Células-tronco em cães

Células-tronco dão uma nova chance para cachorros que antes seriam eutanasiados

por George Augusto — publicado 2 nov 2014 - 19:45

Hoje, na atualidade, existe um tema que deu uma nova esperança para muitos pacientes, que foi a descoberta das células-tronco. Ao contrário do que muitos pensam, essa realidade não é apenas na medicina humana. Esse avanço também é uma realidade presente na medicina veterinária. Para um melhor compreendimentodo por parte do tutor, as células-tronco, são células que têm uma melhor capacidade de se dividir, dando origem à novas células  semelhantes à progenitora, sendo capaz de regenerar tecidos danificados do animal.

Células tronco em cães. Foto: Reprodução

Células tronco em cães. Foto: Reprodução

Essas células são retiradas de animais saudáveis e introduzidas nos cães enfermos, normalmente sendo aplicadas no local onde há a lesão. Essa terapia não está ainda sendo feitas por todos os profissionais, existindo apenas alguns médicos veterinários utilizando essa técnica em grandes centros. Esse avanço na medicina fez com que animais diagnosticados como sem tratamento e indicados à eutanásia, pudessem ter uma esperança de voltar a ter uma qualidade de vida e um prolongamento de sua existência.

As principais doenças caninas, notadas pelos estudiosos, que, com o uso da terapia com as células-tronco, podem ter um bom resultado, fazendo com que o animal volte a ter  a função fisiológica normal e acabando com a sequela, são:

Aplasia da medula óssea:  É uma doença da medula óssea do organismo, a qual tem a função da fabricação de componentes sanguíneos ( como hemácias, leucócitos e plaquetas) . Sua origem pode ser de forma adquirida,  normalmente  causada por medicamentos.

Insuficiência renal crônica: É caracterizada pela perda do funcionamento normal do rim, fazendo com que o mesmo seja insuficiente. A função do rim é filtrar o sangue, removendo assim excesso de água e resíduos.

Osteoartrite: É uma doença que acomete as articulações, devido à degeneração da cartilagem, afetando também algumas estruturas ósseas. Essa doença acomete o animal, independentemente se for macho ou fêmea, e tem  maior predisposição em cães mais velhos.

Lesões na coluna vertebral:  Esse caso é bastante comum de ser encontrado em cães. Essa enfermidade normalmente acontece em casos de atropelamento, fazendo com que, na maioria dos casos, ocorra a paralisia dos membros posteriores.

Displasia Coxofemoral: Essa doença é bastante conhecida pelos tutores de cães de grande porte. Essa enfermidade é decorrente a uma anormalidade articular, devido a disparidade entre a massa muscular e o rápido crescimento ósseo, fazendo com que haja uma instabilidade na articulação coxofemoral.

Sequelas devido a Cinomose: Essa é um das principais causas, que fazem com que a cinomose seja uma doença tão temida. Quando a cinomose chega a um grau mais avançado, é afetado o sistema nervoso do animal, fazendo com que o mesmo apresente espasmos e tremores, não havendo como reverter o caso.

As células-tronco vêm ganhando campo nas medicinas, dando uma nova esperança a seus pacientes. Num futuro muito perto, o tratamento com elas vai ser mais presente. Na atualidade, apenas grandes centros fazem esse tipo de terapia. Animais que antes eram eutanasiados, devido a sequelas graves, hoje podem fazer uso de  um tratamento bem menos invasivo que os de drogas farmacêuticas. Para eles hoje existe uma nova chance de levar uma vida de qualidade.

 

Por: George Augusto von Schmalz Portella de Macedo

Ocupação: Acadêmico de Medicina Veterinária

Contato: george_medvet@hotmail.com

Tata Werneck adota cãozinho deficiente da Ampara Animal

por Samantha Kelly — publicado 23 ago 2017 - 8:41

A musa do humor brasileiro mais uma vez deixou claro que o seu talento é proporcional ao seu coração.

Já mãe de 14 pets, ela abriu as portas de sua casa novamente, agora para um cachorro especial que foi regatado através do incrível trabalho que a Ampara Animal realiza.

Meu novo filho! Doida pra chegar e te dar todo amor que vc não recebeu! Pra cuidar de todas as feridas que pessoas maldosas fizeram com vc!

 » Read more about: Tata Werneck adota cãozinho deficiente da Ampara Animal  »

Adolescentes gravam símbolo da suástica na cabeça de um Chihuahua e assustam família

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 ago 2017 - 18:23

No Arizona, Estados Unidos, um cãozinho com um símbolo da suástica pintado na cabeça deixou uma família bastante aterrorizada.

Uma mulher ficou chocada quando o animal, que é de um vizinho, apareceu na porta de sua casa. O medo que ela sentiu é fácil de explicar.

A suástica é como uma marca da raça ariana e foi muito utilizada pela Alemanha Nazista, período em que os alemães acreditavam que sua raça era a pura e havia muito preconceito com outros povos.

 » Read more about: Adolescentes gravam símbolo da suástica na cabeça de um Chihuahua e assustam família  »

Empresa customiza drone para passear com seu cachorro

por Samantha Kelly — publicado 22 ago 2017 - 10:49

A empresa britânica DronesDirect.co.uk está personalizando o drone Phantom 4 para possibilitar que a máquina passei com seu cachorro.

Pelo precinho nada camarada de £2 mil (aproximadamente R$8 mil), o Dog Drone tem uma coleira retráctil e um dispositivo contra colisão que o impediria de bater em obstáculos no caminho.

Para o tutor restaria apenas fazer o download da rota e teoricamente sentar e relaxar enquanto o drone faz todo o trabalho.

 » Read more about: Empresa customiza drone para passear com seu cachorro  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Tata Werneck adota cãozinho deficiente da Ampara Animal

por Samantha Kelly — publicado 23 ago 2017 - 8:41

A musa do humor brasileiro mais uma vez deixou claro que o seu talento é proporcional ao seu coração.

Já mãe de 14 pets, ela abriu as portas de sua casa novamente, agora para um cachorro especial que foi regatado através do incrível trabalho que a Ampara Animal realiza.

Meu novo filho! Doida pra chegar e te dar todo amor que vc não recebeu! Pra cuidar de todas as feridas que pessoas maldosas fizeram com vc! E juntos seremos mto felizes! E obrigada @amparanimal ! Por todo cuidado que tem com os bichos que (não consigo entender) algumas pessoas não têm capacidade de ter!

Foto: Reprodução/Instagram

Nino já aparece muito confortável e se familiarizando com sua nova moradia em vídeos postados nas redes por Tata e seu companheiro Rafael Vitti.

O fato dele não ter uma perna não muda em nada sua disposição e capacidade de amar e só prova que todos merecem uma segunda chance.

Nino tá feliz 😁 @amparanimal @tatawerneck

A post shared by Rafael Vitti (@rafaavitti) on

Deitei no tapete mesmo esperando mamãe chegar 😍❤️

A post shared by Tata Werneck (@tatawerneck) on

Adolescentes gravam símbolo da suástica na cabeça de um Chihuahua e assustam família

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 ago 2017 - 18:23

No Arizona, Estados Unidos, um cãozinho com um símbolo da suástica pintado na cabeça deixou uma família bastante aterrorizada.

Uma mulher ficou chocada quando o animal, que é de um vizinho, apareceu na porta de sua casa. O medo que ela sentiu é fácil de explicar.

A suástica é como uma marca da raça ariana e foi muito utilizada pela Alemanha Nazista, período em que os alemães acreditavam que sua raça era a pura e havia muito preconceito com outros povos.

Por ter origem hispânica e ter três filhos adotivos que também possuem diferentes origens, a mulher, que preferiu não se identificar, ficou bastante apreensiva ao ver aquele símbolo tão próximo.

Adolescentes pintaram o símbolo na cabeça do cão com esmalte e disseram que tudo não passou de uma “piada”. (Foto: Reprodução / Kare 11 / KPNX)

Oficiais do Departamento de Polícia de Glendale foram chamados e conseguiram descobrir rapidamente quem tinha feito aquilo com o cachorro. Preocupados de que o cão estivesse sofrendo negligências, eles foram até a casa onde o animal vive.

Na residência, os oficiais foram informados de que o caso não passou de uma “pegadinha”, uma “brincadeira de adolescentes”.

Dois adolescentes, um filipino e um negro (que também sofreriam preconceito dos Nazistas por não se enquadrarem no perfil da “raça ariana” alemã), admitiram que pintaram a suástica na cabeça do cachorro com esmalte vermelho como uma piada.

“Eles começaram pintando as unhas do cachorro, depois as orelhas e, finalmente, a suástica. Foram apenas algumas crianças fazendo algo como uma brincadeira cruel”, disse a porta-voz do Departamento de Polícia de Glendale, Tiffany Smith ao HuffPost.

De acordo com a polícia, os adolescentes disseram que iriam remover a pintura feita no cachorro.

Fonte: HuffPost