Dermatofitose Canina

A Dermatofitose é uma moléstia de origem fúngica que merece uma atenção maior do que outras, por se tratar de uma zoonose

por George Augusto — publicado 4 jun 2014 - 6:51

É bastante comum ouvirmos falar em cães com problemas de pele. Na rotina de uma clínica veterinária, é comum os tutores reclamarem sobre afecções de pele no seu pet, afinal elas são caracterizadas uma das doenças que mais afetam cães de todo o mundo. A Dermatofitose é uma moléstia de origem fúngica que merece uma atenção maior do que outras, por se tratar de uma zoonose (doença transmitida do animal para o ser humano).  Nem toda afecção cutânea de origem fúngica é uma dermatofitose. Existem três gêneros relacionados e causadores da dermatofitose, que são: Microsporum, Trichophyton e Epidermophyton.

Na maioria das vezes, a principal transmissão da dermatofitose em cães é o contato direto de um cão infectado com o cão sadio. A causa mais comum que faz com que o animal apresente a doença fúngica, é a queda na imunidade no animal. Normalmente, o corpo de um animal totalmente saudável, faz o combate dos fungos não permitindo que o mesmo se instale no animal.

 

Sintomatologia Dermatofitose Canina

A sintomatologia encontrada em cães que apresentam a dermatofitose são bem clássicas, sendo fácil a visualização. Os principais sinais clínicos, são: Alopecia (perda de pelo) em formato de círculo; Coceira intensa; Pele eritematosa (avermelhada); Elevações na pele com presença de crosta. Normalmente, as áreas mais afetadas são as extremidades, como: Cabeça, orelhas, patas, e cauda, podendo afetar outras áreas do corpo.

 

Diagnóstico de Dermatofitose Canina

O diagnóstico correto é indispensável quando se trata de doença de pele. As afecções cutâneas são bastante semelhantes, havendo muitas vezes, o diagnóstico errado por parte do médico veterinário. É de suma importância que o tutor exija na clínica veterinária um raspado de pele para exame, pois a partir daí, é descoberto o verdadeiro causador da doença.

Existem outros equipamentos que auxiliam no fechamento do diagnóstico, sendo bastante utilizados pelos profissionais. Além de todos os exames citados, é importante também o exame clínico que o profissional irá fazer no animal.

 

Tratamento de Dermatofitose Canina

O tratamento para a dermatofitose consiste unicamente em uma terapia medicamentosa escolhida pelo médico veterinário de sua confiança. É importante ressaltar, que doenças de origem fúngica têm um tratamento mais duradouro que as outras doenças de pele. Jamais se consulte com balconista de pet shop e não medique o animal por conta própria. Os medicamentos usados topicamente, também intoxicam e podem matar o animal, se for feito de modo errado.

 

Prevenção de Dermatofitose Canina

O melhor modo para prevenir a dermatofitose é não permitir que o animal entre em contato com um animal do qual não se sabe a procedência.

A higienização e a secagem do pelo do animal, é um dos pontos fundamentais para o controle desses fungos. Em caso de tutores que criam mais de um animal mantendo contato direto entre si, percebendo a sintomatologia semelhante a dermatofitose, é indicado que o animal seja separado e, em seguida, deve-se acionar imediatamente um médico veterinário para examinar ambos os cães, já que a doença se dissemina rapidamente. Leve seu animal rotineiramente a um profissional, pois quanto mais cedo se diagnostica a doença, o tratamento se torna bem mais favorável e com mais sucesso.

 

Dermatofitose Canina. Foto: Reprodução

Dermatofitose Canina. Foto: Reprodução

 

Por: George Augusto von Schmalz Portella de Macedo

Ocupação: Acadêmico de Medicina Veterinária

Contato: [email protected]

Tosadora abre sua loja na madrugada para ajudar um cachorro encontrado em péssimas condições

por Andrezza Oestreicher — publicado 21 out 2017 - 18:33

Cachorros abandonados podem chegar a um estado terrível por conta da falta de cuidados. Isso fica ainda pior no caso dos animais peludos, pois os pelos vão crescendo, se emaranhando, e isso pode trazer graves consequências para os cães.

Na Flórida, nos Estados Unidos, um casal passeando de carro viu um cachorrinho na rua. Ao chegar mais de perto eles puderam perceber que o animal não estava perdido. Pela situação de negligência que o cão estava,

 » Read more about: Tosadora abre sua loja na madrugada para ajudar um cachorro encontrado em péssimas condições  »

Cachorro faz xixi em homem na rua e acaba ganhando um lar

por Andrezza Oestreicher — publicado 21 out 2017 - 9:38

Este mês, um vídeo bastante engraçado com um cachorro fez muito sucesso nas redes sociais. As cenas mostram um homem sentado no chão tranquilamente mexendo no celular, até que um cachorro chega, cheira o homem e faz xixi nas costas dele. Ao sentir o xixi, o homem toma um susto e se levanta rapidamente pegando na blusa e dá um chute no ar, em direção ao cachorro.

Algumas pessoas criticaram bastante o homem, que se chama Heinze Sánchez e tem 27 anos,

 » Read more about: Cachorro faz xixi em homem na rua e acaba ganhando um lar  »

Cães encontrados em uma situação terrível juntos esperam ser adotados por uma mesma família

por Andrezza Oestreicher — publicado 20 out 2017 - 9:36

Os cachorros Jefe e Jericho foram encontrados juntos em uma situação de negligência terrível. Desde o primeiro momento, os membros da equipe da Arizona Humane Society, organização de proteção animal que resgatou a dupla, perceberam que os cães, apesar de diferentes, eram grandes amigos e companheiros.

Os dois cachorros, um Chihuahua de 2 anos chamado Jefe bem extrovertido e um belíssimo Pastor Alemão de três anos de idade chamado Jericho, estavam no quintal de uma casa nos Estados Unidos,

 » Read more about: Cães encontrados em uma situação terrível juntos esperam ser adotados por uma mesma família  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Tosadora abre sua loja na madrugada para ajudar um cachorro encontrado em péssimas condições

por Andrezza Oestreicher — publicado 21 out 2017 - 18:33

Cachorros abandonados podem chegar a um estado terrível por conta da falta de cuidados. Isso fica ainda pior no caso dos animais peludos, pois os pelos vão crescendo, se emaranhando, e isso pode trazer graves consequências para os cães.

Na Flórida, nos Estados Unidos, um casal passeando de carro viu um cachorrinho na rua. Ao chegar mais de perto eles puderam perceber que o animal não estava perdido. Pela situação de negligência que o cão estava, ele havia sido abandonado e não recebia cuidados há algum tempo.

O animal foi encontrado em uma situação de total abandono. (Foto: Reprodução / Bored Panda / Facebook BGE Grooming)

Seus pelos estavam enormes e tão cheios de nós que o cão quase não conseguia andar.

O casal, que não podia ficar com o cão durante a noite, fez um apelo nas redes sociais pedindo socorro para que alguém ajudasse o cachorro. Foi aí que apareceu Kari Falla, que é tosadora de cachorro.

Kari percebeu que o cão em questão precisava urgentemente de cuidados e então abriu seu “salão” meia-noite para dar o tratamento que o pobre cachorro tanto precisava.

Cão tomou banho e recebeu uma bela tosa nos pelos. (Foto: Reprodução / Bored Panda / Facebook BGE Grooming)

“Eu sabia que era ruim, mas nada me preparava para o que vi”, disse Kari, que trabalhou incansavelmente até 3 horas da manhã para deixar o cãozinho limpo e livre daquele peso de pelos que ele estava carregando.

Após dar banho e tosar o cachorro, Kari o levou ao veterinário. O cão, que agora se chama Lucky, foi encontrado cego e surdo, mas agora está se recuperando em um lar temporário. Quando estiver 100% pronto, o animal será colocado para adoção.

Após se livrar do peso de pelos que carregava, o cão também recebeu cuidados médicos. (Foto: Reprodução / Bored Panda / Facebook BGE Grooming)

Fonte: Bored Panda

Cachorro faz xixi em homem na rua e acaba ganhando um lar

por Andrezza Oestreicher — publicado 21 out 2017 - 9:38

Este mês, um vídeo bastante engraçado com um cachorro fez muito sucesso nas redes sociais. As cenas mostram um homem sentado no chão tranquilamente mexendo no celular, até que um cachorro chega, cheira o homem e faz xixi nas costas dele. Ao sentir o xixi, o homem toma um susto e se levanta rapidamente pegando na blusa e dá um chute no ar, em direção ao cachorro.

Algumas pessoas criticaram bastante o homem, que se chama Heinze Sánchez e tem 27 anos, pela tentativa de agressão após o xixi. Porém, além de não ter agredido o cão, o homem acabou adotando o cachorro que fez xixi nele.

O cachorro foi até o homem discretamente e fez xixi nas costas dele. (Foto: Reprodução / Vídeo / Extra)

“Eu estava mexendo no celular. Ia responder uma mensagem e estava concentrado sentado no chão. Nem o vi chegar. Ele se aproximou devagar e eu só senti aquele negócio quente e tomei um susto. Quando olhei, vi que ele tinha feito xixi. Fiquei indignado com aquilo”, contou o homem.

“Muita gente me criticou por ter chutado ele. Mas não pegou não. Eu retraí a perna na hora. Foi uma reação do momento e não tive a intenção de machucá-lo. Ainda chegou outro cachorrinho perto e eu falei ‘viu o que o teu amigo fez comigo?’”, explicou Heinze.

Apesar de não ter agredido o cão de fato, o homem ficou com peso na consciência por ter brigado com o animal. Então, ele decidiu ir atrás do cachorro na rua onde tudo tinha acontecido.

O cãozinho agora tem um lar e um papai humano que está lhe dado muito carinho. (Foto: Reprodução / Facebook Heinze Sánchez)

“Quando o encontrei, chamei e ele veio abanando o rabo. Estava começando a chover. Fiquei brincando um tempo com ele e depois resolvi levá-lo para casa. Ele se aproximou de mim. É muito dócil, fica grudado, chora quando saio de casa. Faz algumas bagunças na casa do vizinho, mas é um bom cachorro”, contou Heinze agora bem feliz.

O homem escolheu um nome bem especial para o seu cãozinho, Enzo. “Dei esse nome porque sempre falava que quando eu tivesse um filho, se chamaria Enzo. Agora está comigo, alimentado e limpinho”, contou o novo tutor, que já publicou muitas fotos do novo membro da família nas suas redes sociais.

Fonte: Extra