Apatia em cães

Nome apatia tem origem grega chamada de Apátheia que significa “Aquilo que afeta o corpo e a alma”

por George Augusto — publicado 19 jan 2015 - 11:28

A maioria dos tutores de cães já ouviu falar no termo “apatia”, porém alguns deles não compreendem perfeitamente o que essa palavra quer dizer. Dentro da medicina, tanto na veterinária quanto na humana, é bastante utilizada essa expressão para alegar que o paciente não demonstra emoção ou motivação para estímulos. Esse nome apatia tem origem grega chamada de Apátheia que significa “Aquilo que afeta o corpo e a alma”. Na maioria das doenças de animais domésticos, dentre ele os cães, é possível observar a presença de apatia bem clássica. Essa mudança na conduta do animal é observada primeiramente pelo seu tutor, quando o mesmo alega para o médico veterinário uma mudança brusca no comportamento do seu pet.

A apatia pode aparecer em cães por inúmeros motivos, desde os mais leves até sérios problemas de saúde. Uma das doenças mais comuns onde são observados os sintomas da apatia, são as doenças virais, como a: Cinomose, Parvovirose, Coronavirose , entre várias outras. Não obrigatoriamente as doenças virais são as vilãs para o aparecimento desses sintomas. Normalmente, qualquer anormalidade no estado de saúde de um animal, fará com que ele apresente um quadro de apatia. É nesse momento que os tutores observam que há alguma coisa errada com o seu animal e o levam para uma consulta com um médico veterinário.

Não necessariamente a apatia aparece sozinha no animal. Muitas vezes, o animal apresenta concomitantemente um quadro de vômito, diarréia ou até mesmo uma desidratação grave. Como afirmado no início do texto, o primeiro a observar o sintoma é o tutor, quando o cão não responde mais às brincadeiras e nem à voz de comando. Um animal que antes pulava e abanava o rabo quando via seu tutor, no momento que apresenta apatia, apenas olha, mas não esboça emoção alguma. Muitas pessoas chegam à clínica veterinária alegando que seu cão está “tristinho” há alguns dias.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Assim como várias outras anormalidades no comportamento do cão, é importante que tenha a opinião de um profissional da área, o médico veterinário. É importantes lembrar que a apatia não é uma doença, e sim um sintoma. A avaliação feita pelo profissional é investigativa,  a fim de diagnosticar a causa que levou o animal a ter essa mudança de comportamento. São feitos vários tipos de exame, tanto laboratoriais quanto exames físicos. É nesse momento que são descobertas as possíveis causas.

O tratamento é feito a partir de quando se encontre a causa originária que levou ao sintoma. O sintoma de apatia irá desaparecer de acordo da doença que foi diagnosticada e a resposta do animal ao tratamento. Existem cães que no terceiro dia de tratamento já se pode ser observado a volta do seu comportamento normal, isso dependerá da resposta de cada animal. Faça o tratamento somente com um profissional habilitado. Não consulte seu animal com atendente de petshop, pois o diagnóstico feito por ele pode estar totalmente errado, comprometendo assim, a vida do seu animal.

A prevenção para que não ocorra a apatia consiste na vacinação anual do seu cão e a ida rotineira para uma avaliação numa clínica veterinária. O correto é levar o animal a um médico veterinário assim que ele apresentar qualquer anormalidade no seu comportamento. Muitos tutores esperam semanas com a esperança de haver melhora, fazendo com que seu cão chegue à clínica num estado crítico, sendo algumas vezes, impossível a reversão do quadro.

 

Por: George Augusto von Schmalz Portella de Macedo

Ocupação: Acadêmico de Medicina Veterinária

Contato: [email protected]

Gracyanne Barbosa flagra marido dormindo na cama agarrado com cachorro

por Andrezza Oestreicher — publicado 24 jul 2017 - 18:49

Apaixonado por cachorros, o casal formado pelo cantor Belo e pela ex-dançarina e agora modelo fitness Gracyanne Barbosa é tutor de oito cães.

Além de serem mimados por seus papais humanos, os animais têm total liberdade na casa onde vivem, eles podem subir na cama e estão realmente envolvidos no dia a dia do casal.

Os cachorros, que possuem um perfil oficial no Instagram, podem ser sempre vistos nas redes sociais de seus tutores,

 » Read more about: Gracyanne Barbosa flagra marido dormindo na cama agarrado com cachorro  »

Mulher fica receosa ao deixar sua cadelinha com seu sobrinho e faz lista de regras hilária

por Andrezza Oestreicher — publicado 24 jul 2017 - 9:30

Quem tem cachorrinho em casa sabe bem da dificuldade que pode ser encontrar alguém de confiança para cuidar de nossos animais quando precisamos ficar ausentes de casa e não podemos levar o pet junto.

Elaine Diaz é a amorosa e cuidadosa tutora de uma cadelinha de três anos de idade da raça Spitz Alemão, também conhecido como Lulu da Pomerânia, e, como muitos de nós, trata sua filhote como uma criança.

A tutora tirou quatro dias de folga e resolveu viajar para relaxar,

 » Read more about: Mulher fica receosa ao deixar sua cadelinha com seu sobrinho e faz lista de regras hilária  »

Famílias adotam cães sem conhecê-los e o encontro entre eles é emocionante

por Andrezza Oestreicher — publicado 22 jul 2017 - 18:22

Você conseguiria adotar um cãozinho sem ter conhecido o animal primeiro? É exatamente isso o que a instituição Tracy’s Dogs, dos Estados Unidos, proporciona para aqueles que desejam ter um novo cãozinho em casa.

Em 2011, Tracy Whyatt seguiu seu coração e sua vontade de ajudar cachorros que não tinham um lar a encontrar famílias. Então, com a ajuda de seu marido Scott, começaram a viajar de carro resgatando cães que viviam em abrigos no Texas conhecidos por sacrificar os animais que não eram adotados e levando estes cães para outros estados,

 » Read more about: Famílias adotam cães sem conhecê-los e o encontro entre eles é emocionante  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Gracyanne Barbosa flagra marido dormindo na cama agarrado com cachorro

por Andrezza Oestreicher — publicado 24 jul 2017 - 18:49

Apaixonado por cachorros, o casal formado pelo cantor Belo e pela ex-dançarina e agora modelo fitness Gracyanne Barbosa é tutor de oito cães.

Além de serem mimados por seus papais humanos, os animais têm total liberdade na casa onde vivem, eles podem subir na cama e estão realmente envolvidos no dia a dia do casal.

Gracyanne flagrou o momento em que Belo dormia pesado agarradinho com o cachorro Thor. (Foto: Reprodução / UOL / Instagram @graoficial)

Os cachorros, que possuem um perfil oficial no Instagram, podem ser sempre vistos nas redes sociais de seus tutores, mesmo quando a foto se trata de assuntos profissionais. O casal gosta de dividir todos os seus momentos com os filhos de quatro patas.

Na última quinta-feira, dia 20 de junho, Gracyanne Barbosa mostrou para os seus seguidores do Instagram um momento muito fofo de intimidade do seu marido Belo com o cachorro Thor, da raça Pit Bull.

O cantor estava deitado na cama e dormindo bem agarradinho com o cão, que sempre aparece nas fotos de seus tutores, mesmo que como coadjunvante. Durante a gravação, é possível ouvir a modelo rindo e perguntando” Quem aguenta?”.

O momento fofo foi filmado e fotografado pela modelo. (Foto: Reprodução / UOL / Instagram @graoficial)

O soninho dos dois foi filmado por Gracyanne e publicado no “Stories”. Ela conseguiu pegar ainda o momento em que o cachorro acorda e dá um espirro na cara de Belo, que estava com tanto sono que nem se importou.

Fonte: UOL

Mulher fica receosa ao deixar sua cadelinha com seu sobrinho e faz lista de regras hilária

por Andrezza Oestreicher — publicado 24 jul 2017 - 9:30

Quem tem cachorrinho em casa sabe bem da dificuldade que pode ser encontrar alguém de confiança para cuidar de nossos animais quando precisamos ficar ausentes de casa e não podemos levar o pet junto.

Elaine Diaz é a amorosa e cuidadosa tutora de uma cadelinha de três anos de idade da raça Spitz Alemão, também conhecido como Lulu da Pomerânia, e, como muitos de nós, trata sua filhote como uma criança.

Pepper é uma cadelinha muito bem cuidada e mimada por sua tutora. (Foto: Reprodução / Twitter @TommyRivers)

A tutora tirou quatro dias de folga e resolveu viajar para relaxar, para que isso fosse possível ela chamou seu sobrinho, um jovem de 20 anos chamado Tommy Rios, para cuidar da cadelinha Pepper.

Porém, bastante receosa de deixar sua filha de quatro patas pela primeira vez aos cuidados do sobrinho, Elaine preparou uma lista de regras incluindo tudo o que Tommy tinha que fazer e não podia fazer para cuidar bem de Peper e a cadela tivesse tudo o que precisa.

A lista, que começava com a frase “Pepper, a garota mais bonina do mundo”, era tão explicativa e detalhada, que o jovem não se aguentou e publicou tudo na internet.

Ao viajar e deixar a cadelinha com um sobrinho, a tutora preparou uma lista completa do que o jovem deveria fazer e não fazer para cuidar bem de Pepper. (Foto: Reprodução / Twitter @TommyRivers)

Além de colocar as medidas exatas da quantidade de comida e de petiscos que a cadelinha deveria comer todo dia, Elaine também colocou e explicou as brincadeiras que ele deveria fazer com Pepper, como “Buscar a bolinha – jogue a bolinha com a arma verde – diariamente” e “Andar em torno do quarteirão (ou quadra) – opcional” e também os tipos de carinho que ela gosta de receber, como “abraços”, “beijinhos”, “cheiros” e “coçadinhas na barriga”.

Já a segunda lista era ainda mais engraçada.

A lista do que não fazer é ainda mais engraçada e diz que o jovem deve saber onde Pepper está a todo mundo e que ele não deve odiar a cadelinha. (Foto: Reprodução / Twitter @TommyRivers)

O que não deve fazer:

* Gritar com a Pepper – ela late quando você chegar em casa, late quando ouve um ruído suspeito e late para se comunicar

* Bater, espancar ou chutar Pepper – não machuque ela!

* Deixar ela escapar – saiba onde ela está a todo momento

E o mais importante………… Não odeie ela, pois você não é ela!

A lista hilária fez bastante sucesso nas redes sociais e Pepper e sua tutora acabaram ficando famosas.

Fonte: Buzz Feed News