota filhotes de gato e mostra quanto amor tem para dar  »

Cadela abandonada com recado preso na coleira é adotada

por Andrezza Oestreicher — publicado 17 jan 2018 - 9:32

No final de dezembro de 2017, um homem foi flagrado por câmeras de segurança abandonando um cachorro na calçada de uma unidade do Dunkin ‘Donuts, empresa norte-americana muito conhecida especializada em rosquinhas e café, em uma cidade no Novo México.

O caso foi parar nas mídias internacionais depois que a polícia de Santa Fé lançou um comunicado com a intenção de conseguir informações sobre um homem suspeito de abandonar um cachorro próximo a uma estrada da cidade.

 » Read more about: Cadela abandonada com recado preso na coleira é adotada  »

Cachorro morde tornozelo de ladrão e evita que seu tutor seja assaltado

por Andrezza Oestreicher — publicado 16 jan 2018 - 18:38

Em Campeiro, no interior do Paraná, um cachorrinho protegeu o seu tutor, um homem de 63 anos de idade chamado Antenor Moreira de Santana, da forma mais literal e foi um verdadeiro herói impedindo um assalto.

De acordo com informações dadas pelo tutor, na madrugada da última quinta-feira, dia 11 de janeiro, ele estava no quintal de sua casa quando um homem armado invadiu o local e anunciou o assalto.

O cachorro, que se chama Campeiro,

 » Read more about: Cachorro morde tornozelo de ladrão e evita que seu tutor seja assaltado  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Cadela resgatada adota filhotes de gato e mostra quanto amor tem para dar

por Andrezza Oestreicher — publicado 18 jan 2018 - 9:39

Apesar de já sabermos como os cachorros são amorosos com humanos e animais de diferentes espécies, nunca deixamos de ficar maravilhados quando encontramos um fato que mostra a quantidade de amor que os cães são capazes de distribuir.

Um abrigo de animais no México encontrou uma ninhada de pequenos gatinhos recém-nascidos. Eles provavelmente tinham sido abandonados naquele local, pois ainda precisavam ser amamentados e estavam sem a sua mamãe. Naquela situação, as chances de os pequenos sobreviverem eram bem poucas.

Porém, pouco tempo depois o mesmo abrigo encontrou uma cadelinha. A equipe percebeu que ela aparentava ter dado à luz recentemente, mas não encontrou nenhum filhote por perto.

Então, todos se lembraram dos gatinhos que precisavam de uma mamãe e resolveram tentar juntá-los com a cadela que estava sem seus filhotes.

Cadela salvou gatinhos recém-nascidos e ganhou um lar. (Foto: Reprodução / Reddit elp22203)

Felizmente, os gatinhos e a mamãe canina se deram muito bem rapidamente. Cheia de amor para dar, a cadela logo adotou os felinos e amamentou todos eles.

Assim uma nova família surgiu e eles logo foram transferidos para o Cocos Animal Welfare, uma organização de resgate em Playa del Carmen, localizado no sudeste do México, ao sul de Cancún.

Mas a mamãe canina não ficou muito tempo no local. Seu gesto de amor para com os pequenos gatinhos lhe ajudou a ganhar um lar para sempre.

Acontece que, durante uma viagem de férias para o México a família Pover foi até o abrigo na intenção de conhecer alguns gatinhos. Porém, ao verem todo o amor da mamãe canina com os filhotes de uma espécie diferente, eles se apaixonaram pela cadela.

“Meu filho acabou dando a ela o nome de Esperanza (Esperança em português) porque ele disse que ‘ela deu esperança aos gatinhos’”, contou Evie Pover, tutora da cadelinha, em uma rede social.

Como não vivem no México e a cadelinha ainda estava amamentando na época em que a família a conheceu, eles organizaram tudo para que Esperanza pudesse voar para os Estados Unidos, onde eles moram, assim que os gatinhos fossem desmamados.

Fonte: Cuteness

Cadela abandonada com recado preso na coleira é adotada

por Andrezza Oestreicher — publicado 17 jan 2018 - 9:32

No final de dezembro de 2017, um homem foi flagrado por câmeras de segurança abandonando um cachorro na calçada de uma unidade do Dunkin ‘Donuts, empresa norte-americana muito conhecida especializada em rosquinhas e café, em uma cidade no Novo México.

O caso foi parar nas mídias internacionais depois que a polícia de Santa Fé lançou um comunicado com a intenção de conseguir informações sobre um homem suspeito de abandonar um cachorro próximo a uma estrada da cidade.

Cadelinha foi abandonada com bilhete que dizia: “Estou livre. Eu estou tendo bebês”. (Foto: Reprodução / Santa Fe Police)

Câmeras externas mostram o homem retirando o animal de dentro do carro (de cor escura) e em seguida entrando no estabelecimento. O cachorro chegou a seguir o homem, mas foi ignorado. Depois, o homem sai, vai embora e deixa o cão sozinho.

Polícia divulgou imagens do homem que abandonou o animal e busca informações sobre ele. (Foto: Reprodução / Santa Fe Police)

Do lado de dentro do Dunkin ‘Donuts as câmeras de segurança conseguiram pegar bem o rosto do homem responsável pelo abandono. Com isso, a polícia espera encontrar o acusado para que ele responda pelo crime que cometeu.

Enquanto isso, descobriu-se que o animal abandonado na verdade se tratava de uma cadela e que ela tinha um recado preso em sua coleira que dizia: “Estou livre. Eu estou tendo bebês”.

A cadela foi resgatada e encaminhada para um abrigo, onde recebeu cuidados e carinho. (Foto: Reprodução / Facebook Santa Fe Animal Shelter & Humane Society)

Ela foi levada um abrigo e instituição de cuidados animais chamada Santa Fe Animal Shelter and Humane Society, onde recebeu os cuidados necessários e ganhou o nome de Jackie. “Ela é sociável e adora as pessoas. Ainda não sabemos se ela está grávida – muito cedo para contar”, informaram na época em que a cadelinha foi resgatada.

Felizmente, a cadelinha Jackie foi rapidamente adotada. (Foto: Reprodução / Facebook Santa Fe Animal Shelter & Humane Society)

Felizmente, Jackie já foi adotada e ganhou um lar com uma tutora que prometeu lhe dar muito amor. A gravidez da cadelinha não chegou a ser confirmada pelo abrigo.

Fonte: Bored Panda / Facebook Santa Fe Animal Shelter & Humane Society