Leptospirose Canina

Também conhecida como doença do xixi do rato, a Leptospirose é transmitida através do contato do animal com a urina do rato infectado

por George Augusto — publicado 5 mar 2014 - 22:12

A leptospirose, também conhecida popularmente por “doença do xixi do rato”, é uma moléstia que acomete inúmeros animais, tendo uma atenção especial por também ser transmitida para o homem, sendo assim classificada como uma zoonose (doença transmitida do animal para o ser humano). Como o próprio nome popular diz, a doença é transmitida através do contato do animal ou homem com a urina do rato, pois nela pode conter a bactéria causadora da leptospirose.

Leptospirose em cães. Foto: Reprodução

Leptospirose em cães. Foto: Reprodução

É sempre bom lembrar que nem todo rato está infectado com a bactéria, porém deve-se sempre evitar o contato.

O surto da doença ocorre principalmente em épocas chuvosas e/ou em áreas alagadas, onde a urina do rato pode se disseminar com mais facilidade. Muitos animais adquirem a leptospirose, quando ingerem  comida ou água infectada. Existem muitos casos de animais com aptidão de caça contraírem a doença, pois entram em contato direto com o agente infectante (urina do rato) ao lamber e morder no ato da caça.

 

Sintomas da Leptospirose Canina

Os animais que são contaminados com a bactéria da leptospirose, podem apresentar sintomas entre 4 a 11 dias após contrair a doença. Existem animais assintomáticos, ou seja, animais que não apresentam sintomas. Esses devem ser observados diariamente, pois a moléstia pode estar sendo agravada internamente.

Os principais sinais clínicos que aparecem nos animais acometidos, são:

– Anorexia (falta de apetite);

– Urina marrom escura;

– Vômito;

– Desidratação;

– Prostração;

– Poliúria (urinar em excesso);

– Ffebre;

– Icterícia (mucosas amareladas nos olhos, gengiva e etc).

 

Diagnóstico da leptospirose canina

O diagnóstico é feito através de exames laboratoriais. Os exames mais pedidos pelos médicos veterinários atualmente, são: Hemograma (exame de sangue) e a urinálise (exame de urina). Os exames serão pedidos pelo profissional, após um exame clínico, onde o mesmo, irá avaliar a necessidade ou não dos exames.

 

Tratamento da leptospirose

O tratamento da leptospirose canina deve ser feita exclusivamente por um médico veterinário de sua confiança. O tratamento é feito através de terapias medicamentosas e, em casos mais graves, que incluam uma desidratação profunda, pode ou não ser escolhido a fluido terapia como apoio. A leptospirose causa danos severos nos rins e no fígado. Um medicamento administrado errado, pode comprometer ainda mais o quadro clinico do animal.

 

Prevenção

A principal prevenção da leptospirose canina é a vacinação anual do animal. Um cão com atraso na vacinação, pode ser um forte candidato a contrair essa enfermidade. Um meio bastante comum de evitar a disseminação da leptospirose, é nunca deixar lixo espalhado, ração do animal sem proteção, amontoado de caixas e objetos e entre vários fatores.

O uso de raticidas, vendidos no mercado atualmente, é uma boa forma de evitar a proliferação de ratos no local, porém deve-se por em locais estratégicos e que não estejam ao alcance dos animais, evitando assim, uma intoxicação. Mantenha sempre o local limpo aonde  seu animal frequenta e evite deixar a ração exposta para seu cão o dia inteiro, espere ele terminar e recolha o pote.

Qualquer anormalidade no comportamento do seu animal, consulte um médico veterinário.

 

Cuidado com áreas alagadas. Foto: Reprodução

Cuidado com áreas alagadas. Foto: Reprodução

 

Por: George Augusto von Schmalz Portella de Macedo

Ocupação: Acadêmico de Medicina Veterinária

Contato: [email protected]

Peter Dinklage faz apelo para fãs de Game of Thrones pensarem bem antes adquirir Huskies por causa da série

por Samantha Kelly — publicado 16 ago 2017 - 15:42

Como noticiamos aqui, o sucesso de Game of Thrones tem influenciado muitos fãs a comprarem cães da raça Husky Siberiano apenas por causa da similaridade com os lobos.

Sem um compromisso sério, os cães têm sido abandonados e os números são alarmantes. Só nos Estados Unidos, o abandono de Huskies chegou a dobrar nos últimos 3 anos. O problema também se estenderia ao Reino Unido, com um aumento alarmante de 700% no abandono entre os anos de 2011 e 1014.

 » Read more about: Peter Dinklage faz apelo para fãs de Game of Thrones pensarem bem antes adquirir Huskies por causa da série  »

Juíza solta cachorro durante julgamento para descobrir quem é o tutor em disputa e a reação do pet não deixa dúvidas

por Samantha Kelly — publicado 16 ago 2017 - 14:39

De um lado da disputa que decidiria o destino do cãozinho Baby Boy, uma mulher insistia que havia comprado o cachorro legalmente de alguém que o vendeu na rua. Do outro lado um indivíduo que garantia que era o dono do pet antes da venda e que ele teria sido vendido sem a sua autorização.

Para resolver de uma vez por todas a disputa, a juíza Judy, uma verdadeira celebridade nos Estados Unidos, resolveu deixar que o próprio pet dissesse,

 » Read more about: Juíza solta cachorro durante julgamento para descobrir quem é o tutor em disputa e a reação do pet não deixa dúvidas  »

Cachorros resgatados juntos das ruas encontram um lar e não vão precisar se separar

por Andrezza Oestreicher — publicado 16 ago 2017 - 9:16

Os cachorros Hansel e Gretel viviam juntos pelas ruas e foram resgatados também juntos. No local eles sempre ficavam pertinho um do outro e, apesar de cada um ter a sua caminha, eles só dormiam bem juntinhos e aconchegados.

Sempre vistos juntos pelas ruas, os cães, que são provavelmente irmãos, foram resgatados por Rick Tunison, o gerente de um canil em Youngstown, Ohio, nos Estados Unidos. Eles já estavam nas ruas há bastante tempo e foram difíceis de resgatar.

 » Read more about: Cachorros resgatados juntos das ruas encontram um lar e não vão precisar se separar  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Peter Dinklage faz apelo para fãs de Game of Thrones pensarem bem antes adquirir Huskies por causa da série

por Samantha Kelly — publicado 16 ago 2017 - 15:42

Como noticiamos aqui, o sucesso de Game of Thrones tem influenciado muitos fãs a comprarem cães da raça Husky Siberiano apenas por causa da similaridade com os lobos.

Sem um compromisso sério, os cães têm sido abandonados e os números são alarmantes. Só nos Estados Unidos, o abandono de Huskies chegou a dobrar nos últimos 3 anos. O problema também se estenderia ao Reino Unido, com um aumento alarmante de 700% no abandono entre os anos de 2011 e 1014.

Em uma parceria com a PETA com o intuito de conscientizar e pedir cautela para o público, o ator Peter Dinklage, que interpreta o querido personagem Tyrion Lannister, fez o seguinte apelo:

Por favor, para muitos e incríveis os fãs de Game of Thrones, nós entendemos que devido a enorme popularidade dos lobos, muitas pessoas estão comprando Huskies. Não só isso prejudica os muitos cães a espera de um lar que se encontram em abrigos, como os abrigos estão relatando que os cães da raça estão sendo abandonados como acontece quando se compra por impulso, sem um entendimento sobre  as necessidades do cachorro.

Por favor, por favor, se você quer adicionar um cachorro a sua família, garanta que você está preparado para essa responsabilidade enorme e lembre-se de sempre, SEMPRE, adotar de um abrigo.

Foto: Divulgação

Juíza solta cachorro durante julgamento para descobrir quem é o tutor em disputa e a reação do pet não deixa dúvidas

por Samantha Kelly — publicado 16 ago 2017 - 14:39

De um lado da disputa que decidiria o destino do cãozinho Baby Boy, uma mulher insistia que havia comprado o cachorro legalmente de alguém que o vendeu na rua. Do outro lado um indivíduo que garantia que era o dono do pet antes da venda e que ele teria sido vendido sem a sua autorização.

Para resolver de uma vez por todas a disputa, a juíza Judy, uma verdadeira celebridade nos Estados Unidos, resolveu deixar que o próprio pet dissesse, da sua própria maneira, quem era o seu tutor de fato.

Para isso, ela surpreendeu e pediu que trouxessem o cachorro. Quem ele demonstrasse intimidade e carinho seria realmente sua família.

A resposta do cãozinho não decepcionou e deixou claro com quem ele gostaria de ir.