Eutanásia, optar ou não?

A prática da eutanasia é realizada no Brasil apenas no âmbito médico veterinário

por George Augusto — publicado 8 nov 2014 - 23:36

Esse tema é bastante polêmico entre os tutores dos cães, não só no Brasil, mas no mundo inteiro. O nome eutanásia vem do grego “eu” = bom e “thanatos” = morte, ou seja, tem um significado de “boa morte”, tendo como entendimento, uma morte tranqüila e sem sofrimento. Essa prática é utilizada no Brasil, apenas no âmbito médico veterinário. Essa manobra da medicina tem como finalidade acabar com o sofrimento do paciente, ou seja, pacientes terminais, com doenças em que não há tratamento e pouco alívio.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

A escolha de optar pela eutanásia é sugerida normalmente pelo médico veterinário, responsável pelo caso do animal. A decisão final em escolher ou não é unicamente feita pelo tutor do animal, ou seja, o profissional de forma alguma pode tomar a decisão sem a opinião e a permissão do proprietário do pet. Existe uma gama de pessoas que são a favor dessa prática como beneficio, não para o dono, e sim para o animal enfermo. Já outros tutores de cães acham essa prática totalmente cruel e não permitem que o animal seja eutanasiado, nem mesmo estando o animal prostrado, portando uma doença incurável.

Muitos desses tutores, que não permitem a eutanásia, decidem assim devido à dúvida que se instala diante daquele sentimento de esperança de que, um dia, o animal possa se recuperar. Outros tutores não aceitam a prática, porque pensam que vão ser responsáveis pela morte do pet. Por último, e em maior escala, existem os que não concordam por falta de informações do procedimento. Esses, por sua vez, acreditam que o animal, no momento da eutanásia, passará por sofrimento e dor.

Existem alguns pontos, dentro da medicina veterinária, que são avaliados como critérios, no momento de ser escolhida ou não a eutanásia. Alguns desses fatores, são:

– Animais usados para uso científico, muitas vezes contaminados com patógenos agressivos e incuráveis.

– Animais acometidos com patologias que podem oferecer riscos à fauna local.

– Animais que passem zoonoses, ou seja, doenças transmitidas do animal para o ser humano. Nesses casos para evitar uma disseminação da doença para população, é indicada a eutanásia.

– Animais passando por uma moléstia que cause para o mesmo muito sofrimento e dor. Nesse caso pode ser feita a eutanásia para aliviar o sofrimento do animal, caso a doença não tenha cura nem tratamento.

Existem casos de tutores de animais, que pedem ao médico veterinário para que seja feita a eutanásia, sem que o mesmo esteja apresentando alguma doença grave. Muitos preferem eutanasiar a pagar um tratamento, pois acham muito oneroso. Essa opinião é totalmente errada, pois caso não tenha condição financeira de arcar com as despesas, é preferível que se doe o animal para alguém que se prontifique em dar continuidade à sua vida. Um animal não é um brinquedo ou um objeto, e sim uma vida que requer respeito e cuidados.

A opção pela eutanásia só deve ser feita nos casos mais graves e críticos. Jamais utilize essa manobra em casos que não são necessários. É importante lembrar que só o médico veterinário é habilitado a executar essa prática. Se tiver qualquer dúvida, procure o profissional de sua confiança. Ele avaliará o caso e dará sua opinião, mas a última decisão é sua.

 

Por: George Augusto von Schmalz Portella de Macedo

Ocupação: Acadêmico de Medicina Veterinária

Contato: [email protected]

Larissa Manoela marca presença em evento de adoção e leva uma vira-lata para casa

por Andrezza Oestreicher — publicado 23 jan 2018 - 9:35

No último sábado, dia 20 de janeiro, o Instituto Luisa Mell promoveu um enorme evento de adoção onde disponibilizou vários cachorros, incluindo alguns dos cães de raça resgatados em setembro do canil clandestino de Osasco.

Realizado no Shopping Morumbi, em São Paulo, a feira de adoção conseguiu novos lares para vários animais e contou com uma visita ilustre, a estrela teen Larissa Manoela.

Olhem que presente! @larissamanoela veio aqui e #adotou nossa Vitória Regina,

 » Read more about: Larissa Manoela marca presença em evento de adoção e leva uma vira-lata para casa  »

Após sumir do local onde estava hospedado, cachorrinho de Sthefany Brito é encontrado morto

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 jan 2018 - 18:35

A atriz Sthefany Brito teve seu momento de férias e descanso tomado por uma grande preocupação com um de seus pets que foi seguida por uma péssima notícia, a morte do seu cachorrinho de estimação Snow.

O cão Snow, um Buldogue Francês branquinho de dois anos de idade, estava hospedado em um hotel para cachorros enquanto sua mamãe famosa estava viajando pela Europa aproveitando suas férias.

Meu amigo foi embora hj e olha aonde eu vim parar de surpresa!?

 » Read more about: Após sumir do local onde estava hospedado, cachorrinho de Sthefany Brito é encontrado morto  »

Após ser filmada jogando cachorro em bueiro e vídeo viralizar na internet, mulher se diz arrependida

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 jan 2018 - 9:30

Nos últimos dias, um vídeo revoltante viralizou na internet e deixou os amantes de cachorros e protetores animais chocados com as cenas. As imagens mostram uma mulher jovem carregando um cãozinho pelo pescoço e em seguida jogando o animal dentro de um bueiro.

A agressão ao animal aconteceu em Novo Gama, no Entorno do Distrito Federal, e foi realizada por Juliana Oliveira Soares, uma estudante de 21 anos que foi localizada pela Polícia Civil e já prestou depoimento,

 » Read more about: Após ser filmada jogando cachorro em bueiro e vídeo viralizar na internet, mulher se diz arrependida  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Larissa Manoela marca presença em evento de adoção e leva uma vira-lata para casa

por Andrezza Oestreicher — publicado 23 jan 2018 - 9:35

No último sábado, dia 20 de janeiro, o Instituto Luisa Mell promoveu um enorme evento de adoção onde disponibilizou vários cachorros, incluindo alguns dos cães de raça resgatados em setembro do canil clandestino de Osasco.

Realizado no Shopping Morumbi, em São Paulo, a feira de adoção conseguiu novos lares para vários animais e contou com uma visita ilustre, a estrela teen Larissa Manoela.

Depois de visitar o Instituto Luisa Mell e ver de perto todo o trabalho que é feito lá, além de levar uma doação em dinheiro que conseguiu arrecadar em uma parceria que fez com o BRECHÓ KING, a atriz e cantora quis fazer mais.

Larissa Manoela esteve presente no evento de sábado e deixou a ativista animal Luisa Mell muito feliz ao adotar um dos animais que estavam esperando por um lar e emocionou a todos com sua escolha.

Entre os muitos animais disponíveis para adoção estavam alguns filhotes de raça, os resgatados do canil clandestino de Osasco. Porém, a atriz se apaixonou e decidiu levar para casa uma cadela sem raça definida e já adulta. A adoção por si só foi bastante comemorada, mas por se tratar de um animal adulto, tudo foi ainda mais especial, pois os cães mais velhos são mais difíceis de serem adotados.

A cantora publicou vários vídeos do evento no Stories do seu perfil no Instagram e após a adoção fez uma linda declaração de amor para a sua mais nova peluda, que se chama Vitória Regina e já ganhou o coração de sua mamãe.

Junto com fotos fofas que mostram a cadelinha lambendo sua nova tutora, Larissa Manoela escreveu: “Não é verdade que os animais não falam…o Criador colocou as palavras nos seus olhos. ADOTEI! Essa é VITÓRIA REGINA e ela vai ser muito amada a partir de agora. Que sensação inexplicável vivi hoje no Shopping Morumbi na adoção do @institutoluisamell. Muita emoção e corações reunidos em prol desse gesto lindo que é a adoção!!! Brigada @luisamell mais uma vez pela oportunidade e por agora ter um pedacinho de você e da sua bondade junto comigo. Faça como eu e adote também. Apaixonada pela minha nova peluda”.

Após sumir do local onde estava hospedado, cachorrinho de Sthefany Brito é encontrado morto

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 jan 2018 - 18:35

A atriz Sthefany Brito teve seu momento de férias e descanso tomado por uma grande preocupação com um de seus pets que foi seguida por uma péssima notícia, a morte do seu cachorrinho de estimação Snow.

O cão Snow, um Buldogue Francês branquinho de dois anos de idade, estava hospedado em um hotel para cachorros enquanto sua mamãe famosa estava viajando pela Europa aproveitando suas férias.

De acordo com uma publicação da própria Sthefany Brito, o cachorro já havia se hospedado neste mesmo local várias vezes e, ainda segundo a tutora, ela recebia fotos do cão enviadas pelas pessoas que estavam cuidado dele.

Tudo estava muito bem, como nas outras vezes que ele ficou no local, até que no sábado, dia 20 de janeiro, Sthefany recebeu a notícia de que Snow, dono de um perfil no Instagram, tinha desaparecido e imediatamente publicou um pedido de ajuda em suas redes sociais.

Junto de uma imagem do cachorro, a tutora contou que ele tinha sumido de uma casa na Barrinha, no Rio de Janeiro, e pedia ajuda para encontrar o animal. Na publicação, ela implorava para que quem tivesse alguma informação sobre o animal entrasse em contato com alguns números de telefone que ela informou.

Porém, infelizmente, a história não teve um final feliz e já no dia seguinte, domingo, Sthefany fez uma postagem extremamente abalada informando que seu amado cachorrinho tinha sido encontrado sem vida.

A atriz, que contou estar dilacerada com o acontecido, não deu maiores informações sobre o que de fato aconteceu com o cão Snow, mas agradeceu pelas inúmeras mensagens de amor que recebeu naqueles momentos de angústia.

“Nem sei como estou conseguindo escrever isso… Meu coração parece q vai parar a qualquer momento e todo meu corpo dói! Em prantos, dilacerada, destruída, encontramos o Snow sem vida! Um pesadelo!!! Só queria agradecer todas as msgs e tanto amor que nós recebemos aqui! Que Deus retribua em dobro!! Nunca vou encontrar palavras pra agradecer todos vcs q ajudaram de alguma maneira! Agora não tenho mais força e vou dar um tempo daqui! Um pedaço de mim foi embora…”, escreveu Sthefany em seu Instagram.