Estrabismo em cachorros

As causas para o estrabismo podem ser desde um problema neurológico até algo de origem muscular

por George Augusto — publicado 7 maio 2014 - 2:11

É bastante comum vermos animais apresentando estrabismo. O estrabismo, ou também conhecido como “Vesgo” ou “Zarolho” é uma condição que tanto os animais quanto os seres humanos podem apresentar, sendo classificado pelo alinhamento e aprumo anormal dos olhos. Os dois olhos do cão são feitos para trabalharem em conjunto, ou seja, ambos os olhos devem ser direcionados juntos para um determinado ponto. À medida que um dos olhos é direcionado para o lado oposto, considera-se estrabismo.

As causas do estrabismo podem ser desde um problema neurológico até algo de origem muscular, sendo a causa neurológica a menos freqüente. O olho do animal, assim como o do Homem, sofre ação de  músculos que irão fazer a movimentação dos olhos para todas as direções. No momento em que um desses músculos apresenta flacidez, comparado ao outro, o bulbo ocular tende a ser puxado pelo músculo mais forte, fazendo com que haja o desvio para dentro ou para fora.

 

Tipos de estrabismo

Existem dois tipos principais de estrabismo, são eles o estrabismo convergente e o divergente.

Estrabismo Convergente: Encontrado em maior escala em gatos, em especial os da raça Siamês, o estrabismo convergente consiste em um olho ou ambos “voltados para dentro”, direcionados ao focinho.

Estrabismo Divergente: Acomete em maior escala cães, principalmente os da raça Pug. O estrabismo divergente consiste em um olho ou ambos os olhos “direcionados para fora”.

 

Estrabismo em cães. Foto: Reprodução

Estrabismo em cães. Foto: Reprodução

O estrabismo é bastante maléfico para qualquer animal, pois à medida que os olhos ficam de forma desalinhada, não há mais a visão binocular, ou seja, o animal usa apenas um olho para focar objetos. Com a perda da visão binocular, o animal perde a visão tridimensional, acarretando assim, a perda significante da profundidade ocular (capacidade natural de avaliar as distâncias), podendo colidir com objetos do ambiente.

Quando um animal nasce com estrabismo acentuado, o olho que sofreu o desvio, tende a perder sua acuidade, sendo conhecido como “olho preguiçoso”. Este por sua vez leva, na maioria dos casos,  à perda da acuidade visual, comprometendo assim, a nitidez.

O tratamento para estrabismo em cães consiste na intervenção cirúrgica para a correção. Essa prática é mais usada na medicina humana, pois a maioria dos tutores de cães não se incomodam com o fato do animal ser estrábico ou não. Existem cães que apresentam estrabismo já na fase adulta, sendo mais preocupante, pois pode ser apenas um sintoma de uma doença neurológica.

A prevenção para o estrabismo em cães é uma polêmica no meio veterinário, pois na maioria dos casos é de forma hereditária, ou seja, é de origem genética. Muitos criadores e reprodutores de cães, não fazem cruzamentos com animais que apresentam estrabismo, evitando assim, que essa condição passe para futuros animais daquela raça. Caso o animal apresente estrabismo ao longo da vida, é indicado que o mesmo seja levado imediatamente a um médico veterinário, pois existem doenças cujos sintomas incluem o estrabismo.

 

Por: George Augusto von Schmalz Portella de Macedo

Ocupação: Acadêmico de Medicina Veterinária

Contato: [email protected]

Walt Disney World irá permitir a presença de cães em seus hotéis pela primeira vez

por Andrezza Oestreicher — publicado 16 out 2017 - 18:24

Pela primeira vez os hotéis e resorts do complexo Disney passaram a aceitar famílias hospedem também seus cachorros de estimação.

O Disney’s Yacht Club Resort, Disney Port Orleans Resort – Riverside, Disney’s Art of Animation Resort e o Disney’s Fort Wilderness Resort, todos localizados em Orlando, na Flórida, abriram suas portas ontem, dia 15 de outubro, para receber também hóspedes caninos.

Os animais não podem circular por todas as áreas dos hotéis e os quartos onde eles podem se hospedar com suas famílias ficam em andares específicos,

 » Read more about: Walt Disney World irá permitir a presença de cães em seus hotéis pela primeira vez  »

Instituto Luisa Mell recebe a visita da estrela teen Larissa Manoela

por Andrezza Oestreicher — publicado 16 out 2017 - 9:33

Depois do resgate dos 135 cães feito por Luisa Mell, com o apoio da polícia e de uma superequipe, em um canil de Osasco, o Instituto Luisa Mell recebeu o apoio e visita de diversas celebridades que ficaram tocados com a situação dos animais.

Na última sexta-feira, dia 13 de outubro, mais uma celebridade foi até o Instituto. Dessa vez foi a atriz e cantora Larissa Manoela que esteve no local conhecendo as instalações e todos os animais que são ajudados por lá.

 » Read more about: Instituto Luisa Mell recebe a visita da estrela teen Larissa Manoela  »

Cachorro foge de casa e participa de casamento em Teresina

por Fabio Sakita — publicado 15 out 2017 - 20:14

O Pit bull Hulk foi a estrela do casamento entre Luiza e Lucas. O cachorro entrou na igreja, que fica no bairro de São Cristóvão, Zona Leste de Teresina, na noite de quinta-feira(12), participou da cerimônia e até posou para fotos como se fosse convidado.

Na semana passada, contamos o caso de Snoop que invadiu um casamento e foi adotado pelos noivos. Neste caso Hulk já tem uma família porém seus donos haviam viajado e eles conseguiu escapar.

 » Read more about: Cachorro foge de casa e participa de casamento em Teresina  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Walt Disney World irá permitir a presença de cães em seus hotéis pela primeira vez

por Andrezza Oestreicher — publicado 16 out 2017 - 18:24

Pela primeira vez os hotéis e resorts do complexo Disney passaram a aceitar famílias hospedem também seus cachorros de estimação.

O Disney’s Yacht Club Resort, Disney Port Orleans Resort – Riverside, Disney’s Art of Animation Resort e o Disney’s Fort Wilderness Resort, todos localizados em Orlando, na Flórida, abriram suas portas ontem, dia 15 de outubro, para receber também hóspedes caninos.

Cães já podem se hospedar em quatro hotéis do complexo Disney em Orlando. (Foto: Reprodução / Petcha / Disney Parks Blog)

Os animais não podem circular por todas as áreas dos hotéis e os quartos onde eles podem se hospedar com suas famílias ficam em andares específicos, tudo para que tanto os cães quanto pessoas que possuem alergia ou outros problemas tenham mais comodidade e tranquilidade durante sua estadia.

Cada quarto poderá hospedar no máximo dois cachorros por vez e os animais serão muito bem recebidos nos resorts. No momento do check-in, os cães receberão um kit de boas-vindas do Pluto que inclui: esteira e tigelas para comida e água, uma etiqueta de identificação, sacolas descartáveis ​​de plástico, almofadas de cachorro, e mapas de locais para caminhar com os cachorros e uma etiqueta para porta indicando que tem um animal de estimação no quarto.

A taxa cobrada pela presença de cada animal será de 75 dólares por noite no Disney Yacht Club e 50 dólares por noite nos outros três resorts Disney abertos para cães. Essas taxas destinam-se a cobrir os custos de limpeza.

Os cães irão receber um kit de boas-vindas do Pluto no momento do check-in. (Foto: Reprodução / Petcha / Disney Parks Blog)

No complexo Disney você encontra ainda a Best Friends Pet Care, uma instalação de serviço completo para animais de estimação. O Local funciona como creche, onde os cães podem ficar durante o dia enquanto seus tutores estão nos parques, e também funciona como hotel pet, onde os animais podem ficar hospedados por uma semana direto.

Para se hospedar nos hotéis Disney o cachorro deve estar com as vacinas em dia e espera-se que o animal seja bem comportado e que os tutores respeitem as áreas proibidas para pets.

Fonte: Disney Parks / Petcha

Instituto Luisa Mell recebe a visita da estrela teen Larissa Manoela

por Andrezza Oestreicher — publicado 16 out 2017 - 9:33

Depois do resgate dos 135 cães feito por Luisa Mell, com o apoio da polícia e de uma superequipe, em um canil de Osasco, o Instituto Luisa Mell recebeu o apoio e visita de diversas celebridades que ficaram tocados com a situação dos animais.

Na última sexta-feira, dia 13 de outubro, mais uma celebridade foi até o Instituto. Dessa vez foi a atriz e cantora Larissa Manoela que esteve no local conhecendo as instalações e todos os animais que são ajudados por lá.

A atriz e cantora Larissa Manoela se emocionou bastante durante visita ao Instituto Luisa Mell. (Foto: Reprodução / Stories Instagram @larissamanoela)

A ativista animal Luisa Mell foi quem recebeu pessoalmente a estrela teen e a acompanhou em um passeio por todo o Instituto, explicando o que acontecia em cada área e apresentando alguns dos 135 cães resgatados do canil em Osasco.

Durante o passeio, que foi mostrado ao vivo para o público através do Instagram de Luisa Mell, Larissa Manoela e também do Instituto Luisa Mell, a atriz se emocionou bastante ao conhecer a área de internação do local, onde se encontram os animais que estão com a saúde mais debilitada.

Larissa também se emocionou, desta vez de felicidade, ao ser apresentada a uma cadelinha que recebeu o seu nome. A Larissa Manoela peludinha é uma das matrizes que foi regatada em péssimo estado no canil de Osasco e recebeu o nome em homenagem à estrela teen.

Ao final da visita, Larissa Manoela fez uma doação para ajudar os animais resgatados. (Foto: Reprodução / Stories Instagram @larissamanoela)

Ao final da visita, a atriz e cantora, em uma parceria com o BRECHÓ KING, fez uma doação para ajudar a todos os animais que são cuidados pelo Instituto Luisa Mell.