Glândulas anais (adanais) em cachorros

As glândulas anais são resquícios de tempos remotos, quando os cães e gatos precisavam se defender de predadores na selva

por Samantha Kelly — publicado 20 abr 2014 - 1:27

Os cães possuem glândulas anais (adanais), dois sacos localizados nos dois lados e um pouco abaixo do ânus (aproximadamente localizadas entre 5 e 7 horas em cada lado da abertura anal) que tem como função lubrificar as fezes e principalmente comportamental.

As glândulas soltam pequenas quantidades de fluidos quando pressionadas durante a urinação e defecação, produzindo um odor desagradável e fétido e de cor castanha.

Na prática, as glândulas são resquícios de tempos remotos, quando os cães e gatos precisavam se defender de predadores na selva, despistando-os. Hoje, identificam o cão diante de outros cães, comunicando informações quanto ao sexo, idade aproximada, saúde, posição hierárquica, dentre outros.

Nas glândulas anais saudáveis, elas são esvaziadas naturalmente durante a evacuação do animal.

Nos casos que as glândulas anais não funcionam normalmente, elas precisam ser esvaziadas manualmente por um médico veterinário ou pelo próprio tutor do cão, que nesse caso, deve aprender com um profissional como efetuar o procedimento, que geralmente é feito 1 vez por mês.

O responsável deve conhecer exatamente a localização da glândula, a pressão que deve ser aplicada ao espremer e o momento certo de parar.

Um funcionamento errado pode ser um resultado de malformações hereditárias ou de um histórico de alimentação de má qualidade.

Sem serem esvaziadas da maneira correta, podem tornar o processo de evacuação difícil e doloroso, podendo potencialmente levar a infecções, fístula, abscesso e até a ruptura das glândulas.

As glândulas podem vir a se tornar tumores, tanto em fêmeas quanto em machos, apesar de ser mais comum no macho não castrado, pois a fonte para o tumor de glândula anal seria a testosterona, produzida no testículo.

Todos os cães de todas as idades podem ter problemas nas glândulas anais, entretanto, é mais comum acometer cães de raças de porte pequeno, como Basset Hounds, Beagles, Cocker Spaniels, Chihuahuas, Poodles e Lhasa Apsos.

 

Sinais de possíveis problemas com as Glândulas Anais

– Cachorro esfregando o bumbum no chão;

– Animal correndo atrás do rabo;

– Mordendo e lambendo na área próxima ao ânus;

– Odor fétido próximo ao ânus;

– Fezes com textura mole;

– Dificuldade em defecação.

 

Drenagem as Glândulas Anais

Passo 1) Como o processo pode sujar o ambiente, é recomendado que seja feito em um banheiro, especialmente na banheira. É interessante combinar o processo de drenagem com um banho.

Passo 2) Reunindo o material: – Luvas em látex – Panos úmidos Caso o cachorro vá tomar banho, também reunir com antecedência shampoo e condicionador canino.

Passo 3) Vire o bumbum de seu cão para sua direção. Segure-o, mas garanta que ele esteja confortável. Se necessário, chame alguém para auxilia-lo no processo. Levante o rabo do cão, expondo o ânus do animal.

O procedimento não deve machucar o seu cão, porém se as glândulas estiverem inflamadas, seu pet pode estar querendo proteger o bumbum mais do que o normal. Preste atenção na linguagem corporal do cão.

Passo 4) As glândulas anais estão localizadas aproximadamente entre 5 e 7 horas em cada lado da abertura anal.

Passo 5) Usando luvas de látex, aplique pressão, firme mas com cuidado, nas glândulas. Segure um pano na frente da abertura, para evitar que o fluido suje o local.

Passo 6) Um líquido deve ser expelido. Não repita o processo. Simplesmente limpe o seu cão com o pano e o recompense.

 

Gráfico: Portal do Dog

Gráfico: Portal do Dog

 

Drenagem das glândulas anais (vídeo em inglês)

Uma usuária do Youtube filmou o procedimento de drenagem das glândulas anais no seu cão. O vídeo está em inglês.

 

 

Fontes: DogsterPetfinder e DogCare.

Entregador para no meio de sua rota para brincar e tirar fotos com cachorros

por Andrezza Oestreicher — publicado 24 jun 2017 - 18:18

Muitas pessoas acreditam que cachorros adoram correr atrás de entregadores, principalmente carteiros, e de que esses trabalhadores morrem de medo dos cães. Porém, um entregador da empresa UPS (United Parcel Service) está mostrando que isso tudo não passa de lenda.

Doniel Kidd é um entregador que nunca teve problemas com cachorros na hora de fazer as entregas das encomendas. Pelo contrário, ele sempre faz amigos caninos por onde passa.

O amor de Doniel por esses animais e a amizade que todos têm com ele foi flagrado por Staci Burns,

 » Read more about: Entregador para no meio de sua rota para brincar e tirar fotos com cachorros  »

Homem irrita Pit Bull que está preso na coleira e recebe o troco

por Andrezza Oestreicher — publicado 24 jun 2017 - 9:26

Muito se fala que algumas raças em específico são agressivas e violentas e, com isso, o preconceito contra elas também é muito grande.

Antes de colocar a culpa de certas situações em um cachorro falando que ele é violento e agressivo, é necessário entender o que foi que aconteceu de fato, e até como aquele animal vive e foi criado.

 

Um vídeo que está circulando na internet mostra um homem que foi atacado por um Pit Bull onde o animal não teve culpa e estava apenas respondendo ao que ele recebeu primeiro.

 » Read more about: Homem irrita Pit Bull que está preso na coleira e recebe o troco  »

Cadelinha continua deixando metade de sua comida para seu amigo canino que morreu

por Andrezza Oestreicher — publicado 23 jun 2017 - 9:33

Os cães Stitch e Cookie, ambos da raça Labrador, sempre foram melhores amigos e faziam tudo juntos e até dividiam o potinho de comida.

Desde que chegou na casa de sua família, a cadelinha Cookie aprendeu a deixar metade da ração que tinha no pote para que Stitch, o outro cão que já vivia na casa, comesse depois dela.

O tutor dos animais sempre colocava uma quantidade de ração suficiente para os dois e Stitch sempre se certificava de que sua amiga Cookie estava deixando a parte dele.

 » Read more about: Cadelinha continua deixando metade de sua comida para seu amigo canino que morreu  »

deixe seu comentário:

Entregador para no meio de sua rota para brincar e tirar fotos com cachorros

por Andrezza Oestreicher — publicado 24 jun 2017 - 18:18

Muitas pessoas acreditam que cachorros adoram correr atrás de entregadores, principalmente carteiros, e de que esses trabalhadores morrem de medo dos cães. Porém, um entregador da empresa UPS (United Parcel Service) está mostrando que isso tudo não passa de lenda.

Doniel Kidd é um entregador que nunca teve problemas com cachorros na hora de fazer as entregas das encomendas. Pelo contrário, ele sempre faz amigos caninos por onde passa.

Entregador brincou com os cães e ainda bateu fotos com eles. (Foto: Reprodução / Daily Mail UK / Facebook Staci Speer Burns)

O amor de Doniel por esses animais e a amizade que todos têm com ele foi flagrado por Staci Burns, uma mulher que mora Atenas, na Louisiana, bem em uma área que faz parte da rota do entregador.

Sabendo dessa amizade entre seus cachorros, Reba, Buster e Jade, e Doniel, a mulher resolveu observar e filmar a interação entre eles.

O entregador simplesmente foi até a calçada de sua casa, sentou no chão junto com os cães e começou a bater fotos com eles. Um dos cachorros veio de longe para ficar pertinho do homem e ainda lhe deu beijos.

O homem ainda ganhou beijos de um dos cachorros. (Foto: Reprodução / Daily Mail UK / Facebook Staci Speer Burns)

Publicado por Staci em suas redes sociais, o vídeo teve mais de um milhão de visualizações e mais de 14 mil compartilhamentos em poucos dias.

De acordo com a mulher, que chamou Doniel de “o melhor homem da UPS no planeta”, o entregador tem muitos amigos cachorros em sua rota e sempre tira um tempinho para brincar com ele.

Definitivamente, Doniel é sim o melhor entregador do mundo.

(Vídeo: Reprodução / Daily Mail UK)

Definitivamente, Doniel é sim o melhor entregador do mundo.

Fonte: Daily Mail UK / Huffpost

Homem irrita Pit Bull que está preso na coleira e recebe o troco

por Andrezza Oestreicher — publicado 24 jun 2017 - 9:26

Muito se fala que algumas raças em específico são agressivas e violentas e, com isso, o preconceito contra elas também é muito grande.

Antes de colocar a culpa de certas situações em um cachorro falando que ele é violento e agressivo, é necessário entender o que foi que aconteceu de fato, e até como aquele animal vive e foi criado.

Homem ficou irritando cachorro de propósito, só por saber que ele estava preso na coleira. (Foto: Reprodução / YouTube UniqueVids)

 

Um vídeo que está circulando na internet mostra um homem que foi atacado por um Pit Bull onde o animal não teve culpa e estava apenas respondendo ao que ele recebeu primeiro.

A situação foi a seguinte, um homem viu um cachorro da raça Pit Bull preso em uma coleira e, se achando muito engraçado, começou a correr de um lado para o outro mexendo os braços, chegando bem perto do cão.

O homem faz tudo isso de propósito e com uma única e estúpida intenção: provocar o cachorro que está preso, além de querer deixar o animal cada vez mais irritado. O homem ainda ri bastante quando vê que o cão tenta, mas não consegue lhe pegar. Porém, ele não esperava que pudesse receber o troco.

O cão conseguiu se soltar e atacou o homem que estava lhe provocando. (Foto: Reprodução / YouTube UniqueVids)

Acontece que de tanto correr, latir e forçar a coleira, o cachorro conseguiu se soltar quando o homem ainda estava pertinho lhe provocando.

É claro que o cachorro correu em direção ao homem, afinal, ele quem começou fazendo provocações para o animal. O homem, que claramente ficou bastante assustado quando o cão conseguiu se soltar, ainda tentou correr, mas o Pit Bull o alcançou e abocanhou sua perna.

(Vídeo: Reprodução / YouTube UniqueVids)

Segundo informações, o homem sofreu uma ferida profunda por conta da mordida do cachorro e precisou levar vários pontos no hospital.

Fonte: Doggies Care