Coronavirose em cães

Coronavirose ou Gatrointerite Contagiosa Canina ganhou esse nome devido a forma em que o vírus se apresenta na célula, assemelhando-se com uma coroa

por George Augusto — publicado 28 fev 2014 - 22:44

A Coronavirose ou Gatrointerite Contagiosa Canina, foi nomeada assim, devido a forma em que o vírus se apresenta na célula, assemelhando-se com uma coroa. Essa enfermidade acomete animais independente do sexo, raça e idade, e até mesmo animais de outra espécies, como: felinos, bovinos, aves, dentre vários outros animais. A doença é extremamente contagiosa, afetando o trato intestinal dos animais e levando a grande maioria à óbito.

A incubação da doença é extremamente rápida, sendo em média de 1 a 3 dias. Alguns animais demoram a serem sintomáticos (aparecimento dos sintomas da doença), porém já disseminam a doença para outros animais. Ela é bastante confundida com a parvovirose canina (mais sobre parvovirose aqui), por apresentar sinais clínicos semelhantes.

 

Coronavirose em cães. Foto: Repodução

Coronavirose em cães. Foto: Repodução

 

Transmissão da Coronavirose

A transmissão da doença ocorre principalmente através do contato de um animal sadio com as fezes contaminada de um outro animal. Essa transmissão pode ocorrer através de alimentos, brinquedos, ambientes que foram contaminados anteriormente com as fezes que continham a doença. Nesse caso, até mesmo no ato de se lamber o animal pode ser contagiado, caso seu pelo tenha entrado em contato com as fezes.

 

Sinais clínicos da coronavirose

Os sinais clínicos da coronavirose canina, como dito anteriormente, podem ser facilmente confundido com a parvovirose canina. O diagnóstico só pode ser fechado com o exame laboratorial, indicando a presença ou não do vírus no animal.

Os principais sinais clínicos, são:

– Vômitos;

– Diarréia em forma de jato, com cor alaranjada sem mal odor;

– Anorexia (perda do apetite);

– Febre;

– Lacrimejamento;

– Desidratação;

– Anemia;

– Cólicas;

Depressão.

Como qualquer doença, os animais podem ter variações na sintomatologia.

 

Diagnóstico da Coronavirose

O diagnóstico deve ser feito por um profissional médico veterinário, onde o mesmo irá avaliar seu sintomas e quadro clinico. Muitos profissionais utilizam testes laboratoriais para ficar ciente do vírus que o animal possui e assim o diagnóstico poderá ser mais preciso. Também pode ser solicitado um hemograma, para a verificação das células do sangue.

 

Tratamento da Coronavirose

Atualmente não existe tratamento específico para o vírus da gastrointerite contagiosa canina. Os médicos veterinários utilizam terapia de apoio para combater a sintomatologia que o animal está apresentando no momento. Os fármacos que o profissional administra são para cessar e impedir que o animal desidrate e piore o quadro. Não medique seu animal sem um médico veterinário, pois um remédio errado pode ser fatal.

 

Prevenção 

A melhor prevenção da coronavirose canina é a vacinação preventiva anual do seu animal. O cão deve ser imunizado da doença a partir dos seus 45 dias de vida. A vacinação atualmente, imuniza o animal de mais de 10 vírus em uma única vacinação. Caso o animal não esteja vacinado e apresentar qualquer sintoma anormal, é recomendado que retire o animal do contato com os outros. Como já citado, a gatrointerite contagiosa canina é facilmente disseminada por um único animal. É sempre necessário que o animal seja examinado anualmente por um médico veterinário.

Não se deve tomar decisões precipitadas e nem descaso em relação ao sintoma que o animal está apresentando, acione um profissional para avaliar o caso. Uma doença diagnosticada no começo, pode evitar uma disseminação maior para outros animais e também aumenta de forma significante a probabilidade de um tratamento bem sucedido.

 

Por: George Augusto von Schmalz Portella de Macedo

Ocupação: Acadêmico de Medicina Veterinária

Contato: [email protected]

Câmeras flagram momento em que cadela é abandonada por tutor, mas história tem final feliz

por Andrezza Oestreicher — publicado 23 set 2017 - 9:27

A cidade de Dallas, no Texas, Estados Unidos, sofre com o grave problema de abandono de animais. Os abrigos locais fazem tudo o que podem. Resgatam, cuidam e encontram lares para os bichinhos, mas o abandono continua.

Pensando em minimizar ao máximo isso, autoridades locais colocaram câmeras de segurança em um ponto da cidade conhecido por ser um local onde muitos animais são abandonados. E parece que essa ajuda já está trazendo efeitos.

O primeiro caso flagrado pelas câmeras,

 » Read more about: Câmeras flagram momento em que cadela é abandonada por tutor, mas história tem final feliz  »

Atleta do UFC Cláudia Gadelha tem ajuda de cachorrinho em nova fase de vida e carreira

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 set 2017 - 9:28

Mudanças nem sempre são fáceis, principalmente quando elas são grandes e quando precisamos passar por elas sozinhas. Como é o caso da mudança do Brasil para os Estados Unidos que a atleta do UFC Cláudia Gadelha passou há pouco tempo.

Além de precisar passar por tudo isso sem nenhum membro de sua família ao seu lado, a lutadora também está com treinadores novos.

Seja bem vindo, bebe!! Welcome to my baby!! #teamclaudia #TeamCG #thisisfancy #myfancydog

 » Read more about: Atleta do UFC Cláudia Gadelha tem ajuda de cachorrinho em nova fase de vida e carreira  »

Após forte terremoto que deixou muitos mortos, México comemora resgate de cachorro

por Andrezza Oestreicher — publicado 21 set 2017 - 18:23

Infelizmente, novos desastres naturais aconteceram e trouxeram muita dor e transtornos. Dessa vez, um forte terremoto de magnitude de 7.1abalou o México no dia 19 de agosto, última terça-feira.

Essa magnitude de terremoto é muito forte e os danos que ela pode causar são incontáveis. Muitas pessoas perderam suas casas e muitas pessoas morreram. De terça-feira para cá as buscas por pessoas com vida em meio aos escombros não param. Não só por pessoas,

 » Read more about: Após forte terremoto que deixou muitos mortos, México comemora resgate de cachorro  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Câmeras flagram momento em que cadela é abandonada por tutor, mas história tem final feliz

por Andrezza Oestreicher — publicado 23 set 2017 - 9:27

A cidade de Dallas, no Texas, Estados Unidos, sofre com o grave problema de abandono de animais. Os abrigos locais fazem tudo o que podem. Resgatam, cuidam e encontram lares para os bichinhos, mas o abandono continua.

Pensando em minimizar ao máximo isso, autoridades locais colocaram câmeras de segurança em um ponto da cidade conhecido por ser um local onde muitos animais são abandonados. E parece que essa ajuda já está trazendo efeitos.

Momento em que o homem abandonou a cadelinha foi flagrado por câmeras de segurança. (Foto: Reprodução / Vídeo / Life With Dogs)

O primeiro caso flagrado pelas câmeras, no início de agosto, foi o de uma cadelinha que foi levada de carro até o local e abandonada por um senhor. Enquanto a cadelinha foi resgatada e recebeu todos os cuidados que precisava, o homem foi identificado depois que entidade de proteção animal SPCA do Texas compartilhou o vídeo na sua página do Facebook.

O homem, que de acordo com o SPCA se chama Gorge Spears, se entregou na polícia depois que um mandado de prisão foi emitido em seu nome. Ainda segundo informações, acusações criminais de crueldade serão peticionadas.

Felizmente, a cadelinha, que foi elogiada por todos, foi adotada rapidamente e já está muito bem e feliz em seu novo lar.

A cadelinha foi adotada rapidamente por um casal que está encantado por ela e lhe dando muito amor. (Foto: Reprodução / Facebook SPCA of Texas)

Segundo uma publicação feita pela DPCA do Texas, a cadela, que recebeu o nome de K.D. está indo extremamente bem em sua nova casa, onde todos se encantaram com toda a sua doçura. “KD trouxe tanto amor para minha casa… Ela é extremamente calma e só quer amar a todos que conhece”, disseram os novos tutores da cadelinha.

Fonte: Life With Dogs

Atleta do UFC Cláudia Gadelha tem ajuda de cachorrinho em nova fase de vida e carreira

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 set 2017 - 9:28

Mudanças nem sempre são fáceis, principalmente quando elas são grandes e quando precisamos passar por elas sozinhas. Como é o caso da mudança do Brasil para os Estados Unidos que a atleta do UFC Cláudia Gadelha passou há pouco tempo.

Além de precisar passar por tudo isso sem nenhum membro de sua família ao seu lado, a lutadora também está com treinadores novos.

Seja bem vindo, bebe!! Welcome to my baby!! #teamclaudia #TeamCG #thisisfancy #myfancydog

A post shared by CG (@claudiagadelhaufc) on

Para ajudar nesse período de adaptação após a mudança, que aconteceu bem perto de sua próxima grande luta no UFC Japão, realizada hoje na cidade de Saitama, a atleta decidiu levar um cachorrinho para a sua nova casa.

O cachorro Pablo, um pequeno filhote que logo se tornou um membro de sua família, entrou na vida de Gadelha em junho deste ano e está tornando a vida e a adaptação da atleta em Albuquerque, cidade localizada no estado americano do Novo México e onde a lutadora está morando, muito melhor e mais tranquila.

Meio de semana corrido por aqui, mas o sorriso está sempre estampado no nosso rosto. Obrigada Senhor por permitir com que eu trabalhe com o que amo. As artes marciais definem caráter e aproxima o adolescente rebelde da família. Estimule a pratica do esporte! Salve uma vida. Seja grato. Que Deus abençoe a quarta feira de vocês!! Half of the week for me, a lot work to do still but we are always smiling. Thank you Lord for letting me do what I love as a job. Martial arts is a beautiful thing, builds character and makes families stick together even more. We gotta stimulate the practice of sport!! Save a life. Be thankful. Have a great Wednesday everyone!! #teamclaudia #teamCG #mma #ufc #ufcjapao #ufcjapan #elevationtraining #newmexico #bullterrierlovers

A post shared by CG (@claudiagadelhaufc) on

“Estou sozinha aqui nos Estados Unidos e não tenho nenhum membro da minha família por perto, apenas meus treinadores, que são novos na minha vida. Então, o Pablo vem me ajudando bastante”, contou Cláudia Gadelha para o site UOL Esporte.

A atleta Cláudia Gadelha vai protagonizar, junto com a também brasileira Jéssica Bate-Estaca, a segunda luta mais importante do UFC Japão. Com certeza, Gadelha terá um novo e especial torcedor a seu favor, o pequeno Pablo.

Fonte: UOL Esporte