Castração – Pré-cirúrgico, dia da cirurgia e pós-operatório

Conheça um pouco mais sobre a castração - pré-cirúrgico, dia da cirurgia e pós-operatório

por Samantha Kelly — publicado 2 ago 2012 - 4:42

Saiba um pouco mais sobre a castração canina. Do pré-cirúrgico ao pós-operatório.

 

Avaliação pré-cirúrgica da castração

O seu veterinário pode recomendar uma avaliação antes de castrar seu pet. A avaliação pré-cirúrgica pode incluir um exame físico para garantir que o cachorro está bem o suficiente para fazer a cirurgia. Os exames checam uma série de doenças, como infecção, anemia, açúcar baixo, coagulação inadequada, doenças nos rins e fígado.

Se o seu cachorro já possui alguma doença, como uma doença no coração, o seu veterinário pode recomendar mais exames para determinar se há alguma precaução a mais ou se a cirurgia pode ser feita. A avaliação pode ser feita no dia da cirurgia, porém se não há urgência, alguns veterinários fazem os testes alguns dias antes.

 

Dia da cirurgia

Para reduzir o risco de vômito durante a cirurgia, geralmente é recomendado que o pet vá de estômago vazio antes de passar pela anestesia. Seu veterinário provavelmente pedirá que remova a comida e água na noite anterior. Se acontecer de o seu cachorro comer ou beber algo no dia da cirurgia, avise ao seu veterinário, já que o reagendamento da cirurgia pode ser recomendado. Se o seu pet precisa de insulina ou qualquer outro medicamento, pergunte ao veterinário o que fazer no dia da cirurgia. Você pode ser aconselhada a diminuir a dosagem ou segurá-la por um dia.

Antes da cirurgia começar, seu pet irá receber uma anestesia. Ela mantem seu cachorro parado, dormindo, e completamente sem dor durante a operação. Há muitos tipos de anestesia; seu veterinário vai escolher qual é a melhor para o seu cachorro. Alguns tipos são através de injeção e outros são em forma de gás. Durante a anestesia, um pequeno tubo de plástico é inserido no canal respiratório do paciente para auxiliá-lo a respirar. O tubo é conectado à máquina de gás de anestesia com  o intuito de dar um fluxo constante de gas anestésico e oxigênio. Durante esse tempo, o time veterinário poderá conectar equipamentos de monitoramento para acompanhar o ritmo cardíaco, respiração e o uso do oxigênio durante a anestesia.

Uma vez que o seu pet está dormindo, o local da cirurgia é raspado e limpo com uma solução germicida.  A área é então drapeada com material estéril que ajuda a manter a área limpa. O veterinário e assistente se preparam para a cirurgia lavando repetidamente as mãos com sabão germicida, e então colocando roupas estéreis, máscaras e luvas. Manter o ambiente estéril ajuda a prevenir contra infecções.

Para a castração de um cachorro, a incisão é feita alguns centímetros em cima do escrotro. Os testículos são localizados, então retirados através da incisão, e separados de suas estruturas arredores. Então, os vasos sanguíneos são fechados e checados em busca de algum sangramento. Por fim, o a incisão é suturada.

Em alguns cachorros, quando um dos testículos não desce para o escroto (mais raramente os dois), como deveriam em um desenvolvimento normal, o veterinário geralmente precisa fazer uma incisão diferente (as vezes no abdômen) para removê-lo.

Na castração da fêmea, uma incisão é feita no abdômen para retirar os ovário se o útero. Também é possível remover apenas os ovários, procedimento que pode acontecer com cadelas mais novas.

Independente do procedimento usado, todo esforço será feito para manter seu cachorro seguro e saudável. Quando a cirurgia acaba, a área cirúrgica é limpa, e o paciente pode acordar da anestesia. Nesse período, ele será monitorado em uma área de recuperação até que acorde completamente e esteja estável o suficiente para ir para casa. Um medicamento de dor adicional é dado. Alguns hospitais escolhem por manter o pet por mais um dia em observação por precaução.

 

Pós-operatório

Até a operação mais bem sucedida por ter complicações se o período do pós-operatório não é respeitado e lidado de forma inadequada.  Seu veterinário deverá lhe dar instruções para o cuidado nessa fase, porém aqui também temos algumas dicas:

Comida e água: Você pode estar tentado a dar ao seu pet uma refeição grande, mas não o faça! Quantidades menores são recomendados nos primeiros dias.

Pontos: Seu pet pode ter pontos fora da pele, porém alguns veterinários podem escolher deixar os pontos embaixo da pele ou usar cola cirúrgica. Alguns materiais para sutura dissolvem e não precisam de remoção, enquanto outros precisão ser removidos (de 7 a 14 dias). Mesmo que os pontos não estejam aparentes, cheque a incisão para inchaço, sangramento ou machucados e avise seu veterinário caso haja algum evento anormal.

Protegendo a incisão: Seu pet não deve ser permitido lamber ou morder a área da incisão. Isso pode abrir a incisão e causar uma séria infecção. O seu veterinário pode indicar que o cachorro use um colar Elizabethano (cone de plástico) ou uma batinha de pano que é fechada na área da incisão para evitar o contato.

Medicação: Não esqueça de dar a medicação seguindo as instruções do veterinário. Se o seu pet vomitar após receber a medicação, ligue para o seu veterinário.

Restrições de atividade: Correr, pular ou usar as escadas devem ser evitados o máximo possível por aproximadamente 7 a 10 dias depois da cirurgia de castração. Atividades em excesso podem causar dor, sangramento, inchaço e uma série de complicações. Mesmo se o seu pet parece estar completamente recuperado, siga as instruções do veterinário.

 

Fonte

 

 

Cães de terapia ajudam crianças com autismo em consultas odontológicas no Chile

por Andrezza Oestreicher — publicado 25 maio 2018 - 9:38

Se para muitas pessoas fazer uma visita ao dentista pode ser bem estressante, para quem tem necessidades especiais, como autismo, Síndrome de Down, entre outras, pode ser ainda mais complicado.

Pensando em ajudar pacientes crianças com necessidades especiais a lidar com a ansiedade e as dificuldades de comunicação que podem acontecer durante as consultas odontológicas, consultórios no Chile estão contando com o auxílio de cães de terapia.

 » Read more about: Cães de terapia ajudam crianças com autismo em consultas odontológicas no Chile  »

Policial ajuda cachorro de morador de rua na Flórida

por Andrezza Oestreicher — publicado 24 maio 2018 - 18:25

Os casos de maus-tratos e violência contra animais, infelizmente, ainda são muitos, mas quando ficamos sabendo de pessoas que fizeram o que estava ao seu alcance para ajudar um animal, nossos corações ficam cheios de amor e esperança e ficamos muito felizes em dividir casos assim com nossos leitores.

Na Flórida, Estados Unidos, um policial viu um homem sem-teto pedindo dinheiro para as pessoas que passavam próximo a ele e foi averiguar o que estava acontecendo.

 » Read more about: Policial ajuda cachorro de morador de rua na Flórida  »

Chris Hemsworth faz apresentação com música da cunhada em casa, mas é interrompido por cachorro

por Andrezza Oestreicher — publicado 24 maio 2018 - 17:41

Chris Hemsworth, conhecido por interpretar o deus da Mitologia Nórdica Thor nos filmes da Marvel, é ótimo ator e parece ser também um papai maravilhoso e divertido para seus filhos e cachorro.

Em um vídeo publicado por Chris em suas redes sociais, ele aparece fazendo a alegria de seus filhos e de outras crianças enquanto tenta fazer uma apresentação da música “Wrecking Ball”, de sua cunhada Miley Cyrus, que é noiva de seu irmão Liam Hemsworth.

 » Read more about: Chris Hemsworth faz apresentação com música da cunhada em casa, mas é interrompido por cachorro  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Cães de terapia ajudam crianças com autismo em consultas odontológicas no Chile

por Andrezza Oestreicher — publicado 25 maio 2018 - 9:38

Se para muitas pessoas fazer uma visita ao dentista pode ser bem estressante, para quem tem necessidades especiais, como autismo, Síndrome de Down, entre outras, pode ser ainda mais complicado.

Pensando em ajudar pacientes crianças com necessidades especiais a lidar com a ansiedade e as dificuldades de comunicação que podem acontecer durante as consultas odontológicas, consultórios no Chile estão contando com o auxílio de cães de terapia.

Zucca Relajada en su pega en el dentista @hospitalsoterodelrio

Posted by Junto a ti Perros de asistencia on Saturday, April 21, 2018

No começo, alguns dentistas ficaram não ficaram tão à vontade com a ideia, pois apesar de ótimas companhias, não é tão fácil pensar que cachorro combina com um lugar que precisa ser tão limpo quanto um consultório odontológico, ainda mais durante procedimentos delicados.

Porém, a outra opção que os dentistas tinham para tratar pacientes com necessidades especiais era a anestesia geral, que afeta todo o corpo, pode ser perigosa e não é indicado seu uso para qualquer procedimento, apenas quando for realmente necessário.

Os cães de terapia surgiram como uma ótima forma de ajudar crianças a receberem atendimento sem que elas precisem ser sedadas e nem receber mais medicamentos do que o essencial.

Conteniendo y acompañando en el dentista de la @uandes

Posted by Junto a ti Perros de asistencia on Friday, May 11, 2018

Dessa forma, cães de terapia que fazem parte de uma organização sem fins lucrativos chamada “Junto A Ti”, em Santiago, no Chile, e que trabalham para ajudar pessoas com autismo a se sentirem mais seguras e calmas durante consultas, estão auxiliando os pacientes também em suas visitas ao dentista.

De acordo com os dentistas que estão aceitando essa ajuda canina, os animais realmente estão deixando os pacientes bem mais tranquilos, de forma que eles permitem que sejam realizados diversos procedimentos, como exames de rotina e até cirurgias, sem a necessidade de medicamentos extras ou sedativos.

Posted by Junto a ti Perros de asistencia on Wednesday, April 11, 2018

Raul Valera, diretor da organização, está recebendo um retorno bastante positivo dos pais dos pacientes em relação à ajuda dos cães de terapia para as crianças. A mãe de um paciente contou que graças ao cachorro, seu filho conseguiu fazer uma cirurgia sem o uso de anestesia geral. “Ele deixou os dentistas trabalharem. Ele nem gritou”, disse Maria Fernanda Carreira mãe do paciente, que disse ainda que nunca tinha visto o filho tão relaxado.

Os cães de terapia conseguem trazer benefícios para diversos grupos de pessoas e de formas que nem imaginamos, aqui eles ajudam crianças com necessidades especiais a cuidarem de sua saúde bucal sem o uso de sedativos fortes e anestesias gerais.

Fonte: The Animal Rescue Site

Policial ajuda cachorro de morador de rua na Flórida

por Andrezza Oestreicher — publicado 24 maio 2018 - 18:25

Os casos de maus-tratos e violência contra animais, infelizmente, ainda são muitos, mas quando ficamos sabendo de pessoas que fizeram o que estava ao seu alcance para ajudar um animal, nossos corações ficam cheios de amor e esperança e ficamos muito felizes em dividir casos assim com nossos leitores.

Na Flórida, Estados Unidos, um policial viu um homem sem-teto pedindo dinheiro para as pessoas que passavam próximo a ele e foi averiguar o que estava acontecendo.

O homem pedia dinheiro dizendo que seu cachorro estava precisando de tratamento médico.

Ao invés de simplesmente mandar o homem parar de pedir dinheiro e ir para outro local ou até mesmo de prendê-lo, o policial, que se chama Bart Wester e é do Departamento de Polícia de Tampa, levou o cachorro do morador de rua ao Vets4Pets, um hospital veterinário que ajuda animais de estimação em programas de resgate.

We want to share the act of kindness made today by Master Police Officer Bart Wester* of the Tampa Police Department. A…

Posted by Vets4Pets Charitable Clinic on Thursday, May 17, 2018

Além de levar o animal até o hospital, o Vets4Pets informou, através de sua página no Facebook, que o policial também pagou a conta médica do cãozinho.

Vets4Pets afirmou ainda que essa atitude do policial Bart Wester não foi um ato isolado e que ele “faz coisas especiais como essa o tempo todo”.

O policial não respondeu pessoalmente, mas o seu departamento de polícia publicou uma mensagem no Facebook: “O policial Wester aprecia todas as palavras gentis e tem grande orgulho em proteger e servir todos os nossos habitantes – incluindo os de quatro patas”.

Parabéns, policial Bart Wester! Desejamos que a sua atitude toque o coração e inspire muitas outras pessoas a ajudar animais necessitados.

Fonte: Fox Nnews