Como dar remédio para seu cachorro (líquido e comprimido)

A maioria dos médicos veterinários utiliza dois principais tipos de remédios via oral, o comprimido e o medicamento suspensão (líquido)

por George Augusto — publicado 27 dez 2014 - 0:16

A maioria dos cães que voltam de uma consulta com um médico veterinário, recebem uma lista de medicamentos que o cão deve tomar. Na maioria dos casos, há uma grande dificuldade, e receio por parte dos tutores, na hora de administrar o medicamento prescrito pelo profissional. Existem também muitos casos em que o tutor tem medo que o animal reaja agressivamente e, assim,  administra de maneira totalmente errada, fazendo com que o animal cuspa todo o medicamento, atrapalhando o tratamento. Alguns médicos veterinários clínicos não explicam o modo correto de administrar as drogas que ele prescreveu no receituário, dificultando a vida do tutor.

A maioria dos médicos veterinários, clínicos de pequenos animais, utilizam dois principais tipos de remédios via oral, o comprimido e o medicamento suspensão (líquido). Para um entendimento melhor dos leitores, segue uma breve diferenciação das duas apresentações do medicamento, lembrando que o principio ativo de ambos é o mesmo.

O medicamento em comprimido, na maioria das vezes, é receitado a cães que já atingiram a idade adulta, ou seja, já conseguem engolir um medicamento através do alimento ou mesmo posto na boca pelo tutor ou pelo profissional médico veterinário. O comprimido normalmente vem em uma espécie de cartela, ou também conhecido como Blister. Esse medicamento é o que mais dá trabalho ao tutor, pois a administração dele pode ser bem complicada, já que em muitos casos, os cães não aceitam bem.

Atualmente, já existe no mercado um equipamento que ajuda na administração do comprimido, introduzindo-o com facilidade na boca do animal e, desta forma, evitando desgaste e risco para o tutor.

 

Foto: Reprodução/Youtube

Foto: Reprodução/Youtube

 

O medicamento em suspensão, ou também conhecimento como remédio líquido, é bem mais fácil de administrar, comparado ao comprimido. É em grande escala prescrito para cães filhotes, pois a deglutição é bem mais suave e tranqüila. O medicamento em suspensão vem em um vidro, e normalmente junto, vem uma seringa dosadora. Por mais que o remédio liquido seja mais fácil de dar, é importante que também seja feito corretamente, pois na tentativa de administrar, pode fazer com que o animal cuspa e altere o resultado do tratamento. Essa maneira de administrar o remédio, também oferece o risco de o medicamento ser aspirado para os pulmões – ao invés de ir para o estômago – provocando um pneumonia por aspiração.

Existem inúmeras técnicas na hora de administrar os remédios que o animal de estimação precisa, porém as mais comuns ensinadas pelos profissionais, são:

Comprimido: Primeiramente, espere seu animal ficar calmo sem muita agitação. Se possível alise sua cabeça e seu corpo lentamente. Em seguida, uma de suas mãos vai em cima do focinho do animal, com os dedos levantando os lábios e os dentes juntos, na tentativa de abrir a boca. Com o comprimido na outra mão, segurando com o dedo polegar e o indicador, abra com o dedo do meio a boca do animal, pelos dentes da frente debaixo (dentes incisivos inferiores). Em seguida jogue o medicamento dentro da boca o mais dentro que conseguir, posteriormente fechando o focinho com as duas mãos e faça com que o cão olhe pra cima. Existem profissionais que indicam ainda soprar de longe o nariz do animal, para facilitar que ele engula.

 

Foto: Reprodução/MyVetOnline

Foto: Reprodução/MyVetOnline

 

Existe um modo mais simples de ofertar comprimido. Um é misturado na ração ou por dentro de um pedaço de carne, porém existem cães que não comem carne, e no caso das rações, no dia de inapetência, pode não comer a ração e atrapalhar o tratamento.

Líquido: Na medicação liquida é bem mais simples, porém necessita de alguns cuidados extras. Depois que  colocar a medicação na seringa dosadora, colocá-la no canto da boca do animal e administrar lentamente, pausando de vez em quando. Muitos tutores, na esperança de não deixar o animal cuspir, apertam com muita força e rapidez o êmbolo da seringa. Isso é uma prática errada, pois engasga o animal e desperdiça o remédio. Administre lentamente. Caso o animal se estresse ou se movimente, retire a seringa do canto da boca, e repita, até que todo o medicamento seja administrado.

 

Foto: Reprodução/MyVetOnline

Foto: Reprodução/MyVetOnline

 

É importante que o medicamento seja posto na quantidade recomendada pelo médico veterinário. De forma alguma faça alterações nas dosagens, como diminuir ou aumentar. Saiba que um remédio dado de forma incorreta pode virar um veneno ao animal, levando-o à óbito.

 

Por: George Augusto von Schmalz Portella de Macedo

Ocupação: Acadêmico de Medicina Veterinária

Contato: [email protected]

Tosadora abre sua loja na madrugada para ajudar um cachorro encontrado em péssimas condições

por Andrezza Oestreicher — publicado 21 out 2017 - 18:33

Cachorros abandonados podem chegar a um estado terrível por conta da falta de cuidados. Isso fica ainda pior no caso dos animais peludos, pois os pelos vão crescendo, se emaranhando, e isso pode trazer graves consequências para os cães.

Na Flórida, nos Estados Unidos, um casal passeando de carro viu um cachorrinho na rua. Ao chegar mais de perto eles puderam perceber que o animal não estava perdido. Pela situação de negligência que o cão estava,

 » Read more about: Tosadora abre sua loja na madrugada para ajudar um cachorro encontrado em péssimas condições  »

Cachorro faz xixi em homem na rua e acaba ganhando um lar

por Andrezza Oestreicher — publicado 21 out 2017 - 9:38

Este mês, um vídeo bastante engraçado com um cachorro fez muito sucesso nas redes sociais. As cenas mostram um homem sentado no chão tranquilamente mexendo no celular, até que um cachorro chega, cheira o homem e faz xixi nas costas dele. Ao sentir o xixi, o homem toma um susto e se levanta rapidamente pegando na blusa e dá um chute no ar, em direção ao cachorro.

Algumas pessoas criticaram bastante o homem, que se chama Heinze Sánchez e tem 27 anos,

 » Read more about: Cachorro faz xixi em homem na rua e acaba ganhando um lar  »

Cães encontrados em uma situação terrível juntos esperam ser adotados por uma mesma família

por Andrezza Oestreicher — publicado 20 out 2017 - 9:36

Os cachorros Jefe e Jericho foram encontrados juntos em uma situação de negligência terrível. Desde o primeiro momento, os membros da equipe da Arizona Humane Society, organização de proteção animal que resgatou a dupla, perceberam que os cães, apesar de diferentes, eram grandes amigos e companheiros.

Os dois cachorros, um Chihuahua de 2 anos chamado Jefe bem extrovertido e um belíssimo Pastor Alemão de três anos de idade chamado Jericho, estavam no quintal de uma casa nos Estados Unidos,

 » Read more about: Cães encontrados em uma situação terrível juntos esperam ser adotados por uma mesma família  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Tosadora abre sua loja na madrugada para ajudar um cachorro encontrado em péssimas condições

por Andrezza Oestreicher — publicado 21 out 2017 - 18:33

Cachorros abandonados podem chegar a um estado terrível por conta da falta de cuidados. Isso fica ainda pior no caso dos animais peludos, pois os pelos vão crescendo, se emaranhando, e isso pode trazer graves consequências para os cães.

Na Flórida, nos Estados Unidos, um casal passeando de carro viu um cachorrinho na rua. Ao chegar mais de perto eles puderam perceber que o animal não estava perdido. Pela situação de negligência que o cão estava, ele havia sido abandonado e não recebia cuidados há algum tempo.

O animal foi encontrado em uma situação de total abandono. (Foto: Reprodução / Bored Panda / Facebook BGE Grooming)

Seus pelos estavam enormes e tão cheios de nós que o cão quase não conseguia andar.

O casal, que não podia ficar com o cão durante a noite, fez um apelo nas redes sociais pedindo socorro para que alguém ajudasse o cachorro. Foi aí que apareceu Kari Falla, que é tosadora de cachorro.

Kari percebeu que o cão em questão precisava urgentemente de cuidados e então abriu seu “salão” meia-noite para dar o tratamento que o pobre cachorro tanto precisava.

Cão tomou banho e recebeu uma bela tosa nos pelos. (Foto: Reprodução / Bored Panda / Facebook BGE Grooming)

“Eu sabia que era ruim, mas nada me preparava para o que vi”, disse Kari, que trabalhou incansavelmente até 3 horas da manhã para deixar o cãozinho limpo e livre daquele peso de pelos que ele estava carregando.

Após dar banho e tosar o cachorro, Kari o levou ao veterinário. O cão, que agora se chama Lucky, foi encontrado cego e surdo, mas agora está se recuperando em um lar temporário. Quando estiver 100% pronto, o animal será colocado para adoção.

Após se livrar do peso de pelos que carregava, o cão também recebeu cuidados médicos. (Foto: Reprodução / Bored Panda / Facebook BGE Grooming)

Fonte: Bored Panda

Cachorro faz xixi em homem na rua e acaba ganhando um lar

por Andrezza Oestreicher — publicado 21 out 2017 - 9:38

Este mês, um vídeo bastante engraçado com um cachorro fez muito sucesso nas redes sociais. As cenas mostram um homem sentado no chão tranquilamente mexendo no celular, até que um cachorro chega, cheira o homem e faz xixi nas costas dele. Ao sentir o xixi, o homem toma um susto e se levanta rapidamente pegando na blusa e dá um chute no ar, em direção ao cachorro.

Algumas pessoas criticaram bastante o homem, que se chama Heinze Sánchez e tem 27 anos, pela tentativa de agressão após o xixi. Porém, além de não ter agredido o cão, o homem acabou adotando o cachorro que fez xixi nele.

O cachorro foi até o homem discretamente e fez xixi nas costas dele. (Foto: Reprodução / Vídeo / Extra)

“Eu estava mexendo no celular. Ia responder uma mensagem e estava concentrado sentado no chão. Nem o vi chegar. Ele se aproximou devagar e eu só senti aquele negócio quente e tomei um susto. Quando olhei, vi que ele tinha feito xixi. Fiquei indignado com aquilo”, contou o homem.

“Muita gente me criticou por ter chutado ele. Mas não pegou não. Eu retraí a perna na hora. Foi uma reação do momento e não tive a intenção de machucá-lo. Ainda chegou outro cachorrinho perto e eu falei ‘viu o que o teu amigo fez comigo?’”, explicou Heinze.

Apesar de não ter agredido o cão de fato, o homem ficou com peso na consciência por ter brigado com o animal. Então, ele decidiu ir atrás do cachorro na rua onde tudo tinha acontecido.

O cãozinho agora tem um lar e um papai humano que está lhe dado muito carinho. (Foto: Reprodução / Facebook Heinze Sánchez)

“Quando o encontrei, chamei e ele veio abanando o rabo. Estava começando a chover. Fiquei brincando um tempo com ele e depois resolvi levá-lo para casa. Ele se aproximou de mim. É muito dócil, fica grudado, chora quando saio de casa. Faz algumas bagunças na casa do vizinho, mas é um bom cachorro”, contou Heinze agora bem feliz.

O homem escolheu um nome bem especial para o seu cãozinho, Enzo. “Dei esse nome porque sempre falava que quando eu tivesse um filho, se chamaria Enzo. Agora está comigo, alimentado e limpinho”, contou o novo tutor, que já publicou muitas fotos do novo membro da família nas suas redes sociais.

Fonte: Extra