Como transportar seu cachorro no carro de maneira segura

Listamos as melhores opções do mercado pet para o transporte de cachorros dentro de carro.

por Samantha Kelly — publicado 21 ago 2015 - 13:37

É muito importante transportar seu pet de maneira segura quando ele for andar de carro, pensando na integridade física não só dele, como também dos que estão em volta dentro e fora do veículo.

Quando os animais ficam soltos dentro do veículo, uma série de situações podem acontecer: eles podem se ferir gravemente se o carro entrar em uma colisão ou se o condutor frear bruscamente; eles podem causar involuntariamente um acidente ao se movimentarem perto do condutor, tirando sua atenção; alguns potenciais acidentes podem acontecer com o cachorro envolvendo a janela ou porta, etc.

Sabendo desse perigo, o nosso código de trânsito prevê penalidades com infração média e grave para as pessoas que não transportam corretamente seus cães.

Por todos esses motivos, listamos as melhores formas que hoje são oferecidas pelo mercado pet para o transporte seguro de animais.

 

Caixa de transporte para cães. Foto: Reprodução

Caixa de transporte para cães. Foto: Reprodução

Caixa de transporte

Porte: Todos os cães poderão ser transportados com a caixa.

A caixa de transporte especial para cães é uma ótima maneira de manter seu pet seguro. Antes de realmente utilizar a caixa pela primeira vez, é sempre ideal acostumar o cão, antes do passeio e de forma gradativa, para que esse não seja um motivo a mais de estresse.

Uma vez que a caixa estiver no carro no banco traseiro, coloque o cão dentro e feche a portinha. Para que a caixa esteja bem segura, sem perigo de deslocamento em caso de uma freada mais brusca, o tutor pode tanto afastar para trás o banco do passageiro, assim prendendo a caixa entre os bancos da frente e o de trás, como também prender a caixa com o cinto de segurança

A caixa precisa ser grande o suficiente para o animal se movimentar, podendo levantar, dar uma volta e se acomodar.

Recomendamos colocar um tapete higienico no chão da caixa para que, caso aconteça algum acidente com as necessidades, elas sejam absorvidas.

Dependendo do tempo que o animal ficará na caixa, um comedouro e bebedouro portátil pode ser anexado na caixa.

No caso de cães de porte grande ou gigante, como o Dogue Alemão ou o Mastife, a caixa de transporte deles provavelmente não caberá no banco traseiro de um carro popular e, se couber, irá obstruir a visão do condutor da rua. Uma solução é chamar um Taxi Pet, que terá um espaço dentro do veículo que é apropriado para o cão. Ainda assim, o cão será transportado na caixa.

O preço da caixa varia de acordo com o tamanho, material e marca. Existem caixas especiais com o material Microban, que tem ação antibacteriana, unindo a alta durabilidade e segurança com a proteção contra bactérias

 

Foto: Reprodução

Cinto de segurança peitoral. Foto: Reprodução

Cinto de segurança peitoral

Porte: Pequeno, médio e grande.

Existem peitorais específicos para o transporte de cães em carros de todos os tamanhos e modelos. O peitoral é preso com um adaptador na fivela do cinto e permite que o animal tenha um pouco mais de liberdade no banco traseiro. É uma opção normalmente escolhida para cães de porte médio e grande.

Por causa da ergonomia do próprio peitoral, o tranco é distribuído de uma forma nivelada no corpo do cão.

Não esquecer de adaptar o tamanho da alça para não deixá-la frouxa demais, para que o animal não caia atrás do banco.

Os preços do peitoral variam muito de acordo com o material utilizado. Materiais mais resistentes e acolchoados serão mais caros, porém valem a pena para oferecer maior conforto e segurança ao cão.

 

 

Foto: Reprodução

Asssento cadeirinha para transporte de cachorros no carro. Foto: Reprodução

Assento cadeirinha

Porte: Pequeno, até 10 quilos.

O assento cadeirinha é uma opção para os tutores que não querem usar o peitoral ou caixa. É muito bom para cães pequenos e pode ser uma alternativa ao peitoral, para que eles não fiquem muito soltos no banco de trás.

Ele é facilmente encaixado no banco, tem fivela de regulagem e é compatível com o cinto de segurança.

Eles são normamente adaptáveis a qualquer carro, sao dobráveis e fáceis de guardar.

Para cães que se sentem confinados e desconfortáveis na caixa, o assento dá mais liberdade.

Por serem feitas de material acolchoado, são confortáveis, porém mais caros.

Cachorros resgatados juntos das ruas encontram um lar e não vão precisar se separar

por Andrezza Oestreicher — publicado 16 ago 2017 - 9:16

Os cachorros Hansel e Gretel viviam juntos pelas ruas e foram resgatados também juntos. No local eles sempre ficavam pertinho um do outro e, apesar de cada um ter a sua caminha, eles só dormiam bem juntinhos e aconchegados.

Sempre vistos juntos pelas ruas, os cães, que são provavelmente irmãos, foram resgatados por Rick Tunison, o gerente de um canil em Youngstown, Ohio, nos Estados Unidos. Eles já estavam nas ruas há bastante tempo e foram difíceis de resgatar.

 » Read more about: Cachorros resgatados juntos das ruas encontram um lar e não vão precisar se separar  »

Entenda o fenômeno que está fazendo cães ficarem azuis na Índia

por Samantha Kelly — publicado 15 ago 2017 - 11:57

Cães que vivem nas ruas da cidade de Mumbai, na India, estão ficando azuis.

O fenômeno está acontecendo devido ao contato dos animais com o rio Kasadi, que há muitos anos é impróprio para o uso humano e que, depois de um estudo recente, apresentou um nível 13 vezes mais tóxico do que é considerado seguro.

Apesar dos humanos não chegarem perto do rio, isso não impede que os cães locais bebam, nadem e procurem por comida no rio.

 » Read more about: Entenda o fenômeno que está fazendo cães ficarem azuis na Índia  »

Marvel está a procura de cachorro e tutor para estrelar no próximo filme dos Vingadores nos Estados Unidos

por Samantha Kelly — publicado 15 ago 2017 - 10:50

Essa é para nossos leitores dos Estados Unidos, especialmente de ou perto de Atlanta, estado da Georgia. A Marvel está em busca de uma estrela canina para uma participação no proximo filme dos Vingadores.

A produção está em busca de um cachorro para filmagens já na próxima terça-feira, dia 22. Segue descrição:

Pedestre com cachorro: Nós estamos procurando por uma pessoa acima de 18 que tenha um cachorro para uma cena divertida no parque.

 » Read more about: Marvel está a procura de cachorro e tutor para estrelar no próximo filme dos Vingadores nos Estados Unidos  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Cachorros resgatados juntos das ruas encontram um lar e não vão precisar se separar

por Andrezza Oestreicher — publicado 16 ago 2017 - 9:16

Os cachorros Hansel e Gretel viviam juntos pelas ruas e foram resgatados também juntos. No local eles sempre ficavam pertinho um do outro e, apesar de cada um ter a sua caminha, eles só dormiam bem juntinhos e aconchegados.

Sempre vistos juntos pelas ruas, os cães, que são provavelmente irmãos, foram resgatados por Rick Tunison, o gerente de um canil em Youngstown, Ohio, nos Estados Unidos. Eles já estavam nas ruas há bastante tempo e foram difíceis de resgatar.

Os cães viviam juntos nas ruas e também foram resgatados juntos. (Foto: Reprodução / Life With Dogs / Devon Carr for Mahoning County Dog Pound & Adoption Center)

As tentativas de resgate foram várias, até que certo dia, os funcionários do canil conseguiram pegar apenas um dos cães. Porém, a amizade e amor entre os animais era tão grande que ao ver seu amigo sendo levado e colocado em uma van, o outro cachorro simplesmente foi atrás, pulou na van e ficou ao lado do seu companheiro.

Por medidas de segurança, quando chegaram ao abrigo os cães foram separados, pois, por estarem em um ambiente bem diferente e que pode ser bem assustador para eles, alguns animais passam a apresentar um comportamento agressivo, até mesmo com outros cachorros.

Porém, os amigos estavam sentindo muita falta um do outro e queriam estar juntos. Então, a equipe decidiu deixar que eles ficassem no mesmo canil e caminhassem juntos.

Apesar de cada cão ter a sua caminha, eles preferiam dormir juntinhos. (Foto: Reprodução / Life With Dogs / Devon Carr for Mahoning County Dog Pound & Adoption Center)

Mesmo dividindo o canil, cada cão tinha a sua caminha, mas como eles gostavam de ficar sempre juntinhos, eles preferiam dormir na mesma caminha, bem aconchegados um no outro.

O amor entre os cães era tão tocante, que, apesar da dificuldade que é para se realizar a adoção de dois animais por uma mesma pessoa, os funcionários do brigo decidiram que não iriam permitir que aqueles cachorros fossem adotados separadamente.

Assim, um dos funcionários publicou uma foto dos cães juntos e em um momento fofo e publicou no Facebook. Por sorte a imagem chamou a atenção da pessoa certa.

She's always taking my toys #pitmix #rescue #spoiled #furbabies #lovethem

A post shared by Hank_Gigi (@hank_gigi) on

Rachel Harris havia se mudado recentemente de Chicago para Dallas, e embora ela precisasse de algum tempo para se instalar, ela estava pensando em adotar cães. Ela se derreteu pelos amigos caninos e entrou em contato com o local onde eles estavam.

Não foi fácil, antes dela já havia uma família interessada nos cães e depois ela teve que mostrar para os funcionários do local que ela seria a melhor escolha para os animais. A distância também não ajudou, mas no final de tudo os cachorros foram adotados por Rachel.

Safe! #pitmix #rescue #spoiled #furbabies

A post shared by Hank_Gigi (@hank_gigi) on

Hoje, os animais estão muito bem e felizes em seu novo lar, onde receberam os nomes de Hank e Gigi, e ganharam um perfil oficial na rede social Instagram.

Fonte: Life With Dogs

Entenda o fenômeno que está fazendo cães ficarem azuis na Índia

por Samantha Kelly — publicado 15 ago 2017 - 11:57

Cães que vivem nas ruas da cidade de Mumbai, na India, estão ficando azuis.

O fenômeno está acontecendo devido ao contato dos animais com o rio Kasadi, que há muitos anos é impróprio para o uso humano e que, depois de um estudo recente, apresentou um nível 13 vezes mais tóxico do que é considerado seguro.

Apesar dos humanos não chegarem perto do rio, isso não impede que os cães locais bebam, nadem e procurem por comida no rio.

As autoridades trabalhando no caso acreditam que a coloração pode estar vindo da tinta para tecido que seria despejada no rio por companhias na área, estas conhecidas por constantemente jogaram lixo tóxico no local.

Protetores de animais locais estão chocados com o que está acontecendo com os animais e com o estado do rio.

Uma queixa formal foi apresentada para a Maharashtra Pollution Control Board (MPCB) e uma investigação foi aberta para averiguar o caso.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Fonte: Express