Castração – Pré-cirúrgico, dia da cirurgia e pós-operatório

Conheça um pouco mais sobre a castração - pré-cirúrgico, dia da cirurgia e pós-operatório

por Samantha Kelly — publicado 2 ago 2012 - 4:42

Saiba um pouco mais sobre a castração canina. Do pré-cirúrgico ao pós-operatório.

 

Avaliação pré-cirúrgica da castração

O seu veterinário pode recomendar uma avaliação antes de castrar seu pet. A avaliação pré-cirúrgica pode incluir um exame físico para garantir que o cachorro está bem o suficiente para fazer a cirurgia. Os exames checam uma série de doenças, como infecção, anemia, açúcar baixo, coagulação inadequada, doenças nos rins e fígado.

Se o seu cachorro já possui alguma doença, como uma doença no coração, o seu veterinário pode recomendar mais exames para determinar se há alguma precaução a mais ou se a cirurgia pode ser feita. A avaliação pode ser feita no dia da cirurgia, porém se não há urgência, alguns veterinários fazem os testes alguns dias antes.

 

Dia da cirurgia

Para reduzir o risco de vômito durante a cirurgia, geralmente é recomendado que o pet vá de estômago vazio antes de passar pela anestesia. Seu veterinário provavelmente pedirá que remova a comida e água na noite anterior. Se acontecer de o seu cachorro comer ou beber algo no dia da cirurgia, avise ao seu veterinário, já que o reagendamento da cirurgia pode ser recomendado. Se o seu pet precisa de insulina ou qualquer outro medicamento, pergunte ao veterinário o que fazer no dia da cirurgia. Você pode ser aconselhada a diminuir a dosagem ou segurá-la por um dia.

Antes da cirurgia começar, seu pet irá receber uma anestesia. Ela mantem seu cachorro parado, dormindo, e completamente sem dor durante a operação. Há muitos tipos de anestesia; seu veterinário vai escolher qual é a melhor para o seu cachorro. Alguns tipos são através de injeção e outros são em forma de gás. Durante a anestesia, um pequeno tubo de plástico é inserido no canal respiratório do paciente para auxiliá-lo a respirar. O tubo é conectado à máquina de gás de anestesia com  o intuito de dar um fluxo constante de gas anestésico e oxigênio. Durante esse tempo, o time veterinário poderá conectar equipamentos de monitoramento para acompanhar o ritmo cardíaco, respiração e o uso do oxigênio durante a anestesia.

Uma vez que o seu pet está dormindo, o local da cirurgia é raspado e limpo com uma solução germicida.  A área é então drapeada com material estéril que ajuda a manter a área limpa. O veterinário e assistente se preparam para a cirurgia lavando repetidamente as mãos com sabão germicida, e então colocando roupas estéreis, máscaras e luvas. Manter o ambiente estéril ajuda a prevenir contra infecções.

Para a castração de um cachorro, a incisão é feita alguns centímetros em cima do escrotro. Os testículos são localizados, então retirados através da incisão, e separados de suas estruturas arredores. Então, os vasos sanguíneos são fechados e checados em busca de algum sangramento. Por fim, o a incisão é suturada.

Em alguns cachorros, quando um dos testículos não desce para o escroto (mais raramente os dois), como deveriam em um desenvolvimento normal, o veterinário geralmente precisa fazer uma incisão diferente (as vezes no abdômen) para removê-lo.

Na castração da fêmea, uma incisão é feita no abdômen para retirar os ovário se o útero. Também é possível remover apenas os ovários, procedimento que pode acontecer com cadelas mais novas.

Independente do procedimento usado, todo esforço será feito para manter seu cachorro seguro e saudável. Quando a cirurgia acaba, a área cirúrgica é limpa, e o paciente pode acordar da anestesia. Nesse período, ele será monitorado em uma área de recuperação até que acorde completamente e esteja estável o suficiente para ir para casa. Um medicamento de dor adicional é dado. Alguns hospitais escolhem por manter o pet por mais um dia em observação por precaução.

 

Pós-operatório

Até a operação mais bem sucedida por ter complicações se o período do pós-operatório não é respeitado e lidado de forma inadequada.  Seu veterinário deverá lhe dar instruções para o cuidado nessa fase, porém aqui também temos algumas dicas:

Comida e água: Você pode estar tentado a dar ao seu pet uma refeição grande, mas não o faça! Quantidades menores são recomendados nos primeiros dias.

Pontos: Seu pet pode ter pontos fora da pele, porém alguns veterinários podem escolher deixar os pontos embaixo da pele ou usar cola cirúrgica. Alguns materiais para sutura dissolvem e não precisam de remoção, enquanto outros precisão ser removidos (de 7 a 14 dias). Mesmo que os pontos não estejam aparentes, cheque a incisão para inchaço, sangramento ou machucados e avise seu veterinário caso haja algum evento anormal.

Protegendo a incisão: Seu pet não deve ser permitido lamber ou morder a área da incisão. Isso pode abrir a incisão e causar uma séria infecção. O seu veterinário pode indicar que o cachorro use um colar Elizabethano (cone de plástico) ou uma batinha de pano que é fechada na área da incisão para evitar o contato.

Medicação: Não esqueça de dar a medicação seguindo as instruções do veterinário. Se o seu pet vomitar após receber a medicação, ligue para o seu veterinário.

Restrições de atividade: Correr, pular ou usar as escadas devem ser evitados o máximo possível por aproximadamente 7 a 10 dias depois da cirurgia de castração. Atividades em excesso podem causar dor, sangramento, inchaço e uma série de complicações. Mesmo se o seu pet parece estar completamente recuperado, siga as instruções do veterinário.

 

Fonte

 

 

Câmera de segurança flagra ladrões roubando cachorros para consumo no Vietnã

por Samantha Kelly — publicado 28 jun 2017 - 11:15

Uma câmera de segurança no Vietnã flagrou o momento chocante em que dois ladrões, utilizando armas com arpões elétricos, invadiram uma propriedade e mataram três cachorros.

Apesar do responsável tentar impedir o roubo, os homens se aproveitaram do fato de estarem armados e fugiram rapidamente com os animais, a essa altura já mortos, na moto.

 

 

O roubo de animais de estimação para a venda no mercado de carnes é muito comum no Vietnam e há diversos registros online desse crime bárbaro sendo repetido diversas vezes.

 » Read more about: Câmera de segurança flagra ladrões roubando cachorros para consumo no Vietnã  »

Cão da raça Mastiff Napolitano é considerado o mais feio do mundo

por Andrezza Oestreicher — publicado 28 jun 2017 - 9:13

14 cães participaram, na última sexta-feira, dia 23 de junho, de um concurso em que nem todos os tutores gostaram de ver seus lindinhos animais de estimação. O concurso em questão iria escolher o cachorro mais feio do mundo.

Em sua 29ª edição, o concurso, realizado Petaluma, na Califórnia, teve a fêmea Martha, da raça Mastiff Napolitano (Mastim Napolitano) como grande vencedora. E bota grande nisso, já que Martha é um animal enorme e que pesa cerca de 57 kg.

 » Read more about: Cão da raça Mastiff Napolitano é considerado o mais feio do mundo  »

Padre Fábio de Melo fala sobre seu cachorro Lucca em bate-papo com Pedro Bial

por Andrezza Oestreicher — publicado 27 jun 2017 - 18:32

Nós, amantes de cachorro, volta e meia nos pegamos falando de nossos cães como se fossem pessoas, seres humanos assim como nós. Muitas vezes, nossos cachorros são muito mais do que apenas animais de estimação. Eles são grandes amigos e companheiros que rapidamente se tornam um membro de nossas famílias.

Para o Padre Fábio de Melo parece que também é assim. Durante um bate-papo com o apresentador Pedro Bial, ele falou sobre seus três cachorros.

 » Read more about: Padre Fábio de Melo fala sobre seu cachorro Lucca em bate-papo com Pedro Bial  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Câmera de segurança flagra ladrões roubando cachorros para consumo no Vietnã

por Samantha Kelly — publicado 28 jun 2017 - 11:15

Uma câmera de segurança no Vietnã flagrou o momento chocante em que dois ladrões, utilizando armas com arpões elétricos, invadiram uma propriedade e mataram três cachorros.

Apesar do responsável tentar impedir o roubo, os homens se aproveitaram do fato de estarem armados e fugiram rapidamente com os animais, a essa altura já mortos, na moto.

 

 

O roubo de animais de estimação para a venda no mercado de carnes é muito comum no Vietnam e há diversos registros online desse crime bárbaro sendo repetido diversas vezes.

Cão da raça Mastiff Napolitano é considerado o mais feio do mundo

por Andrezza Oestreicher — publicado 28 jun 2017 - 9:13

14 cães participaram, na última sexta-feira, dia 23 de junho, de um concurso em que nem todos os tutores gostaram de ver seus lindinhos animais de estimação. O concurso em questão iria escolher o cachorro mais feio do mundo.

Em sua 29ª edição, o concurso, realizado Petaluma, na Califórnia, teve a fêmea Martha, da raça Mastiff Napolitano (Mastim Napolitano) como grande vencedora. E bota grande nisso, já que Martha é um animal enorme e que pesa cerca de 57 kg.

Cadela Martha ganhou o concurso de cachorro mais feio do mundo. (Foto: Reprodução / TMZ / Getty)

A cadela, que já era apontada como favorita pelo público para levar o troféu de primeiro lugar, foi resgatada por sua atual tutora, Shirley Zindler, quase cega. Shirley, então, ofereceu todos os cuidados necessários para Martha, que fez várias cirurgias e conseguiu voltar a enxergar.

Por conta das cirurgias, Martha, que tem o rosto já bastante enrugado, tem inúmeras cicatrizes nos olhos, o que pode ter ajudado no concurso. Assim como Martha outros cães que participaram do concurso já sofreram maus-tratos no passado e por isso apresentam algumas marcas e cicatrizes consideradas feias pelo corpo.

Porém, o que pode ser feio para os outros, é belo para os tutores dos animais, além de ser um sinal de superação e sobrevivência dos cachorros.

Além do troféu, a cadela recebeu um prêmio de US$ 1,5 mil. (Foto: Reprodução / TMZ / Getty)

Além do troféu de cachorro mais feio do mundo, a vencedora do concurso de 2017 Martha recebeu, junto com sua tutora, um prêmio de US$ 1,5 mil e muito espaço nas mídias e na imprensa mundial.

Em segundo lugar ficou um Griffon de Bruxelas de 16 anos chamado Moe, o cãozinho mais velho do concurso, e em terceiro lugar ficou um Cão de Crista Chinês chamado Chase.

Fonte: TMZ / O Globo