Fenda Palatina em cães

uma das principais causas para que haja o aparecimento dessa anormalidade genética é a consangüinidade

por George Augusto — publicado 25 dez 2014 - 21:42

A maioria das pessoas já ouviu falar em fenda palatina, principalmente pelo o nome popular, pela qual é conhecida: “Goela de lobo”. Essa anormalidade é percebida principalmente quando o cão é filhote, pois no momento de mamar sempre apresenta um quadro de engasgo. A fenda palatina pode afetar o palato duro, popularmente chamado de “céu da boca” ou o palato mole (continuação do palato duro), fazendo com que haja uma ligação da boca com a região nasal. Além da fenda palatina, existem animais que apresentam as fendas labiais, conhecidas como lábio leporino, porém não é obrigatório que elas ocorram simultaneamente. Por causa da pouca informação das maiorias dos tutores, muitos filhotes de cães que apresentam a fenda palatina chegam a adoecer de pneumonia, devido ao o leite ir diretamente para o pulmão.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

A causa do aparecimento da fenda palatina em cães é de origem congênita, ou seja, o animal já a apresenta no nascimento. Estudiosos afirmam que uma das principais causas para que haja o aparecimento dessa anormalidade genética é a consangüinidade. Isso ocorre principalmente em cães de raça, quando o tutor cruza animais que sejam da mesma família.

Os sinais clínicos da fenda palatina são bem clássicos e de fácil visualização. Normalmente são percebidos nos primeiros dias de vida do filhote, quando o mesmo chega a apresentar a seguinte sintomatologia clínica:

– O filhote toda vez, no momento da amamentação, apresenta engasgos;

– O tutor ao abrir a boca do animal, observará uma fissura no céu da boca do animal, podendo ela ser ela bem estreita ou bem larga;

– Pode ser observado um pouco de leite sair pelo nariz.

O pet depois de poucos dias pode apresentar sinais de pneumonia, tais como:

– Febre;

– Anorexia (não se alimenta mais);

– Dificuldade respiratória;

– Prostração;

– Coma e morte na maioria dos casos, já que acomete principalmente cães recém-nascidos.

O diagnóstico final deve ser feito unicamente por um profissional médico veterinário. É importante que o tutor examine o cão em casa, a fim de se observar alguma anormalidade no palato do animal. Em muitos casos, como dito anteriormente, o animal apresenta pneumonia por aspiração, sendo necessário que o médico veterinário faça a auscultação pulmonar, e se achar necessário, um raio-X.

O tratamento para a fenda palatina é unicamente cirúrgico. A cirurgia normalmente é feita quando o animal alcança uma idade segura para ser exposto à uma anestesia. Isso quem determinará é o médico veterinário que estará à frente do caso. Antes mesmo da intervenção cirúrgica, deve fazer o tratamento da pneumonia aspirativa, caso exista. Normalmente são feitas terapias medicamentosas para o quadro ser revertido.

A prevenção deve ser feita pelo tutor ou pelo médico veterinário quando o animal nascer. Deve ser avaliado todo o palato do animal, a fim de se detectar qualquer anormalidade. É importante que isso seja feito, pois assim evita que o tutor perca o filhote por conta das conseqüências advindas desta má formação.

 

Por: George Augusto von Schmalz Portella de Macedo

Ocupação: Acadêmico de Medicina Veterinária

Contato: [email protected]

Tosadora japonesa aperfeiçoa o visual bolinha e transforma poodle em ovelha

por Samantha Kelly — publicado 22 jun 2018 - 12:34

Sesame é um Poodle japonês que ganhou fama por causa de seu corte bolinha impecável que faria qualquer fashionista sentir inveja. O motivo de tanta comoção é o fato do penteado ter transformado o garotinho canino em uma ovelha.

Infelizmente Yoriko Hamachiyo, a tosadora responsável por essa obra prima da pelagem canina, não compartilhou um vídeo dos bastidores do corte.

Será que o Poodle, uma das raças caninas com penteados mais clássicos de todas,

 » Read more about: Tosadora japonesa aperfeiçoa o visual bolinha e transforma poodle em ovelha  »

Cães são peça chave na investigação do caso de Vitória Gabrielly

por Samantha Kelly — publicado 21 jun 2018 - 9:52

O auxílio canino no caso da morte de Vitória Gabrielly tem sido fundamental. Ate agora, tanto um pet quanto uma equipe de cães especializados, foram peças chaves na investigação do crime.

Em um primeiro momento, enquanto a polícia ainda tentava encontrá-la e havia a esperança da menina ainda estar viva, a pista da localização exata do paradeiro de Vitória veio de um catador de latinhas que estava passeando com seu cachorro.

O pet ficou intrigado com o cheiro forte que vinha da mata e começou a latir sem parar.

 » Read more about: Cães são peça chave na investigação do caso de Vitória Gabrielly  »

Além da rampinha: Escada em espiral é opção chique e compacta para seu cachorro subir na cama

por Samantha Kelly — publicado 15 jun 2018 - 9:30

Ficamos apaixonadas pela escada em espiral da Sophipet com um ar super sofisticado. Ela é totalmente personalizável, com várias opções de cores e estilos para combinar com diferentes tipos de decoração.

Muitos não sabem, mas rampas e escadinhas dessa forma ajudam bastante os pets a não forçarem as costas com os vários pulos acrobáticos que eles dão quando sobem e descem da cama, sofá e afins.

Ela chega até 100 cm de altura para as camas mais altas e possui apenas 45 cm de raio,

 » Read more about: Além da rampinha: Escada em espiral é opção chique e compacta para seu cachorro subir na cama  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Tosadora japonesa aperfeiçoa o visual bolinha e transforma poodle em ovelha

por Samantha Kelly — publicado 22 jun 2018 - 12:34

Sesame é um Poodle japonês que ganhou fama por causa de seu corte bolinha impecável que faria qualquer fashionista sentir inveja. O motivo de tanta comoção é o fato do penteado ter transformado o garotinho canino em uma ovelha.

Infelizmente Yoriko Hamachiyo, a tosadora responsável por essa obra prima da pelagem canina, não compartilhou um vídeo dos bastidores do corte.

Será que o Poodle, uma das raças caninas com penteados mais clássicos de todas, ganhará mais um modelo? Se depender de nós, votamos sim mil vezes.

Sério, o resultado é tão incrível que as fotos parecem montagem, mas não são.

 

Cães são peça chave na investigação do caso de Vitória Gabrielly

por Samantha Kelly — publicado 21 jun 2018 - 9:52

O auxílio canino no caso da morte de Vitória Gabrielly tem sido fundamental. Ate agora, tanto um pet quanto uma equipe de cães especializados, foram peças chaves na investigação do crime.

Em um primeiro momento, enquanto a polícia ainda tentava encontrá-la e havia a esperança da menina ainda estar viva, a pista da localização exata do paradeiro de Vitória veio de um catador de latinhas que estava passeando com seu cachorro.

O pet ficou intrigado com o cheiro forte que vinha da mata e começou a latir sem parar. Foi graças a reação estranha do cachorro que o tutor foi verificar se havia de fato algo errado. Foi então que ele acabou se deparando com o corpo da menina, que se encontrava no mesmo local há 4 dias.

Após a confirmação da morte e localização do corpo, a próxima fase da investigação contou com a ajuda de Bazuka, Adaga e Duke, cães farejadores do grupo GBR. Através de odores de suspeitos fornecidos pela polícia, os cães vasculharam a área delimitada e verificaram se os cheiros poderiam ser encontrados no local.

Apesar da equipe envolvida não poder contar muito sobre o resultado para não atrapalhar o trabalho investigativo, o treinador dos cães afirma que os animais confirmaram a presença de alguns dos odores no local.

 

Foto: Reprodução/Record