5 jun 2017 - 20:55

Nego

Tutor(a): Deise Cristiane Rodrigues

Meu nome é Nego, devido ser pretinho, minha mãe me chama de neguinho lindo. Eu conheci minha mãe, na rua do trabalho dela, ela sempre coloca água e ração para todos os cachorrinhos sem lar, no começo eu era muito arisco e latia pra ela, só ia comer quando ela saía de perto, como uma boa cachorreira, ela não se conformava de um cachorro ser tão arisco e não desistiu de me conquistar, aos poucos deixei que ela se aproximasse de mim, e por fim ela conseguiu passar a mão na minha cabeça, viramos melhores amigos, todos os dias ficava esperando ela chegar já até conhecia o carro que ela vinha, depois disso comecei a entrar no galpão e passava o dia todo deitado ao lado da mesa dela, ela tinha muita pena de mim, pois como eu era muito arisco corria atrás das pessoas na rua e cheguei a morder algumas, então apanhava muito, e várias pessoas me ameaçavam de morte, ela até ameaçou chamar a polícia para um rapaz que sempre queria me bater, esse rapaz passava todos os dias no mesmo horário, então ela começou a chegar mais cedo, só para eu entrar mais cedo no galpão, para o homem não me ver mais, todas as noites ela pedia para o papai do céu, me proteger durante a noite e assim foram 2 meses, até que um dia ela resolveu me castrar para ver se ficava menos agressivo, assim foi ela marcou minha castração e pediu para minha avó, deixar que ficasse lá até retirar os pontos, mas como tenho um olhar irresistível minha avó ficou com pena de me devolver para rua e me deixou ficar pra sempre com a condição que minha mãe fosse todos os dias cuidar de mim, porque lá já tem 3 aumiguinhos caninos e outros bichinhos. Minha mãe aceitou e já fazem 2 meses que estou na minha avó, ainda estou me adaptando, como sempre vivi na rua ainda tento fugir, mas hoje posso dizer que sou um cachorrinho feliz com minha família, hoje faço muitas peraltices, pego as roupas no varal, nem pareço o mesmo cachorro, só ainda não me acostumei com meus irmãos de patas, uma menina e um menino que moram com minha mãe e vão sempre me visitar na minha avó, minha mãe acha que devo ter uns 8 anos, o sonho da minha mãe é poder ter um sítio para abrigar todos meus aumiguinhos que vivem nas ruas. Se cada um fizer um pouquinho tenho certeza que podemos mudar a vida de vários cachorrinhos, adotar é tudo de bom.