16 out 2012 - 15:16

“Mas Doutor! Só teve um carrapato!”

Escrito por ricardojuca

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Olá leitores, o título já diz tudo, irei falar sobre os benditos carrapatos. Esta época do ano eles adoram aparecer, tem um solzão que eles adoram. Carrapatos infelizmente foi uma das porcarias trazidas pelos europeus, li em um site que tem em todos os continentes menos na Antártida. O carrapato que infesta o seu cãozinho pode contaminar ele com uma doença chamada Erliquiose (calma, é a famosa doença do carrapato), a Erliquiose é provocado quando um carrapato (eu digo um, porque basta ele picar uma vez para transmitir) contaminado transmite a bactéria Erlichia sp., esta bactéria ira então contaminar o seu cão. Geralmente o que eu percebo na clínica é que os proprietários se espantam quando eu digo que possivelmente o seu animal está contaminado pela Erliquiose, sempre argumentam que ele não tem, teve há 2 meses atrás ou até mais. Bom, para o animal ficar doente não precisa que a contaminação tenha sido causado hoje ou ontem, existe o tempo de incubação. A erliquiose como uma boa bactéria, vai crescer dentro do organismo e vai esperar o momento certo para crescer. Geralmente a doença começa a aparecer (sinais clínicos) quando o animal passa por algum problema que alterou a sua imunidade (o sistema imunológico está fraco), como por exemplo uma viagem, alteração de ração, mudança, morte ou afastamento do proprietário, vários fatores pode influenciar a imunidade do animal. Os sinais clássicos (se o seu animal apresentar algum sinal que vou apresentar a seguir, procure um Médico Veterinário, existe outras doenças que também causam esses sintomas) como tristeza, vômitos, anemia, não quer comer, fezes diarreicas com ou sem sangue. A erliquiose basicamente (bem resumido o que vou falar) causa a queda de plaquetas do sangue, plaquetas é um fragmento do sangue produzido pela medula óssea, ela tem a função de participar na coagulação sanguínea, nós e seu cachorro não morre de hemorragia por causa das plaquetas, então o animal com erliquiose pode apresentar vários pontos hemorrágicos dentro do seu organismo, levando o animal a anemia.

A erliquiose pode ser facilmente diagnosticada por uma boa anamnese do animal e exame de sangue. O tratamento é simples, a base de antibióticos e vitaminas.

Não existe vacina contra o carrapato, a tal vacina do carrapato é simplesmente a ivermectina, que é efetivo contra endo e ectoparasitas dos animais de produção (Boi, Ovelha, etc.), e para pequenos animais bastante utilizada contra sarnas, ou seja, foi verificado que no tratamento de sarna o animal que apresentava carrapatos, ficava sem os carrapatos, porém, simplesmente, os carrapatos não morriam e sim caiam no ambiente, retornando novamente para o corpo do animal para se alimentar. Teoricamente 95% dos carrapatos ficam no ambiente, por isso a importância de utilizar venenos para carrapatos no ambiente, e 5% ficam nos animais se alimentando.

Existe no mercado vários produtos contra carrapatos para animais e venenos para o ambiente. Existe um, Frontline® ,que realmente é muito bom, ele não é veneno, simplesmente ele mata o carrapato por convulsão, sendo indicado para animais que realmente estejam infestados por carrapatos. Outra forma de controle é o uso de coleira carrapaticida. O controle contra carrapatos é muito difícil, leva até meses para acabar com a infestação deles em uma casa. Porém, lembre-se nem todos os carrapatos estão contaminados, porém ele é um parasita e faz muito mal a saúde do animal.

 

Texto escrito por Dr. Ricardo Jucá


  • Compartilhe


  • Receba as notícias do
    Portal do Dog no seu email!
    É gratuito!


    Deixe seu comentário
    • http://www.cearavet.com.br Denster

      Biocão é o unico tratamento oral sem contra indicação para combater carrapatos.quebrando até o ciclo reprodutivo.vale apena testar é aprovado pelos melhores veterinarios e canis do Ceará,sem contra indicação sem efeito colaterais.

    • Monique

      Meu cachorro está desmaiando e vomitando um catarro branco, o que pode ser?

    • Daniela

      Como o animal pega lectospirose e tem cura, quais os sintomas depois de quanto dia o animal contaminado apresenta a doença

    • Ana

      a coleira mata os carrapatos que no corpo do cão ou só evita a aproximação de outros?

    • Sinval Julião

      Boa noite.
      Por favor, respondam urgente.
      Minha Bull Terrier fêmea de 7 meses, hoje, acordou bem, brincalhona como sempre, mas na parte da tarde ela já estava mais quieta, não veio brincar comigo, esta com um olhar abatido, as orelhas e o focinho gelados, muito gelados, esse sintomas apareceram em um intervalo de 5 a 7 horas durante o dia, meu outro filhote macho de 4 meses fica junto ela e esta normal, dei um pouco de leite (nem sei ao certo pra que). O que pode ser? Tenho a necessidade de levar a um veterinário urgente?