Otohematoma em cães

Causado por rompimentos de vasos, o otohematoma é um quadro rotineiro nas clínicas veterinárias

por George Augusto — publicado 7 nov 2014 - 14:02

O otohematoma é normalmente desconhecido pelo tutores com essa nomenclatura técnica. Essa enfermidade é a famosa “orelha estourada”, encontrada mais em pessoas praticantes de arte-marciais, como: MMA e Jiu Jitsu. Ao contrário do que muitos pensam, essa condição não acomete somente os seres humanos. Acredite se quiser, os animais também podem apresentar “orelhas de lutador”. Esse quadro clínico é bastante comum nas clínicas e hospitais veterinários, fazendo com que seja muitas vezes considerado um quadro rotineiro, principalmente em cães com orelhas pendulares (orelhas caídas).

O otohematoma é causado por rompimentos de vasos, normalmente micro vasos, da orelha do animal. Com o rompimento dos micro vasos, o sangue fica acumulado debaixo da pele, fazendo com que surja uma bolsa de sangue. Com o tempo que o sangue fica acumulado na orelha em forma de bolsa, ocorre a deposição de fibrina, fazendo com que a orelha fique mais grossa. A causa principal do aparecimento do otohematoma é um traumatismo empregado na orelha do animal, podendo ter várias origens, tais como:

– Mordida numa briga com outro animal;

– Animais que apresentam otite, fazendo com que o pet se coce bastante e traumatize a orelha;

– Batidas em móveis ou objetos duros, ou até mesmo em brincadeiras com outros animais.

É importante enfatizar que o otohematoma, pode ser uni ou bilateral, ou seja, pode acometer uma só orelha ou as duas ao mesmo tempo.

Otohematoma em cães. Foto: Reprodução

Otohematoma em cães. Foto: Reprodução

Os sinais clínicos que o animal apresenta quando é acometido pelo o otohematoma são de fácil diagnóstico. Ao contrário de outras patologias que atingem os cães, o otohematoma, normalmente, não influencia na alimentação e na vida normal do pet. Os principais sinais clínicos a serem observados pelo tutor do cão, são:

– O pet apresenta dor ao tocar na orelha acometida;

– Apresenta inchaço em uma orelha só –ou em ambas- e Coceira (em casos da presença de otite).

Por mais que o tutor observe o aumento nas orelhas, só quem pode fechar o diagnóstico, se é ou não um otohematoma, é o profissional médico veterinário. O diagnóstico é feito através da anamnese e exame clínico do cão. Quem vai definir o tratamento a ser empregado é o profissional de sua confiança.

O tratamento do otohematoma normalmente é cirúrgico. Isso tem que ser feito somente por um médico veterinário. Jamais tente tratar o problema sem o acompanhamento de um profissional. É importante que o tutor, assim que perceber o inchaço na orelha do pet, leve-o imediatamentoe para uma avaliação. Como dito anteriormente, quando se demora muito, há a deposição de fibrina, endurecendo e espessando a orelha do cão. Dependendo do grau do quadro clínico, a orelha pode não voltar a ser como antes.

A prevenção é basicamente ter cuidado com a saúde do cão. Levar sempre a um profissional habilitado,  no caso de aparecimento de otite ou moscas. Um ponto também importante para se evitar a presença deste quadro é não deixar seu cachorro solto na rua para não brigar com outros cães e, no caso de aparecimento de inchaço na orelha, levá-lo imediatamente a uma clínica veterinária para uma avaliação médica. Lembre-se: quanto mais cedo tratar, as chances de uma recuperação bem sucedida aumentam.

 

Por: George Augusto von Schmalz Portella de Macedo

Ocupação: Acadêmico de Medicina Veterinária

Contato: george_medvet@hotmail.com

Kim Kardashian apresenta o novo cachorrinho de sua filha

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 jun 2017 - 18:50

Para comemorar o aniversário de quatro anos de sua filha com kanye West, Kim Kardashian deu para a pequena North West um filhote de cachorro como presente.

Kim apresentou o pequeno cachorro em suas redes sociais, mas não deu grandes detalhes.

O filhote parece ser da raça Lulu da Pomerânia, também conhecida por Spitz Alemão. Alguns sites internacionais especulam que o cão seja um Teacup Lulu Da Pomeranian, tamanho maior e que apresentaria menos problemas de saúde do que o micro.

 » Read more about: Kim Kardashian apresenta o novo cachorrinho de sua filha  »

Casal que mantinha 170 cães em péssimas condições é proibido de ter animais

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 jun 2017 - 9:33

Nos Estados Unidos, um casal foi condenado por maus-tratos a animais por manterem cerca de 170 cachorros em péssimas condições. Mark Vattimo, de 72 anos, e Christine Calvert, de 62, se declararam culpados por negligenciarem os cachorros, todos da raça Yorkshire Terrier.

Em janeiro deste ano, 2017, dezenas de cachorros foram encontrados em uma sala escura. A situação era terrível. Os animais estavam vivendo em meio a muita sujeira e com urina cobrindo o chão e até paredes.

 » Read more about: Casal que mantinha 170 cães em péssimas condições é proibido de ter animais  »

Cães treinados trabalharam no processo de buscas após incêndio da Grenfell Tower, em Londres

por Andrezza Oestreicher — publicado 21 jun 2017 - 18:15

Na madrugada do dia 14 de junho, um grande e trágico incêndio tomou conta de um prédio residencial de 24 andares localizado em Londres, o Grenfell Tower, e causou a morte de mais de 70 pessoas.

Bombeiros e policiais começaram a trabalhar o mais rápido possível para apagar o fogo e começar as buscas por sobreviventes. E foi aí que começou a participação de cães de serviço.

Cachorros especialmente treinados ajudaram no lento e meticuloso processo de busca.

 » Read more about: Cães treinados trabalharam no processo de buscas após incêndio da Grenfell Tower, em Londres  »

deixe seu comentário:

Kim Kardashian apresenta o novo cachorrinho de sua filha

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 jun 2017 - 18:50

Para comemorar o aniversário de quatro anos de sua filha com kanye West, Kim Kardashian deu para a pequena North West um filhote de cachorro como presente.

Kim apresentou o pequeno cachorro em suas redes sociais, mas não deu grandes detalhes.

Kim Kardashian deu um fofo cachorrinho de presente para a sua filha. (Foto: Reprodução / Instagram @kimkardashian)

O filhote parece ser da raça Lulu da Pomerânia, também conhecida por Spitz Alemão. Alguns sites internacionais especulam que o cão seja um Teacup Lulu Da Pomeranian, tamanho maior e que apresentaria menos problemas de saúde do que o micro.

O que também se sabe é que Penélope, filha de Kourtney Kardashian e sobrinha de Kim, também ganhou um filhote igual ao da prima North.

Ao mostrar o pequeno filhote para seus fãs pela primeira vez, Kim só contou que o animal era da sua filha e que ele ainda não tinha nome.

Kim apresentou o filhote para seus fãs através das redes sociais. (Foto: Reprodução / Daily Mail UK / Kim Kardashian Snapchat)

“Gente, quão fofo é o cachorrinho de Northie?”, perguntou Kim para os seus seguidores do Snapchat. Ainda em um vídeo publicado na rede social, Kim olha para o fofo filhote e pergunta: “Como devemos chamar você?”.

Em seu perfil oficial no Instagram, a esposa de kanye West contou que sua sobrinha já escolheu o nome do seu cachorrinho, que agora se chama Honey e perguntou para os seus seguidores: “Como deveremos chamar o nosso?”.

North West e sua prima Penélope ganharam cachorrinhos iguais.
(Foto: Reprodução / Instagram @kimkardashian)

O que sabemos de fato até agora é que ambos os filhotes são muito lindos e fofinhos e esperamos que eles sejam sempre muito bem cuidados.

Fonte: TMZ / Daily Mail UK

Casal que mantinha 170 cães em péssimas condições é proibido de ter animais

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 jun 2017 - 9:33

Nos Estados Unidos, um casal foi condenado por maus-tratos a animais por manterem cerca de 170 cachorros em péssimas condições. Mark Vattimo, de 72 anos, e Christine Calvert, de 62, se declararam culpados por negligenciarem os cachorros, todos da raça Yorkshire Terrier.

Em janeiro deste ano, 2017, dezenas de cachorros foram encontrados em uma sala escura. A situação era terrível. Os animais estavam vivendo em meio a muita sujeira e com urina cobrindo o chão e até paredes. Os policiais precisaram usar máscaras para conseguirem entrar no local.

Os cães foram encontrados em péssimas condições, vivendo em meio a muita sujeira e doentes. (Foto: Reprodução / UOL / San Diego Humane Society)

Além da visível negligência em relação à higiene do local e dos animais, a saúde dos cães também não estava recebendo a atenção necessária. Vários cachorros estavam com infecções e apresentando perda de pelo.

Após ser identificado, o casal foi encontrado com mais 31 cachorros. Algumas semanas depois, a mulher foi presa em Nevada. Ela estava em um motorhome (também conhecido como trailer) com mais 46 cães.

No total, foram resgatados cerca de 170 cães que estavam sob a responsabilidade e posse do casal. Algumas cadelas estavam grávidas e tiveram seus bebês já em um lugar melhor.

Os oficiais precisaram usar máscaras para conseguirem entrar onde os cães estavam. (Foto: Reprodução / UOL / San Diego Humane Society)

O casal se declarou culpado e foi condenado. Mark Vattimo e Christine Calvert estão proibidos de ter qualquer animal por pelo menos uma década e terão de encarar três anos de pena em liberdade condicional.

Fonte: UOL