Obesidade em cachorros

Saiba tudo sobre a obesidade canina e descubra como lutar contra essa tendência

por Samantha Kelly — publicado 24 nov 2013 - 14:13

Foto: Matthew Beck/Citrus County Chronicle

Foto: Matthew Beck/Citrus County Chronicle

obesidade em cachorros é um dos problemas mais recorrentes na espécie nos dias atuais. Em um aspecto geral na saúde do animal, a obesidade diminui a qualidade de vida e impacta negativamente em sua longevidade.

Com um cão obeso, as viagens ao veterinário podem aumentar, já que o desenvolvimento de uma série de doenças é associado ao excesso de peso.

A modernidade e o estilo de vida mais sedentário fez com que a obesidade se tornasse uma tendência entre os animais de companhia. Alguns donos alimentam seus animais a mais do que o necessário como uma forma de demonstrar afeto.

Os donos pararam de notar que seus cães gordinhos, que possuem a silhueta mais “encorpada”, estão na verdade obesos. Não precisa ser extremamente gordo para enfrentar os problemas do excesso de peso.

Nesse artigo você vai descobrir as causas da obesidade, como descobrir se o seu cão está obeso e quais atitudes tomar caso o seu cão esteja obeso.

 

Causas para a obesidade canina

Cães obesos. Foto: Reprodução

Cães obesos. Foto: Reprodução

Dentre as muitas causas para a obesidade, a mais comum é causada pelo desequilíbrio entre a ingestão de energia e o quanto é gasto. O excesso de energia acaba sendo armazenado como gordura. Mesmo que a ingestão de caloria diminua, o cachorro pode ainda assim continuar obeso.

Muitas vezes refletindo o estilo de vida mais sedentário da modernidade, a falta de exercício associada a uma dieta de alto índice calórico pode deixar o cão obeso.

Cães idosos, que normalmente apresentam uma diminuição na capacidade de se exercitar, têm mais chances de ganhar peso.

Cães castrados podem ser mais suscetíveis à obesidade.  Estudos apontam que após a castração, há uma diminuição no gasto de energia pelo organismo, uma menor disposição para o exercício e um menor controle de saciedade. Todos esses fatores reunidos podem levar um cão a se tornar obeso rapidamente. Depende do dono garantir que o cão continue com um estilo de vida ativo. Atualmente há rações específicas para cães castrados.

Doenças específicas influenciam o ganho de peso em animais, como o hipotireoidismo.

 

Raças de cachorro mais propensas à obesidades

Todas as raças que não se alimentam corretamente e não fazem exercícios suficientes estão suscetíveis à obesidade. Porém, há raças com uma maior predisposição para ganhar peso. Conheça as raças caninas abaixo:

Raças de pequeno porte

– Dachshund

– Pug

– Cavalier King Charles Spaniel

– Cairn Terrier

– Terrier Escocês

Raças de médio porte

– Beagle

– Cocker Spaniel

– Basset Hound

Raças de grande porte

– Labrador Retriever

– Golden Retriever

– Dálmata

– Rottweiler

– Boiadeiro Bernês

 

Doenças associadas à Obesidade

O excesso de peso influencia dramaticamente a saúde do seu cachorro. A obesidade está associada a doenças como diabetes, hipotiroidismo, osteoartrite, doença cardiopulmonar, a hipertensão e os vários tipos de neoplasias, tais como o câncer de mama e carcinoma de células de transição da bexiga.

 

Como saber se o seu cão está obeso

– Pesquise qual o peso ideal para a raça do seu cachorro e compare o número com o peso atual do seu animal.

– O BCS – Body Condition Score (pontuação da condição corporal, tradução livre) é uma forma não invasiva de descobrir se o seu cão está obeso. O BCS mais comum é o sistema de 9 pontos, no qual 4/9 e 5/9 estão no peso ideal, 6/9 e 7/9 são considerados acima do peso e 8/9 e 9/9 são obesos, com o cachorro pesando mais de 30% de seu peso ideal.

Como os cães variam muito de tamanho, mesmo dentro de uma mesma raça, o BCS foca mais no formato do que no peso.

Para saber se o seu cachorro está acima do peso, passe as mãos, sem aplicar muita pressão, na lateral do corpo do animal, da cabeça à cauda. Em um cão saudável, você poderá facilmente sentir as costelas.

Observe o seu cão de lado, a maioria dos cães têm um perfil de abdômen mais esguio. Se tudo que você sentir enquanto apalpa o seu cão é gordura na lateral, ou se o seu perfil se assemelha ao de uma salsichinha no lugar de ser mais esguio, é possível que o seu cão esteja acima do peso.

Confira o gráfico do BCS abaixo com as diferentes condições corporais do cachorro.

 

BCS. Foto: Gráfico Portal do Dog

BCS. Foto: Gráfico Portal do Dog

 

Colocando o seu cachorro dentro de um programa de emagrecimento

primeiro passo, e esse é imprescindível e essencial, é levar o seu cachorro ao veterinário. O profissional irá examinar o seu cachorro, fazer exames e investigar a causa do excesso de peso. Como há doenças que influenciam no ganho de peso, como a diabetes, ele precisará excluir as outras possíveis causas.

Com todos os exames na mão e depois de estudar o estado de saúde do animal, o veterinário irá recomendar a quantidade de calorias a ser ingerida por dia, o tipo de ração (há rações específicas para cães obesos) e o exercício e a frequência.

É preciso respeitar a condição corporal do cachorro e não exagerar no processo, que deve ser encarado como uma mudança lenta e definitiva com o objetivo de atingir uma vida mais saudável e ativa.

Pese o seu cachorro a cada semana ou duas, para monitorar seu processo de emagrecimento. Cães acima do peso ou obesos devem perdem de 1 à 2% de seu peso corporal toda semana.

 

Ajudando o seu cão a perder peso

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Como dono, o seu papel é fundamental no combate contra a obesidade do seu cachorro. Ele precisa da sua disciplina e auxílio contínuo para conseguir chegar ao peso ideal.

Dieta correta

Animais que estão acima do peso costumam ingerir mais calorias diárias do que o necessário. Converse com o seu veterinário para determinar as necessidades calóricas diárias que o seu cão precisa, levando em consideração fatores como raça e porte.

Há rações desenvolvidas especificamente pra cães que estão acima do peso, balanceadas com menor teor calórico.

Exercício

Aumentar a atividade física pode contribuir imensamente na perda e manutenção de peso. Exercícios regulares queimam calorias, reduzem o apetite e aumentam o nível metabólico em descanso.

Mudança de hábitos do dono

Um programa de manutenção de peso bem sucedido requer mudanças permanentes. Para isso, o comportamento e hábito que permitiu que o cachorro ficasse com excesso de peso, como o excesso de guloseimas e falta de exercícios, precisa ir embora junto com os quilinhos.

Compromisso real com o programa de emagrecimento do seu cachorro

Perder peso pode ser um desafio, ainda mais quando o seu cachorro está acostumado a comer muito e frequentemente. Algumas atitudes suas podem ajudá-lo e tornar o processo mais fácil.

– Remova o pet da sala quando a família come.

– Alimente o seu cão com pequenas refeições diversas vezes ao dia.

– Dê a comida e as guloseimas só no comedouro.

– Reduza as guloseimas. Os cães não devem comer mais de 10% de  sua caloria diária em guloseimas.

 

Motivos para a dieta estar dando errado

O seu cão está fazendo exercícios, já diminuiu a quantidade ingerida de comida, e mesmo assim a mudança não está influenciando muito na diminuição de peso? Conheça possíveis causas para essa situação.

Problemas metabólicos

Problemas metabólicos, como o hipotireoidismo, podem influenciar no ganho de peso. Antes de iniciar qualquer dieta, o seu veterinário deve examinar seu cão e descartar a possibilidade de uma disfunção metabólica.

Falta de exercício

Sem a quantidade certa de exercício em um programa de perda de peso, o cão pode não ter a redução necessária, mesmo com uma dieta de baixa caloria.

Regular a quantidade de guloseimas

Não dar ao seu cão guloseimas com alto teor de caloria e regular os biscoitinhos e quantidade de ração.

 

Confira fotos de cachorros bem acima do peso.

 

[smooth=id:222;]

 

Referências

Cesarsway

Project Slim Down

Huffington Post

 

Câmeras flagram momento em que cadela é abandonada por tutor, mas história tem final feliz

por Andrezza Oestreicher — publicado 23 set 2017 - 9:27

A cidade de Dallas, no Texas, Estados Unidos, sofre com o grave problema de abandono de animais. Os abrigos locais fazem tudo o que podem. Resgatam, cuidam e encontram lares para os bichinhos, mas o abandono continua.

Pensando em minimizar ao máximo isso, autoridades locais colocaram câmeras de segurança em um ponto da cidade conhecido por ser um local onde muitos animais são abandonados. E parece que essa ajuda já está trazendo efeitos.

O primeiro caso flagrado pelas câmeras,

 » Read more about: Câmeras flagram momento em que cadela é abandonada por tutor, mas história tem final feliz  »

Atleta do UFC Cláudia Gadelha tem ajuda de cachorrinho em nova fase de vida e carreira

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 set 2017 - 9:28

Mudanças nem sempre são fáceis, principalmente quando elas são grandes e quando precisamos passar por elas sozinhas. Como é o caso da mudança do Brasil para os Estados Unidos que a atleta do UFC Cláudia Gadelha passou há pouco tempo.

Além de precisar passar por tudo isso sem nenhum membro de sua família ao seu lado, a lutadora também está com treinadores novos.

Seja bem vindo, bebe!! Welcome to my baby!! #teamclaudia #TeamCG #thisisfancy #myfancydog

 » Read more about: Atleta do UFC Cláudia Gadelha tem ajuda de cachorrinho em nova fase de vida e carreira  »

Após forte terremoto que deixou muitos mortos, México comemora resgate de cachorro

por Andrezza Oestreicher — publicado 21 set 2017 - 18:23

Infelizmente, novos desastres naturais aconteceram e trouxeram muita dor e transtornos. Dessa vez, um forte terremoto de magnitude de 7.1abalou o México no dia 19 de agosto, última terça-feira.

Essa magnitude de terremoto é muito forte e os danos que ela pode causar são incontáveis. Muitas pessoas perderam suas casas e muitas pessoas morreram. De terça-feira para cá as buscas por pessoas com vida em meio aos escombros não param. Não só por pessoas,

 » Read more about: Após forte terremoto que deixou muitos mortos, México comemora resgate de cachorro  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Câmeras flagram momento em que cadela é abandonada por tutor, mas história tem final feliz

por Andrezza Oestreicher — publicado 23 set 2017 - 9:27

A cidade de Dallas, no Texas, Estados Unidos, sofre com o grave problema de abandono de animais. Os abrigos locais fazem tudo o que podem. Resgatam, cuidam e encontram lares para os bichinhos, mas o abandono continua.

Pensando em minimizar ao máximo isso, autoridades locais colocaram câmeras de segurança em um ponto da cidade conhecido por ser um local onde muitos animais são abandonados. E parece que essa ajuda já está trazendo efeitos.

Momento em que o homem abandonou a cadelinha foi flagrado por câmeras de segurança. (Foto: Reprodução / Vídeo / Life With Dogs)

O primeiro caso flagrado pelas câmeras, no início de agosto, foi o de uma cadelinha que foi levada de carro até o local e abandonada por um senhor. Enquanto a cadelinha foi resgatada e recebeu todos os cuidados que precisava, o homem foi identificado depois que entidade de proteção animal SPCA do Texas compartilhou o vídeo na sua página do Facebook.

O homem, que de acordo com o SPCA se chama Gorge Spears, se entregou na polícia depois que um mandado de prisão foi emitido em seu nome. Ainda segundo informações, acusações criminais de crueldade serão peticionadas.

Felizmente, a cadelinha, que foi elogiada por todos, foi adotada rapidamente e já está muito bem e feliz em seu novo lar.

A cadelinha foi adotada rapidamente por um casal que está encantado por ela e lhe dando muito amor. (Foto: Reprodução / Facebook SPCA of Texas)

Segundo uma publicação feita pela DPCA do Texas, a cadela, que recebeu o nome de K.D. está indo extremamente bem em sua nova casa, onde todos se encantaram com toda a sua doçura. “KD trouxe tanto amor para minha casa… Ela é extremamente calma e só quer amar a todos que conhece”, disseram os novos tutores da cadelinha.

Fonte: Life With Dogs

Atleta do UFC Cláudia Gadelha tem ajuda de cachorrinho em nova fase de vida e carreira

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 set 2017 - 9:28

Mudanças nem sempre são fáceis, principalmente quando elas são grandes e quando precisamos passar por elas sozinhas. Como é o caso da mudança do Brasil para os Estados Unidos que a atleta do UFC Cláudia Gadelha passou há pouco tempo.

Além de precisar passar por tudo isso sem nenhum membro de sua família ao seu lado, a lutadora também está com treinadores novos.

Seja bem vindo, bebe!! Welcome to my baby!! #teamclaudia #TeamCG #thisisfancy #myfancydog

A post shared by CG (@claudiagadelhaufc) on

Para ajudar nesse período de adaptação após a mudança, que aconteceu bem perto de sua próxima grande luta no UFC Japão, realizada hoje na cidade de Saitama, a atleta decidiu levar um cachorrinho para a sua nova casa.

O cachorro Pablo, um pequeno filhote que logo se tornou um membro de sua família, entrou na vida de Gadelha em junho deste ano e está tornando a vida e a adaptação da atleta em Albuquerque, cidade localizada no estado americano do Novo México e onde a lutadora está morando, muito melhor e mais tranquila.

Meio de semana corrido por aqui, mas o sorriso está sempre estampado no nosso rosto. Obrigada Senhor por permitir com que eu trabalhe com o que amo. As artes marciais definem caráter e aproxima o adolescente rebelde da família. Estimule a pratica do esporte! Salve uma vida. Seja grato. Que Deus abençoe a quarta feira de vocês!! Half of the week for me, a lot work to do still but we are always smiling. Thank you Lord for letting me do what I love as a job. Martial arts is a beautiful thing, builds character and makes families stick together even more. We gotta stimulate the practice of sport!! Save a life. Be thankful. Have a great Wednesday everyone!! #teamclaudia #teamCG #mma #ufc #ufcjapao #ufcjapan #elevationtraining #newmexico #bullterrierlovers

A post shared by CG (@claudiagadelhaufc) on

“Estou sozinha aqui nos Estados Unidos e não tenho nenhum membro da minha família por perto, apenas meus treinadores, que são novos na minha vida. Então, o Pablo vem me ajudando bastante”, contou Cláudia Gadelha para o site UOL Esporte.

A atleta Cláudia Gadelha vai protagonizar, junto com a também brasileira Jéssica Bate-Estaca, a segunda luta mais importante do UFC Japão. Com certeza, Gadelha terá um novo e especial torcedor a seu favor, o pequeno Pablo.

Fonte: UOL Esporte